O novo Cruze consistirá em um veículo vazado em renovado design, produzido em duas versões, ou seja, o hatch e o sedan.

A companhia Chevrolet consiste em uma produtora de veículos motorizados, oriunda do território norte-americano, fundada no ano de 1911, por iniciativa do empresário Louis Chevrolet, a qual, na atualidade, é uma companhia pertencente à General Motors, em conjunto com a empresa Cadillac; com a Buick; a GMC; a companhia Holden; a Pontiac e juntamente com os antigos proprietários das fabricantes intituladas Opel e Vauxhall, duas antigas indústrias desta mesma marca na Europa.

Deste modo, a empresa Chevrolet pôde encerrar o ano de 2018 com vantajosa liderança, no interior do mercado brasileiro automobilístico, dado que os seus gestores fizeram anunciar que serão promovidos até 11 estreias neste ano de 2019.

No final de 2018 alguns dos modelos foram previamente apresentados no famoso Salão do Automóvel em São Paulo, tais como o novo Camaro, que consiste em um cupê e conversível; o modelo Equinox Midnight e o inédito modelo elétrico Bolt.

A partir do dia 28 de novembro de 2018, a companhia Chevrolet fez confirmar, por meio de seus líderes, a chegada ao comércio do modelo Cruze. Que consistirá em um veículo vazado em renovado design, produzido em duas versões, ou seja, o hatch e o sedan. Este será o primeiro automóvel fabricado pela marca munido de um novo dispositivo, a bordo, que é a internet 4G e rede Wi-Fi.

Entretanto, todos os outros cinco modelos restantes não foram, até o presente momento, revelados ao público consumidor. Porém, segundo alguns especialistas, há grande expectativa de que a esta nova geração inclua o Onix e o Prisma, como também de mais séries especiais incluindo outros modelos.

Nesse meio tempo, o modelo Cruze chega ao consumidor inteiramente atualizado, cujas vendas deverão iniciar no Brasil ainda neste primeiro semestre de 2019. Entretanto, o futuro deste veículo nos Estados Unidos e no Canadá ainda não está perfeitamente intuído. O modelo Cruze, e o demais sete veículos da linha, terão sua produção definitivamente interrompida naquelas nações, sendo esta meta parte de um grande plano de reestruturação na montadora, a qual deverá encerrar as atividades de sete montadoras ao redor do mundo, das quais, cinco delas na América do Norte.

Entre alguns atributos e especificações deste novo Chevrolet Cruze, estão os seguintes:

Está munido de uma nova grade para o radiador, a qual consiste em uma das principais mudanças operadas em seu design exterior; outra especificação está no novo formato das lanternas frontais, tanto na versão sedan, quanto na versão hatch.

Em seu interior não foi operada nenhuma mudança muito significativa, embora esteja muito bem atualizada, superficialmente. O novo modelo está prestes a receber um novo sistema multimídia, com capacidade de criar uma eficiente rede Wi-Fi, por meio da utilização dos dados contidos em um chip 4G, está acoplado ao Cruze, chegando ao consumidor assim.

É muito importante fazer reforçar que todos os modelos produzidos pela GM, no Brasil, junto ao serviço OnStar, atualmente estão munidas de um chip de celular capaz de permitir o correto funcionamento do chamado Sistema de Concierge. Trata-se, portanto, de um veículo bastante equipado, discreto e eficiente.

Entre outros excelentes destaques, em termos de acessórios, está o dispositivo de câmera de ré com o alerta para tráfego cruzado; o sistema de monitoramento sobre faixa; o alerta sobre perigo de colisão com a detecção de pedestres e o sistema de carregamento do celular por meio de função de indução.

Ainda assim, nos Estados Unidos o novo Chevrolet Cruze não chegou a sofrer significativas alterações sobre seus equipamentos, e esta situação, muito provavelmente, deverá se repetir aqui nas montadoras brasileiras.

Por Paulo Henrique dos Santos

Chevrolet Cruze 2019

Chevrolet Cruze 2019


A Chevrolet confirma o lançamento do Cruze 2019 em versões Hatch e Sedan.

O modelo Cruze começou a rodar no mercado no ano de 2009 quando a Chevrolet trouxe este veículo para disputar mercado com a concorrência da Honda e da Toyota. O Cruze está disputando mercado desde então com o Civic e com o Corolla e vem ganhando um maior espaço no mercado desde 2017. Agora em 2019 algumas novidades estão acompanhando o novo modelo para esquentar um pouco esta disputa que está sendo acirrada! O novo modelo já está com seu lançamento confirmado para o início de 2019 nos Estados Unidos, porém no Brasil ainda não está realmente confirmada a data de sua chegada.

O Chevrolet Cruze 2019 está chegando nas versões LT e LTZ e pode ser comprado nas cores: vermelho edible, branco, branco abalone, prata, azul petróleo, cinza ou preto ouro negro.

O modelo chega com motor 1.4 turbo com 150 cavalos de potência com gasolina e 153 cavalos com etanol. Faz em média 7,6km/l na cidade e 9,3km/l na estrada com etanol enquanto que com gasolina faz em média 11,2km/l na cidade e 14km/l na estrada. O motor 1.4 turbo foi testado e mostrou aceleração de 0 até 100km em apenas 9 segundos e tem uma velocidade máxima de 240km/hr. O modelo vem com direção elétrica, freio a disco nas 4 rodas, transmissão automática de 6 velocidades e rodas de 17 polegadas.

Os principais itens de série do Chevrolet Cruze 2019 versão LTZ são airbag duplo lateral e de cortina, alarme antifurto, sistema de controle de pressão de pneus, aviso sonoro para utilização de cinto de segurança, controle de tração e estabilidade, faróis de neblina, indicador de vida de nível de óleo, regulagem de altura dos faróis, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, sistema de freios ABS EBD PBA, sistema de imobilização do motor, controle e saídas e ar com detalhes cromados, abertura do porta-malas por controle remoto, ar-condicionado com controlador eletrônico de temperatura, câmera de ré, chave eletrônica, computador de bordo, abertura das portas automática através da aproximação da chave e partida sem chave.

Dimensões e capacidades:

  • Comprimento (mm) – 4665;
  • Largura (mm) – 1807;
  • Altura (mm) – 1484;
  • Entre-eixos (mm) – 2700;
  • Peso (kg) – 1321;
  • Capacidade do porta-malas – 440 litros;
  • Capacidade do tanque – 52 litros;
  • Ocupantes – 5.

O valor de lançamento sugerido pela Chevrolet foi R$ 96.790 na versão LT e a versão LTZ R$ 109.790.

Uma versão que será novidade no mercado é o modelo Chevrolet Cruze Sport6 SS 2019, trará o logo da Chevrolet preto, com detalhes dianteiros todo em preto, as rodas de liga leve em diâmetro 235.35 aro 20, sendo uma roda bem grande para este modelo esportivo. Os retrovisores em preto, a maçaneta não terá detalhes cromados e a moldura dos vidros toda preta. O modelo será bem baixo, dando um design esportivo. Contará com uma saia embaixo o que deixa o carro mais baixo. O modelo vem com teto solar e antena esportiva. A parte traseira vem com detalhes em preto piano. Bancos em couro com costuras vermelhas. Os tapetes exclusivos para a versão sport6, pedaleiras e maçanetas também exclusivas.

Em todas as versões que o Chevrolet Cruze 2019 irá chegar a grande expectativa da fabricante é encantar os novos consumidores com o design cada vez mais sofisticado e moderno. O veículo está sendo lançado nestas versões e irá chegar com força logo no inicio de 2019, com certeza será bem recebido pelos fãs de suas séries de modelos. Vindo com várias novidades o Cruze 2019 na versão LT, LTZ e Sport6 SS chegará com grande peso nos mercados de veículo.

Os modelos do cruze 2019 estão chegando com o sistema exclusivo da JBL, sendo um acessório de preferencial do cliente.

Por Mauricio Lazarini Bento Junior

Chevrolet Cruze 2019

Chevrolet Cruze 2019


O Bolt EV é um modelo esportivo, mas com linhas mais clássicas. Ele tem previsão de ser lançado no Brasil ainda no primeiro semestre deste ano.

As montadoras de automóveis sempre tentam inovar ao projetar um veículo e isso é um fato do conhecimento da grande maioria das pessoas. Afinal, esses grandes grupos precisam se destacar. Nos últimos anos, uma frente de produção que vem crescendo são os carros menos poluentes e que trazem tecnologias mais sofisticadas. Um bom representante dessa ideia é o Chevrolet Bolt. Veja agora um pouco mais sobre esse automóvel e as vantagens pode oferecer aos consumidores.

O diferencial econômico e sustentável do Chevrolet Bolt

O carro produzido pela montadora norte-americana está na classe dos automóveis 100% elétrico, ou seja, veículos que funcionam após serem carregados em uma rede elétrica e que não fazem uso de combustíveis. Conhecido também como Bolt EV, esse carro vem com três tipos de carregamento, segundo a fabricante. Os carregamentos são:

– Carregamento Básico: o carro tem um carregamento de 10 km por hora.

– Carregamento Semirrápido: nesta modalidade tem-se 40 km por hora.

– Carregamento Rápido: nessa última consegue-se 145 km em 30 minutos de carga.

Esses números mostram, primeiramente, que por mais que o consumidor tenha uma despesa carregando o carro por uma hora, ele terá uma economia com o combustível. Uma vez, que o preço do combustível tende a variar e muito, ele consegue se planejar para realizar o carregamento do carro e não ter uma elevação tão exorbitante em sua conta de energia. Além disso, essa modalidade é muito mais sustentável, uma vez que ela é renovável. De acordo com as informações divulgadas pela montadora, apenas o primeiro tipo de carregamento é entregue com o carro, nos demais se precisa de uma ajuda mais profissional.

A respeito da aparência desse veículo

O Bolt EV é um modelo esportivo, mas com linhas mais clássicas, assim pode-se dizer. Na parte da frente do automóvel tem-se uma grade frontal maior do que em outros modelos. Essa grade tem um design que parece que foi recortado em partes menores e quando se olha de forma mais geral todos os pedaços se encaixam muito bem. Muitos veículos, contam com um par de lanternas no para-choque, nesse carro este par está mais acima da grade frontal, aliás, a estrutura na qual foram colocadas as lanternas estão ligadas a grade.

O tamanho do capô também parece reduzido em comparação a outros carros. No final dessa estrutura, tem-se uma estrutura imitando a grade frontal só que em tamanho reduzido. Essa estrutura se encontra no centro do capô e em cada uma das laterais está posicionado um farol. O carro é de quatro portas e em cada uma delas se tem aquela linha que causa um desnivelamento. Outro ponto que chama atenção em relação às portas é que a do motorista e a do acompanhante são menores em relação às dos passageiros de trás. Tem-se a impressão que o veículo mais crescendo horizontalmente.

No porta-malas também tem essas linhas, só que colocadas de forma mais acentuadas, separando bem o porta-malas do para-choque traseiro. Além disso, os faróis traseiros chamam atenção por serem mais protuberantes, ou seja, eles parecem que “saltam”. Nas imagens divulgadas o automóvel foi fabricado nas cores preta, branca e prata.

A parte interna do Bolt EV

Já na parte interna do automóvel o que chama atenção é a mescla de duas cores. Em uma imagem de divulgação, notou-se, por exemplo, a mistura entre branco e cinza. Outro ponto interessante é a forma do painel. Nesse veículo, essa parte foi desenhada para ter uma espécie de “gota” na parte central, nesse espaço estão controles para o rádio e outras funções do carro. Ele ainda conta com uma tela LCD, e que mostra todas as informações sobre o carregamento do carro de forma interativa, para facilitar o carregamento em casa. Volante e porta do motorista são multifuncionais, também se tem espaço para colocar objetos onde está posicionada a marcha, além de duas entradas USB para conectar dispositivos móveis. Pelas imagens tem-se a impressão que o carro é extremamente confortável por dentro.

Sobre o motor, preço e chegada ao Brasil

Segundo informações divulgadas pela marca, esse carro conta com uma potência de 203 cavalos. Em menos de 7 segundos ele atinge os 100 km/h. Algumas especulações dão conta que ele vai custar a partir de R$ 175 mil e sobre a chegada, o site da Chevrolet informa que ela acontece em breve, então tudo leva a crer que seja ainda no primeiro semestre deste ano. Para mais informações acesse: https://www.chevrolet.com.br.

Por Isabela Castro

Chevrolet Bolt 2019

Chevrolet Bolt 2019

Chevrolet Bolt 2019


O modelo 100% elétrico será lançado no Brasil em 2019.

Apesar de um mercado que ainda carece de estrutura, a Chevrolet lança o Bolt EV no Brasil. O modelo 100% elétrico promete impulsionar o setor. A fabricante, a GM, está se preparando para o lançamento que ocorrerá em 2019.

Com autonomia de 358 km com apenas uma recarga, o Bolt entrega até 200 cv de potência e 36,9 mkgf de torque. Lançado em 2017 nos Estados Unidos, o veículo traz a proposta em três pilares: eletricidade, conectividade e compartilhamento. E é essa estratégia que a GM global pretende aplicar na filial brasileira.

O modelo apresenta a mesma dirigibilidade que qualquer modelo a gasolina. A diferença é o baixo ruído em relação aos modelos a combustão, o que pode ser visto como uma grande vantagem por alguns condutores. Quando é dada a partida, surge a palavra Ready (pronto) na tela central. É o sinal para acelerar, uma vez que sem ruído algum só assim para saber que o carro está ligado.

No modo Low, em qualquer velocidade o condutor pode desacelerar e até parar apenas tirando o pé do acelerador. Dessa forma os freios são preservados, reduzindo a quantidade de energia desperdiçada, o que aumenta a autonomia do veículo. Se precisar usar os freios, não há problemas, além de eficientes eles ajudam a converter a energia cinética em eletricidade e transferi-la novamente para a bateria.

Autonomia superior a 380 quilômetros

Esse é o principal ponto focado pela fabricante. O modelo vem equipado com baterias de Lítio de 288 células, agrupadas em três conjuntos condicionados sob o piso da cabine. Para carregar a bateria de 60KWH basta utilizar o carregador básico fornecido pela GM em uma tomada residencial comum, de 220VAC/10A. Este modo permite uma taxa de carregamento média de 10km por hora de carga.

Ainda há o kit opcional para recarga rápida, permitindo que em cerca de 30 minutos a bateria seja carregada para rodar 144 km. É uma tentativa de resolver a escassez de pontos para recarga quando é excedida a capacidade da bateria. Nos Estados Unidos, o Bolt conta com uma conexão para tomada industrial mais comum no país estrangeiro. Nesse modo de 240 volts e 32 amperes, a recarga da bateria é mais rápida. Por exemplo, em uma hora de carga é possível armazenar energia suficiente para trafegar por 40 km.

O público brasileiro, que dificilmente tem acesso a essas tomadas industriais, terá de carregar o Bolt em casa e adaptar-se ao trajeto diário. Apesar das dificuldades a GM tem grandes planos para os modelos elétricos no país. Há alguns dias, Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul, afirmou que não se espantaria se o Bolt fosse produzido no Brasil nos próximos dez anos.

O lançamento é uma pequena parte dos planos da montadora para trazer mais elétricos para o país. Até o momento não foi enfatizado como o carro será oferecido para o mercado nacional, contudo é esperado que o modelo seja vendido diretamente aos usuários ou ser alugado por meio da Maven em um sistema que resolverá o custo de propriedade do Bolt, pois o motorista não precisará comprá-lo para dirigi-lo.

Possibilidade de alugar o Bolt

A Maven é uma companhia que atua nos EUA desde 2016 e no Brasil atua em fase experimental. Sua proposta lá fora é de alugar o modelo elétrico por US$ 8 a hora. O cliente pode alugar por meio de uma aplicação para smartphone da mesma forma que ocorre com as bicicletas compartilhadas em algumas cidades do país.

O condutor só precisa baixar o aplicativo, escolher o local de retirada, o veículo desejado e o local de devolução. As portas são destravadas pelo próprio aparelho e as chaves se encontram no interior do carro. Além disso, a taxa de aluguel já inclui o combustível, seguro e demais sistemas de monitoramento, o OnStar que já está disponível aqui.

Além do Bolt, a Maven disponibiliza outros modelos da GM nos Estados Unidos. São quatro categorias divididas em Compact com o Spark, Cruze; Sedan com o Buick Regal e o Malibu; SUV com o Cadillac Escalade, GMC Yukon e Eco com os modelos Bolt e Volt.

Preço e ficha técnica

· O preço de venda inicial será de R$ 175 mil (nos EUA esse valor é de US$ 37.500);

· 200 cv de potência;

· 36,9 mkgf de torque;

· Acelração de 0 a 100 jm em 6,5 segundos;

· Driver Information center com tela touch de 10,2”;

· Bateria de 60kwh com 383 km de autonomia.

Por Robson Quirino de Moraes

Chevrolet Bolt EV 2019

Chevrolet Bolt EV 2019

Chevrolet Bolt EV 2019


Confira aqui os itens de série e o preço das versões da nova Trailblazer 2019.

O mundo automotivo está cada vez ganhando mais espaço em todos os setores, tanto no Brasil quanto no resto do mundo, sendo assim pessoas ficam ansiosas para saber sobre novos lançamentos e especificações de automóveis, sendo assim, uma notícia que agradou até demais foi o anúncio de lançamento da nova Chevrolet Traiblazer 2019. E para que você fique por dentro e acompanhe tudo que virá com essa nova versão, acompanhe abaixo suas características e detalhes interessantes, assim como seu preço.

Datalhes e versões

Diferente de alguns carros, o Traiblazer é oferecido apenas em uma versão, sendo ela a versão LTZ, isso significa que não terão muitas opções de carro diferente, porém, essa versão única traz consigo muitos detalhes e por estar sozinha ainda tem um atenção um tanto quanto particular e pode ser comparada e equivalente ao modelo Chevrolet S10 Country, apesar de serem muito parecidas em aparência, suas definições também parecem muito iguais em algumas características de desempenho. Pode se notar na frente do veículo seu para-choque não tão quadrado e sim mais arredondado acompanhado dos seus faróis de LED frontais.

Muito chamativa, a grade que tem modelo duplo atualmente cromada dá um estilo de ostentação ao carro, assim como na maioria que é inserido. Mas não é apenas na parte do para-choque que pode ser encontrado o cromado, em lugares como maçanetas, barras superiores, lanternas da parte de traseira de LED, tampa do porta-malas e em seus retrovisores. Possuindo rodas de liga leve com grandes aros sendo 18 polegadas são bem aparentes e diamantadas.

Falando um pouco da parte interna, o ar-condicionado do carro possui ajuste tanto de velocidade quanto de difusores fixados no teto. O seu acabamento interior é feito todo em couro marrom e é elétrico o ajuste do banco do motorista e na segunda fileira com ajustes de inclinação para melhor acesso à terceira fileira, que tem consigo encostos retráteis.

Como todas as marcas normalmente pensam hoje em dia, visar a segurança de seus compradores é totalmente essencial, isso porque ao ser prejudicado, o cliente pode alegar que foi possivelmente uma incompetência da empresa e isso além de difamar pode trazer prejuízo econômico para a mesma, sendo assim foram adicionados alguns itens como, alerta de colisão e de mudança de faixa, que se juntam ao seu alerta de movimentação da parte traseira e ao alerta de quando estiver em ponto cego. O primeiro citado alerta ao motorista a aproximação de algum outro automóvel, podendo ser um ciclista ou até mesmo pedestre durante uma baliza de estacionamento, oferecendo assim uma maior segurança.

Versões

Como já dito anteriormente, o carro está disponível apenas em LTZ, porém, mais especificamente nesses dois modelos:

  • Chevrolet Trailblazer LTZ 3.6 V6
  • Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI

Sendo assim, as duas versões diferentes podem apresentar um desenvolvimento muito grande, obviamente que a 3.6 será mais forte, mas isso não tira a 2.8 da concorrência por também ser muito interessante, pois não é tão simples também achar um carro que traga a versão 2.8.

Preços

Levando em conta os preços, para muitos pode parecer um pouco alto, porém ele é deste valor devido ao seu grande desempenho e equipamentos de ultima geração, acompanhe abaixo modelo e preços:

  • Chevrolet Trailblazer LTZ 3.6 V6 – Saindo na faixa de R$ 173.990
  • Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI – Custando R$ 205.990

Como podemos observar, o valor do carro na versão 2.8 é um pouco mais caro, porém, possui algumas coisas como seu interior um pouco mais sofisticado e detalhado, então pode ser um preço considerado justo.

Então para você que deseja comprar um carro deste modelo, tenha contigo segurança. conforto e desempenho, aproveite estas informações para tirar suas conclusões.

Gustavo Martins


Modelo chega às concessionárias custando até R$ 83 mil.

Com porte volumosa, a Chevrolet Spin 2019 foi renovada e vem com linha de cintura alta, conta com janelas pequenas e com um capô elevado.

Na parte da frente, os faróis da linha de 2019 possui um design mais fluído e conta também com LEDs de posição. Ainda em relação a parte frontal, a grade é dividida por uma barra, além de um acabamento cromado.

A parte frontal é arredondada e aerodinâmica, o para-choque possui faróis de neblina e há ainda um defletor de ar.

A parte das laterais são clean e as rodas, que possuem aro de 15 polegadas de diâmetro, podem ser de liga leve ou de aço. Além das rodas de 15”, as versões mais caras LTZ e Activ também possuem a opção de 16 polegadas

Ainda falando sobre as versões mais caras, os modelos contam com proteção nas laterais, retrovisor preto brilhante, adesivo decorativo, pneu com baixa resistência, para-choque traseiro com estepe fixado e teto com barras.

Na parte traseira, as lanternas são horizontais nesta versão.

Na parte interna, o painel do modelo de 2019 vem com cluster analógico que conta com novos mostradores de rotação do motor e de velocidade, display multifuncional e iluminação em LED. Foram feitas atualizações no porta-luvas, no difusor de ar, na moldura multimídia e nos comandos elétricos dos vidros e dos retrovisores do painel.

Os bancos da nova Chevrolet Spin 2018 vem com bancos que possuem múltiplas regulagens, vários porta-objetos, entre outros.

Uns dos destaques é a multimídia MyLink 2 que conta com o Google Android Auto (aplicativo que vem com os navegadores Waze e Maps) e com o Car Play (aplicativo que vem com Siri), que tem tela de 7”, rádio, conexão USB, OnStar entre outros.

O pacote Exclusive entrega ao usuário um sistema de concierge que permite o condutor receber várias informações de áudio a bordo ou até mesmo orientação por setas. Há também um aplicativo de smartphone que permite o usuário localizar seu veículo.

No cofre do motor do veículo, o espaço para o 1.8 EconoFlex é generoso e facilita a manutenção.

Sobre as novidades

Uma das principais novidades do modelo é a atualização do visual no exterior, que vem com faróis bem mais modernos e com novas lanternas horizontais. Nessa nova versão, a parte traseira conta com a placa posicionada na tampa do porta malas.

Há ainda uma nova geração do sistema multimídia MyLink, já está disponível também para os modelos compactos: o Onix, Cobalt e Prisma.

Essa nova versão do sist. multimídia MyLink, informada acima, é compatível com o Android Auto, que entrega ao usuário acesso aos aplicativos Waze e Google Maps e ao WhatsApp.

O motorista também pode acessar o Apple Music e o Spotify, aplicativos de música, por meio do Apple CarPlay.

O sistema também vem com uma nova tela de alta resolução que é sensível ao toque, que possui a tecnologia multi-touch, parecida com a dos smartphones, facilitando a navegação com os dedos e permitindo a reorganização dos ícones na página inicial. Além disso, ele inclui as teclas para avançar e para retroceder e o botão de volume giratório.

A parte interna vem com um acabamento de melhor qualidade e há uma nova padronagem nos bancos. Ainda em relação às novidades, o longitudinal do banco traseiro amplia a capacidade do porta-malas, dessa forma o porta-malas vai de 710 litros para até 756.

O Isofix vem no banco da segunda fileira, que também conta com cinto de segurança de 3 pontos para o 5º passageiro e apoio para a cabeça.

Versões:

Veja abaixo as versões do modelo Spin de 2019:

  • Versão Spin LS
  • Versão Spin LT
  • Versão Spin LTZ
  • Versão Spin Activ

Preço das versões citadas acima:

  • A versão Spin LS MT6 sai pelo valor de R$ 63.990.
  • A versão Spin LT MT6 sai pelo valor de R$ 68.890.
  • A versão Spin LT AT6 sai pelo valor de R$ 69.990.
  • A versão Spin LTZ MT6 sai pelo valor de R$ 78.490.
  • A versão Spin LTZ AT6 sai pelo valor de R$ 81.990.
  • A versão Spin Activ AT6 sai pelo valor R$ 79.990.
  • A versão Spin Activ7 AT6 sai pelo valor de R$ 83.490.

Rosângela Rodrigues


Confira aqui os preços e principais novidades do Chevrolet Spin 2019.

A Chevrolet continua apostando alto na Spin e o modelo 2019 chega para mostrar que continua tendo um espaço garantido no mercado nacional. O modelo da GM vem tentando se renovar e apesar de ser considerada 'desengonçada' por muitos, trouxe novidades interessantes, várias versões para tentar agradar aos mais diferentes perfis de consumidores e assim continuar indo bem nas vendas.

Já são mais de 6 anos no mercado e cerca de 200 mil unidades vendidas, agora o Chevrolet Spin é renovado e traz algumas novidades também na mecânica, tentando ficar mais competitivo. O modelo até ficou um pouco parecido com o Cobalt, mas sem perder sua principal identidade e a característica de oferecer muito espaço.

Desta vez a GM conseguiu melhorar a frente do Spin, com uma grade integrada ao conjunto, inclusive com luzes diurnas em LED na versão LTZ. Na parte de traz, para-choques novos e filete com acabamento parecido com aço escovado para a linha LTZ e Activ. Por dentro, mais novidades, como a barra do nível de combustível, mostrador de marcha no painel digital que exibe também o hodômetro e consumo. O banco agora vem em dois tons e são praticamente estas as mudanças internas.

A versão Activ ganhou detalhes cromados no puxador de porta e o ar condicionado é apenas manual. Os bancos traseiros agora têm trilhos, o que facilita bastante o acesso. Uma leve mudança no design conseguiu ganhar ainda mais espaço. Um ponto negativo é que algumas peças no interior apresentam rebarbas.

O sistema MyLink oferece dezenas de serviços, além da conectividade com o sistema operacional iOS e Android, só que não tem entrada USP e muito menos portas de carregamento traseiro, isso se deve ao fato de que a GM vem priorizando os taxistas e frotistas, além daqueles motoristas de aplicativos.

Confira os preços de cada uma das versões do Spin 2019:

  • LS MT6: R$ 63.990
  • LT MT6: R$ 68.890
  • LT AT6: R$ 69.990
  • LTZ MT6: R$ 78.490
  • LTZ AT6: R$ 81.990
  • Activ AT6: R$ 79.990
  • Activ7 AT6: R$ 83.490

Para todas as versões, o motor é o 1.8 SPE/4 8V flex de 11cv, enquanto o câmbio pode ser manual ou automático de seis marchas. A GM informou que foram feitas melhorias no software e agora o veículo tem um comportamento mais dinâmico, garantindo maior economia de combustível. De série, a Spin traz direção elétrica progressiva, ar-condicionado, sensores de chuva para acionar os limpadores, sensor de luz e também de estacionamento, aviso de luzes acesas, câmera de ré com sensor e controle de cruzeiro.

A versão LS vem com alarme, chave canivete, travas e vidros elétricos, regulagem de altura para o banco do motorista, aviso de pressão dos pneus, lanternas de neblina, ajuste de altura para o volante, indicador para troca de marchas, entre outros itens. A versão LT se tornou uma espécie de intermediária, com retrovisores elétricos, sensores de estacionamento com gráficos, porta-malas com tampão, entre outras opções. A LTZ ainda tem luzes de posição em LED, faróis e limpadores de para-brisa com acionamento automático, computador de bordos e as rodas de liga leve são aro 16. A Activ, como destaque, tem frisos e estribos laterais, barras de teto estilo esportivo, cromo escurecido nos acabamentos externos e molduras de plástico nos para-choques e para-lamas.

Em relação à transmissão automática de 6 marchas, ela passou por alguns ajustes e agora tem a sexta virando um overdrive, a GM garantiu que as trocas ficaram bem mais ágeis, sem aqueles trancos. As suspensões também foram melhoradas, ficando mais macias. Na versão Activ, o estepe agora está é no assoalho do porta-malas.

A Chevrolet Spin 2019 tenta assim, agradar seu público fiel e com as melhorias, mostrar ao mercado que ainda tem fôlego para continuar conquistando boas vendas.

Por Russel


Modelos sofrem aumento neste mês de julho de 2018.

Onix e Prisma 2019 estão com preço novo, as tabelas de ambos os modelos foram reajustadas em até R$ 500, dependendo do modelo e quem deixou para comprar agora, terá que desembolsar um pouco mais. Os reajustes chegaram após um mês dos modelos chegarem ao mercado nacional na versão 2019. Muita gente se interessou em adquirir um dos carros da Chevrolet, mas agora terão que refazer as contas.

Para ter o Activ, que é a versão mais cara, agora é preciso desembolsar R$ 68.390. No caso do LTZ, o valor mínimo é de R$ 69.990. E as novidades é mesmo só em relação aos preços, porque os dois modelos seguem com as mesmas configurações que foram apresentadas.

No caso do Onix, o aumento variou entre R$ 240 e R$ 500, de acordo com a versão. Confira os preços atuais e o valor do acréscimo para cada uma das versões:

  • LT 1.0: R$ 48.390 (aumento de R$ 240)
  • LT 1.0 mais pacote opcional: R$ 50.900 (aumento de R$ 440)
  • LT 1.4 MT6: R$ 54.790 (aumento de R$ 400)
  • LT 1.4 AT6: R$ 60.090 (aumento de R$ 400)
  • Advantage 1.4 AT6: R$ 55.290 (aumento de R$ 400)
  • LTZ 1.4 MT6: R$ 59.290 (aumento de R$ 300)
  • LTZ 1.4 AT6: R$ 64.790 (aumento de R$ 300)
  • Effect 1.4 MT6: R$ 57.590 (aumento de R$ 400)
  • Activ 1.4 MT6: R$ 62.990 (aumento de 500)
  • Activ 1.4 AT6: R$ 68.390 (aumento de 500)

No caso do Prisma, o aumento variou entre R$ 300 e R$ 400, dependendo da versão, confira:

  • LT 1.4 MT6: R$ 59.290 (aumento de R$ 400)
  • Advantage 1.4 AT6: R$ 59.990 (aumento de R$ 400)
  • LT 1.4 AT6: R$ 64.790 (aumento de R$ 400)
  • LTZ 1.4 MT6: R$ 64.290 (aumento de R$ 400)
  • LTZ 1.4 AT6: R$ 69.990 (aumento de R$ 300)

O Onix 2019 chegou ao mercado mais equipado e também oferecendo mais segurança, só que ninguém imaginava que cerca de um mês depois teria os preços de todas as versões sendo atualizados. O hatch traz cinto de segurança 3 pontos e também encosto de cabeça para o assento do meio na parte de trás. Outra novidade são as novas opções de acabamento e cor, além da chave que agora tem design que a deixa bem semelhante a do Cruze. Na parte interna do veículo, mudança também no painel de instrumentos, que tem cor nova, só que agora o consumidor terá que pagar mais caro para ter um Onix 0Km.

Para a versão Activ, há novidade nas rodas, que ganham pintura preta, já na parte interna, finalmente tem opção para o acabamento, agora em dois tons mais escuros, o preto e o azul. O painel de instrumentos também teve mudança, passando a contar com iluminação na cor branca. O antigo acabamento na cor laranja ainda está disponível, mas só quando a pintura externa for desta cor.

Para a versão LTZ, as principais mudanças estão nas rodas que trazem acabamento diamantado na face, tem ainda a parte interna que ficou bem mais escura, com a nova cor Azul Infinity, na coluna B tem acabamento em preto brilhante e os bancos agora têm o acabamento em material sintético em tom diferenciado nas costuras, que faz contraste com os demais itens.

Já a versão Effect se diferencia pelo visual, contando com o teto em preto, mas o interior é igual ao do LTZ, com um detalhe diferente só no volante. A versão mais vendida, a LT, é que tem as maiores novidades, com o computador de bordo passando a informar o consumo e a central Multimídia MyLink agora é integrada à câmera de ré. O painel agora tem dois tons e na versão com motor 1.4, as rodas trazem novo design e são de liga leve.

Por Russel


Modelo deverá chegar às concessionárias ainda neste semestre.

Para quem ainda não está familiarizado com a Spin, trata-se de uma mini-van de lançamento da fabricante Chevrolet, essa na intenção de substituir alguns carros que já estavam ficando saturados e sem atualizações de versões, que eram Zafira e Meriva, que são carros assim como a Spin grandes, porém, com um design um pouco mais atrasado e não tão atraente, mas por serem grandes e carros de família, a necessidade de substituí-los é bem grande, pois o público de hoje em dia exige espaço e conforto que é o que o carro pode oferecer de melhor.

Pensando na ideia anterior, a Chevrolet lançou algo que tivesse as mesmas características, sendo a mais chamativa a composição de 7 lugares do veículo, porém, não foi apenas essa que foi lançada no mercado, a de 5 lugares também tomou lugar para o público que não precisa de um número tão grande, mas quer espaço. O carro realmente é um sucesso da empresa, devido a sua venda muito grande, com público alvo na maioria das vezes famílias grandes. É muito comum hoje em dia se ver uma pela cidade circulando e não sobra dúvidas de que realmente é uma mini-van, ainda mais pelo seu estilo mais quadrado.

Considerando todas as ideias e evoluções de carros atuais a Spin também seguirá o avanço visual no ano de 2019, trazendo a mesma estrutura das evoluções atuais, e isso com certeza será a parte mais chamativa da mudança para o ano, já que seu motor não terá tantas alterações por ser um carro atual e bem vendido em relação a motorização, já que a visão do público comprador é conforto. Seguirá abaixo algumas mudanças feitas na Spin e o que isso melhora, tanto no desempenho quanto na aparência do veículo.

Novidades e mudanças

Como previsto para todos os lançamentos atuais, independente da marca, o estilo agressivo é muito esperado, então claramente a Spin também terá suas agressividades particulares, como por exemplo sua parte frontal, que traz traços no capô que é interligado com o eixo dianteiro, dando uma visão de corte de vento melhor, pois ele se dividirá mais fácil entre estas linhas. Ainda comentando sobre a parte frontal, um estilo mais quadrado pode ser notado, porém, isso está sendo normal hoje em dia, ainda mais por sua aparência ficar chamativa quando se observam detalhes em alguns lugares como faróis que entram em harmonia com as linhas do capô e grade frontal.

Comentando a parte traseira do veículo, observa-se assim como na frente a presença do estilo mais quadrado, porém, entrando em combinação com a lateral que traz riscos simples e proporcionais, que são ligados principalmente nos faróis frontais e traseiros, e ainda sobre faróis é importante ressaltar a presença exclusiva da parte traseira ser composta por horizontais, o que melhora na visualização de quem olha o carro por trás na questão de setas e alertas, assim como uma aparência mais tecnológica é adotada automaticamente, tirando estes detalhes ainda não é possível afirmar mais mudanças significativas nesta parte, mas apenas essas já mostram o quão evoluído estará.

Comercialização

A marca de grande renome Chevrolet anuncia algo que deixa os compradores muito felizes, até pelo fato de não deixá-los na ansiedade de ver e poder dirigir, isso porque a Spin que virá com essa reestilização será comercializada no segundo semestre deste ano, lembrando que é um carro super confortável, porém, para famílias que normalmente são compostas por muitas pessoas e desejam algo que consiga suportar todos de maneira confortável, seja para a cidade ou estrada, viagens curtas ou pequenas, sempre será uma boa opção de compra, ainda mais pelo fato de ter um motor bom e opções de transmissão de marchas diferentes, atendendo até os mais exigentes.

Gustavo Martins


Veículos produzidos a partir de 2017 podem ter problema na caixa de fusível.

Um defeito no relê da caixa de fusível é a causa desse mega recall, pois é um defeito muito grave que pode ocasionar curto da parte elétrica do carro, fazendo com que o carro sofra superaquecimento e até incendiando com o superaquecimento de seu motor.

Com esse problema bem sério, a montadora terá que apurar quantos exemplares do carro já estão em circulação e quantos ainda estão em estoque para resolver o problema antes que futuros problemas venham surgir por conta do defeito.

Até o momento está apurado em média de 550 mil exemplares dentro dos modelos Spin, Prisma, Cobalt e Onix, que terão que passar pelo recall. Para que a empresa possa reparar seu erro e concertar o defeito de fabricação nos carros.

Resultando um prejuízo bem importante para toda montadora, mas se tratando em segurança dos clientes o dinheiro não será um problema. Com certeza uma das coisas que a empresa mais estima é a segurança de todos os seus clientes e espera que o pequeno erro seja resolvido antes que qualquer pessoa possa se ferir por conta desse lapso na produção.

No ano de 2017 tivemos uma situação muito parecida quando a empresa da Toyota convocou mais de 563 mil carros para um reparo de um defeito de fabricação. Sendo o maior recall produzido pela montadora em todo seu tempo de existência.

O tempo médio de reparo que esse recall terá é de aproximadamente 20 minutos em cada carro, ou seja, será um procedimento rápido e prático, onde os profissionais da montadora apenas irão vedar o dispositivo onde está correndo o risco de penetrar água no sistema elétrico. Pois se você é um dos que comprou um desses carros de 2017 para cá, não deixe de conferir se seu carro precisa passar pelo procedimento. Afinal a segurança de sua família deve estar em primeiro lugar sempre.

A empresa prometeu que fará uma geral em cada carro que possui nas suas concessionárias, fábricas e pátios para que nenhum carro com o defeito seja emplacado sem antes passar pelo reparo. Para que assim nenhuma família possa ser exposta a esse problema mais.

Sem dúvidas qualquer pessoa fica muito feliz com aquisição de seu carro 0 km, portanto, a segurança de sua família é sempre primeiro lugar, então se você possui um carro novo da GM, pesquise todos os detalhes do modelo e se informe para saber se ele não se enquadra nos exemplares que precisará passar pelo recall.

Bom ressaltar que se você comprou o carro em alguma concessionária não poderá leva-lo no seu mecânico de confiança, pois fazendo isso perderá toda a garantia do veículo. E também os direitos de revisão concedidos pela empresa. Somente através do site da GM, fazendo agendamento pela empresa com os profissionais credenciados esse reparo poderá ser realizado sem o veículo perder sua garantia de fábrica.

Bom também é nunca violar nenhum dos pré-requisitos da garantia do seu veículo, pois em caso de alguma falha mecânica causando qualquer tipo de acidente a responsabilidade não caia sobre você, que deixou uma pessoa não credenciada pela montadora alterar o funcionamento de seu carro.

Com isso você perderia a garantia total do veículo, e teria que responder com toda a responsabilidade das causas do acidente.

Hoje em dia o funcionamento do carro mudou muito. Antigamente qualquer mecânico sabia concertar qualquer carro. Já nos dias atuais as mecânicas variam, as peças variam de uma montadora para outra. Está muito mesclado a mecânica com a eletrônica. A tecnologia tomou conta de nossos carros, fazendo assim cada reparo se tornar minucioso e ímpar.

Ou seja, somente um profissional bem capacitado é capaz de solucionar qualquer defeito de forma eficaz.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Novo modelo traz uma série de novidades e mudanças que visam agradar os compradores.

O novo Chevrolet Prisma 2019 tem a difícil missão de superar os fortes concorrentes e para isto traz para o consumidor brasileiro uma série de novidades e várias mudanças para tentar seduzir o comprador. Também chamado de Onix Sedan, o modelo tinha em sua primeira geração a plataforma do Celta e o visual era bem semelhante ao Vectra, inclusive isto foi confirmado pelo próprio presidente da empresa no Brasil. Mas a Chevrolet resolveu deixar o Celta de fora dos seus planos e com isso o Prisma passou a usar a plataforma do Onix.

A intenção da marca era deixar o modelo com um visual mais agressivo, um motor mais potente e, com isso, conseguiu agradar o público. Como as outras marcas estão oferecendo modelos avançados, a Chevrolet viu que usando a plataforma do Onix, daria ao Prisma novo fôlego e de fato, foi isso que aconteceu. E ao adotar esta nova base, o Prisma passou a contar com um câmbio automático de 6 marchas e a montadora divulgou logo que esta configuração ficava à frente da concorrência, sendo que ainda tem o opcional do câmbio automático, o que oferece maior controle do veículo e o motorista tem a sensação que o controle do carro fica muito mais fácil, o que de fato é verdade.

Em 2015, o Prisma ficou entre os sedans compactos mais vendidos e nos anos seguintes a Chevrolet continuou investindo para manter o modelo sempre no topo, só que a concorrência resolveu investir pesado, por isso a versão 2019 traz uma série de vantagens para o consumidor. Para o Prisma 2019 espera-se muita tecnologia, principalmente pelo fato da empresa confirmar alto investimento para o desenvolvimento de carros na China, em uma importante parceria com a SAIC – Shanghai Automotive Industry Corporation, ou seja, será um modelo mais voltado para o mercado emergente, garantindo bom preço e muita inovação.

A meta da Chevrolet é audaciosa, quer vender 2 milhões de unidades em apenas um ano. Pode parecer um número difícil de ser alcançado, mas especialistas acreditam que se o novo Prisma chegar com preço abaixo da média, conseguirá este feito, inclusive pelo fato de que seria um carro mais em conta e com um motor mais eficiente, tornando o automóvel mais econômico sem perder no desempenho. Isto seria possível graças ao bloco 1.0 turbo, deixando o Prisma 2019 mais moderno e podendo concorrer de igual com os principais rivais, entre eles o Hyundai HB20S, que já está oferecendo motores turbo.

As novidades do novo Prisma 2019 não param por aí, elas chegaram também no acabamento interno, que já foi alvo de muitas reclamações no passado. A Chevrolet finalmente resolveu atender aos muitos pedidos e garantir maior conforto aos ocupantes, isto será percebido imediatamente, principalmente por quem já teve ou ainda tem um Prisma.

A ficha técnica do novo Prisma é muito esperada justamente por causa destas melhorias que a empresa vem preparando, a expectativa do mercado é grande e o modelo tem tudo para ser um grande sucesso. Atualmente, o mercado nacional conta com as seguintes versões:

  • 1.0 Eco Joy SPE/4
  • 1.4 Eco LT SPE/4
  • 1.4 Eco LTZ SPE/4
  • 1.4 Eco LT SPE/4 – automático
  • 1.4 Eco LTZ SPE/4 – automático

É possível comprar um Prisma hoje, na versão básica, por R$ 45.790,00 e a versão completa sai por R$ 67.050,00 já com câmbio automático. Esses valores são compatíveis com os modelos da concorrência, mas sempre que uma nova versão chega ao mercado, o valor sobe por causa das novidades e melhorias, mas se isso acontecer, a Chevrolet pode não conseguir atingir a meta de vendas para este ano.

Será preciso esperar para conferir qual será a decisão da empresa, se ela conseguirá segurar os preços, ou se resolver subir os valores, para quanto irá o preço do Prisma 2019.

Por Russel

Chevrolet Prisma 2019

Chevrolet Prisma 2019


Oferecer conforto, segurança, economia, beleza e potência, é tudo que a Chevrolet espera oferecer com o novo Onix 2019.

O novo Chevrolet Onix 2019 tem tudo para conquistar o mercado com suas muitas novidades, características que vão de encontro ao que o consumidor está procurando, mas a dúvida maior é se o preço conseguirá ser competitivo, pois a concorrência vem lançando bons veículos com valores não tão altos.

O Onix é um modelo compacto e deverá se firmar nesta linha porque a Chevrolet descobriu aí, uma característica muito procurada pelo consumidor brasileiro, que tem corrido dos carros grandes, que gastam muito combustível. Mesmo quem tem família grande, vem se adequando a esta nova realidade, mas o Onix tem bom espaço interno, oferece um porta-malas generoso e boa potência nas estradas.

Oferecer conforto, segurança, economia, beleza e potência, é tudo que a Chevrolet espera oferecer com o novo Onix 2019, sem contar que o modelo é um dos melhores no que diz respeito ao custo x benefício.

Entre as possíveis características do Onix 2019, estão o velocímetro com display digital, que é uma tendência entre os novos modelos, motor atualizado para oferecer maior potência, maior conforto aos passageiros e a central multimídia My Link de 7" sensível ao toque com novas ferramentas. A grande preocupação da Chevrolet é que o Onix vem mantendo o topo das vendas e se mudar muito pode acabar prejudicando, isto vale até mesmo para as melhorias, pois não existe mágica, se um carro recebe novos opcionais, melhor motor e acabamento, consequentemente ele custará mais e isto pode afastar o consumidor. Mas se lançar o Onix sem grandes melhorias, pode acabar atrapalhando o sucesso do carro, a Chevrolet precisará encontrar o meio termo.

Um grupo de profissionais ainda vem trabalhando pelo sucesso da versão esportiva Effect, com saias laterais, adesivos na carroceria, rodas de 15" em alumínio e muitos outros detalhes. As outras versões também ganham novidades, sendo que os modelos LT, LTZ e Activ terão luz de neblina será oferecido também na cor 'Azul Imperial Blue'. A logo foi parar no centro da tampa traseira, o mesmo que aconteceu com a S10.

O motor 1.4 8v tem potência de 106 cv e 13,9 kgfm com etanol e 98 cv e 13 kgfm quando abastecido com gasolina. A transmissão automática e também a manual é de seis marchas e para as versões LT e Joy, o propulsor 1.0 de quatro cilindros para deixar o motor mais potente.

O modelo LT traz calota na versão 1.4 e o Effect e Activ passam a contar com rodas pintadas em preto, o que dará um diferencial no visual. As lâmpadas 'blue vision' está presente no LTZ, Effect e também no Activ. O design ficou mais clean, com linhas que dão um toque especial no modelo, com traços leves, mas que deixam o Onix um pouco mais agressivo.

Por dentro, a qualidade do material empregado é a mesma, o que pode acabar gerando novas críticas, já que as versões anteriores tinham isto como um grande defeito, mas a tonalidade da iluminação indireta mudou um pouco e se espalha por vários comandos. O espaço aumentou muito pouco, porém os passageiros poderão sentir a diferença, principalmente quando for uma viagem mais longa.

Mas as novidades que mais chamarão a atenção dos consumidores são em relação aos itens de série, por exemplo, o 1.0 LT vem com cinto traseiro central de 3 pontos, o computador de bordo tem funções que ajudam a acompanhar o consumo médio, os espelhos retrovisores têm ajuste elétrico, bancos com detalhes de couros e muito mais.

Confira os preços e já vai planejando qual será sua escolha:

  • LT 1.0: R$ 48.150,00
  • LT 1.4: R$ 54.390,00
  • Effect: R$ 57.590,00
  • LTZ manual: R$ 58.990,00
  • LTZ automático: R$ 64.450,00
  • Active manual: R$ 62.490,00
  • Active automático: R$ 67.890,00
  • Advantage: R$ 54.890,00

Por Russel

Onix 2019

Onix 2019


Modelo 2018 obteve melhorias ainda mais importantes vinculadas ao seu desempenho e conforto permitindo, assim, uma satisfação ainda maior para os clientes que o adquirem.

Os veículos oferecidos no mercado nacional são integrantes de categorias variadas como os esportivos de grandes dimensões que tem no Chevrolet Camaro 2018 uma de suas alternativas mais indicadas no mercado nacional como será abordado em detalhes a seguir neste artigo.

Informações técnicas quanto ao Chevrolet Camaro 2018

O Chevrolet Camaro 2018 consiste em um automóvel importado no modelo cupê com duas portas permitindo, com isso, a utilização de seu interior para um total de 4 pessoas em um peso de 1.709 quilos distribuídos em 4,78 metros de comprimento, 2,81 metros de distância entre eixos e, ainda, 1,89 metros de largura.

O tanque de combustível possui capacidade de 72 litros em uma carga útil de 333 quilos além do porta-malas com capacidade para acondicionar um total de 208 litros em seu interior relacionado.

O motor adotado neste automóvel apresenta uma posição dianteira em disposição longitudinal integrado por 8 cilindros que apresentam duas válvulas em cada um deles.

Do ponto de vista mecânico, adota como combustível apenas gasolina com alimentação por meio de injeção direta tendo seu comando de válvulas no bloco em corrente.

Apresenta capacidade de chegar a uma impressionante potência de 461 cavalos com 6.000 rotações por minuto e um torque de até 62,9 Kgfm a 4.000 rotações por minuto em uma aspiração do tipo natural.

Conta com transmissão traseira, freios do tipo disco ventilado, direção elétrica com rodas de liga leve de 20 polegadas em seu diâmetro funcionando com câmbio automático que permite a utilização de até 8 marchas obtendo, com isso, uma velocidade máxima de 290 Km/h.

Novidades vinculadas ao novo Chevrolet Camaro 2018

Uma das principais inovações relacionadas com o Chevrolet Camaro 2018 consiste no pacote 1LE o qual é composto por elementos aerodinâmicos como aerofólio traseiro e grade frontal rebaixada que permite a semelhança maior deste modelo com veículos de corrida e uma maior leveza com 27 quilos a menos.

Além destes elementos, esta nova opção possui defletores de ar, rodas em alumínio, suspensão ajustável, controle de clima do tipo automático em zona dupla, volante aquecido bem como motor LT4 com câmbio manual de 6 velocidades que pode fazer até 650 cavalos de potência.

Outros elementos que são encontrados de série neste automóvel especificado para um conforto maior são seus bancos revestidos em couro, teto solar do tipo elétrico, banco traseiro rebatível bem como controles variados em seu interior.

Com relação às alternativas de itens tecnológicos neste modelo podem ser aproveitadas opções como conta-giros, volante do tipo multifuncional, computador de bordo tendo navegador GPS, interface com Bluetooth além de conexão para entradas USB.

Os usuários deste tipo de carro podem aproveitar ainda em seu interior com opções como ar quente, faróis com acendimento de tipo automático, chave no formato presencial bem como comando interno para uso do porta-malas e acionamento remoto do motor.

Preços relacionados ao Chevrolet Camaro 2018

A versão do Chevrolet Camaro 2018 disponível no mercado nacional é ofertada em sua condição básica com valores iniciais de R$259.300,00 com garantia de 2 anos após a sua aquisição sem a delimitação de valores fixos para revisões periódicas a serem realizadas neste veículo.

Existem pontos relacionados com o desempenho do Chevrolet Camaro 2018 que justificam a sua qualidade como a capacidade de acelerar partindo de 0 até 100 Km/h em apenas 4,2 segundos.

Além disso, com relação ao seu consumo de combustível apresenta uma média de 5,6 Km/l quando é conduzido nas cidades e de 8 Km/l quando é utilizado nas estradas de todo o país.

Conclusão

Portanto, o Chevrolet Camaro 2018 obteve melhorias importantes vinculadas ao seu desempenho e conforto permitindo, assim, uma satisfação ainda maior para os clientes que o adquirem para uso rotineiro.

Por Ana Camila Neves Morais

Chevrolet Camaro 2018


Espaço e conforto são itens a serem elogiados e reconhecidos na Trailblazer, os motores apesar de não serem flexíveis, aceitando gasolina ou etanol, têm potência e desenvoltura de sobra em seu torque para levar seus sete ocupantes mais a bagagem.

A SUV de grande porte da Chevrolet vem com novidades para 2018, as principais se referem às partes mecânicas e acústicas.

A Chevrolet disponibilizou um novo sistema que reduz consideravelmente os ruídos e vibrações do motor, acionado em baixas rotações ou em retomadas de velocidades, o então denominado CPA deixa ou veículo mais silencioso e confortável, tanto em suas versões a gasolina como diesel.

Fora isso, a transmissão de seis marchas vem com uma calibração e um gerenciamento elétrico mais moderno para 2018 o resultado é uma SUV mais econômica e mais veloz que sua versão anterior.

Na parte externa, um pequeno detalhe de identificação diferencia os modelos 2018, o logotipo da Trailblazer na traseira passa a ficar do lado esquerdo, como nas versões anteriores.

Espaço e conforto são predicados a serem elogiados e reconhecidos na Trailblazer, os motores apesar de não serem flexíveis, aceitando gasolina ou etanol, têm potência e desenvoltura de sobra em seu torque para levar seus sete ocupantes mais a bagagem.

A Chevrolet Trailblazer 2018 é oferecida em duas versões de motorização, a primeira é a 2.8 V6 Turbo Diesel, a segunda é a 3.6 também V6 só que a gasolina, ambas disponíveis no acabamento LTZ e nas cores Vermelho, Preto, Cinza e Prata.

Chevrolet Trailblazer 2018 versões:

Trailblazer 2018 2.8 Turbo Diesel

Preços a partir de R$ 207.990,00

Mecânica: Motor 2.8 V6 Turbo 16 válvulas de 200 cavalos de potência com câmbio automático de seis marchas.

Freios com sistema hidráulico e antitravamento, tanto dianteiros como traseiros

Tração nas quatro rodas

Suspensões dianteiras independentes com amortecedores hidráulicos, suspensões traseiras com barra estabilizadora e amortecedores telescópicos hidráulicos.

Rodas aro 18 polegadas com rodas de alumínio

Porta malas com capacidade para 554 litros, totalizando 1830 com rebatimento completo de todos os bancos. Tanque de combustível de 76 litros

Dimensões: 4,8m de comprimento por 1,8m de altura e 1,9m de largura

Principais equipamentos:

Sensores de alerta de colisão frontal, mudança de faixa e marcha ré, airbags para passageiro e motorista, controle de tração e estabilidade, luzes de LED, sensores de alerta de pressão dos pneus e pontos cegos, sistema de freios antitravamento, volante com revestimento especial, ar-condicionado dianteiro e para passageiros do banco de trás, computador de bordo com múltiplas funções, direção progressiva e elétrica, travas, vidros e retrovisores elétricos, porta console central, porta objetos nas portas e no consoles, central multimídia com tela LCD de 8 polegadas com entrada USB, câmera para visualização de manobras traseiras, tomadas auxiliares de 12 volts frontais e traseiras, sensores de chuva e de estacionamento.

Trailblazer 2018 3.6 V6 Gasolina

Preços a partir de R$ 173.990,00

Mecânica: Motor 3.6 V6 24 válvulas de 279 cavalos de potência com câmbio automático de seis marchas com sistema de ativamento de seleção.

Freios com sistema hidráulico e antitravamento, tanto dianteiros como traseiros

Tração nas quatro rodas com seletores

Suspensões dianteiras independentes com amortecedores hidráulicos, suspensões traseiras com barra estabilizadora e amortecedores telescópicos hidráulicos.

Rodas aro 18 polegadas com rodas de alumínio

Porta malas com capacidade para 554 litros, totalizando 1830 com rebatimento completo de todos os bancos. Tanque de combustível de 76 litros

Dimensões: 4,8m de comprimento por 1,8m de altura e 1,9m de largura

Principais equipamentos:

Sensores de alerta de colisão frontal, mudança de faixa e marcha ré, acabamento interno com maçanetas e manopla de câmbio cromados, airbags para passageiro e motorista, controle de tração e estabilidade, luzes de LED, sensores de alerta de pressão dos pneus e ponto cego, sistema de freios antitravamento, volante com revestimento especial, ar-condicionado dianteiro e para passageiros do banco de trás, computador de bordo com múltiplas funções, direção progressiva e elétrica, travas, vidros e retrovisores elétricos, porta console central, porta objetos nas portas e nos consoles, central multimídia com tela LCD de 8 polegadas com entrada USB e sistema de áudio com cinco alto-falantes, assistente de partida em rampas, retrovisores com indicadores de seta acoplados, câmera para visualização de manobras traseiras, tomadas auxiliares de 12 volts frontais e traseiras, sensores de chuva e de estacionamento.

A Chevrolet Trailblazer 2018 tem garantia de 3 anos e incorpora também o sistema OnStar para chamadas de segurança e emergência.

Mais detalhes estão disponíveis no link: www.chevrolet.com.br/suvs/trailblazer.html.

Por C. B.

Chevrolet Trailblazer 2018


O novo modelo possui um design elegante, com ótimo acabamento. Confira as características e novidades do modelo.

O novo modelo da Chevrolet, o Cruze 2018, possui um design elegante, com ótimo acabamento e dupla tonalidade de cinza, trazendo para o veículo um equilíbrio visual. Suas lanternas são bipartidas, tem rodas de liga leve com aro de 17 polegadas de diâmetro e com desenho aerodinâmico, frisos cromados que destacam seu design, maçanetas também cromadas, retrovisores com repetidores de direção e basculamento elétrico. O modelo vem com LEDs diurnos, com conjunto ótico de dupla parábola que é bem delineado, facho adaptativo e grade frontal com um ar esportivo. O carro possui um indicador de acionamento de freios, localizado na alavanca de transmissão automática, controles de tração e de estabilidade com comandos de desligamento, sensor de estacionamento e assistente de estacionamento.

Apresenta ainda no seu interior materiais plástico, boa posição para dirigir, alavanca de câmbio, direção que possui alerta de colisão, possui também alerta de invasão de faixa, quadro de instrumentos com uma aparência premium, um ambiente amplo, iluminação branca e um sofisticado computador de bordo, que inclui medidor da pressão dos pneus, telefonia, mídia, dados de navegação e alerta de colisão com ajuste. Ainda no interior do Cruze 2018, os bancos são confortáveis, o banco do condutor possui ajustes elétricos, o porta-luvas vem com bom espaço, tem porta-copos e chave eletrônica com comando de partida remota para o motor, o que entrega mais conforto e mais segurança. O carro é confortável tanto na parte da frente quanto na parte de trás, pois tem um ótimo espaço para as pernas, tem um teto solar elétrico, apoio de braço, apoio de cabeça para todos os ocupantes, cintos, e luzes de leitura.

Em relação à conectividade, o modelo possui multimídia MyLink 2 com Car Play, Android para auto, OnStar, câmera de ré e um navegador em 3D. O ar-condicionado é também uma de suas funcionalidades e tem ainda um sistema chamado modo valet, que indica para o usuário o quanto o carro andou, quando estiver nas mãos do manobrista. Há um sistema de carregamento intuitivo para smartphones, entradas para USB e auxiliar.

O Cruze Hatch vem em 3 versões: a versão Cruze LT no valor de R$ 92.990, a versão Cruze LTZ1 no valor de R$ 105.990 e a versão Cruze LTZ2 no valor de R$ 115.990.

Sobre seu consumo de combustível, na cidade o veículo faz 7,6 Km/ l com o uso de etanol e 11,3 Km/ l com o uso de gasolina, já na estrada ele faz 9,3 Km/ l com o uso do etanol e 13,6 Km/ l com o uso da gasolina.

Veja abaixo a ficha técnica do modelo Cruze Hatch 2018:

Motor

Motor: 1.4 Turbo

Tipo: Dianteiro transversal, Turbo, Gasolina e Etanol

Número de cilindros: 4 em linha

Cilindrada em cm3: 1.399

Válvulas: 16

Taxa de compressão: 10:1

Injeção eletrônica de combustível: Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484): Potência de150 cv a 5.200 rpm com o uso de gasolina e potência de 153 cv a 5.200 rpm com o uso de etanol.

Potência Máximo Líquido (ABNT NBR 5484): 24,0 kgfm a 2.000 rpm com o uso de gasolina e 24,5 kgfm a 2.000 rpm com o uso de etanol.

Tipo de transmissão: Automática 6 marchas

Tipo de freios: Disco ventilado / Disco

Tipo de direção: Elétrica

Suspensão dianteira: McPherson (independente com barra estabilizadora)

Suspensão traseira: Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas: Liga Leve com aro de 17 polegadas de diâmetro.

Pneus: 215/ 50 R17

Capacidades

Tanque: 52 Litros

Porta Malas: 290 Litros

Peso em ordem de marcha: 1.331 Kg

Dimensões

Comprimento: 4.448 mm

Largura: 1.807 mm

Altura: 1.484 mm

Distância entre eixos: 2.700 mm

Por Lorena Ruiz

Chevrolet Cruze Hatch 2018

Chevrolet Cruze Hatch 2018


Nova linha 2018 do Cobalt traz novos equipamentos e novidades. Confira.

O novo Cobalt vem com novos equipamentos de segurança como Isofix e Top Thether para cadeirinhas infantis, além de luz de neblina e tem também novas opções de cores para a carroceria. As novas cores são o cinza satin steel a nova opção de cor metálica, branco summit, marrom mogno brown, azul blue eyes, cinza grafite, prata switchblade e preto ouro negro. Ainda em relação a itens de segurança o modelo tem alerta de baixa pressão dos pneus, freios ABS com EBD, airbags frontais, sistema OnStar que possui um serviço de resposta automática no caso de acidente ou do botão de emergência (SOS) e lanterna de neblina.

O modelo tem 3 versões a versão Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 manual, a versão Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 automático e a versão Chevrolet Cobalt Elite 1.8 automático.

A versão Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 manual vem com motor 1.8 flex com transmissão manual de 6 marchas, freios ABS com EDB, airbag duplo, cinto de segurança de 3 pontos, isofix, apoio de cabeça para todos os ocupantes, vidros elétricos, direção elétrica, travas elétricas nas quatro portas, travas elétricas no porta malas, ar condicionado, retrovisores com ajustes elétricos, faróis de neblina, lanterna de neblina, faróis duplos, rodas de liga leve com aro de 15 polegadas de diâmetro, chave canivete de comando, pneus 195/65 R15 de baixa resistência à rolagem, piloto automático, sensor de estacionamento, indicador de mudanças de marchas, Bluetooth com streaming e com comando de voz, serviço OnStar, conexões USB, volante em couro com comandos de telefonia, mídia e com controle de cruzeiro, grade cromada, detalher cromados em preto brilhante no interior do veículo, acabamento em dois tons de marrom e cinza, computador de bordo que inclui os navegadores Maps e Waze, Car Play, rádio e tela de 7 polegadas.

A versão Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 automático vem com os itens já citados na versão manual mais transmissão automática de 6 velocidades.

Já a versão Chevrolet Cobalt Elite 1.8 automático vem com os itens citados nas versões anteriores mais placas metálicas Elite, acendimento automático dos faróis através do sensor crepuscular, soleiras exclusivas, frisos cromados na base das portas, frisos cromados nas molduras dos faróis de neblina, rodas de liga leve com aro de 15 polegadas de diâmetro, câmera de ré, sensor de chuva, bancos em couro sintético, acabamento geral em marrom, revestimento em couro no banco traseiro, acabamento em couro nas portas e banco traseiro rebatível e bipartido.

O valor da versão LTZ 1.8 manual é de R$ 65.290, a versão LTZ 1.8 automático custa R$ 68.570 e a Elite 1.8 automático sai por R$ 72.490.

Com o câmbio manual o carro faz 12,1 Km/ l com gasolina e 8,3 Km/ litro com etanol. Na versão com cambio automático ele faz 11,1 Km/ litro com gasolina e 7,6 Km/ litro com etanol.

Veja abaixo a Ficha Técnica do veículo:

Motor:1.8

Tipo: Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros: 4 em linha

Válvulas: 8

Cilindradas: 1796 cm3

Potência máxima líquida (ABNT NBR 5484): entrega 106 cv a 5.200 rpm na gasolina e no etanol entrega 111 cv a 5.200 rpm

Torque máximo líquido: 16,8 kgfm a 2.600 rpm na gasolina e 17,7 kgfm a 2.600 rpm a etanol.

Tipo de Transmissão: Versão manual – 6 marchas e versão automática – 6 marchas

Tipo de freios: Disco ventilado / Tambor

Tipo de direção: Elétrica

Rodas e Pneus

Rodas: Aço / Liga leve com aro de 15 polegadas de diâmetro

Pneus: 195/ 65 R15

Suspenção dianteira: McPherson (independente com barra estabilizadora)

Suspensão Traseira: Eixo de torção

Capacidades

Tanque: 54 Litros

Porta Malas: 563 Litros

Dimensões

Comprimento: 4481 mm

Largura (sem retrovisores): 1735 mm

Altura: 1508 mm

Distância entre eixos: 2620 mm

Por Lorena Ruiz

Chevrolet Cobalt 2018

Chevrolet Cobalt 2018


Modelo 2018 vem em 5 versões diferentes e contam com novos equipamentos de série.

O novo modelo da Chevrolet, o Onix 2018, vem em 5 versões diferentes e os modelos terão novos equipamentos de série.

Terá a versão Joy; a versão LT; a versão LTZ, a versão Activ e, por fim, a versão Effect, um modelo que começou a ser fabricado no final do ano de 2014 e que havia deixado de ser fabricado há dois anos, porém voltará a ser vendido em 2018 também.

A versão Joy tem motor 1.0 e será vendido nas cores preto, cinza, prata, branco e vermelho. Os equipamentos de série do veículo são o ar-condicionado; a direção hidráulica; o airbag duplo; o trio elétrico e os freios ABS. O pacote de equipamentos é fechado, não sendo possível que o usuário opte por pacotes opcionais. O modelo possui rodas de 14 polegadas de diâmetro com calotas feitas de plástico; banco traseiro rebatível; alarme; câmbio manual de 6 marchas; alarme e monitoramento de pressão dos pneus. Caso o usuário tenha interesse em um sistema de som, terá que instalar ele mesmo, pois o carro não vem com sistema de som instalado.

A versão LT tem duas opções de motor, a opção de 1.0 e a de 1.4. As cores oferecidas também são preto, cinza, prata, branco e vermelho, mas nessa versão além dessas cores, tem também a cor azul imperial. Em seu pacote de equipamentos vem o sistema de som; o banco do motorista possui regulagem de altura; os espelhos laterais do veiculo são da cor do carro e tem faróis com máscara negra, sendo assim esse modelo oferece um pacote de equipamentos bem mais completo do que a versão anterior. Nesse modelo também estão disponíveis pacotes opcionais. O primeiro pacote opcional é o R7 J, ele vem com volantes por comando de som; possibilita que o porta-malas seja aberto com o uso de controle remoto; sensor de estacionamento traseiro e sistema MyLink com Android auto e também com o Apple CarPlay. O segundo pacote opcional é o R7 F que vem com os mesmo itens do pacote anterior, mas tem também possui o sistema OnStar. O valor do pacote R7 J é de R$ 1.400,00, já o pacote R7 F sai pelo valor de R$ 1.800,00.

A versão LTZ possui um design “aventureiro” e é oferecido com o motor 1.4. Seu pacote de equipamentos vem com rodas de alumínio com 15 polegadas de diâmetro; computador de bordo; com as maçanetas internas cromadas; vidros elétricos e com bancos que tem um tecido exclusivo, além disso, tem ainda, o sistema MyLink com o Android auto e com o Apple CarPlay; faróis e lanternas de neblina; volante com revestimento Premium; sensor de estacionamento; espelhos elétricos e tem os faróis e a grade dianteira com detalhes cromados. Possui pacote opcional no valor de R$ 5.300,00, que oferece ao usuário o câmbio automático com 6 marchas que vem com um sistema chamado de piloto automático.

A versão Active possui motor 1.4 e para-choques e pintura exclusiva em preto brilhante. No pacote de equipamentos tem sensor de chuva; câmera de ré, possui bancos exclusivos e tem ainda um controle de cruzeiro.

Nas novidades incluídas nas versões para 2018 estão vidros e travas elétricas; conta giros; painel digital com velocímetro; ar-condicionado e cinto com regulagem de altura para o modelo Joy. Para o modelo LT e para o LTZ as novidades são a luz de neblina localizada na parte inferior do para-choque da parte traseira e conforme citado acima, a cor azul imperial. Já na versão Effects novidades tem relação com seu design e acabamento exclusivo.

Os valores variam de acordo com a versão escolhida, entre R$ 41.690,00 até R$ 65.290,00.

Por Lorena Ruiz

Chevrolet Onix 2018

Chevrolet Onix 2018


Modelo Bolt poderá ser lançado no Brasil em 2018, segundo a montadora.

O Bolt, um carro elétrico da Chevrolet, foi anunciado no salão do automóvel em 2016. O foco do stand da marca, no evento, foi na eficiência energética. O vice-presidente da GM Brasil, Marcos Munhoz, disse que o papel do Bolt no evento, era mostrar ao consumidor brasileiro a liderança da marca da eletrificação dos carros. A primeira vez que a Chevrolet apresentou o Monovolume Bolt foi no Salão do Automóvel em Detroit, no mesmo ano.

Apesar de no Brasil os carros elétricos não serem populares, especula-se a chegada do Bolt no país em 2018. Até pouco tempo, a marca não havia se pronunciado a respeito da chegada de um elétrico ao Brasil e nem sobre o modelo do carro. Mesmo com a marca não confirmando as suspeitas, muitos acreditam que o monovolume seria o carro lançado. Além disso, os executivos da marca vinham dando pistas de que essa seria uma possibilidade real.

O portal Uol informou que em outubro deste ano, durante o Congresso Autodata Perspectivas 2018, Carlos Zarlenga, presidente da General Motors do Mercosul, garantiu que a marca será líder de vendas de carros elétricos também. Segundo ele, se já são líderes em vendas no Mercosul, sendo o Onix o campeão de vendas da empresa, a marca também tem que liderar a eletrificação. Informou ainda que a GM tem a meta de lançar 20 carros elétricos no mundo no período de 5 anos.

Recentemente, veio a confirmação de que um elétrico será vendido no Brasil. Carlos Zarlena, em uma entrevista que concedeu ao Estadão, informou que a ideia desse lançamento é realizar um teste em relação a receptividade dos brasileiros para com o carro elétrico e que pretendem apostar na eletrificação para impulsionar o futuro da indústria. Mesmo o carro elétrico não sendo popular no Brasil, ele acredita nas possibilidades do veículo no país. Apesar de confirmada a informação, o modelo do carro ainda não foi anunciado, mas as suspeitas continuam sendo no Bolt.

Carlos Zarlenga não deixou claro como será a estratégia para introduzir o carro por aqui, porém como além do lançamento do veículo, a GM também lançará no país o Maven, um serviço de aluguel de carros, ele diz que a locação dos elétricos pode ser uma forma de aproximar o público do produto. O serviço Maven poderá ser utilizado através de um aplicativo e segundo ele o lançamento do elétrico e do serviço de locação poderá ser introduzido na mesma época, o que facilitaria a colocação do veículo no mercado.

Atualmente, o carro já é vendido nos EUA, custa em média 37.500 mil dólares e lembra bastante o Honda Fit, o Meriva, o Equinox e o Cruze.

O design do carro é parecido com o que a marca já vem fazendo e conforme mencionado acima, possui semelhanças com outros veículos da Chevrolet, já conhecidos aqui no Brasil.

O motor do veículo possui mais de 200 cv e 36,7 kgfm de torque, que faz com que o veículo chegue de 0 a 96 km/h no período de apenas 7 segundos. Tem um conjunto de baterias 60kW, que foram fornecidas pela empresa sul – coreana, LG. O carro tem entre – eixos de praticamente 2,60 metros. E pode chegar até 383 KM/h. O Bolt vem ainda com o sistema internet 4G e roteador Wi-Fi, OnStar e central multimídia MyLink que vem com uma tela de 10,2 polegadas e é compatível com AndroidAuto e com CarPlay.

Por Rosângela Rodrigues

Chevrolet Bolt


A Chevrolet Tracker 2018 possui duas versões, a LT e Premier. Confira as características e preços de cada uma.

Para 2018, a Chevrolet refinou ainda mais sua consagrada SUV, a Tracker. Agora são duas versões principais, a LT e a Premier, ambas já vem com um pacote bem completo de equipamentos e itens de segurança, como central multimídia, repetidores de direção nos retrovisores e controle de estabilidade, porém a Premier se destaca pelos acabamentos com frisos cromados, além de teto-sola e luzes de LED.

A motorização continua a mesma, motores 1.4 turbo com até 153 cavalos de potência e ótimos 24,5 kgfm de torque, podendo levar a SUV de 0 a 100 km em quase 9 segundos, o consumo é compatível com o seu porte, a montadora indica 7,3 km/l para a cidade 8,2 km/l para estrada.

A expectativa da montadora é grande para aumentar suas vendas, boa parte graças aos atributos já consagrados entre seus motoristas e pelo pacote cada vez mais recheado de equipamentos disponíveis.

Versões da Chevrolet Tracker

Chevrolet Tracker LT

Preços a partir de R$ 85.890,00

Mecânica Geral

Motor 1.4 turbo de quatro cilindros, 16 válvulas, injeção direta, flexível com 150 cavalos de potência a Gasolina e 153 cavalos de potência a Etanol, a 5200 rpm de rotação máxima.

Câmbio automático de 6 velocidades com tração dianteira.

Freios a discos ventilados na dianteira, a tambor na traseira com sistema antitravamento (ABS).

Rodas de alumínio de 16 polegadas.

Direção Progressiva e Elétrica

Suspensões dianteiras com amortecedores telescópicos a gás, mc pherson e com barras estabilizadoras. Suspensões traseiras independentes com amortecedores telescópicos a gás.

Principais Itens de Segurança, Conforto e Acabamento:

Airbag para passageiro e motorista, alarme, luz de freio traseira integrada, lanterna e faróis de neblina, trava nas portas traseiras de segurança, suporte para cadeiras isofix, rack para bagagem no teto, tomada auxiliar de força de 12 volts, vidro elétricos com comando pela chave, bancos com regulagem de altura, central multimídia de sete polegadas, comandos de controle do celular e rádio ao volante, acabamento interno preto especial.

Cores disponíveis: Branco (Sólida); Vermelho, Preto, Cinza e Prata (Metálicas).

Chevrolet Tracker Premier

Preços a partir de R$ 96.790,00

Mecânica Geral

Motor 1.4 turbo de quatro cilindros, 16 válvulas, injeção direta, flexível com 150 cavalos de potência a Gasolina e 153 cavalos de potência a Etanol, a 5200 rpm de rotação máxima.

Câmbio automático de 6 velocidades com tração dianteira.

Freios a discos ventilados na dianteira, a tambor na traseira com sistema antitravamento (ABS).

Rodas de alumínio de 18 polegadas.

Direção Progressiva e Elétrica

Suspensões dianteiras com amortecedores telescópicos a gás, mc pherson e com barras estabilizadoras. Suspensões traseiras independentes com amortecedores telescópicos a gás.

Principais Itens de Segurança, Conforto e Acabamento:

Airbag para passageiro e motorista, alarme, sensor de alerta do ponto cego, tração com controle automático, estabilidade com controle automático, luz de freio traseira integrada, lanternas em LED, lanterna e faróis de neblina, trava nas portas traseiras de segurança, friso e maçanetas cromadas, suporte para cadeiras isofix, rack para bagagem no teto, tomada auxiliar de força de 12 volts, assistente de partida para subidas, vidro elétricos com comando pela chave, bancos com regulagem de altura sendo o dianteiro também rebatível, central multimídia de sete polegadas com câmera de ré, computador de bordo, porta-copos com descansa-braço, chave elétrica possibilitando a partida do veículo sem chave, luzes diurnas de led, comandos de controle do celular e rádio ao volante, volante com revestimento sofisticado premium, acabamento interno preto especial.

Cores disponíveis: Branco (Sólida); Vermelho, Preto, Cinza e Prata (Metálicas).

Dimensões e capacidade de todas as versões da Chevrolet Tracker 2018:

Comprimento total de 4258 milímetros, Largura de 1776 milímetros, Altura de 1678 milímetros, tanque de combustível de 53 litros, porta-malas com capacidade para 306 litros (como rebatimento total dos bancos fica em 735 litros).

Acessórios:

São mais de 15 acessórios que o comprador pode agregar a Chevrolet Tracker, se desejar, todos disponíveis através do configurador disponibilizado pela montadora no link: www.chevrolet.com.br/suvs/tracker/monte-o-seu.html?x-state=SP&x-regionid=1.

Por C. B.

Chevrolet Tracker


Modelo possui grande potência e o destaque do torque do motor, outro detalhe que chama a atenção no Equinox é o seu baixo nível do ruído, o que traz mais conforto na hora de dirigi-lo.

A Chevrolet trouxe recentemente mais uma aposta da montadora para o mercado brasileiro e também mais um integrante da categoria SUV: Equinox. Apesar do nome exótico, trata-se de uma das grandes apostas da montadora para o mercado dos SUV’s que está bastante aquecido.

A novidade da Chevrolet promete brigar de igual para igual com os principais modelos da categoria SUV. Com motor 2.0 Turbo, potência de 262 cv e transmissão de nove marchas, a principal missão do utilitário esportivo será a substituição do Captiva. Um dos objetivos desse lançamento por parte da Chevrolet é conseguir a liderança de vendas no Brasil quando o assunto é o segmento de SUV’s.

Com preço sugerido de R$ 149.900,00 e disponível apenas na versão Premier, o Equinox é fabricado no México. Além de sua grande potência e o destaque do torque do motor, outro detalhe que chama a atenção no Equinox é o seu baixo nível do ruído, o que traz mais conforto na hora de dirigi-lo.

Um detalhe muito importante e que faz o Equinox se tornar uma opção viável está relacionado ao custo de manutenção. Segundo destaca a GM, o custo de manutenção do lançamento da Chevrolet é de R$ 3.132,00 nos primeiros 60 mil km rodados. Dessa forma, o Equinox bate todos os seus principais concorrentes neste quesito. O Hyundai New Tucson, por exemplo, custa R$ 4.274,00, enquanto que no Jeep Compass 2.0 Flex esse valor passa a ser de R$ 4.296,00. Nos outros modelos da categoria, Audi Q3 1.4 Turbo (R$ 6.340,00) e Volvo XC60 (R$ 10.544,00) o resultado não é diferente, o custo de manutenção do Equinox continua sendo bem inferior aos modelos citados.

A agressividade na parte mecânica do Equinox faz desse automóvel o crossover mais potente da categoria. Trata-se de um posto muito importante considerando os rivais que estão ao seu lado: Peugeot 3008, as versões a diesel do líder Jeep Compass, além de Hyundai ix35, Kis Sportage e os demais representantes das marcas asiáticas.

Outro ponto interessante do Equinox é quando o assunto são equipamentos e itens de série, haja vista a exigência por equipamentos estar maior a cada ano que se passa. Vale destacar que esse lançamento da Chevrolet já conta com a cabine mais elegante da montadora. Além disso, ainda podemos destacar: forração em couro; faróis inteligentes de leds, que são capazes de alternar entre os fachos alto e baixo com o objetivo de não ofuscar a vista dos condutores na via contrária; ar-condicionado de duas zonas; teto solar panorâmico; sistema de som premium Bose; ajuste elétrico com duas memórias no banco do motorista; dentre outros itens.

O Equinox também não deixa a desejar quando o assunto são itens para reforçar a segurança. Dentre os principais itens que vão trazer mais tranquilidade para quem dirige o automóvel, podemos destacar: controles de estabilidade e de tração, seis airbags, assistente de permanência em faixa, tampa traseira com abertura elétrica e assistente de estacionamento (capaz de manobrar sozinho).

E para aqueles que gostam mesmo é de carro espaçoso, saibam que o Equinox também atende as suas exigências. A distância entre os eixos do automóvel e de 2.725 mm, que segundo a Chevrolet é uma das maiores do segmento. Essa distância trás como principal consequência um maior espaço interno e a capacidade para cinco ocupantes no total. Além disso, levando em consideração a configuração dos bancos, que possui ajuste de inclinação, a capacidade do volume máximo de carga pode variar de 468 litros a 1.627 litros.

E tecnologia é algo que não falta no Equinox, ainda mais quando o assunto é conectividade, algo tão procurado hoje em dia. O automóvel dispõe de sistema de carregamento wireless para smartphones e sistema de telemática avançada ONStar, multimídia Mylink compatível com os aplicativos Android Auto e Apple CarPlay.

Para mais detalhes sobre o Equinox acesse o site oficial da Chevrolet na página do automóvel (www.chevrolet.com.br/suvs/equinox.html).

Por Bruno Henrique

Chevrolet Equinox

Chevrolet Equinox


Modelo recebeu diversas alterações mecânicas e agora possui, na traseira, a etiqueta Eco, porém, visualmente, não mudou.

A Chevrolet Montana já está na linha 2018 prometendo ser o veículo mais econômico do Brasil neste segmento. A picape recebeu diversas alterações mecânicas e agora possui, na traseira, a etiqueta Eco, porém, visualmente, não mudou.

Em sua aparência, a única inovação está nas duas novas alternativas de cores, sendo Vermelho Pull Me Over e Preto Ouro Negro, além do adesivo que indica a mudança na parte mecânica.

O propulsor 1.4, ainda rende 99 cavalos e torque de 13 mkgf, porém conta agora com novos pistões, bielas, sistema de arrefecimento fazendo uso de um ventilador com menor atrito, utilização de óleo com menor viscosidade e alternador de alto rendimento. Ainda conta com novos pneus “verdes”, rolamentos, freios de baixo arrasto, indicador para alteração de marchas, capota marítima e peças aerodinâmicas.

De acordo com a montadora, devido as alterações a picape chega a classificações A no Inmetro, com uma melhoria que chega a 13,2%.

O modelo ainda é comercializado em somente duas versões: a Sport e a LS, ambas com propulsor 1.4 e transmissão manual de cinco velocidades. Entre janeiro e julho teve 6.093 unidades emplacadas, ficando no terceiro lugar do segmento perdendo para a Strada e a Saveiro.

Confira a Ficha Técnica da Montana na versão LS 1.4

Modelo: Montana

Montadora: Chevrolet

Versão: LS

Detalhes: Picape nacional, com 2 portas e um ano de garantia

MOTORIZAÇÃO

Posição: Transversal

Instalação: Dianteiro

Aspiração: Aspirado

Comando de válvulas: Diretamente no cabeçote com correia dentada

Cilindros: 4, em linha

Cilindrada: 1.389 cc

Combustível: Flex

Válvulas por cilindro: 2

Potência: Etanol – 99 cv – Gasolina – 94 cv a 6 mil giros

Torque: Etanol – 13,0 kgfm – Gasolina – 12,9 a 3.200 giros

TRANSMISSÃO

Tração: Dianteira

Marchas: 5

Câmbio: Manual

DESEMPENHO

Velocidade máxima: 170 km/h

Aceleração de 0 a 100 km/h: 10,4 segundos

CONSUMO

Rodoviário: Etanol – 8,4 km/l – Gasolina – 12,6 km/l

Urbano: Etanol – 7,5 km/l – Gasolina – 11,3 km/l

SUSPENSÃO

Traseira: Eixo de torção

Dianteira: McPherson, Independente

FREIOS

Traseiros: Tambor

Dianteiros: Disco

PNEUS E RODAS

Traseiros: 185/65 raio 15

Dianteiros: 185/65 raio 15

DIMENSÕES

Altura: 1.577 mm

Comprimento: 4.514 mm

Largura: 1.700 mm

Distância do solo: 193 mm

Entre-eixos: 2.669 mm

CAPACIDADES E PESO

Caçamba: 1.152 L

Peso: 1.097 Kg

Tanque de combustível: 49 L

Carga útil: 756 kg

Por Filipe Silva

Chevrolet Montana 2018

Chevrolet Montana 2018

Fotos: Divulgação


Novo modelo recebeu 50 novidades ao todo. Na frente tem novos para-choques, faróis, capô, grade do radiador e para-lamas também redesenhados.

A Trailblazer chega também à linha 2018 apresentando um novo visual, contando com mais itens de conveniência, conforto e dispositivos de segurança. São 50 novidades ao todo. Na frente tem novos para-choques revistos, novos faróis, capô, grade do radiador e para-lamas também foram redesenhados. Além de acabamento exclusivo nas rodas de 18 polegadas.

Na parte internet a cabine foi revista por inteira, ficando mais confortável. A cor também foi alterada, assim como foi melhorada a ergonomia e os comandos. Os bancos são de couro com costuras aparentes. O modelo oferece também o MyLink 2 com tela touchscreen de 8 polegadas, espelhamento de smartphone pelo Apple CarPlay ou pelo Android Auto e navegador integrado.

O Trailblazer é comercializado apenas na configuração LTZ com motorização 3.6 V6 gasolina com potência de 277 cavalos, pelo preço de R$ 159.990 ou então o 2.8 Turbodiesel com 200 cavalos por R$ 189.990. Os novos coxins de carroceria permitiu uma melhora na dirigibilidade, além de trazer suspensões com novos amortecedores e uma maior barra estabilizadora. Agora a direção é elétrica, não sendo mais hidráulica. De acordo com a montadora, foi melhorado o isolamento acústico, ficando 6% mais silencioso.

Na questão de segurança, foi melhorada através dos alertas de saída involuntária de faixa, de ponto cego, de colisão frontal e de movimentação traseira, além dos sensores para estacionar. Todos sendo bem utilizados em um veículo com um cumprimento de quase cinco metros.

FICHA TÉCNICA

Modelo: Chevrolet Trailblazer 2.8 LTZ

Motor: 2.8, 4 cilindros em linha, 16V, injeção direta, turbo

Preço: R$ 189.990

Cilindrada: 2776 cm3

Potência: 200 cavalos em 3.600 rpm

Combustível: diesel

Câmbio: automático com seis marchas

Torque: 51 kgfm em 2.000 giros

Direção: elétrica

Freios: discos ventilados na dianteira e traseira

Suspensões: McPherson na dianteira e multilink na traseira

Tração: 4×4 ou 4×2 com seletor eletrônico

Entre-eixos: 2,845 m

Dimensões: 4,887 m (c), 1,902 m (l), 1,844 m (a)

Peso: 2.161 kg

Pneus: 265/60 raio 18

Tanque: 76 L

Capacidade Porta-malas: 554 L, com segunda fileira rebatida é de 1.043

Outras informações como aceleração, velocidade máxima, consumo de combustível nas rodovias e na cidade, nota do Inmetro e emissão de CO2não foram divulgadas.

Por Filipe Silva

Chevrolet Trailblazer 2018

Chevrolet Trailblazer 2018

Fotos: Divulgação


Modelo conta com 3 versões e preços que partem de R$ 79.990.

Em sua linha 2018, a Chevrolet Tracker teve um grande avanço com relação à substância e seu estilo. O crossover que vem do México recebeu o trem de força e a imagem do Chevrolet Cruze e é comercializado com um preço que inicia em R$ 79.990 na configuração LT, que não é a top de linha. Já o preço para versão LTZ é elevado para R$ 89.990 e ainda chega aos R$ 92.990 na configuração LTZ equipado com seis airbags.

Atualmente a versão de topo de linha do modelo encontra-se na terceira posição de veículos mais vendidos do segmento, ficando atrás somente do Jeep Renegade e do Honda HR-V, que são líderes de mercado. É válido lembrar também que a montadora americana pretende alcançar a segunda posição deste ranking pelo motivo do veículo ter sua importação limitada por cota. No mercado atual, será um dos topos mais rivalizados, afinal, existem diversos concorrentes novos como, por exemplo, o Hyundai Creta e também o futuro Renault Captur, os quais não possuem restrições de volume, já que os mesmos são produzidos em território brasileiro.

Sobre os preços e as versões da Chevrolet Tracker 2018

A Chevrolet Tracker, atualmente, é comercializada dentro do Brasil apenas em duas configurações de acabamento, que é a Tracker LTZ 1.8 e a Tracker LT 1.8. O valor sugerido para o crossover em sua versão de entrada é de R$ 77.790. Já a configuração mais completa, que é a top de linha (LTZ) possui um valor de R$ 89.990 nas concessionárias da marca da gravata dourada. Além também da versão LTZ que conta com 6 airbags, sendo comercializada por R$ 92.990

Ficha técnica da Tracker 2018

Com um propulsor 1.8 Ecotec (Flex) de 16 válvulas, gera 140 cavalos de potência ao ser abastecido com gasolina; e ao ser abastecido com etanol esse valor chega a 144 cavalos. Todas as versões já saem de fábrica com transmissão automática, juntamente com o modo manual com 6 velocidades.

Largura – 1776 mm

Comprimento – 4248 mm

Altura – 1647 mm

Peso – 1355 Kg

Entre-eixos – 2555 mm

Capacidade do tanque de combustível – 53 L

Capacidade do porta-malas – 306 L

Por Filipe Silva

Chevrolet Tracker 2018

Chevrolet Tracker 2018

Fotos: Divulgação


Confira todos os detalhes da Chevrolet S10, suas versões, preços e especificações técnica.

A Chevrolet S10 está presente no mercado brasileiro desde o ano de 1993. Na época, o modelo era comercializado somente na versão com cabine simples e era equipada com um propulsor 3.0, de 6 cilindros em “V”, movido a gasolina. Naquele momento a picape acabou se tornando a caminhonete mais desejada do país. Depois de diversos anos a S10 chegou à liderança do segmento e agora está sendo ameaçada pela Hilux.

A caminhonete é comercializada no mercado brasileiro em várias versões de acabamento, que está dividida em diversas carrocerias, sendo cabine simples ou cabine dupla. Os motores podem ser de 2500 cc ou 2800 cc, movidos a diesel ou então etanol e gasolina (flex). Já as trações podem ser 4×2 ou 4×4. Hoje, os valores da Chevrolet S10 oscilam de R$ 69.490 em sua versão de entrada com cabine simples até R$ 167.490 para adquirir a picape em cabine simples em sua versão mais completa.

Ficha técnica da nova S10 2017

Como se trata de um redesenho, a Chevrolet S10 manteve em sua ficha técnica os mesmos valores de dimensões e desempenho.

Motorização:

2.8L Turbo Diesel com 200 cavalos

2.5L Ecotec com 206 cavalos

S 10 Cabine Simples:

Largura – 1.882 mm

Comprimento Total – 5.367 mm

Altura – 1.787 mm

Largura da caçamba – 1.534 mm

Comprimento da caçamba – 2.322 mm

Capacidade de carga – 1051 kg

Capacidade do tanque de combustível – 80 L

S 10 Cabine Dupla:

Largura – 1.882 mm

Comprimento Total – 5.347 mm

Altura – 1.882 mm

Largura da caçamba – 1.534 mm

Comprimento da caçamba – 1.484 mm

Capacidade de carga – 953 Kg

Capacidade do tanque de combustível – 80 L

Confira a tabela de preço atualizado para as versões cabine dupla do modelo 2017

Cabine Dupla versão 2.5 Flex – 4×2 LT (MT) – 97.890 reais

Cabine Dupla versão 2.5 Flex – 4×4 LT (MT) – 106.590 reais

Cabine Dupla versão 2.5 Flex – 4×2 LTZ (MT) – 113.690 reais

Cabine Dupla versão 2.5 Flex – 4×4 LTZ (MT) – 120.790 reais

Cabine Simples versão 2.8 Diesel – 4×2 LS (MT) – 105.590 reais

Cabine Dupla versão 2.8 Diesel – 4×2 LT (MT) – 127.290 reais

Cabine Dupla versão 2.8 Diesel – 4×4 LT (MT) – 139.290 reais

Cabine Dupla versão 2.8 Diesel – 4×4 LTZ (AT) – 150.190 reais

Cabine Dupla versão 2.8 Diesel – 4×4 – High Country (AT) – 167.490 reais

Por Filipe Silva

Chevrolet S10


Modelo custa R$ 45 mil e pode ser considerado um dos principais veículos sedã do mercado brasileiro.

O sedã Prisma Joy foi lançado em 2006, onde a primeira versão era uma restruturação do Celta com carroceria estendida. Já em 2013 foi lançado a segunda versão do Prisma, sendo reestilizado usando a base estrutural do Chevrolet Onix.

O carro é produzido aqui no Brasil e foi classificado como um modelo sport sedan. O estilo esportivo é traduzido em seu design lateral, frontal e traseira. Para quem busca um sedan compacto, de baixo custo e espaçoso, continue lendo este texto e veja um pequeno preview deste veículo.

Substituto do Velho Classic

Até os primeiros 6 meses de 2016, quem buscava um sedan de baixo custo da linha Chevrolet, só encontrava o tradicional Classic, modelo descontinuado pela Chevrolet, que tinha suas linhas derivadas do Corsa.

Na segunda metade de 2016, a Chevrolet lançou seu novo sedan compacto, o Prisma Joy, substituindo o Velho Classic. A versão derivada do Onix com tecnologia de versões dos mais caros.

Pacote Básico

Aos interessados em comprar a versão Prisma Joy, o sedan compacto da Chevrolet, pode retirar das concessionárias a partir de R$ 45.790, com direção elétrica, ar condicionado e vidros elétricos nas portas dianteiras.

Na questão de segurança, os cintos dianteiros possuem regulagem de altura, travas elétricas. Na parte traseira, o banco pode ser rebatido para ampliar espaço para bagagens. No painel apresenta indicador de troca de marchas e tomada de 12V para carregador de celular e outros acessórios.

Acessórios

No pacote básico não vem incluído alguns itens, que são considerados acessórios opcionais. O sistema de som e rodas de liga leve são estes outros itens na qual podem ser adquiridos à parte.

A central multimídia da versão Joy não é igual as outras versões, que conta com o sistema MyLink na qual é instalada nas versões mais avançadas ou de luxo.

Iluminação

A iluminação do Prisma saiu daquela azulada para uma cor alaranjada, trazendo um design retrô, lembrando os GM mais antigos, lançados em meados aos anos 90, como o Omega e o Kadett, veículos muito famosos em sua época.

Acabamento Interno

O acabamento interno é plástico para todos os lados, no entanto, com encaixes bem feitos e não existem sinais de rebarbas nos detalhes.

Porta-malas amplo

O detalhe é para o porta-malas de 500 litros, para quem tem família com filhos, atende muito bem no caso de muitas bagagens.

Consumo

Segundo a Chevrolet, o consumo do Prisma Joy é de 12,9 Km por litro na cidade e 15,6 Km por litro se a escolha do combustível for gasolina. Caso seja usado etanol, o consumo cai para 9Km na cidade e 11,1 Km na estrada.

Para quem gosta da linha dos sedans compactos, o Prisma Joy está na lista dos mais acessíveis em relação a custos e consumo, para ter mais detalhes desta versão, acesse o site oficial da Chevrolet e faça uma busca mais detalhada da ficha técnica deste modelo.

Marcio Ferraz


Problema atinge o Onix Joy produzido em março de 2017.

Há cerca de um mês atrás, foi divulgado em diversos meios de comunicação, tanto nacional quanto internacional, que o Chevrolet Onix estava apresentando alguns defeitos. Na ocasião em especial, o problema estava em não oferecer segurança aos condutores e passageiros na lateral do veículo. Pois, caso acontecesse um acidente, a pessoa poderia sofrer um acidente ou até ter danos mais graves. A denúncia foi feita, depois de testes realizados pela Latin New Car Assessment Programme, a Latin NCAP, que deu nenhuma estrela no quesito segurança para o modelo em questão.

O Onix está presente no Brasil desde 2012 e nesses cinco anos, ele alcançou o posto de carro mais vendido do país, mostrando assim a preferência dos brasileiros em relação ao design considerado mais moderno por parte dos consumidores. Foram centenas de financiamentos e é muito comum andar pelas ruas e encontrar uma das unidades do Onix nas ruas. Antes de serem apontados estes defeitos, os proprietários sempre tinham muitos elogios ao carro e ao seu fabricante. Inclusive muitas pessoas, ao trocarem de carro, permaneciam com a mesmo modelo só que com anos diferentes, buscando pelos últimos lançamentos.

Nesta semana, mais precisamente na última terça-feira, dia 23 de maio, foi divulgado o novo problema que o Onix apresentava. Dessa vez, o contratempo é outro, são com as rodas do automóvel em questão. Segundo as notícias informam, cerca de 22 exemplares do modelo Joy deste ano vão sofrer o processo de recall, ou seja, serão devolvidos para a montadora para rever o problema. A falha foi cometida durante o processo de montagem, que resultou em um problema na parte do lado dos pneus. Assim, o pneu pode não funcionar de maneira correta, em paradas bruscas, por exemplo, e causar um grande problema, como colisões em outros veículos, o condutor ou passageiro ser arremessado para a parte da frente do carro, dentre outros. Todos sabem dos perigos caso os pneus não funcionem da maneira correta e oferecendo 100% de segurança.

Caso você possua um Onix Joy que foi fabricado no período de 27 a 31 de março de 2017 e quer verificar se ele possui o problema com as rodas. Basta checar o chassi dele, se ele possuir um dos chassis abaixo, é imprescindível que você leve o veículo a uma das concessionárias da Chevrolet, no município que você reside. Os chassis em questão são os de número:

HB200774, HB200824, HB200886, HB200966, HB201078, HB201123, HB201152, HB201244, HB201343, HB201386, HB201451, HB201494, HB201525, HB201584, HB201670, HB201694, HB201871, HB201911, HB202402, HB202798, HB203056, HB203089.

Se você ainda tem alguma dúvida de como proceder, entre em contato com a montadora através do seguinte telefone: 0800-702-4200. Não deixe de conferir, caso você tenha o modelo, para que não tenha nenhum problema futuramente.

Isabela Castro.


Modelos ganharam alterações significativas para começar a linha 2017 com pé direito.

Já vimos o Prisma e o Onix que já receberam suas mudanças para 2017. Porém, agora chegou a vez de mais dois modelos: o Chevrolet Cobalt e a Spin ganharem alterações significativas para começarem a linha 2017 com pé direito. A dupla está prevista para chegar às concessionárias em breve.

Entre as novidades vamos encontrar direção elétrica já de série, a presença do novo câmbio manual de seis marchas além de algumas variações mecânicas que foram realizadas com o principal objetivo de deixarem os veículos mais econômicos.

Recentemente, algumas dessas informações já haviam sido dadas pelo Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro. Entretanto, apenas agora é que a montadora divulgou os detalhes sobre todas as alterações que foram realizadas nos dois modelos.

Tanto a Spin quanto o Cobalt usavam o mesmo motor 1.8 flex. O propulsor recebeu uma atualização. Devido à integração de novos componentes bem como de alguns reajustes, o conhecido quatro cilindros 1.8 SPE/4 ECO agora conta com o potencial de render até 11 cv de potência e 17,7 kgfm de torque. Em uma comparação com o motor anterior vamos perceber que houve um aumento de 3 cv.

E tem mais, os dois modelos contam também agora com o sistema OnStar já de série. A presença da segunda geração da central multimídia MyLink também é um dos destaques. Vale chamar a atenção para o fato da central ser compatível tanto com o Apple CarPlay quanto com Android Auto.

Com as alterações feitas o Cobalt, por exemplo, deverá ter sua faixa de preços partindo de R$62.190 e indo até R$68.990. Já a Spin começa na casa dos R$57.990 e pode alcançar R$71.990.

A montadora já deixou claro que anda trabalhando com o objetivo de conseguir aumentar as vendas do Cobalt saltando das atuais 1.400 unidades para as 1.600 que deverão ser impulsionadas pelas alterações. No caso da Spin não há muita expectativa a esse respeito. Espera-se que o modelo continue emplacando algo em torno das 1.900 unidades por mês.

As alterações mecânicas feitas no Cobalt vieram em bom momento. Logo no início do ano o modelo ganhou uma significativa renovação em termos visuais, mas melhorias na dinâmica, na motorização e nos elementos em geral foram deixados de lado. Espera-se que a linha 2017 possa agradar. Não apenas pelo aperfeiçoamento nos itens, mas também pela economia.

Por Denisson Soares

Chevrolet Cobalt 2017

Chevrolet Spin 2017

Fotos: Divulgação


Modelo chega às concessionárias com novos itens e cores.

A S10 é um dos modelos de caminhonetes mais tradicionais do mercado nacional, há anos ela vem agradando os consumidores, principalmente após passar por uma renovação completa nessa nova geração. É nessa perspectiva que a nova S10 2017 desembarca no mercado nacional recheada de novidades interessantes em termos de conforto, estilo, conectividade e segurança. O modelo chega com um visual bastante imponente, pois foi feito com inspiração retirada da charmosa Chevrolet Colorado, que é comercializada no mercado norte-americano. A apresentação oficial do modelo ao público brasileiro irá ocorrer na Agrishow, evento que ocorrerá na cidade de Ribeirão Preto entre os dias 25 e 29 de abril.

Com relação ao estilo, as mudanças da nova Chevrolet S10 2017 chega com novos faróis com a presença de LEDs diurnos, bem como com grade dupla, a qual foi totalmente redesenhada. Já no para-lamas e no para-choque foram inseridas linhas mais atuais.

Os retrovisores também passaram por modificações e agora passaram a contar com repetidores de direção. Novos desenhos foram inseridos nas lindas rodas de alumínio, sendo que nas versões LS e LT a grandalhona vem com rodas 16 polegadas e nas versões LTZ e High Country ela vem de fábrica com rodas 18 polegadas.

Outras novidades são as cores, pois a fabricante lançou duas novas cores para o modelo, as quais foram batizadas com os nomes de Preto Ouro Negro e Azul Old Blue Eyes, as demais cores já conhecidas foram mantidas, sendo que os consumidores terão ainda as seguintes opções: Branco Summit, Vermelho Chilli, Cinza Sono f a Gun e Prata Swichblade.

A parte traseira também apresentará algumas modificações, dentre elas estão uma nova tampa de caçamba, inclusive com a presença de câmera de ré. Outras novidades são as chamativas lanternas de LED e a nova cobertura do assoalho da caçamba.

Já na parte interior, o painel de instrumentação apresenta um novo visual e o acabamento passou a ser o soft touch. O pacote tecnológico do modelo também ganhou reforços de ponta, uma vez que a fabricante inseriu no modelo computador de bordo com a disponibilização de informações de manutenção e navegação. Para aqueles que gostam de entretenimento, a central de multimídia dessa nova versão vem com os sistemas operacionais Apple Car Play e Android Auto.

Por Adriano Oliveira


Versão mais básica do modelo chega às concessionárias custando cerca de R$ 76 mil.

Nesta semana, a Chevrolet anunciou que irá aumentar as versões do esportivo Tracker no mercado brasileiro. O modelo irá ganhar uma versão LT, com recursos mais básico e que custará R$ 76.990. É esperado que o utilitário esportivo chegue às concessionarias brasileiras ainda este ano.

Com a economia fragilizada, lançar uma versão mais básica e mais barata do modelo parece ser uma decisão acertada da Chevrolet e que certamente outras empresas devem adotar em seus modelos.

O SUV Tracker importado do México e lançado no Brasil em 2013 era vendido apenas na versão mais avançada, a LTZ, com preço sugerido de R$ 82.590. Devido a concorrência e ao fraco desempenho do mercado, a montadora resolveu disponibilizar uma versão com uma faixa de preço mais baixo. Os concorrentes diretos da Tracker são a Ford Ecosport, Honda HR-V, Peugeot 2008 e Jeep Renegade.

Ao lançar um modelo mais barato, a Chevrolet pretende aumentar as vendas do modelo no Brasil, aproveitando o bom momento dos carros SUV compactos no mercado nacional em relação aos outros segmentos. Adicionando uma versão mais acessível da Tracker, a Chevrolet passa a disponibilizar o modelo para um público mais amplo do mercado. Isso pode trazer um número consideravelmente maior e mais consistente de vendas.

O conjunto mecânico da Tracker é mantido no modelo LT. São eles: um motor Ecotec 1.8 16V flex com 144 cavalos de potência e 18,9 kgfm de torque a 3.800 rpm. O câmbio oferecido é automático e de seis marchas. A grande diferença dos modelos LT para o LTZ é o conjunto de equipamentos disponíveis. A versão LT oferece aos consumidores trio elétrico, computador de bordo, direção hidráulica, lanterna de neblina, faróis e um sistema multimídia com Bluetooth e CD MP3 Player. A central MyLink com tela touchscreen e GPS, o controle automático de velocidade e o volante multifuncional são exclusivos apenas da versão LTZ. No visual as diferenças são bastante sutis. As rodas do modelo LT são de 16 polegadas e feitas de alumínio. Já as da variante LTZ são de 18 polegadas liga leve.

Por William Nascimento


No acumulado do ano, o Fiat Palio segue como líder de vendas, mas se o Chevrolet Onix continuar com sua média de vendas nos últimos meses deste ano, ele poderá ser o grande líder de vendas do ano de 2015.

Com o fechamento do mês de outubro, os números da FENABRAVE apontam que o modelo hatch Onix da montadora americana Chevrolet segue como líder de vendas com um total 11.131 unidades vendidas.

No acumulado do ano de 2015 o Fiat Palio continua como líder de vendas, mas caso o Onix continue com a mesma média de vendas dos últimos meses para o mês de novembro fica bem provável que se torne líder de vendas do ano de 2015.

No mês de outubro, o Palio vendeu apenas 8.123 unidades ficando apenas com o terceiro lugar, atrás do Hyundai HB20 com 9.748 unidades vendidas.

Em 2015 o Palio mantêm a liderança das vendas com um total de 100.215 unidades vendidas. Em segundo lugar já aparece o Chevrolet Onix com 98.857 unidades e em terceiro aparece o HB20 com 88.620 unidades.

Para o mês de outubro, os dez veículos mais vendidos são: Chevrolet Onix com 11.131 unidades, Hyundai HB20 com 9.748 unidades, Fiat Palio com 8.123 unidades, Volkswagen Gol com 6.581 unidades, Chevrolet Prisma com 6.279 unidades, Fiat Strada com 6.052 unidades, Ford Ka com 5.880 unidades, Volkswagen Fox/Crossfox com 5.676 unidades, Toyota Corolla com 5.632 unidades e em décimo lugar aparece o Jeep Renegade com 5.623 unidades vendidas.

Já para o acumulado dos dez primeiros meses do ano, os dez veículos mais vendidos são: Fiat Palio com 100.215 unidades, Chevrolet Onix com 98.857 unidades, Hyundai HB20 com 88.620 unidades, Fiat Strada com 85.509 unidades, Ford Ka com 75.446 unidades, Volkswagen Gol com 69.828 unidades, Volkswagen Fox/Crossfox com 68.256 unidades, Fiat Uno 68.011 unidades, Renault Sandero com 63.585 unidades e fechando a lista aparece o Chevrolet Prisma com 56.115 unidades vendidas.

Outros veículos que merecem destaque nessa lista são: Chevrolet Prisma pelo crescente número de mais de 1.500 unidades vendidas em relação ao mês de outubro e o Jeep Renegade que está superando seu concorrente direto e então sensação, o Honda HR-V. 

Por Jean Fretta Pereira

Chevrolet Onix

Foto: Divulgação


Nova linha contará com a série especial Advantage, que terá diversos diferenciais.

A Chevrolet já apresentou ao público a sua novidade: a linha Prisma 2016 com a série especial denominada Advantage. A nova categoria conta com vários diferenciais como a presença dos faróis com máscara escurecida, moldura de proteção que está situada na lateral, aerofólio na tampa traseira e também retrovisores externos com adesivo da coluna central. Outro detalhe do Prisma da série Advantage 2016 é a presença das rodas de liga leve aro 15, que tem um acabamento mais escuro, sendo um diferencial.

O novo Prisma conta com itens de série para fornecer conforto ao motorista e também passageiro. Entre alguns destacam-se o volante multifuncional com vários recursos, direção hidráulica, ar-condicionado, ajuste elétrico dos retrovisores, além da presença da trava e vidros elétricos nas quatro portas do automóvel, garantindo mais segurança. Além disso, o Prisma 2016 também tem sensor de estacionamento.

Em relação ao motor, o novo carro conta com o modelo 1.4 e também tem câmbio automático de seis marchas, além da regulagem de temperatura por meio da coluna de direção. Outra novidade é que o motorista vai poder realizar controle de áudio e telefone por meio do sistema denominado Chevrolet Mylink, que vai poder ser acessado através do volante multifuncional.

O novo Prisma 2016 da série Advantage poderá ser encontrado nos seguintes tons de cores: cinza graphite, prata switchblade ou branco Summit. O Prisma da Chevrolet tem 8 configurações diferentes entre os acabamentos e transmissão que pode ser manual, automática ou também ter 6 velocidades.

Entre outras novidades para a linha 2016 é a possível presença de um acessório com alarme volumétrico, que é acionado se uma janela for esquecida aberta, por exemplo, ou até mesmo se um animal for esquecido no carro. Além disso, há possibilidade do carro ser equipado com outros recursos tais como câmera de ré e módulo TV.

O que achou do novo Prisma 2016 da Chevrolet? Deixe a sua opinião!

Por Babi

Chevrolet Prisma 2016

Chevrolet Prisma 2016

Fotos: Divulgação


Onix registrou 10.998 unidades emplacadas no mês de agosto, ficando em 1º lugar no ranking de vendas.

A crise econômica que assola o Brasil vem atingindo os mais variados setores da economia, no setor de venda de automóveis não é diferente, tendo em vista que a Associação dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) registrou um decréscimo de 16,9% na produção de veículos em comparação com o ano de 2014.

Mesmo diante deste cenário pouco favorável, a fabricante de veículos automotores Chevrolet está tendo ao menos um motivo para comemorar, pois o seu veículo compacto Onix, segundo as estatísticas, foi o carro mais vendido no mês de agosto com o total de 10.998 veículos emplacados. Com esse número de emplacamentos, o Chevrolet Onix conseguiu superar o seu principal concorrente que é o Fiat Palio, o qual conseguiu obter 9.259 unidades emplacadas e ficou com o segundo lugar de vendas no mês. O que a Chevrolet comemora é o fato de ter ultrapassado o veículo da Fiat nas vendas, principalmente, devido ao fato de que o Fiat Palio estava liderando o mercado há meses.

A terceira colocação do ranking ficou para Hyundai HB20, veículo este que teve 9.168 emplacamentos, na quarta colocação ficou o Fiat Strada com 8.870 emplacamentos e na quinta colocação ficou o Fiat Uno com o total de 6.918 veículos emplacados, sendo que quem ficou para trás e foi ultrapassado nas vendas foi o Ford Ka que conseguiu comercializar apenas 6.810 unidades.

A fabricante francesa Renault também tem motivos para comemorar, uma vez que o Renault Sandero teve 6.669 unidades comercializadas e conquistou a sétima colocação, estes que fizeram com que o Sandero conseguisse superar veículos conhecidos e renomados do mercado, tais como os modelos da Volkswagen, o Fox que teve 6.439 unidades comercializadas e o Gol que conseguiu obter apenas 5.854 unidades comercializadas.

Já o Toyota Corolla com 5.735 unidades comercializadas permaneceu com a décima colocação no ranking.

Apesar de estes dados serem referentes ao último mês, com relação aos oito primeiros meses do ano o Fiat Palio continua na vanguarda das estatísticas com 83.326 veículos comercializados, seguido pelo Chevrolet Onix que teve 77.513, pelo Fiat Strada com 72.339, pelo Hyundai HB20 com 69.979, bem como pelo Ford Ka com 62.078. Logo, esta é a lista dos cinco veículos mais comercializados no ano de 2015 até o presente momento.

Por Adriano Oliveira

Chevrolet Onix

Fiat Palio Fire

Hyundai HB20 2015

Fotos: Divulgação


Montadora ainda não confirmou o encerramento da fabricação do Celta no País, mas excluiu o modelo do seu site.

Mais um ciclo se encerra no mercado automobilístico: o modelo Celta da Chevrolet, lançado há 15 anos e com mais de um milhão e meio de unidades produzidas no Brasil, deixará de ser produzido.

Rumores do encerramento na produção se iniciaram alguns meses atrás, quando na maioria das lojas o modelo se encontrava em falta e mais tarde era praticamente impossível encontrar uma só unidade disponível. O Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí-RS, responsável pela fabricação do carro, revelou que o modelo deixou de ser produzido desde junho, informação que a General Motors ainda insistiu em negar.

Porém, a notícia pode ser totalmente confirmada e se tornou oficial com a exclusão do modelo do site da Chevrolet há alguns dias atrás.  

Famoso por sua economia, desempenho satisfatório e mecânica confiável, o Celta foi criado com base no modelo Corsa de 1994 e foi o primeiro automóvel a ser produzido em Gravataí, desde a instalação da unidade de fabricação na cidade.

Criado através do projeto Arara Azul, o compacto foi lançado em 2000 e tinha como objetivo ser o modelo mais barato da Chevrolet no Brasil. Seus principais concorrentes foram o antigo Ford Ka e o Uno Mille da Fiat.

O modelo logo caiu nas graças do consumidor, sendo que em 2003 foi classificado pela Fenabrave como o terceiro mais vendido no País. Nos anos seguintes, conseguiu sempre se manter entre os cinco mais vendidos. No entanto, com o lançamento do Onix em 2012, a popularidade do Celta começou a entrar em declínio e perder espaço para a modernidade dos novos modelos.

A General Motors ainda não se pronunciou sobre um possível substituto para o Celta, mas a grande aposta é de que seja produzida uma versão mais básica do Onix. Enquanto o substituto não é decidido, o modelo mais próximo do Celta, quanto ao preço, é o Classic que está girando em torno de R$ 34 mil.

Por Raquel Maciel

Chevrolet Celta

Foto: Divulgação


Novo modelo híbrido tem autonomia de cerca de 90 Km quando carregado completamente. Ele começará a ser vendido nos Estados Unidos pelo valor sugerido de US$ 33.995.

Segundo alguns rumores, a nova geração de automóveis da Chevrolet Volt terá uma autonomia 40% maior que a anterior. Maiores dados ainda não foram divulgados, mas especula-se que o veículo em formato híbrido tem autonomia de cerca de 90 Km quando carregado completamente.

Os novos modelos da segunda geração do Volt começarão a ser vendidos em breve nos Estados Unidos e o preço sugerido é a partir de US$ 33.995, o que equivale a R$ 117,4 mil.

A marca ainda mantém alguns mistérios quanto aos detalhes técnicos do novo modelo, para manter as suspeitas para o período de vendas. Alguns rumores indicam que o modelo, quando em modo unicamente elétrico terá uma autonomia bem maior, passando dos atuais 67,5 Km de autonomia para 85,3 Km sem a necessidade de uma nova recarga. O avanço na autonomia foi de cerca de 40%.

A Volkswagen, quando apresentou, no começo deste ano, o novo Volt no Salão de Detroit informou que a autonomia no modelo seria de 80,5 Km com a carga completa da bateria. O modelo, porém, superou as expectativas da montadora.

Segundo uma pesquisa realizada pela montadora, os proprietários do modelo atual do Volt rodam 80% do tempo usando unicamente energia elétrica. O modelo tem ainda um motor que funciona a combustão e que ajuda a recarregar temporariamente as baterias, em situações em que não é possível recarregá-lo imediatamente na rede elétrica. Esse motor também ajuda a impulsionar o veículo e acaba o classificando como híbrido, e não somente como elétrico, como o seu concorrente, o Nissan Leaf.

Talvez o futuro dos carros seja utilizar-se completamente da energia elétrica para sua movimentação. A eletricidade, além de ser um recurso renovável, não agride a natureza com resíduos poluentes e é bem mais barata do que os atuais combustíveis fósseis.

Mas o Volt está na transição entre o futuro e o presente, pois os desenvolvedores sabem que a energia elétrica ainda não é o principal meio de alimentação dos veículos atuais. Uma característica híbrida é mais uma jogada bastante inteligente da Volkswagen para ter seu espaço garantido no mercado.

Por Patrícia Generoso

Novo Chevrolet Volt

Novo Chevrolet Volt

Novo Chevrolet Volt

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá um design estiloso e contará com motor 1.4 com 155 cv de potência.

O novo hatch da linha Cruze da Chevrolet está chegando ao Brasil, a produção será em Rosário, na Argentina. Este modelo apresenta um estilo que combina e vai atrair muito o público mais jovem, mas também há pessoas que podem não achar muito diferenças dos outros estilos. Porém, é intenção da montadora que o carro seja um sucesso.

O carro possui um design com bastante estilo, pois vem na versão com três volumes até mesmo nas portas traseiras, como também passou por modificações na grade da parte dianteira e os novos faróis de LED para dar mais beleza ao novo Cruze Hatch. O veículo também possui motor 1.4, 155 cv de potência com turbo flexível. O para-choque adaptado com volumes e vincos, sete marchas, dupla embreagem, injeção direta e turbo bicombustível.

Os impasses na economia brasileira não permitiram que a fabricação do carro ocorresse no Brasil, a montadora decidiu realizar a produção na unidade de Rosário na Argentina, mas a distribuição vai atender toda demanda no Brasil e outros países latino americanos, mas é importante ressaltar que o mercado brasileiro desperta o interesse da montadora para ganhar a liderança de venda.

O novo Cruze Hatch vai ser apresentado no Salão do Automóvel em 2016, como também terá o lançamento previsto para o final do próximo ano de 2016 no mercado brasileiro ou início de 2017, e já vem adotando o modelo de 2017. E mesmo com a chegada do novo modelo, a fabricante vai manter as duas versões sedan e hatch, como também as opções de motor com seis marchas, caixa de câmbio automático ou manual. Ou seja, o interesse é apresentar todos os produtos da linha para o cliente escolher o estilo que mais agradou, pois o que vale para a GM é vender e conquistar o mercado automobilístico.

Enfim, o carro possui um estilo muito luxuoso, porém há pessoas que podem não gostar. E a opinião de todos é muito importante, por isso aproveite o espaço e deixe o seu post aqui sobre o assunto.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

 

Chevrolet Cruze hatch

Chevrolet Cruze hatch

Chevrolet Cruze hatch

Fotos: Divulgação


Novas versões da S10 são: High Country, Freeride, Advantage e Chassis Cab. Preços dos modelos podem chegar a R$ 163.800.

R$ 163.800. É o preço que os novos lançamentos da Chevrolet podem alcançar. A montadora lançou 4 versões inéditas do seu modelo S10, que serão vendidas ao lado das antigas versões LS, LT e LTZ. As novas versões incluem os seguintes modelos:

High Country, que será a top de linha, por ser a mais esquipada dos quatro novos modelos. O preço para o modelo é de R$ 163.800, o mais caro registrado até agora. Antes o preço de um modelo mais caro de S10 era de R$ 154.500. Uma das inspirações para o novo modelo, mais equipado veio de umas observações aos clientes.

Mesmo que as picapes sejam carros mais caros, os clientes incorporavam novos acessórios ao sair da concessionária. Assim nasceu a ideia de oferecer um modelo já com alguns equipamentos de fábrica.

Dentre as novidades no exterior do veículo estão  os faróis em cromo escuro, rodas aro 18, capota marítima, lanternas em LED, dentre outras. A parte interna chama atenção pelos equipamentos como assento do motorista com regulagem elétrica, volante multifuncional, ar-condicionado digital e sensor de estacionamento. Funcionalidades a mais, para clientes cada vez mais exigentes.

Freeride combina no modelo os acessórios mais procurados pelos clientes com uma cabine dupla e motor 2.5 com uma potência de 206 cv, além de um câmbio manual de seis marchas. Outras novidades do modelo são o sistema multimídia, as rodas aro 16 e os retrovisores elétricos, por exemplo. O preço sugerido para o modelo é de R$ 95.340.

Advantage é o modelo ideal para quem está à procura de custo-benefício favorável. O modelo se baseia na versão LT 4X2 cabine dupla, e virá com rodas escuras, faróis de neblina, toda a parte de vidro elétrica, incluindo os retrovisores, uma tomada extra no banco traseiro e sistema multimídia. O preço para essa versão ainda não foi divulgado pela montadora.

Chassis Cab é um modelo voltado para empresas. Possui apenas a cabine simples e chassi e pode ter personalização, com várias opções como baú, carroceria ou guindaste. O motor pode ser escolhido pelo usuário e estão disponíveis as versões 2.4 flex ou o 2.8 turbodiesel. A capacidade de carga do modelo é diferenciada para o seu uso, e chega a 1.343 kg, maior do que todos os outros modelos. Seu preço também não foi divulgado.

Por Patrícia Generoso

Chevrolet S10 High Country

Chevrolet S10 Freeride

Chevrolet S10 Chassis Cab

Novas Chevrolet S10

Fotos: Divulgação


Nova versão do modelo foi vista em rodovias brasileiras com pesada camuflagem, porém será lançado aqui apenas no início de 2017.

Pelo que já pode ser visto, a General Motors está trabalhando a todo vapor para fazer o lançamento do Novo Cruze versão 2016 no Brasil, haja vista que este veículo já foi visualizado rodando pelas rodovias brasileiras, porém com uma pesada camuflagem.

O novo Cruze foi revelado oficialmente pela empresa na semana passada, além dessa revelação a empresa divulgou oficialmente que este novo modelo será lançado aqui no país no início do ano de 2017. O visual deste novo Cruze será bem semelhante com o design do Cruze que é fabricado para o mercado norte-americano, porém, como não poderia ser diferente, com a presença de algumas novidades.

Este novo Cruze será equipado com o novo propulsor da General Motors que é o Ecotec 1.4 Turbo SGE todo confeccionado em alumínio e com injeção direta de combustível. Segundo as primeiras informações repassadas, a prioridade da fabricante neste veículo será o seu desempenho e por este motivo, quando chegar aqui no país, este motor já virá com a tecnologia bi-combustível, bem como com uma potência mais elevada do que a do Cruze norte-americano, ao que tudo indica, a potência dessa versão que será comercializada por aqui irá ser em torno de 170 cavalos.

Para aperfeiçoar o consumo de combustível a fabricante irá inserir neste veículo a transmissão automática do modelo GF6, a qual já está na sua 3ª geração, mas ainda serão mantidas as seis marchas da versão anterior, com essa transmissão os consumidores conseguirão fazer trocas de marchas de uma forma muito mais ágil, fator este que irá contribuir sobremaneira no consumo de combustível do veículo.

O Cruze versão 2016 acabou ficando um pouco mais longo, uma vez que foi construído na plataforma D2XX, a mesma que foi utilizada pela Opel  na geração do Astra, no total o Cruze ganhou 6,8 cm a mais de comprimento e 2 cm na distância entre os eixos, porém perdeu 2,5 cm na altura, mas em seus aspecto geral este modelo atual do Cruze ficou mais leve e mais espaçoso do que a versão anterior.

Ao que tudo indica as primeiras unidades dessa nova geração do Cruze irá serão importados do México, contudo já há a previsão que no início do ano de 2017 será feito o lançamento da versão com produção nacional.  

Por Adriano Oliveira

Chevrolet Cruze 2016

Chevrolet Cruze 2016

Chevrolet Cruze 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá um design mais arredondado e será mais moderno.

Após muita especulação, foi mostrado pela Chevrolet o primeiro teaser da nova geração do sedan Cruze. A empresa está em contagem regressiva para fazer a divulgação oficial desse veículo, uma vez que este carro será revelado oficialmente em Detroit, nos Estados Unidos, no próximo dia 24 de junho. Este novo Cruze, segundo a empresa, será comercializado em 115 países, esse grande número de países que irão comercializar este carro justifica-se pelo fato de que o Cruze, atualmente, é o veículo de maior popularidade da GM em todo o mundo.

Apesar de a GM não ter feito a divulgação a respeito da chegada desse novo Cruze aqui no Brasil, nesse primeiro teaser a empresa citou o Brasil como sendo um dos principais países que terão mercado para o novo veículo.

Pelo que pode ser visto nestas primeiras imagens, este novo Cruze é bem diferente da sua versão chinesa, nessa nova versão o veículo virá com um design mais arredondado e com um toque a mais de modernidade, a grade dianteira terá uma divisão, de modo que ela ficou composta por duas peças, sendo que a parte de cima tem a função de ser uma extensão dos faróis, enquanto a parte inferior tem o formato de um hexágono. Outra novidade que foi inserida neste veículo foi os faróis auxiliares que nessa versão apresentam tamanhos mais avantajados.

Segundo os dados da GM, esta nova geração do Cruze terá tamanho maior do que a geração anterior, contudo com relação ao peso ela será mais leve, outra inovação trazida por este carro serão as novas motorizações com outras tecnologias.

Por enquanto, a única novidade que foi anunciada antecipadamente foi a respeito da nova central de multimídia que será inserida neste veículo, central esta que trará para o usuário uma função que possibilitará a ele conectar aparelhos celulares que tenham como sistemas operacionais o Android Auto e o CarPlay. Pelo que já foi adiantado estas tecnologias estarão disponíveis no país ainda até o final deste ano.

Por Adriano Oliveira

Teaser do novo Cruze 2016

Novo Cruze 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo foi repaginado e terá um estilo esportivo com requinte. Apresentação da nova geração será no Salão de Detroit, que ocorrerá no dia 16 de maio.

O novo modelo do Camaro 2016 está chegando e será apresentado no Salão de Detroit no dia 16 de maio. E segundo a Chevrolet, o carro passou por uma transformação em mais de 70% com relação ao modelo anterior e a montadora promete que o veiculo será mais expressivo e um estilo esportivo de muito requinte.

Esse incrível Muscle-car já está despertando curiosidades e muitas expectativas. Desde as últimas imagens divulgadas até o último dia 30 de abril, a nova versão do Camaro modelo ano 2016 foi revelado como um produto mais atraente, além do alto padrão de qualidade e boa resistência através do material de alumínio na parte lateral da traseira do veiculo, outro detalhe está no formato de asa para realçar o modelo do capô.  A tampa do porta-malas ganhou um novo estilo, além do modelo das lanternas e do aerofólio que apresenta um novo desenho e destaca o design.

Retomando o comentário sobre o novo estilo do capô, também terá a função de cobrir toda a parte do motor, considerando que suas ligas metálicas oferecem maior resistência e mais proteção.

Como a supermáquina passou por uma mudança quase que total do modelo antigo, a montadora comentou que o motor, os freios, as rodas e a ponteira de escape sofreram adaptações.

Vale ressaltar que o modelo ganhou mais leveza, sendo que o peso agora é de 90 quilos a menos. Tudo isso garante mais facilidade para dirigir e mais praticidade ao realizar curvas na estrada.

O novo Camaro vai ter um estilo bem esportivo e robusto, o design bem mais complexo, uma verdadeira evolução em tecnologia, qualidade, segurança e sofisticação. O tamanho compactado não deixará de atender com o mesmo conforto tanto o motorista e os passageiros.

Segundo a Fabricante, todas essas novas características do Camaro 2016 favorecem que todos os componentes do carro possam garantir também maior economia ao usuário, além de reforçar a segurança. Sabendo que o veículo já apresentava um bom desempenho, imagine agora esse novo modelo.

Portanto, agora é só aguardar o lançamento do novo modelo do Camaro 2016 no salão de Detroit no dia 16 de maio, e assim saber com precisão o preço e confirmar todas as vantagens apresentadas através das últimas imagens divulgadas. E depois aguardar todos os comentários sobre o novo modelo.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

Chevrolet Camaro 2016

Chevrolet Camaro 2016

Fotos: Divulgação


Novo veículo será apresentado no Salão de Nova York

A montadora de veículos Chevrolet aproveitou o ensejo da quinta geração de seu famoso veículo, o Camaro, estar muito perto de alcançar a impressionante marca de 500 mil unidades comercializadas para fazer a divulgação de um vídeo em homenagem ao veículo que será lançado em breve na versão ano 2016. Pela primeira impressão o que deu para perceber é que este vídeo divulgado pela montadora parece ser apenas uma pequena gravação em que o Z/28 foi filmado passeando pela pista, contudo, por volta dos 57 segundos desse vídeo um intruso surge em cena.

Apesar de todo o suspense gerado pela montadora, bem como com a surpresa que ela está preparando em torno desse novo Camaro, essa já será a sexta geração do cupê muscle. Nesse vídeo o veículo apareceu com bastante camuflagem, o que impediu a visualização de muitos detalhes externos do veículo, contudo segundo as informações de bastidores esse novo Camaro deverá ser um pouco mais leve do que a versão anterior, além de ter uma nova versão de entrada equipada com motor turbo de quatro cilindros.

Mesmo não dando para ver muitos detalhes do carro neste teaser parece que o Camaro 2016 promete aos consumidores algo ainda melhor e maior do que o feito do atual modelo. A apresentação oficial desse veículo está prevista para ocorrer no Salão de Nova York, o qual terá início no mês de abril, mas até a chegada desse lançamento oficial podemos esperar, pois a Chevrolet com certeza vai querer promover a sua novidade, a fim de valorizar ainda mais o lançamento desse veículo.

Realmente o Camaro merece toda essa festividade, pois é, atualmente, um dos modelos de maiores sucessos da montadora, principalmente aqui no Brasil, onde o carro é objeto de sonho de consumo de muitas pessoas e é tão famoso que já possui até mesmo uma música em sua homenagem.

Por Adriano Oliveira

Teaser Chevrolet Camaro 2016

Teaser Chevrolet Camaro 2016

Teaser Chevrolet Camaro 2016

Fotos: Divulgação


A Chevrolet anunciou esta semana a imagem teaser pioneira da próxima geração do Spark, que será divulgado no dia 2 de abril nos Salões do Automóvel de Seul e Nova Iorque. O design do hatch compacto poderá continuar com as especificações da geração recente, como as maçanetas traseiras camufladas na coluna dos vidros, entretanto, linhas bem mais atrativas e recentes.

Mais informações sobre o novo Chevrolet Spark 2016, como a motorização, não foram anunciados pela empresa. Entretanto, pode-se aguardar que o modelo irá possuir um motor 1.0 litro com base em três cilindros, possibilitando 75 cavalos de potência. O modelo de base, o Opel Karl, tem o peso de 939 kg e possui consumo médio de 23,2 km/l, com emissões de CO2 de 99 g/km.

Para as medidas, o Spark poderá fornecer 3.680 mm de comprimento e uma distância de entre-eixos de 2.385 mm. Entre os componentes, estarão presentes teto solar elétrico, assistente de estacionamento, volante e bancos dianteiros com aquecimento, sistema de entretenimento, controle de cruzeiro, entre outros. Novos detalhes serão divulgados em sua apresentação.

A Chevrolet também divulgou recentemente o recebimento da linha 2016 do Spin. A minivan será recebida nas concessionárias com acabamento interno renovado, novos componentes de série e versão otimizada da transmissão automática de seis marchas.

O Spin 2016 possui acabamento interno de forma predominante na cor preta, que segundo a empresa fornece controle mais qualificado dos reflexos, ampliando o conforto visual. Neste momento, o painel, o revestimento interno das portas e do porta-malas adotam a nova tonalidade, trocando os tons de bege e café da linha antecedente.

Somado a isso, os bancos neste momento possuem novo padrão de revestimento, sendo também escurecida, e o painel de instrumento teve um novo grafismo, embora permaneça com o velocímetro e o marcador de combustível digitais. O modelo também tem faróis com máscara negra e lentes transparentes.

Por Felipe Couto de Oliveira

Chevrolet Spark

Teaser do Chevrolet Spark

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: