O HR-V é um SUV compacto que será lançado no Brasil na versão Touring.

Após anos sem apresentar atualizações do HR-V (mais precisamente desde o lançamento de 2015), a Honda no Brasil visa novas mudanças através de peças plásticas e esta prevê também correções técnicas alavancar ainda mais suas vendas.

O HR-V é um SUV compacto que será lançado no Brasil na versão Touring. Já com data prevista para seu lançamento no Japão em 31 de Janeiro deste ano, apresentará em seu espaço interior qualidade às combinações de couro preto e marrom, bem como sistema que garante maior silencio à cabine.

Com lançamento previsto para este ano, a HR-V Touring deve apresentar motor 1.5 turbo de 173 cv bem como equipamentos como faróis full-led e sensores de estacionamento e chuva. Tendendo para a linha Civic, a HR-V Touring visa versão top de linha com escape duplo, denunciando a potência de seu motor.

O HRV é um carro bom em tudo por apresentar versões variadas, equipamentos adequados, acabamento, espaço interno, motorização e design apropriado, e as vistas de sua reestilização pode-se observar rodas de liga leve de 18 polegadas, bem como pintura metálica azul Premium Crystal e cinza Super Platinum.

O modelo tão esperado pelos amantes da Honda tem como mérito o conforto, tecnologia vislumbrando pela sua característica interna e motorização como chamariz para o deleite de seus admiradores. Em sua alínea serão atribuídos novos faróis com DRL, lanternas em LED, Sensor de chuva, Sensor de estacionamento traseiro, Sensor crepuscular, entre outras novidades.

Entres as diversas características aguardadas para a apresentação do novo Honda HR-V 2019 espera-se que sua motorização seja 1.8 16 v SOHC i-VTEC Flexone de 140 cv com gasolina e 139 cv com etanol, com câmbio manual de seis marchas apenas na versão LX e, câmbio automático do tipo CVT de sete marchas nas versões LX, EX e EXL.

Compreendendo-se por ser o SUV mais vendido no Brasil, o novo HR-V Touring deve apresentar as mesmas rodas e faróis de LED. Em sua descrição, observa-se recalibragem na suspensão e transmissão, como isolamento acústico revisado e câmbio CVT programado.

Com 4,29 metros de comprimento, 1,77 m de largura e 1,58 m de altura, seu porta-malas possui capacidade para 437 litros e através do sistema Magic Seat pode ser ampliado, devido à flexibilização dos bancos traseiros.

Sua aparência moderna visa a harmonização com a contemporaneidade e para tanto o HR-V Touring deve apresentar itens como ar condicionado digital automático, áudio digital, bancos e coluna de direção com regulagem de altura, Bluetooth, câmera de marcha ré, central multimídia com tela de sete polegadas Multi-touch screen, controles de som no volante, direção elétrica, internet browser (via hot spot), navegador GPS, entre outros.

Seu painel dispõe de 3 saídas de ar na frente do passageiro dianteiro, e duas no lado do motorista e possui console central elevado, permitindo acomodação de um smartphone, possui tomada USB, apoio de braço ajustável e porta-copos. Com bancos largos e confortáveis, o Honda HRV, também vem com vidros, travas e retrovisores de comandos ergonômicos e teto alto.

Segundo a Honda, o novo HR-V Touring apresentará segurança e condução semi-autônoma, frenagem automática de emergência, piloto automático adaptativo e assistente de permanência em faixa.

O Honda HR-V 2019 tem um visual que ostenta uma dianteira pronunciada, com faróis espichados e luzes diurnas em LED. Seu para-choque ficou mais largo e foi redesenhado. Sua lataria apresenta vínculos marcantes e detalhes que camuflam as maçanetas traseiras. Observa-se o toque suave do teto que visa sua aerodinâmica.

Um dos destaques desta categoria do HR-V é a suspensão dianteira McPherson montada em um subframe, molas helicoidais e amortecedores telescópicos. Seu tanque suporta 51 litros de combustível.

Entre outros aspectos, a Honda visa garantir a seus compradores um compacto que permite conforto, qualidade e tecnologia, assim o lançamento deve ser anunciado em breve.

Por Fernanda Merlim

Honda HR-V 2019

Honda HR-V 2019


O automóvel possui estilo contemporâneo, formas geométricas, linhas modernas, visual autêntico e uma vasta diversidade de cores.

A Honda Motor Company, desde 1948, mantém o compromisso com os seus clientes e foi criada pelos Soichiro Honda e Takeo Fujisawa. Juntos eles lutaram para construir essa grande empresa, em meio à guerra e desastres ambientais venceram as adversidades e conseguiram traçar um belo caminho. Sediada em Tóquio, no Japão, contém 507 empresas presentes em todo o globo terrestre, quase 170 mil colaboradores, 67 fábricas, 13 países e 43 unidades tecnológicas que comprovam a sua ética e excelência com os seus consumidores.

A Honda Motor do Brasil Ltda chega no ano de 1971, com o objetivo de distribuir os produtos pelo país. A primeira empresa foi construída em Sumaré-SP no dia 6 de outubro em 1974 e devido a algumas complicações o governo impediu as importações. Felizmente, a companhia restabelece em 1976 com o lançamento da moto CG 125, uma produção nacional, situada na Zona Franca de Manaus. Tendo como seu garoto-propaganda, Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido como Pelé “rei do futebol”, a empresa visava desenvolver o produto de qualidade e barato; ainda atendendo a expectativa e a realidade dos brasileiros. Naquela época tornou-se a moto mais vendida no país.

Como era de se esperar a companhia lançou mais um modelo, o novo Honda HR-V 2019, que promete ser o carro mais vendido, com alta tecnologia e mais bem-estar. O automóvel possui estilo contemporâneo, formas geométricas, linhas modernas, visual autêntico e uma vasta diversidade de cores. Dentro do automóvel o painel é digital, o espaço está mais ampliado e o conforto virou a marca do modelo. Além disso, precisamos dar ênfase na grade cromada com o logotipo da Honda e melhoramento da acomodação O valor do carro gira em torno de R$ 108.500.

Veja as características, funcionalidades e outras informações.

Segurança e Design

O veículo ainda possui uma máxima segurança, nele contem inúmeros itens. Como: Sistema ULT (configuração modular dos bancos); Freios ABS e Airbags; Sensores de luz e ré; Sistema HSA (Hill Start Assist-assistente de partida em aclives); Câmbio manual; Retrovisor interno anti-ofuscante; Seletor de trocas de marchas no volante; Faróis de LED com luzes diurnas.

Novidades

No interior do automóvel possui itens mais completos e confortáveis, entre esse temos: Navegador GPS, controles de som no volante, Bluetooth, Ar condicional digital automático, Central multimídia com tela de sete polegadas Multi-touch screen; Direção elétrica, Tapetes com fixadores no assoalho, Internet browser (via hotspot), Áudio digital, Câmera de marcha à ré e Bancos e coluna de direção com regulagem de altura, Sensor de Chuva, Sensor crespucular, Sensor de estacionamento traseiro.

Ficha técnica:

Dimensões: altura 1.586mm, comprimento 4.329 mm, distância entre os eixos 2.610 mm

Freios: Com ABS e ESP, discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Capacidades: tanques 51 litros, porta-malas 437 litros

Rodas e Pneus: Roda de liga leve 17 polegadas com pneus 2015/55 R17

Transmissão: Tração dianteira, câmbio automático CVT com simulação de 7 marchas nas versões LX, EX e EXL.

Motor: 16 válvulas, transversal, dianteiro, comando único com variador de fase, 4 cilindros em linhas, flex

Peso: 1.276 kg em marcha crescente

Suspensão: Eixo de torção na traseira e independente McPherson na dianteira

Capacidades: Tanque 51 litros, porta-malas 437 litros

Torque / Potência: 17,3 kgfm (a 4.800 rpm)/17,4 kgfm a 5.000 rpm;140 (6.500 rpm/ 139 cv a 6.300 rpm.

Preço: R$ 108.500 (EXL)

Você que é apaixonado por carros com alto nível tecnológico e design arrojado, não pode perder esta oportunidade: o novo Honda HR-V 2019 é o carro ideal. Ele representa tudo que o mercado atual tem de inovador. Não é novidade para ninguém que os automóveis Honda são líderes de mercado e conquistam novos clientes a cada dia, além de deixar satisfeitos os clientes fiéis à marca.

Por Dian Lucas de Paula

Honda HR-V 2019

Honda HR-V 2019


Modelo chega com poucas mudanças e com preço maior.

Para o ano de 2019, a Honda já anunciou algumas novidades para os seus consumidores espalhados pelo mundo inteiro. Uma delas, com certeza, vai agradar e muito aos donos de um do seus grandes sucessos de vendas no Brasil, o SUV HR-V.

A marca divlugou no final do mês de outubro algumas mudanças que deverão fazer parte da nova linha. Para quem gosta de novidades, esta é uma boa chance de conferir o que está sendo retirado da linha atual e quais as tendências que deverão fazer parte da nova geração a partir do ano que vem.

Desde o ano de 2015, quando o utilitário esportivo estava estreando em terras brasileiras, a montadora ainda não tinha feito uma “atualização” em seu estilo, o que deixou para ser feito agora.

De antemão, as novas tendências incorporadas ao novo modelo 2019 vão desde um novo formato visual, assim como modificações em sua estrutura e na mecânica, tudo com a finaldade de proporcionar mais conforto e sofisticação aos seus consuidores.

É claro que toda mudança de uma linha para a outra vai se refletir num preço mais elevado. No final deste artigo, vamos mostrar a você leitor quanto vai custar o HR-V 2019 da Honda.

Para quem gosta de escolher um carro pela mecânica, então pode ir anotando aí algumas modificações. O HR-V 2019 vai chegar ao mercado brasileiro com um novo mecânismo de suspensão que utiliza um conjunto de amortecedores que são capazes de absorver maiores impactos, o que proporciona muito mais suavidade aos seus ocupantes.

Nesta nova versão, a Honda resolveu adotar um sistema de correção do seu sistema de transmissão, com a adoção de uma calibragem para quem trafega no trânsito caótico dos grandes centros urbanos.

Deste modo, o novo sistema vai corrigir de modo automático uma súbita elevação da rotação do motor nos frequentes 'anda e para' do trânsito, o que contribui para aumentar o consumo de combustível e a elevação de temperatura do motor.

No aspecto externo, o novo HR-V 2019 traz algumas modificações que vão proporcionar um visual mais atualizado e bem mais elegante. O que chama atenção neste quesito é a sofisticada grade frontal do novo modelo, agora bem mais larga e a barra cromada agora é usada para fixar a logomarca da Honda em um estilo mais horizontal. O resultado é um efeito próprio que impõem estilo e sofisticação.

Além disto, o novo modelo vem com um novo sistema de faróis baixo e luzes do tipo LED totalmente integrados, com revestimento mais escuro, o que proporciona uma certa agressividade ao novo modelo.

Para as lanternas traseiras, há também a adoção de luzes do tipo LED em estilo horizontal e fundo escurecido, o que também deverá ser adotado por todas as versões da nova linha 2019.

Outra novidade é a adoção de rodas de liga leve de 17 polegadas e a adição de novas cores ao se conjunto de tonalidades da linha como, por exemplo, o Azul Cósmico Brilhante. Para quem não conhece ainda todas as cores, o HR-V já está no mercado brasileiro com alguma cores como o Branco Tafetá, o Cinza Barium, o Preto Estelar e o Vermelho Mercúrio , por exemplo.

A nova linha 2019 ganha novo revestimento acústico e a adoção de novos bancos que garantem mais conforto e segurança, pois vão ganhar apoios extras para as pernas e para as costas.

Como toda novidade de linha significa aumento de preço, para o HR-V 2019 não poderia ser diferente. Quem quiser levar a versão 2019 para casa vai ter que desembolsar cerca de R$ 3.000,00 a mais. Dependendo da versão escolhida pelo consumidor, os preços para o novo modelo deverá ficar entre os R$ 92.000 e R$ 110.000,00 no ato da compra. Um preço considerado bastante razoável para um SUV da marca Honda.

Emmanoel Gomes


A nova estreia da companhia Honda é o modelo WR-V 2019, que foi revelado ao mercado sem muitas alterações externas, entretanto, dado o prestígio da empresa, o veículo promete muita mais segurança e conforto para os seus usuários.

Todo lançamento de um novo veículo se torna um grande evento para os consumidores, sobretudo para aqueles com maior poder aquisitivo.

A nova estreia da companhia Honda é o modelo WR-V 2019, que foi revelado ao mercado sem muitas alterações externas, entretanto, dado o prestígio da empresa, o veículo promete muita mais segurança e conforto para os seus usuários.

Ele foi mais aperfeiçoado em seu interior, passando por algumas poucas alternações em seus bancos, por exemplo, que passaram a ser produzidos em detalhes de cinza. Este novo modelo da Honda, já em comercialização, está repleto de especificações que valem a pena ser descritas.

Trata-se, portanto, do SUV WR-V que está munido de algumas características semelhantes às do modelo Honda Fit e do HR-V. Este new Honda WR-V 2019, entretanto, está mais longo em 2 cm; sendo 6 cm mais alto e em sua distância de entre-eixos está 2 cm mais amplo do que o modelo Fit. Outra grande novidade está no seu motor de 1.5 16V tipo Hatch.

Deste modo, para que todo consumidor interessado possa ter uma noção de conjunto, foram reunidas as informações técnicas essenciais do modelo atual, embora as mudanças não sejam em larga escala:

Possui motor tipo 1.5 L 16 V SOHC i-VTEC FlexOne; seu desempenho é de 116 CV – 115 cv (g), em 6.000 rpm; em torque ele abrange 15,3 kgfm – 15,2 kgfm, em 4.800 rpm; munido de tração dianteira; possui transmissão automática de tipo CVT; os pneus utilizados são do modelo195-60 R16, em raio de liga leve, Aro 16 polegadas; direção de tipo EPS ou Eletroassistida Progressiva; a suspensão dianteira é de tipo MacPherson; a suspensão traseira é em Barra de Torção; a distância do entre eixos é de 2.555 mm; o comprimento total é de 4.000 mm; a sua altura é de 1.599 mm e a largura é de 1.734 mm; o peso fica em 1.590 kg; a capacidade do tanque de combustível é de 45,3 l; o porta malas tem capacidade para 363 L; função de alimentação em Flex para Gasolina e Etanol.

Essa lista apresenta o conjunto essencial dos equipamentos, desde os mais simples até as estruturas mais tecnológicas, as quais compõem a atualização operada neste veículo destinado à concorrência de automóveis em 2019.

Entre as especificações mais atuais, segue a lista:

Possui uma micro antena instalada na parte traseira de seu teto; equipado com Brake light; munido de câmera de ré; possui os faróis de neblina; equipado com uma nova grade frontal inteiramente cromada e suplementada de acabamento black piano; possui um limpador de para-brisa em função intermitente e mais um limpador do vidro traseiro; possui maçanetas externas na mesma cor do veículo; equipado de um para-brisa Degradê; um novo Rack de teto; sistema de ar-condicionado; possui o banco do motorista com função de regulagem para altura; munido de iluminação interna dianteira de modo individual e central, além da um sistema de iluminação interna para o porta-malas; sistema de vidros elétricos em todas as janelas; o seu volante é multifuncional, com acabamento todo revestido em couro; possui o airbag frontal e o lateral destinado ao motorista e ao passageiro dianteiro; sistema de alarme; munido de uma trava de segurança central para os vidros dos passageiros e da trava de segurança instalada nas portas traseiras; o sistema de travas elétricas está munido de travamento automático, acionadas quando acima de 15 km/h, entre outros atributos.

Os valores atualizados do modelo Honda WR-V 2019 seguem abaixo, conforme o site icarros:

A versão EX está disponível por R$ 82.100, anteriormente por R$ 81.400. A versão EXL está disponível por R$ 86.200, anteriormente por R$ 85.500.

Por Paulo Henrique dos Santos

Honda WR-V 2019

Honda WR-V 2019


O SUV da Honda está sendo reestilizado ao redor do mundo e logo chegará mudado aqui no Brasil também.

O novo design de meia-vida do Honda HR-V em sua primeira geração, o qual foi exibido há um tempo no continente asiático, chegou recentemente aos Estados Unidos e agora está prestes a chegar por aqui. Na terra do Tio Sam o veículo será comercializado por uma cifra que se inicia em US$ 20.520, isso ainda sem os impostos que incidem sobre a compra, onde lá é cobrado separado. Esse valor, aqui no Brasil se aproxima dos R$ 77 mil.

Aparentemente, o utilitário esportivo ficou bem parecido com o Vezel da Ásia, onde a principal mudança fica por conta da mudança nas cores das setas, o que dá a entender que o automóvel que será comercializado em território brasileiro tem todas as chances de sofrer as mesmas alterações estéticas. As novidades principais estão no design dos faróis, que ficaram mais pontudos, as lanternas da parte traseira que passaram por um rearranjo interno e a grade dianteira que ficou mais aberta, sendo dividida em colmeia.

A nova geração do HR-V está chegando ao movimentado mercado brasileiro. Inclusive, ele será uma das atrações principais a serem apresentadas no Salão do Automóvel da cidade de São Paulo, que acontecerá no mês de novembro.

Embora o desenho seja novo, não se espera qualquer tipo de mudança na sua parte mecânica, visto que o seu irmão americano ainda irá usar um propulsor i-VTEC 1.8 aspirado, com 4 cilindros que gera uma potência de 141 cavalos. A diferença entre eles é que aqui no Brasil este motor é bicombustível e consegue ter 140 cavalos de potência ao utilizar etanol. Sua caixa de transmissão sempre será o continuamente variável, conhecido popularmente como CVT (continuamente variável).

Quais são as mudanças?

As mudanças já se iniciam pela tração, a versão top de linha nos Estados Unidos será vendida com um permanente sistema integral, já aqui no Brasil a tração sempre será dianteira. Vale ressaltar também que o modelo americano irá contar com diversas tecnologias ativas no quesito segurança que ainda estão longe da realidade brasileira, sendo elas: assistente para frenagem contra colisão, além de assistente de manutenção em faixa, que conta com aplicações automáticas para frenagem e alertas, caso seja preciso, e ainda um controle adaptativo de cruzeiro.

Sem contar que o pequeno SUV americano recebe, também, amortecedores novos com um reforço de estrutura na coluna A com o objetivo de se adequar aos novos parâmetros do instituto de segurança americano de vias, o IIHS.

E a cabine?

Na parte interna, os elementos como guarnições de portas, painel, volante, bancos modulares e console central suspenso continuarão sendo os mesmos já utilizados na atual versão do HR-V. A montadora apenas retocou os filetes que pode ser preto brilhante ou cromados e os revestimentos dos bancos.

Um computador de bordo novo é que será o grande diferencial. Será digital e com tela TFT a cores com 4,2”, que ficará localizado em seu quadro de instrumentos. A central multimídia possui um display de 7 polegadas e foi melhorada na versão top de linha, a Touring, que agora passou a ter novos ícones e também gráficos novos, sem contar que agora tem um comando físico de volume novo.

O HR-V norte americano irá contar com diversos itens de série, logicamente tendo suas variações para cada uma das versões, os elementos serão: faróis de full-LED, sensor presencial na própria chave, controles de tração e estabilidade, seis airbags, câmera de ré com diversos gráficos e ângulos (dinâmicos ou estáticos, sensores anticapotamento e ainda contará, na cabine, com atenuamento dos ruídos que ocorrerem na parte externa).

Por Filipe Silva

Honda HR-V 2019

Honda HR-V 2019


Honda lança versão Esporte do HR V 2019 e com painel digital.

A Honda está apresentando aos poucos as suas mudanças no primeiro facelift de sua SUV compacto,a HR-V. Além de sua nova dianteira e de algumas leves mudanças em sua traseira, o novo modelo recebeu um novo painel de seus instrumentos onde é parcialmente digital para as versões mais elevadas. Essas mudanças serão empregadas na sua totalidade em seu modelo nacional, já que a montadora da Honda mantém todos os seus modelos bem alinhados globalmente.

A sua nova dianteira traz os seus faróis recortados com um friso totalmente cromado em sua grade. Tal que acontece hoje, em apenas uma versão topo de linha a Touring que tem iluminação em full-LED, enquanto as outras demais variantes em adotar luzes um pouco mais simples. Ao menos o novo HR-V possuirá uma iluminação diurna com LED para todas as suas versões, tal como é feito no modelo Civic.

O seu para-choque da frente ficou muito mais esportivo e com a inclusão de umas entradas de ar bem maiores e uns filetes horizontais na sua grade frontal. Na traseira, há apenas um novo friso que é cromado entre as suas lanternas para versões mais caras. A sua versão topo de linha a Touring ganhou também uma tração em suas quatro rodas, e uma grade frontal estilo colmeia, além de bancos com os ajustes elétricos e uma parte inferior na sua carroceria pintada com a cor da carroceria, enquanto essa nova versão Sport pode trazer rodas de liga leve com 18 polegadas e alguns detalhes na carroceria com a cor preto brilhante.

A sua grande novidade fica por conta de seu interior que possui um novo painel de instrumentos, com o velocímetro analógico e com um aro colorido, enquanto os outros mostradores foram todos substituídos por telas coloridas e configuráveis, com um layout muito parecido com os do Ford Fusion e da Ranger. A sua central multimídia também foi renova e conta agora com um controle de volume com um botão físico, o Android Auto e também o Apple CarPlay.

Nos países dos EUA e no Japão, o novo HR-V passa também a ser equipado com um pacote Honda Sensing, que pode adicionar o piloto automático adaptável, assistência para permanência de faixa, a frenagem autônoma para casos de emergência e alguns outros itens para segurança. Ainda não há confirmação caso esse pacote seja empregado também no SUV comercializado para o Brasil, mas, na ausência dos outros itens do Civic, que hoje é um dos carros mais caros e sofisticados, dificilmente o modelo do HR-V brasileiro virá com esse o pacote.

Mas é um carro de muito luxo e virá para atender o mais alto padrão de exigência dos consumidores brasileiros. Por isso se você é amante de carros de alto padrão não poderá deixar de experimentar essa máquina da Honda. Além de muito luxuoso, ele é maravilhoso e com certeza será muito econômico.

Ainda não temos detalhes de seu motor e sua economia, mas levando em consideração modelos anteriores da montadora dá para saber que coisa muito boa virá.

A Honda vem investindo pesado em sua linha de automóveis criando carros cada vez mais luxuosos e que vem conquistando os primeiros lugares nos rankings de vendas por todo o mundo.

Depois do sucesso do Civic por aqui e pelo mundo a fora, a montadora investe do HR-V para assim conquistar as paradas de vendas novamente.

Com essa acirrada disputa entre as empresas fabricantes de carros quem ganha é sempre o cliente, que está tendo a oportunidade de a cada lançamento provar um carro melhor e com uma qualidade superior.

Por isso se estiver interessado em comprar um carro novo em breve não poderá deixar de experimentar esse novo modelo da Honda.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Confira as especificações técnicas e características do modelo 2018 da Honda WR-V.

Confortável e com aspecto robusto o novo Honda WR-V vem com uma micro antena localizada na parte traseira do teto; com câmera de marcha ré; faróis de neblina e de halogênio, os faróis de halogênio vêm com luzes de rodagem diurna em LED; possui uma grade frontal cromada que tem acabamento black piano; limpador de para-brisa e de vidro traseiro; brake light; as maçanetas externas são da cor do carro; tem para-brisa em degradê; rack de teto; tem também com retrovisores elétricos que vem com uma luz indicadora de direção em LED; vidros com filtro UV e com rodas de liga leve com aro de 16 polegadas de diâmetro.

A parte interna do modelo vem equipada com apoio para o pé; 2 alto-falantes dianteiros e 2 alto-falantes traseiros; ar-condicionado; multimídia de 7” com GPS, rádio, internet e entrada para USB e cartão SD; Bluetooth com comados HFT no volante; o banco do motorista tem regulagem da altura; possui porta copos; coluna de direção com ajuste de altura; coluna de direção com ajuste de profundidade; todos os bancos possui encosto de cabeça; iluminação interna central; iluminação interna dianteira; iluminação interna localizada no porta malas; desembaçados do vidro traseiro; tem painel que possui um computador de bordo com multifunções; piloto automático; porta objetos localizados nas portas dianteiras; porta revistas localizado na parte traseira dos bancos dianteiros do passageiro e do motorista; tomada com 12 volts; tem os bancos traseiros bipartidos e reclináveis; vidros elétricos para todos ocupantes; o volante é multifuncional e é revestido com couro; os bancos também possuem revestimento exclusivo de tecido que combina as cores preto e laranja ou preto e prata, essa variação do revestimento dos bancos, depende da cor externa do veículo; os detalhes internos do painel, detalhes internos nas portas e os acabamentos são na cor prata.

Em relação a segurança o carro tem airbag frontal e lateral para o motorista; tem o airbag frontal e lateral para o passageiro; airbag de cortina; aviso sonoro para uso do cinto de segurança para o motorista; tem barras de proteção na lateral; alarme; cintos de segurança de três pontos na parte dianteira com pré-tensionador; tem cintos de segurança de três pontos na parte traseira para todos os ocupantes; tem uma chave tipo canivete para o fechamento das portas; possui os freios dianteiros a disco e os freios traseiros a tambor; freios ABS com EBD; o tapete do motorista possui um pino de segurança; o sistema usado para realizar a fixação da cadeirinha infantil é o ISOFIX; tem o sistema Immobilizer; trava de segurança central para os vidros dos passageiros; as portas traseiras tem trava de segurança e quando o carro atinge uma velocidade acima de 15 Km/ h as travas elétricas são ativadas através do sistema de travamentos automático.

O modelo vem em duas versões, a versão WR-V EX CVT que sai no valor de R$ 80.390 e a versão WR-V EXL CVT que sai pelo valor de R$ 84.390.

Com o uso de gasolina ele gasta cerca de 11 Km/ l na cidade e 13 Km/ l na estrada. Com o etanol ele faz cerca de 8 Km/ l na cidade e 10,5 Km/ l na estrada.

Veja abaixo a Ficha Técnica do Honda WR – V:

Motor

Motor: 1.5 L 16V FlexOne

Potência: 115 cv a 6.000 rpm com o uso da gasolina e 116 cv a 6.000 rpm com o uso do etanol

Potência do Torque: 15.2 kgfm a 4.800 rpm com o uso de gasolina e 15.3 kgfm a 4.800 rpm com o suo do etanol.

Tração dianteira: Transmissão automática do tipo CVT

Rodas e Pneus

Pneus: 195/ 60 R16

Rodas: Liga leve com aro 16 polegadas

Suspensão dianteira: McPherson

Suspensão traseira: com barra de torção

Dimensões

Altura (com rack de teto): 1.599 mm

Comprimento: 4.000 mm

Largura: 1.734 mm

Distância entre eixos: 2.555 mm

Capacidades:

Tanque: 45,3 litros

Porta-malas: 363 litros

Por Lorena Ruiz

Honda WR-V 2018

Honda WR-V 2018


Modelo 2018 possui 5 versões. Confira as especificações técnicas e características de cada uma.

Para 2018 a Honda disponibilizou novos equipamentos e mudanças visuais no Honda Fit, disponível em 5 versões principais, a motorização e câmbio continuam o mesmos, com o motor 1.5 de 16 válvulas e opções de câmbio manual ou automático, tipo CVT.

A direção elétrica presente também em todas as versões foi retrabalhada para ficar mais firme no uso diário. Na parte dos equipamentos a grande novidade foi a adoção do controle de estabilidade, agora equipamento presente em todas as versões fora o assistente para rampa quando o veículo começa a rodar.

O visual está mais sofisticado, o Honda Fit adotou novos para-choques dianteiros e traseiros e novos faróis, denotando maior elegância. Por conta do novo visual, o Honda Fit 2018 ficou um pouco maior, com 9,8 cm de comprimento total ante as versões anteriores.

Agora todas as versões contam com lanternas de LED na traseira, melhorando substancialmente a segurança, além do impacto visual mais bonito.

A versão mais sofisticada EXL recebeu um sistema multimídia de sete polegadas com total integração com celulares. A Honda ainda disponibilizou uma nova cor em seu catálogo, denominada azul boreal de tom metálico, fora as outras 5 já disponíveis.

Em resumo, o Honda Fit sempre primou pelo ótimo conjunto e versatilidade, os novos equipamentos e retoques visuais feitos pela Honda reforçam ainda mais suas qualidades, atualizando todo seu conjunto perante seu concorrido nicho de mercado, o tornando ainda mais atrativo.

Honda Fit 2018 versões e principais equipamentos:

Honda Fit DX: a partir de R$ 58.700,00

Ficha Técnica:

– Motor 1.5 16 válvulas, aceitando gasolina ou etanol, com 115cv e 116cv de potência, respectivamente

– Transmissão de 5 velocidades manual

– Direção Elétrica

– Rodas de liga leve aro de 15 polegadas

– Dimensões gerais: altura de 1536 milímetros, largura de 1634 milímetros e comprimento de 4096 milímetros

– Tanque de combustível de 45 litros

– Capacidade do porta-malas de 363 litros

Equipamentos:

– Lavador, desembaçador e limpador de para-brisa traseiro

– Lanterna de LED com brake light

– Retrovisores e vidros elétricos

– Porta objetos internos

– Ar Condicionado

– Direção com coluna ajustável

– Sistema de Áudio com MP3 Bluetooth

– Airbags para motorista e passageiro

– Sistema de freios antitravamento

– Chave com controle de abertura das portas tipo canivete

Cores disponíveis: Azul, branco, cinza e preto

Honda Fit Personal: a partir de R$ 68.700,00

Ficha Técnica:

– Motor 1.5 16 válvulas, aceitando gasolina ou etanol, com 115cv e 116cv de potência, respectivamente

– Transmissão automática CVT

– Direção Elétrica

– Rodas aro de 15 polegadas

– Dimensões gerais: altura de 1536 milímetros, largura de 1634 milímetros e comprimento de 4096 milímetros

– Tanque de combustível de 45 litros

– Capacidade do porta-malas de 363 litros

– Carro equipado com estepe temporário

– Sistema de tração dianteira

Equipamentos:

– Lavador, desembaçador e limpador de para-brisa traseiro

– Lanterna de LED com brake light

– Retrovisores e vidros elétricos

– Porta objetos internos

– Ar Condicionado

– Alerta de Frenagem

– Direção com coluna ajustável

– Sistema de Áudio com MP3 Bluetooth

– Airbags para motorista e passageiro

– Sistema de freios antitravamento

– Chave com controle de abertura das portas tipo canivete

Cores disponíveis: Azul, branco, cinza e preto

Honda Fit LX: a partir de R$ 70.100,00

Ficha Técnica:

– Motor 1.5 16 válvulas, aceitando gasolina ou etanol, com 115cv e 116cv de potência, respectivamente

– Transmissão automática CVT

– Direção Elétrica

– Rodas de liga leve aro de 15 polegadas

– Dimensões gerais: altura de 1536 milímetros, largura de 1634 milímetros e comprimento de 4096 milímetros

– Tanque de combustível de 45 litros

– Capacidade do porta-malas de 363 litros

– Carro equipado com estepe temporário

– Sistema de tração dianteira

– Suspensões McPherson dianteira e traseiras com eixos de torção

Equipamentos:

– Lavador, desembaçador e limpador de para-brisa traseiro

– Lanterna de LED com brake light

– Faróis dianteiros de neblina

– Retrovisores e vidros elétricos

– Porta malas com iluminação interna

– Porta objetos internos

– Tomada auxiliar de 12 volts

– Ar Condicionado

– Alerta de Frenagem

– Direção com coluna ajustável

– Sistema de Áudio com MP3 Bluetooth com quatro alto-falantes

– Airbags para motorista e passageiro

– Sistema de freios antitravamento

– Chave com controle de abertura das portas tipo canivete

Cores disponíveis: Azul, branco, cinza e preto

Honda Fit EX: a partir de R$ 75.600,00

Ficha Técnica:

– Motor 1.5 16 válvulas, aceitando gasolina ou etanol, com 115cv e 116cv de potência respectivamente

– Transmissão automática CVT com sistema de controle no volante Paddle Shifts

– Direção Elétrica

– Rodas de liga leve aro de 16 polegadas

– Dimensões gerais: altura de 1536 milímetros, largura de 1634 milímetros e comprimento de 4096 milímetros

– Tanque de combustível de 45 litros

– Capacidade do porta-malas de 363 litros

– Rebatimento do porta-malas através dos bancos traseiros aumentando para 1045 litros o volume total

– Carro equipado com estepe temporário

– Sistema de tração dianteira

– Suspensões McPherson dianteira e traseiras com eixos de torção

Equipamentos:

– Lavador, desembaçador e limpador de para-brisa traseiro

– Lanterna de LED com brake light

– Faróis dianteiros de neblina

– Retrovisores e vidros elétricos

– Porta malas com iluminação interna

– Porta objetos internos

– Sistema de ré com câmera

– Tomada auxiliar de 12 volts

– Ar Condicionado

– Alerta de Frenagem

– Direção com coluna ajustável

– Sistema de Áudio LCD de 5 polegadas com MP3 Bluetooth com quatro alto-falantes

– Quatro Airbags para todos ocupantes

– Sistema de freios anti travamento

– Sistema de faróis diários de LED

– Chave com controle de abertura das portas tipo canivete

Cores disponíveis: Azul, branco, cinza e preto

Honda Fit EXL: a partir de R$ 80.900,00

Ficha Técnica:

– Motor 1.5 16 válvulas, aceitando gasolina ou etanol, com 115cv e 116cv de potência, respectivamente

– Transmissão automática CVT com sistema de controle no volante Paddle Shifts

– Direção Elétrica

– Rodas de liga leve aro de 16 polegadas e pneus 185/55

– Dimensões gerais: altura de 1536 milímetros, largura de 1634 milímetros e comprimento de 4096 milímetros

– Tanque de combustível de 45 litros

– Capacidade do porta-malas de 363 litros

– Rebatimento do porta-malas através dos bancos traseiros aumentando para 1045 litros o volume total

– Carro equipado com estepe temporário

– Sistema de tração dianteira

– Suspensões McPherson dianteira e traseiras com eixos de torção

Equipamentos:

– Lavador, desembaçador e limpador de para-brisa traseiro

– Lanterna de LED com brake light

– Tela Multimídia com GPS e sistema para smartphone de 7 polegadas

– Faróis dianteiros de neblina

– Retrovisores e vidros elétricos

– Porta malas com iluminação interna

– Porta objetos internos

– Sistema de ré com câmera

– Tomada auxiliar de 12 volts

– Computador de bordo com painel de instrumentos de múltiplas funções

– Ar Condicionado Digital

– Alerta de Frenagem

– Direção com coluna ajustável

– Sistema de Audio LCD de 5 polegadas com MP3 Bluetooth com quatro alto-falantes

– Seis Airbags para todos ocupantes

– Sistema de freios antitravamento

– Sistema de faróis diários de LED

– Chave com controle de abertura das portas tipo canivete

Cores disponíveis: Azul, branco, cinza e preto

Mais informações e detalhes podem ser conferidos diretamente no site da Honda: www.honda.com.br/automoveis/fit.

Por C. B.

Honda Fit 2018

Honda Fit 2018


Conheça aqui um pouco mais sobre o novo Honda Fit Cross Style.

No mercado automobilístico nacional a Honda decidiu pelo desenvolvimento do modelo WR-V como sendo uma versão mais robusta, ousada e aventureira do bem conhecido dos brasileiros: Honda Fit.

Já no Japão, casa da Honda, a escolha ficou sendo uma configuração Cross Style, o qual ficou com uma estética visual mais clean, leve e com um propósito de mais aproximação do Honda Fit Twist, o qual figurou na geração passada da família Fit.

Apresentação da novidade

A novidade, que saiu de fábrica nesta semana, conta sempre como antes, com propulsão híbrida, a qual já está perfeitamente alinhada com a estilização mais recente aplicada no monovolume da Honda.

A exclusividade por enquanto ainda pertence ao mercado de nascimento da Honda: o mercado japonês.

Com relação a preços, eles ainda não foram divulgados, porém, conforme informações, nos próximos dias já teremos tais dados disponíveis para que possamos fazer comparativos e avaliações de custo e benefício.

O modelo nasceu respirando “aventura”

Externamente o Honda Fit WR-V possui detalhes como as luzes para utilização diurna, que são de LED (Light Emitting Diode), bem como para-choques que lembram o modelo do Fit 2018, já apresentado ao mercado asiático e dos Estados Unidos, porém, bem remodelados.

A denotação de aventura é ainda mais acentuada se considerados os contornos plásticos que ficam nas caixas de roda e também pelos estribos laterais, os quais são acompanhados por um tipo de “borrachão” de porta acinzentado, tão grandes que chegam a lembrar os Airbumps da francesa Citröen. As rodas, por sua vez, são estilizadas com desenho ousado e exclusivo, possuindo acabamento diamantado.

Motorização e transmissão

O capô do aventureiro e valente Honda Fit WR-V guarda um motor 1.5 i-VTEC com ciclo Miller, trabalhando de forma conjunta com um propulsor elétrico.

Sobre a transmissão ressalta-se a automatização, a dupla embreagem, bem como as 7 marchas disponíveis ao modelo esportivo.

Certamente o Honda Fit W-RV será mais um modelo da perfeccionista montadora japonesa Honda Motor Company Limited e fará jus aos quase 70 anos de tradição em lançamentos de modelos criativos e ousados. No caso em particular, estará atendendo a um apelo brasileiro, que está sempre sedento por modelos aventureiros e carregados de estilo.

Por Silvano Andriotti


Foi divulgado o preço do novo Honda WR-V. O carro irá iniciar em R$ 79.400 em sua versão EX.

O Honda WR-V foi revelado como um dos grandes destaques do Salão de São Paulo no ano de 2016 e agora finalmente foi revelado o seu preço na última segunda-feira, dia 13.

Embora o veículo compartilhe praticamente o projeto idêntico do modelo Fit, o WR-V irá ser colocado pela montadora como um veículo utilitário esportivo compacto. O carro irá iniciar em R$ 79.400 em sua versão EX, o qual sai de fábrica com airbag lateral, iluminação diurna de LED, trio elétrico, direção com assistência elétrica, rodas de liga leve aro 16, ar-condicionado, coluna de direção ajustado em profundidade e altura, entre outros.

Logo acima dele, virá a versão EXL no valor de R$ 83.400, que conta com central multimídia touchscreen com 7 polegadas, com câmera de ré, permite navegação na internet na tela usando dados do smartphone. O WR-V EXL conta também com um airbag de cortina em seus itens.

Desta forma, o novo WR-V se posiciona acima do modelo Honda Fit EXL, o qual tem valor de R$ 78.900 e empata praticamente, quando se trata de valores com seu primo, o HR-V, que é maior e inicia em R$ 79.900 com transmissão manual ou no valor de R$ 86.800 com câmbio automático CVT. Vale destacar também, que o HR-V, conta com os controles de estabilidade e de tração, sistemas estes que recém-lançado WR-V e nem o Fit oferecem ainda.

O novo Honda WR-V faz uso do mesmo conjunto mecânico utilizado no Honda Fit, que é um motor 1.5 de 16 válvulas que gera até 116 cavalos abastecido com etanol e um torque de 15,3 kgfm atuando de forma conjunta com um câmbio automático CVT em suas duas versões.

É interessante também a característica do Honda WR-V quando se trata de sua parte interna. O que preferirem o WR-V em Vermelho Mercúrio perolizada terá um modelo que mescla tons de laranja e preto em seu interior, uma forma da empresa entregar um ambiente mais acolhedor e mais alegre, além de ser também, mais jovial. Já as demais cores, o interior irá mesclar tons de prata e preto.

Por Filipe Silva

Honda WRV

Honda WRV

Fotos: Divulgação


De acordo com as informações oficiais o modelo só deverá chegar às concessionárias a partir do dia 25 de agosto de 2016.

A Honda realizou recentemente uma espécie de avant première para a décima geração do Civic. De acordo com as informações oficiais o modelo só deverá chegar às concessionárias a partir do dia 25 de agosto de 2016. O Honda Civic já havia sido lançado nos Estados Unidos, com isso, a maior parte da curiosidade que se poderia ter em relação ao carro praticamente já nem existe. De qualquer forma o suspense já pode dar-se por encerrado.

Uma das principais novidades do novo Civic é a integração do motor 1.5 turbo movido a gasolina. São 173 cavalos de potência e 22,4 kgfm de torque. O bloco trabalha conjugado com câmbio CVT que será uma exclusividade da versão topo de linha, a Touring.

No caso das outras versões o carro continuará com o motor 2.0 SOHC i-VTEC que conta com uma potência de 150 cavalos com gasolina e 155 cavalos movido com Etanol. Os torques ficam e 19,3 kgfm e 19,5 respectivamente. Aqui vale chamar a atenção para uma certa redução no consumo de combustível com a conjugação do câmbio CVT.

De acordo com informações da própria montadora, a partir de agora a divisão entre as versões deixará de ser verticalizada seguindo o padrão da opção mais cara se sobrepondo a mais barata. Agora a estratégia adotada é horizontal com ofertas e propostas distintas para os clientes que tenham interesses igualmente diferentes.

A lista de itens de série também chama a atenção. Entre eles vamos contar com comandos de áudio no volante, alto falantes dianteiros e traseiros, conexões USB e auxiliar, câmera de ré com multi-visão, freios a disco nas quatro rodas, com ABS e EBD, Isofix, freio de estacionamento elétrico, assistente de partida em aclive, controles de tração e estabilidade, airbags frontais, laterais e de cortina, tapetes acarpetados, painel e laterais de porta com plástico soft touch, forro do teto em tecido escuro e acabamento com costuras, retrovisores elétricos, faróis de neblina, luzes de rodagem diurna em LED, faróis e as lanternas em LED.

Os preços começam em R$87.900 na versão Sport 2.0 manual e vão até R$124.900 na Touring 1.5 turbo CVT.

Nessa última opção teremos entre outros itens a presença de rodas de liga leve de 17 polegadas, retrovisor eletrocrômico, para-brisa com tratamento acústico, botão de partida e partida remota, sensores dianteiros e traseiros de estacionamento, assistente de ponto-cego, teto solar e o conjunto ótico de LED.

Por Denisson Soares

Honda Civic


Veículo foi apresentado Tokyo Motor Show 2015 e começará a ser vendido em março de 2016 por 7,66 milhões de ienes.

A grande empresa japonesa Honda, nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, promoveu na 44ª edição do Tokyo Motor Show 2015 o lançamento do carro Clarity Fuel Cell para o mundo todo. Este é um modelo de produção do seu mais novo veículo, movido a FCV, célula de combustível. O moderno veículo esteve exposto no salão entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro de 2015. O carro junta a praticidade de um carro comum, movido a gasolina e as exclusivas características de FCV de alta classe.

Tal combinação soma um valor alto ao sedã e grande potencial para se tornar uma referência no segmento de FVC’s no mercado. Fazendo uso de grandes tecnologias originais da própria empresa, em comparação ao modelo anterior, a célula de combustível foi reduzida em 33% e o desempenho incrementado em cerca de 60%, gerando dessa forma mais de 100 kW.

O sistema novo proporcionou a adesão de um pacote completo de equipamentos de conveniência dentro deste veículo, que de forma confortável acomoda cinco adultos, sem conta que de certa forma contribui para o desenvolvimento dos próximos modelos movidos a célula de combustível, feito pela marca.

Com um baixo consumo de energia, juntamente com o melhoramento do desempenho, o tanque de armazenamento de hidrogênio do Clarity Fuel Cell, com 70 Mpa de pressão, traz uma autonomia que ultrapassa os 700 km (assim como apresentada na medição interna da Honda), isso equivale ao melhor índice já registrado entre os FCV’s. A carga do tanque pode ser realizada em torno de 3 minutos, assim como um carro movido à gasolina.

A companhia irá iniciar suas vendas no Japão no mês de março do próximo ano, inicialmente para os órgãos do governo e clientes empresariais parceiros da Honda, para que assim possa obter algumas informações dos usuários.

A priori, a empresa produzirá o veiculo em Tochigi, no Japão, para posteriormente expandir o volume fabricação, para que possam ser realizadas as vendas. O Clarity será vendido por 7,66 milhões de ienes, aproximadamente R$ 243 mil.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Modelo terá as versões hatchback, esportiva Si, cupê e Type R produzidas.

Lançado recentemente do Salão do Automóvel em setembro 2015 na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, o novo Honda Civic 2017 inicia sua produção em série conforme divulgado pela fabricante japonesa no dia 20 de outubro de 2015.

O sedan nipônico começou a ser produzido em linha produtiva na fábrica localizada na cidade de Alliston, no Canadá. A unidade é responsável pelo abastecimento do modelo nos países da América do Norte e deve começar a ser comercializado ainda em novembro de 2015, tanto no Canadá quanto nos Estados Unidos.

Além da versão sedan, o novo Honda Civic contará ainda com as versões hatchback, esportiva Si, cupê e Type R. O modelo esportivo Type R da fabricante japonesa será comercializado pela primeira vez nos Estados Unidos.

A 10ª geração do Honda Civic conta uma grande mudança em comparação à geração anterior. Além da opção de freio de estacionamento eletrônico e sistema de frenagem autônoma, em casos de emergência, as mudanças incluem motor turbo de 1.5 de 176 cv, transmissão automática CVT e novo design traseiro na versão sedan.

Para o Brasil, o lançamento está previsto apenas para o segundo semestre de 2016 e busca superar em larga escala as vendas do modelo Corolla. Com uma dianteira mais agressiva, os faróis estreitos em LED mantem o estilo anterior, mas com um design mais moderno.

Por dentro, o modelo 2017 traz um interior diferenciado. Além do painel remodelado, nos Estados Unidos o freio de mão está sendo substituído por freio de estacionamento elétrico. O porta-malas aumentou em 73 litros a sua capacidade, totalizando 522 litros. Distanciando-se muito de seus concorrentes Corolla com 470 litros e Cruze com 449 litros de capacidade.

O modelo, que continua sendo produzido desde 1972, é o mais vendido no mundo pela empresa japonesa. 

Por Jean Fretta Pereira

Honda Cvic 2017

Honda Cvic 2017

Honda Cvic 2017

Fotos: Divulgação


Novo modelo ganhou uma repaginada em seu visual e ficou mais arrojado.

Finalmente acabou o mistério, depois de muitas especulações e bem próximo da data oficial marcada para a apresentação oficial, o tão esperado Honda Civic versão 2016 foi visto completamente sem disfarces nos EUA, sendo que as imagens desta visualização já estão rodando pela internet.

Conforme o que já havia sido antecipado por meio de projeções 3D o visual deste novo Honda Civic ficou bastante arrojado. Pelas mudanças que foram  feitas no visual do veículo, realmente cumpriu a promessa de comemorar o 43º aniversário do modelo com uma repaginada no seu visual.

Com essas mudanças o Civic 2016 ficou maior e mais musculoso, sendo que os seus principais destaques ficaram por conta de sua traseira que foi desenvolvida com muita ousadia, haja vista que nesta versão as lanternas ganharam tamanho mais avantajado e avançam sobre a tampa.

Na parte frontal, o sedan apareceu com os seus faróis mais afilados e incorporados à grade que ficou bastante destacada devido à inserção de um friso cromado que ao ser visualizado assemelha-se a uma sobrancelha.

Já a parte lateral do veículo possui um desenho totalmente novo na área envidraçada, na janela C também foi inserida uma terceira coluna. Uma caída mais suave no teto foi o suficiente para dar a este carro uma esportividade ainda maior.

Outra novidade que era muito aguardada e que com certeza irá agradar muitos consumidores pelo mundo a fora será a estreia do moderno propulsor turbo com injeção direta, o qual será o motor pioneiro da Honda a ser sobrealimentado e comercializado em diversos mercados, porém aqui no Brasil, ele será lançado com a tecnologia bicombustível e terá uma potência máxima entre 150 e 155 cavalos, contudo com uma faixa de torque maior que a do atual motor 2.0 de 155 cavalos de potência, sendo que em alguns mercados a Honda disponibiliza este propulsor com a potência de 204 cavalos  e torque de 26,5 mkgf.

De acordo com o que já foi divulgado pela Honda, o lançamento desta geração que será a décima do famoso Civic irá acontecer simultaneamente, no dia 16 de setembro, nas cidades de Detroit e Los Angeles, já no Brasil a previsão de chegada desse novo Civic é para o final do ano de 2016, com grandes possibilidades de aparição no Salão de São Paulo.

Por Adriano Oliveira

Honda Civic 2016

Honda Civic 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo é uma perua muito espaçosa com o porta-malas comportando cerca de 590 litros de bagagem.

O mercado automobilístico japonês conta com uma nova aquisição a partir desta semana: a perua Fit Shuttle, da Honda, que foi flagrada durante testes no país nipônico. Em uma versão mais alongada do famoso Honda Fit, a nova perua é muito mais espaçosa, sendo que o diferencial está no porta-malas, comportando cerca de 590 litros de bagagem.

A versão da Shuttle se diferencia do Fit na dianteira, que está com uma nova grade frontal e frisos diferenciados. Ainda, os faróis da perua possuem um novo conjunto interno. Já na traseira da Fit Shuttle estão em evidência as lanternas verticais.

Quanto aos itens de série, a perua é composta por rodas de liga leve de 16”, bancos térmicos, suporte de teto, piloto automático, e, ainda, todo o volante é revestido em couro. Outra modernidade na perua é a partida do carro sem o uso de chave, apenas em um botão, que já é visto em outros modelos, seja da Honda, ou de outras marcas.

A Honda divulgou também que a nova versão terá duas opções de motorização: uma com motor apenas a gasolina e tração dianteira; e a outra com tração integral, híbrida, com propulsor a gasolina, além de um motor elétrico de bateria de íon-lítio.

No entanto, aqui no Brasil a Fit Shuttle não será vendida, pois o próprio Honda Fit é considerado uma minivan. Portanto, não faria sentido a Honda vender duas categorias de minivans aqui, sendo que a procura maior é pelo Fit.

A Fit Shuttle deve ser vendida, portanto, apenas em outros países e ainda não possui um preço estipulado.

A Honda:

A empresa de origem japonesa é hoje uma das maiores fabricantes de veículos do mundo, sejam carros ou motocicletas.

Fundada no ano de 1948, a empresa conquistou, aos poucos, o mundo todo e, hoje, exporta suas produções para inúmeros países do globo.

No total, a Honda engloba 507 empresas presentes em todos os continentes e conta com mais de 160 mil funcionários.

Por Andréa Corneli Ortis

Honda Fit Shuttle

Honda Fit Shuttle

Fotos: Divulgação


Novo carro foi apresentado no Chicago Auto Show

Estamos no ano de 215, mas a Honda já divulgou no último Chicago Auto Show um novo modelo para o próximo ano, com o nome de Honda Pilot 2016.

O que esse modelo apresenta de tão especial afinal de contas?

O que podemos notar no primeiro instante é que essa máquina é mais do que um simples carro, pois apesar dela ser da terceira geração de modelos desse porte na Honda, não lembra nada com relação às anteriores, pelo contrário ela foi inspirada diretamente nos modelos CR-V e HR-V.

Isso aconteceu para que o Honda Pilot 2016 concorre-se diretamente com os modelos Hyundai Santa Fé, Kia Sorento, Toyota Highlander e Ford Explorer que são os seus potenciais rivais, mas sem deixar de lado a modernidade e a elegância.

Com relação as suas características podemos notar que a sua grade dianteira apresenta elementos cromados que invadem os seus faróis e também as lanternas traseiras afiladas com iluminação em LEDs, além do seu interior apresentar conforto e um câmbio que é acionado por botões através do console ou senão digamos “borboletas” que ficam atrás do volante.

Esses não são os únicos pontos observados nessa máquina, pois o Honda Pilot 2016 ainda apresenta:

  • Bancos dianteiros ventilados;
  • Assentos da segunda fileira que são corrediços e ainda por cima com aquecimento;
  • Sistema multimídia com tela de 8 polegadas e Android;
  • Cinco portas USB;
  • Porta HDMI;
  • Tomada de 115 volts;
  • Teto solar panorâmico;
  • Sistema de entretenimento traseiro de 9 polegadas voltado diretamente para os passageiros que estão no banco traseiro;
  • Motor V6 de exatamente 3,5 litros;
  • Câmbio automático de 6 velocidades para as versões mais básicas ou senão a opção de nove marchas para os modelos mais caros;
  • Tecnologia start/stop.

Com tudo que foi descrito acima é perceptível que esse modelo mesmo tendo características que o tornam mais urbano, acabou ficando mais refinado e harmônico, mas sem perder o design que remota os carros da marca Honda e com isso conquistando antigos e novos consumidores ao redor do planeta.

Por Fernanda de Godoi

Honda Pilot

Honda Pilot

Honda Pilot

Fotos: Divulgação


A Honda forneceu uma prévia recentemente seus destaques para o Salão de Genebra para a mídia especializada. A empresa apresentou aos europeus o novo NSX, esportivo híbrido (com motores elétrico e a combustão), que já tinha sido divulgado em janeiro, no Salão de Detroit, pela Acura, a marca sofisticada da Honda. No continente europeu, ele será comercializado como Honda. A Honda do Brasil verifica a importação para o país, já que o dólar elevado poderá ocasionar o valor pouco viável.

O NSX possui a denominação do esportivo disponibilizado há 25 anos, onde o projeto teve auxílio de Ayrton Senna, que na ocasião era piloto da equipe McLaren/Honda de Fórmula 1, e possui inovações como carroceria de alumínio. O carro recente levou 3 anos para ser produzido, com o direcionamento de engenheiros da Honda nos Estados Unidos. Ele possui motor V6 biturbo de injeção direta e 2 motores elétricos. A potência não foi anunciada, a empresa apenas informa que irá ultrapassar os 550 cavalos.

O novo modelo será fabricado unicamente na fábrica de Ohio, nos EUA. Existirá quatro modos de direção, sendo Quiet Soirt, Sport Plus and Track, sendo a última que possibilita performance total.

Os mercados pioneiros a terem o NSX serão Reino Unido e os Estados Unidos, que terão o modelo em agosto de 2015 por US$ 150 mil. A pré-venda para estes lugares já iniciaram.

A empresa divulgou também recentemente o novo Civic Type-R, como são denominadas versões “de corrida” para carros de rua.

Com base no Civic hatch, ele possuirá o motor VTEC turbo 2.0 litros, com injeção direta, que possibilita 310 cavalos de potência ao modelo com 6.500 rotações por minuto e torque máximo de 40,78 kgfm. O hatch possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos, informa a companhia. A velocidade máxima é de 270 km/h. A tração do modelo é dianteira.

Concebido a partir do Civic hatch, ele estreia o motor VTEC turbo 2.0 litros, com injeção direta, que confere 310 cavalos de potência ao modelo, a 6.500 rotações por minuto, e torque máximo de 40,78 kgfm a 2.500 rpm. O conjunto é completado pela transmissão manual de seis velocidades e faz o hatch acelerar de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos, diz a montadora. A velocidade máxima é de 270 km/h. A tração presente é dianteira.

Por Felipe Couto de Oliveira

Honda NSX

Honda NSX

Honda NSX

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: