Versão deverá chegar ao Brasil em breve.

Uma das mais importantes indústrias automobilísticas na atualidade atingiu suas metas, concluindo um período de vendas bem sucedidas, portanto, nada mais justo do que registrar essa realização em seu próximo projeto. Desta feita, um novo modelo surgiu desta série de comemorações sobre a produção de 1 milhão de veículos na sede da companhia localizada em Piracicaba, Estado de São Paulo.

Desta vez, a empresa Hyundai estabelecida no Brasil está anunciando a estreia de uma nova série toda especial destinada às linhas Creta e a HB20. A Intitulada "1 Million", consiste em uma edição que dá início às comemorações sobre o processo de produção cuja meta de 1 milhão de veículos atingiu sua finalidade, na unidade da companhia de Piracicaba, no Estado de São Paulo.

Trata-se de algo especial, pois o modelo desta série será suplementado com uma gama mais ampla de acessórios exclusivos, incluídos no pacote de sua lista, em termos de equipamentos. Este grande modelo inédito terá o seu período de comercialização inicial a partir da segunda quinzena do mês de agosto deste mesmo ano, sendo produzido dentro de um número total de exemplares correspondente a 4,5 mil unidades, das quais 2 mil vazadas sobre a plataforma do Creta; 1,2 mil destinadas ao HB20 e as demais 1,3 mil sobre a produção do HB20S. Até o presente momento não foram revelados valores de nenhum dos novos veículos.

Com relação à versão Creta, trata-se de uma edição que porta em sua estrutura um destaque para a sua chave presencial, chamada “Hyundai Key Band”, a qual possui o formato específico de uma pulseira e um visual desprovido de botões. Todo esse equipamento tem capacidade de desempenhar funções correspondentes a uma Smart Key estilo convencional, proporcionando uma eficiente conectividade direta com smartphones por meio de um tipo de aplicativo.

Deste modo, a empresa Hyundai apresenta, também, a vantagem de o item em questão poder funcionar como uma espécie de relógio, de contador de passos e até de calorias; assim como um medidor de distâncias percorridas, operando de modo a exibir as notificações por meio de celular em seu visor, sinalizando, por exemplo, os momentos em que ocorrem as chamadas de voz e os alarmes.

Esta versão está estabelecida numa base munida de acabamento intermediário, o Pulse Plus, saindo da indústria inteiramente equipado com um motor de potência 1.6 e um câmbio automático em seis marchas. Outras especificações acrescentadas são: função de partida de motor por meio de botão; munido de faróis que operam com o projetor e a luz diurna de tipo DRL, marca LED; as rodas são de liga leve em aro de raio 17 polegadas; a sua grade frontal possui borda com cromo escurecido e a tampa de seu porta-malas está emoldurada nesta mesma tonalidade; as maçanetas externas estão cromadas e a antena é de tipo barbatana. Em seu interior, os bancos são produzidos em couro de cor bege, e está todo equipado de uma central multimídia BlueMedia suplementada pela TV digital.

No que tange à versão HB20, seja o Hatch seja o Sedã, a base de sua configuração é a chamada Comfort Plus, aparelhado com motor de potência 1.6 e mais um câmbio automático em seis marchas; munido de rodas de liga leve com aro de 15-diamantadas; a grade hexagonal está adornada de aletas cromadas e de um contorno em cor preta brilhante; os faróis possuem projetor e a assinatura de luzes LEDs; as suas maçanetas externas estão cromadas; possui vidros que são movidos ao modo elétrico em suas quatro portas, do tipo One-Touch que aciona subida e descida, munida de um sensor de segurança anti esmagamento; possui função de acendimento automático de faróis e a direção (volante) possui regulagem para altura e para profundidade. Este Hatch também possui uma antena de tipo barbatana.

Vale a pena conferir esta novidade.

Paulo Henrique dos Santos


Veja aqui as principais novidades presentes no Hyundai HB20 2019.

A Hyundai divulgou para um grupo de jornalistas brasileiros, em Seul, na Coreia do Sul, algumas novidades relacionadas com o mercado brasileiro.

Uma das novidades divulgadas foi publicada pelo jornal Estadão e refere-se ao modelo HB20.

O compacto da Hyundai possui uma posição atual de vice-líder de mercado no Brasil e irá ganhar sua 2º geração no ano de 2019.

Devido a chegada dos modelos Argo da Fiat e o Polo da Volkswagen, poderia surgir alguma expectativa em relação a um aumento de tamanho do modelo, bem como em relação a uma nova versão mais sofisticada, para bater de frente com a dupla, porém de acordo com o vice-presidente de operações internacionais da marca, o Byungkwon Rhim, o compacto vai continuar do mesmo tamanho, sendo assim, ele estará um pouco mais abaixo do que as propostas apresentadas pelas marcas rivais.

Além disso, a marca também não irá lançar uma versão premium do compacto, com a intenção de bater de frente com os modelos da Fiat e Volkswagen, portanto, o novo lançamento será mantido como estrela principal.

Atualmente o modelo tem as seguintes dimensões:

  • Comprimento: 3,92 mm
  • Distância entre eixos: 2,50 mm.

A nova geração do HB20 será desenvolvida de forma separada das versões hatch e sedã, já que essas versões foram uma adaptação criada a partir do hatch para se adaptar melhor ao mercado nacional.

Novidades:

Dentre as novidades apresentadas na nova versão, há uma leve alteração em seu visual.

O modelo de 2019 do hatch e sedã virá com os para-choques tanto da parte frontal como na parte traseira redesenhados; ele também vem como uma grade padrão colmeia e com novas rodas de liga-leve.

A versão de entrada do modelo será chamada Unique e sairá pelo valor de R$ 43.990.

As versões com motor 1.0 do HB20 agora possuem lanternas traseiras escurecidas, já as versões com motor 1.6 possuem lentes Clear Type, que imitam LEDs.

Foi incorporada uma TV digital em sua central de multimídia, essa TV virá em todas as versões, inclusive a versão de entrada.

Conforme citado acima, ele também conta com novas rodas com aro de 16”. O desenho delas se mantém o mesmo da linha de 2018, porém, as partes internas são na cor preto brilhante.

O modelo R Spec vem com novas rodas de 15”, que também virão pintadas na cor preto brilhante.

Na parte de dentro, a novidade fica por conta do cluster de instrumentos que foi reformulado. Todas as versões do modelo, exceto a versão de entrada, a Unique, ganharam um novo quadro.

A inovação está relacionada com a tela do computador de bordo, que vai entregar com uma nova disposição das informações. Nesse modelo, os mostradores de combustível e de temperatura tornaram-se ponteiros, sendo que até então os marcadores utilizados eram digitais.

Todas as versões do HB20 vão continuar bem equipadas. Todas elas, até mesmo a versão de entrada, vão contar com o ar-cond., direção assistida, travas elétricas e vidros elétricos.

Além disso, a versão Comfort Plus vem ainda com retrovisores elétricos, alarme com telecomando e chave com telecomando.

As demais versões agrupam itens como rodas de liga-leve; farol de neblina e o ar-cond. automático.

Veja abaixo a tabela de preço referente às versões de 2019.

Versão: Unique 1.0 MT5 – Valor: R$ 43.990

Versão: Comfort Plus 1.0 MT5 – Valor: R$ 47.590

Versão: 1.0 turbo MT6 – Valor: R$ 51.790

Versão: Comfort Plus 1.6 MT6 – Valor: R$ 54.550

Versão: spec 1.6 AT6 – Valor: R$ 63.690

Versão: Premium 1.6 AT6 – Valor: R$ 66.790

Versão: Comfort Plus 1.0 MT5 – Valor: R$ 51.590

Versão: 1.0 Turbo MT6 – Versão: R$ 57.590

Versão: Comfort Plus 1.6 MT6 – Versão: R$ 60.150

Versão: Style 1.6 AT6 – Versão: R$ 66.090

Versão: Premium 1.6 AT6 – Versão: R$ 70.690

Versão: Style 1.6 MT6 – Versão: R$ 63.100

Versão: Premium 1.6 AT6 – Versão: R$ 71.700

Rosângela Rodrigues


Confira aqui os prós e contras do novo Hyundai HB20 Copa do Mundo FIFA 2018.

Para este ano de 2018, a Hyundai se antecipa mais uma vez e tenta trilhar novamente o sucesso de 2014, quando lançou a sua linha de carros HB20 voltada exclusivamente para a Copa o Mundo, que foi realizada aqui no Brasil.

A montadora não economizou em tecnologia e estilo e lançou no mercado brasileiro a sua versão temática do HB20 com detalhes que faziam referência a um dos maiores campeonatos do futebol do nosso planeta.

Sem perder o costume, a empresa agora tenta adotar a mesma tática e aposta mais uma vez na temática da Copa do Mundo para tentar manter as vendas deste seu modelo tão bem aceito pelo público brasileiro. Entretanto, agora ela resolveu incluir também o seu modelo na versão Sedan dentro da temática futebolística.

Para quem ainda não sabe, a comercialização dos novos modelos foi iniciada desde abril deste ano. Apesar do número restrito de unidades a serem fabricadas, a Hyundai decidiu manter a mesma configuração da atual versão comum disponível para os demais consumidores, a Comfort Plus.

Mais uma vez, a montadora coreana agita o mercado de carros brasileiros tanto pelo fato de sair na frente como uma das principais patrocinadoras do mundial quanto pela comercialização de uma das marcas de carros mais preferidas pelo consumidor brasileiro.

Coma mesma estratégia de 2014, a Hyundai traz para a família HB20 uma versão com estilo próprio, agregando tanto a tecnologia quanto a modernidade asiática.

Para quem não se lembra, os veículos da marca em 2014 fizeram muito sucesso bem antes dos jogos começarem. Ali foi o início de um verdadeiro sucesso de vendas que se repete até os dias de hoje.

Se você gosta de novidades, o HB20 Copa 2018 vem com itens como uma nova grade dianteira com borda na cor cinza Titanium, faróis de máscara negra, lanternas do tipo Clear Type (adotadas da linha Premium), retrovisores na cor cinza Titanium com repetidores de seta embutidos, maçanetas cromadas, logotipos alusivos à Copa 2018 nos para-lamas dianteiros, Aros de liga leve de 15 polegadas no tom grafite, bancos em couro e tecido na cor preta com costura dupla em branco e o emblema da Copa do Mundo no encosto dos bancos da frente. Além disto, os tapetes trazem o nome da versão do novo modelo.

A lista de opcionais não termina por aqui. O modelo exclusivo conta ainda com faróis com acendimento automático, banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro rebatível, apoio para o pé esquerdo do motorista e sistema multimídia com tela sensível ao toque (sete polegadas).

Como detalhe exclusivo, temos uma TV digital acoplada no painel central do carro e sistemas de navegação do tipo Android e compatíveis com aparelhos da Apple. Além disto, conta também com Bluetooth e volante multifuncional com altura ajustável e lanternas traseira também no estilo Clear Type.

A exclusiva versão para a Copa do Mundo 2018 está disponível com as seguintes motorizações: Um motor 1.0 litro com até 80 cavalos de potência e de 1.6 litro do tipo Flex com até 128 cv. A primeira versão vem com câmbio manual de cinco marchas e a segunda com uma transmissão automática de seis velocidades.

A nova versão 2018 traz as seguints opções de cores para os consumidores: Branco Polar, em estilo sólido e Prata Sand e Prata Metal em plataforma metálica.

De acordo com os sites especializados no assunto, a versão exclusiva está disponível no mercado brasileiro com preços que variam entre R$ 50.000,00 a R$ 66.000,00.

Se você está interessado, então não perca mais tempo e vá a uma concessionária mais próxima e conheça a grande novidade.

Emmanoel Gomes


Problema atinge veículos produzidos entre 2016 e 2018.

O motivo do recall será explicado nessa matéria, porém, antes devemos saber o que é um recall para saber por que as empresas convocam carros nessa “chamada”. Vamos lá! O recall é um chamado de uma empresa quando análises comprovam que veíulos fabricados contém algum “defeito” que deve ser reparado para que não seja causado nenhum problema futuro, tanto para e empresa quanto ao cliente. Assim, a empresa se assegura de que seus clientes continuarão a comprar pois sabem que ao comprar eles estão contando exatamente com segurança.

Os modelos HB20 e HB20S, que contém o motor 1.0 Turbo com transmissão de seis marchas, foram convocados na última quinta feira, 28 de março de 2018, para este recall devido a um problema que está contido no freio do carro, não necessariamente na peça toda, mas sim em um ponto específico do freio, onde pode ser causada uma falha. Foi descoberta após testes esses “defeitos” após 2 anos de fabricação do veículo, onde pode se tirar a conclusão que apesar do tempo a empresa não deixa de se preocupar com a segurança de seus passageiros e condutores.

Segundo informações vindas da empresa, o problema vem, como citado acima, de um ponto específico, sendo ele a “válvula de controle de servo do freio”, o problema tem duas soluções possíveis, e isso dependerá do estado em que se encontra a peça, os veículos levados para o recall podem estar com a peça já danificada ou ressecada, sendo assim sua troca será imediata, pois a melhor solução é sua substituição, já se não for apresentado nenhum problema no local e ele ainda estiver dentro do “padrão”, apenas será aplicado o isolador térmico que já será resolvido o problema, e para as peças novas colocadas em veículos já danificados, o isolador térmico já virá incluso, evitando o ressecamento, o que será explicado no próximo tópico.

O problema nesta válvula de controle é o seguinte, por ela se encontrar perto do conversor catalítico, ela está sujeita a um ressecamento, e esse não será um ressecamento sem conseqüências, até porque elas serão perceptíveis, a percepção pelo motorista virá de forma que ao frear o carro, um barulho que se assemelha a um assovio no motor será ouvido, além disso, por estar ressecada, o freio exigirá que seja aplicada uma força maior para a frenagem, isso não mudará a eficiência do freio, porém, será desconfortável para quem está na condução veicular.

Os problemas antes falados ainda não são os maiores, até porque alguns maiores ainda podem ser causados, como por exemplo, pela falta de costume do condutor com esse problema, ao forçar mais uma frenagem brusca, pode ocorrer um acidente maior e haverá um prejuízo enorme para as duas partes (motorista e Hyundai), onde bens materiais e até o físico de quem sofreu o acidente pode ser prejudicado.

O que isso pode afetar para ambas as partes ?

Na parte do motorista: é óbvio que um acidente causará danos físicos a quem conduz, então, o motorista por sua vez sairá com danos e sem mais confiança na compra de um produto desta marca caso o erro for de fabricação, não referindo diretamente a Hyundai e sim a qualquer montadora que tiver um erro que não foi corrigido.

Quanto a empresa: Os danos materiais e tudo que acontecer em um acidente, se comprovado que foi por erro de fábrica, tudo será voltado exatamente para quem é fabricante, o “tudo” está fazendo referência aos custos causados.

Os modelos convocados para o recall são os com chassis que tem final: 561697 a 870541

Gustavo Martins dos Santos


Veículo ganhou um motor modificado e conta com potência igual ao Up TSI

Antigamente ter um carro 1.0 praticamente era sinônimo de sofrimento para o condutor. Porém, nos últimos anos as montadoras têm investido em tecnologia e consequentemente tem conseguido mostrar que motores de baixa cilindrada podem sim serem bons. No cenário atual a Volkswagen, a Ford e quem diria, até a Audi, tem trabalhado com motores 1 litro. Exemplo disso é o mercado europeu que conta com versões do A3, Fusion e do Golf com motores 1.0 com mais de 100 cv.

Apesar de que em terras brasileiras a coisa toda ser um pouco mais limitada também temos aqueles modelos que chamam a atenção por um ou outro motivo. Entre eles está o HB20 Turbo.

Coincidência planejada ou não o HB20 Turbo apresenta os mesmo números em termos de potência que o Up TSI. Com etanol são 105 cv e com gasolina 98 cv. A transmissão do carro é manual e de seis marchas.

A montadora irá disponibilizar a opção turbo com as carrocerias sedã e hatch nas versões Comfort Style e Comfort Plus. O plano é de que o carro figure na tabela como uma alternativa de nível intermediário. Basicamente ficará entre o 1.0 aspirado de 80 cavalos e o 1.6 de 128 cv.

Em termos visuais a única diferença que iremos ter será apenas a inscrição Turbo bem na tampa do porta-malas.

Sobre os preços as versões turbo deverão custar em torno de R$3,7 mil a mais do que as versões aspiradas.

Durante a apresentação do carro o gerente de planejamento da marca, Rodolfo Stopa, comentou que será preciso convencer os consumidores de que um motor 1.0 turbo é relativamente melhor do que um 1.4.

A Hyundai também fez questão de deixar claro que o motor presente no HB20 Turbo não é apenas um bloco 1.0 com turbo instalado. Mas sim, um motor que passou por diversas alterações para a otimização do desempenho.

A modificação mais clara é o acréscimo de uma pequena turbina com 34 mm de diâmetro de baixa inércia. O dispositivo fornece até 0,9 de pressão. Trabalhando junto com ela ainda tem um intercooler que tem a função de resfriar o ar que transita pelo motor.

No momento atual o Up TSI é o único modelo no mercado que possui um motor 1.0 turbo. Ainda assim a Hyundai não considera o modelo com um rival. O gerente de produtos da marca afirmou que nas pesquisas quem analisa o HB20 deixa de lado a ideia de comprar um Up.

Se o executivo estiver certo é bom que os consumidores olhem um pouco mais atentos para o HB20 Turbo.

Por Denisson Soares





CONTINUE NAVEGANDO: