O Jeep Compass 2018 é um crossover de porte médio que conta com as versões Sport, Longitude, Limited, Night Eagle e Trailhawk, sendo as três primeiras disponíveis no formato flex e a diesel.

O Jeep Compass 2018 é um modelo automotivo que vem com diversas melhorias para quem pretende adquirir o mesmo com mais equipamentos tecnológicos ofertados em suas versões básicas além de aprimoramentos mecânicos e em seu acabamento interno.

Detalhes relevantes sobre versões do Jeep Compass 2018

De forma específica, o Jeep Compass 2018 consiste no crossover de porte médio oferecido por esta concessionária no mercado brasileiro que conta com as versões Sport, Longitude, Limited, Night Eagle e Trailhawk, sendo as três primeiras disponíveis no formato flex e a diesel.

Além disso, com exceção da versão Sport todas as anteriores apresentam opções de tração nossa tipos 4 x 2 e 4 x 4 para uma experiência esportiva ainda mais impressionante para os seus proprietários.

Informações de desempenho do Jeep Compass 2018

A capacidade mecânica do Jeep Compass 2018 é simplesmente impressionante possuindo um motor do tipo 2.0 Tigerskark Flex que apresenta quatro cilindros com comando de suas válvulas sendo feita de forma dupla variando em componentes como bloco, cárter e cabeçote.

Possui, ainda, injeção eletrônica de combustível com tecnologia do tipo flex conseguindo chegar a uma potência de 166 cavalos com etanol e de 159 cavalos usando gasolina.

Apresenta um torque máximo de 20,5 Kgfm no etanol a 4.000 rotações por minuto e de 19,9 Kgfm com gasolina nesta mesma quantidade de rotações permitindo, assim, uma aceleração de 0 a 100 Km/h em 10,6 segundos.

Ao considerar sua transmissão é ofertada apenas no modo automático em duas modalidades com capacidade, em ambas, de realizar conversão de torque.

A primeira alternativa é um câmbio Aisin que chega a seis velocidades com paddle shifts presentes no volante e a possibilidade de acionar um modo Sport para um desempenho mais agressivo de seu motorista.

Existe ainda o câmbio ZF 9HP, disponível apenas nas versões com motor a diesel, que apresenta nove marchas com as mesmas capacidades relacionadas a primeira opção abordada.

Quando se pensa em seu gasto de combustível ao funcionar no modo cruzeiro a uma velocidade de 110 Km/h tem um rendimento de 5,5 Km por litro com etanol e 10,5 Km por litro para gasolina em vias urbanas.

Já na cidade, com esta mesma forma de funcionamento alcança 8,1 Km/l usando gasolina e 7,2 Km/l quando adota o etanol como combustível de escolha para seu devido funcionamento.

Componentes ofertados nas versões do Jeep Compass 2018

A oferta de equipamentos que permitem um maior conforto para quem utiliza o Jeep Compass 2018 é diferenciada de acordo com a versão adquirida deste modelo automotivo delimitado.

No Jeep Compass Sport 2.0 Flex é encontrado ar condicionado digital com dual zone, freios ABS com EBD, chave do tipo canivete que funciona por telecomando para acionamento e desacionamento, controle para tração, estabilidade e realização de reboque além de rodas de liga leve com aro 17 polegadas.

Quando se escolhe o Jeep Compass Longitude no modo flex ou diesel são ofertados, de maneira adicional, bancos revestidos em couro de forma parcial, entrada e partida do veículo sem adoção de chave além do sistema multimídia Uconnect com tela de 8,4 polegadas, diferentes aplicativos nos modos Auto, Sand, Mud e Snow.

O Jeep Compass Trailhawk a diesel vem ainda com suspensão na modalidade off-road, tração 4×4 no modelo Jeep Active Drive Low além de pneus todo-terreno com caracterização 225/60 com rodas em liga leve de 17 polegadas.

Valores financeiros praticados para Jeep Compass 2018

O conforto e bom desempenho mecânico oferecido pelo Jeep Compass 2018 aos interessados determina a necessidade de um gasto maior no aspecto financeiro dependendo do pacote básico delimitado para cada uma de suas versões.

A versão Sport tem valores iniciais de R$105.990,00 enquanto a opção do tipo Longitude varia de R$114.490,00 – flex com tração 4×2 – até R$141.290,00 para alternativa diesel com tração 4×4.

Os consumidores que desejam adquirir a versão Night Eagle terão que pagar de R$119.990,00 – do tipo flex com tração 4×2 – a R$146.990,00 para o formato movido a diesel com tração em todas as suas rodas.

Já a versão Limited é liberada por valores que vão de R$131.990,00 na alternativa flex com tração de 4×2 até R$157.990,00 para aquele que tem tração 4×4 com diesel como seu combustível de escolha.

A versão Trailhawk é a mais esportiva e dispendiosa com um valor inicial de R$158.990,00 funcionando com o diesel como seu combustível e tendo tração em suas quatro rodas.

Conclusão

Desta maneira, as razões que justificam a aquisição do Jeep Compass 2018 são inúmeras consistindo, assim, na alternativa ideal para quem deseja a união de um conforto abundante com visual estético atraente.

Por Ana Camila Neves Morais

Jeep Compass 2018.

Jeep Compass 2018


O Jeep Compass foi lançado no Brasil em novembro de 2016 e já conta com diversos fãs.

Depois de muita especulação e ansiedade, um dos maiores sucessos de vendas da Jeep Motors em outros países, o seu Compass 2017, já começa a mostrar os primeiros resultados em termos de preferência para o público brasileiro.

Recém-chegado ao Brasil em meados de novembro de 2016 quando foi lançado em pleno Salão do Automóvel na cidade de São Paulo, o novo SUV da Jeep já conquistou mais de 2 mil clientes nos três primeiros meses depois de sua estreia.

Para completo deleite dos que já eram fãs incondicionais da marca e para aqueles que começam a desfrutar do prazer de dirigir no Brasil um dos melhores carros já fabricados nos Estados Unidos, o Compass, pode ser encontrado em quatro versões. Além destas, o consumidor pode escolher entre duas opções de câmbio, motor e tração.

Se para o consumidor existe a possibilidade de optar pela versão que mais agrada às suas expectativas, estas escolhas deverão passar necessariamente pelo bolso. Dependendo dos itens escolhidos, o preço de um modelo pode variar entre R$ 110.000,00 até R$ 152.000,00.

Quais as versões de motores disponíveis para os modelos existentes no mercado?

Os modelos vendidos no Brasil podem ser encontrados com as seguintes versões de motores:

1 – Tigeshark do tipo Flex 2.0, com 166 cv de potência e 20.5 Kgf de torque;

2 – Multijet 2.0 Turbo Diesel com 170 vc de potência e 35.7 Kgf no torque.

Consumo

Para a versão do tipo Flex, os testes mostraram um consumo de 8,1 Km/litro na cidade contra 10,5km na estrada.

Na versão Diesel, o consumo na cidade ficou em 5.5 Km/l e 7,2 Km/l na estrada.

Transmissão

Para quem não gosta de ficar trocando de marcha, existe a possibilidade de levar a versão automática de nove marchas, na versão Diesel (2.0). Caso prefira a manual, ele pode ser encontrado n versão manual ( seis marchas), nos modelos do tipo Flex.

Uma das versões mais em conta (R$ 109.990), a Compass Sport 2.0 AT, possui aros de liga leve em tamanho 17 e uma série de itens que podem deixar o consumidor maravilhado como sensor de estacionamento, câmera de ré, central de multimídia com tela de tipo touchscreen, sensível ao toque, GPS integrado, faróis de LED, freio de estacionamento do tipo elétrico, monitoramento de calibração dos pneus, sistema anti-capotamento, controle eletrônico de estabilidade e de tração e uma série de itens que podem ser conferido em detalhe também no site Quatro Portas.

As outras versões tais como a Longitude, a Limited 2.0 e a Trailhawk possuem preços mais elevados conforme os itens que são oferecidos para cada tipo. Além disto, o preço poderá ser bem mais elevado caso o cliente prefira acrescentar os chamados opcionais de segurança que são específicos para cada tipo de versão a ser vendida, além dos chamados pacotes high tech. Estes detalhes podem ser conferidos em detalhes no site citado acima.

Por Emmanoel Gomes

Jeep Compass 2018


Uma nova série especial do Jeep Renegade chega com inspiração no filme Batman vs Superman: A Origem da Justiça. O filme chega em março nos cinemas de todo o mundo, mas a edição limitada da Renegade já está à venda com o preço de R$ 104.390 (já convertido). O modelo terá a sua venda, em princípio, somente nos Estados Unidos.

O carro traz na sua traseira um inserto que já é famoso com uma mistura dos símbolos de Superman e Batman. A aparência mais sombria é que também faz a menção a essa inspiração no longa. Os consumidores encontram a Jeep Renegade em dois tons de preto, sendo eles a Granite Crystal e a Carbon Black. Nos para-choques vemos que eles foram pintados no tom de preto brilhante. As marcas sombrias também estão presentes na grade frontal e nos logotipos.

Internamente as mudanças foram poucas. A base do veículo é a versão Latitude e conta com itens de série como ar-condicionado digital em duas zonas, central de multimídia que traz câmera de ré, partida do motor feita por botão, volante multifuncional e freio de estacionamento elétrico.  

Em termos de motorização, o Jeep Renegade traz o propulsor 2.4 Tigershark com uma potência de 186 cavalos e um torque de 23,4 mkgf. A tração é 4 x 4 com um câmbio automático de nove velocidades.

Jeep Renegade na Argentina

O modelo se encontra no mercado nacional há praticamente um ano e é sucesso em termos de vendas. Neste 2016, o modelo é um dos mais aguardados na Argentina para ser lançado. Ele terá a sua importação vinda do Brasil. A pré-venda aconteceu para os Hermanos desde o dia 13 de fevereiro e os preços ficam mais caros em relação ao nosso mercado.

O Renegade começa com um preço a partir de 398.700 pesos (R$ 108 mil em uma conversão para nossa moeda).  No Brasil, o custo começa em 74.990. Na Argentina, o Jeep Renegade terá a sua venda com apenas a versão Sport com propulsor 1.8 com potência de 128 cavalos e transmissão manual. O governo da Argentina ainda promoveu redução dos impostos internos frente aos automóveis para que a indústria fosse incentivada.

Fotos: divulgação


Novo modelo conta com motor 1.8 Flex e poderá ser vendido pelo preço sugerido de R$ 68.900.

A renomada fabricante de veículos automotores, a Jeep, fez o anúncio oficial, nesta terça-feira, a respeito do lançamento no mercado brasileiro de uma nova versão de entrada para o Renegade.

Esta nova versão deste veículo chega ao mercado com uma configuração um pouco aquém da versão Sport no portfólio da marca, a qual foi batizada com o nome de 1.8 Flex e será comercializada com o preço sugerido de R$ 68.900.

Tal como o próprio nome já expressa, este novo modelo de entrada traz consigo um propulsor flex que trabalha juntamente com um câmbio de cinco marchas manual e tração 4X2. Os opcionais que serão oferecidos nesta versão serão os seguintes: direção elétrica, ar condicionado, freio de estacionamento eletrônico, retrovisores e travas elétricas, auxílio para partida em rampa, controle de estabilidade eletrônico e rodas de ferro.

Contudo, não dá para negar que este Renegade “sem sobrenome” veio ao mercado mantendo o nível de acessórios da Jeep que já é conhecido de muitos consumidores aqui do País, uma vez que a lista de acessórios dele contempla rádio com sistema Bluetooth/USB com a presença de entrada auxiliar e suspensão independente nas quatro rodas.

A distinção entre esta nova versão e a versão Sport é que esta nova não é dotada de faróis de neblina, sensores de estacionamento, rodas confeccionadas em liga leve e comandos de som e alarme inseridos no volante.

Então, se você gosta dos veículos da marca ou está pretendendo adquirir um, veja abaixo os preços sugeridos para todos os veículos da gama:

– 1.8 Flex Manual: R$ 68.900;

– Sport 1.8 Flex Manual: R$ 71.900;

– Sport 1.8 Flex Automático (6 marchas): R$ 76.900;

– Longitude 1.8 Flex Automático (6 marchas): R$ 82.900;

– Sport 2.0 Diesel 4X4 Automático (9 marchas): R$ 99.900;

– Longitude 2.0 Diesel 4X4 Automático (9 marchas): R$ 109.900;

– Trailhawk 2.0 Diesel Automático (9 marchas): R$ 119.900.

Agora só nos resta saber se essa nova versão do Renegade, devido ao seu valor mais baixo, irá conseguir manter o sucesso obtido pelas outras versões que tiveram o êxito de conseguir a façanha de ter sido o segundo lugar de vendas entre os SUVs compactos comercializados no País. 

Por Adriano Oliveira

Jeep Renegade no Brasil

Jeep Renegade no Brasil

Fotos: Divulgação


O modelo Jeep Renegade teve o lançamento confirmado para o dia 10 de abril. A informação foi emitida no site da empresa. O primeiro modelo Jeep nacional tem a opção "monte seu carro", onde o cliente escolhe os pacotes opcionais que devem estar presentes no modelo, além de especificações completas sobre as versões. 

O modelo possui ar condicionado de fábrica, direção elétrica, sistema de frenagem elétrica, controle de estabilidade e rádio integrado. O modelo deve ser concorrente direto do EcoSport e Honda HRV.

O modelo Renegade deve ser vendido em três versões: Sport, Longitude e Trailhawk. A versão Sport conta com motor flex 1.8 capaz de gerar até 132 cavalos de potência, e capacidade de torque de até 19,1 kgfm. Existem duas opções de transmissão de marchas: câmbio manual de cinco velocidades, e câmbio automático de seis velocidades. Além disso, o cliente pode optar por um motor 2.0 turbo diesel, com 170 cavalos de potência, tração integral nas quatro rodas e câmbio automático de seis velocidades.

As cores disponíveis para versão Sport, são: vermelho, verde, branco, preto e prata metálico.

O modelo Renegade Longitude pode ser encontrado com ambos os tipos de motorização citados anteriormente. Apesar disso, o câmbio manual não está presente na opção 1.8 flex. Ao todo, a versão possui nove opções de cores, tendo o teto preto e a parte interior da carroceria colorida.

A versão topo de linha Trailhawk possui motor 2.0 turbodiesel e caixa de transmissão de nove velocidades automática. A versão conta com sensor que detecta chuva e suspensão off road, indicado para quem deseja trafegar por qualquer tipo de terreno. A cor Laranja Aurora é exclusiva dessa versão. Os pacotes opcionais de cada versão procuram otimizar a qualidade do veículo, trazendo teto panorâmico, para fusos antifurtos, itens multimídia, airbags laterais, e muito mais.

O valor do produto em território nacional ainda não foi divulgado, mas acredita-se que o preço esteja entre R$ 68 mil e R$ 105 mil.

Por Wendel George Peripato

Jeep Renegade

Jeep Renegade

Fotos: Divulgação


Jeep Wrangler Black Edition II, este e o nome da nova edição especial do modelo mais emblemático da gama de Jeep. O carro que foi apresentado no Salão de Genebra deverá chegar ao mercado europeu ainda neste ano.

Como característica principal pode ser citado o seu design externo e interno com poucas variações, com diversos detalhes colocados para reforçar a robusta personalidade deste autêntico 4×4. O modelo inclui molduras nos faróis, grade frontal, a cor preta é predominante no veículo (fato refletido no nome do automóvel).

Esta nova edição especial do Jeep Wrangler toma como base o Jeep Wrangler com acabamento do Sahara. A diferença mais acentuada entre os dois veículos é que a versão limitada possui detalhes decorativos nos quais a cor preta é amplamente utilizada. Os farois, logotipos identificatórios e as rodas de 18 polegadas, arco das saídas de ar são da cor preta. O capô elevado confere ao veículo um aspecto mais agressivo, os para-choques laterais proporcionam mais proteção nas estradas mais desafiantes.

O compartimento interno do veículo continua com a mesma identidade visual que a parte externa, com a cor preta dominando os detalhes. A mesma cor está presente no revestimento em couro dos bancos e em alguns itens que compõem o interior do carro.

Há duas opções de teto "Dual Top", teto de tecido ou rígido composto por três partes. O porta-malas do automóvel possui vários acessórios como uma caixa de ferramentas, um adesivo com a legenda "Jeep Owner Group". A edição limitada possui um sistema multimídia de entretenimento e navegação por satélite UconnetTM GPS com uma tela de 6,5 polegadas, disco rígido de 40 GB, entrada USB, reprodutor de DVD.

No que se refere às especificações mecânicas, o Jeep Wrangler de edição limitada possui duas opções de motor: 3.6 V6 Pentastar com potência de 280 cavalos e torque de 35,4 mkgf e outro de 2.8 Turbodiesel com 197 cv e 46.9 mkgf. O câmbio possui cinco marchas, sendo ele de transmissão automática.

Nos últimos quatro anos, a Jeep tem apresentado dez edições especiais, entre elas Wrangler Rubicon, Wrangler X e Wrangler Polar.

Por Melina Menezes

Jeep Wrangler Black Edition II

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: