Categorias: Nissan Notícias

Nissan adota alumínio verde e reciclado para reduzir emissões de CO2 até 2030

Com o uso de alumínio verde, a Nissan planeja reduzir as emissões de CO2 em até 95% em componentes automotivos.

A Nissan Motor Co., Ltd. anunciou um passo significativo em direção à sustentabilidade ao confirmar a utilização de alumínio de baixas emissões de CO2 em seus veículos novos e atuais a partir do ano fiscal de 2024. Este movimento faz parte da estratégia da empresa para atingir a neutralidade de carbono em todo o ciclo de vida de seus veículos até 2050. Com esta iniciativa, a Nissan não só reafirma seu compromisso com a sustentabilidade ambiental, mas também posiciona-se na vanguarda da inovação no setor automotivo.

O alumínio representa aproximadamente 10% do peso total de um veículo, tornando-se um material crucial para a fabricação automotiva. Ao optar por alumínio verde ou reciclado, a Nissan consegue uma redução significativa nas emissões de CO2 durante a produção. O alumínio verde é produzido utilizando eletricidade não oriunda de combustíveis fósseis, reduzindo as emissões em até 50%. Já o alumínio reciclado pode diminuir as emissões de CO2 em até 95%, oferecendo uma solução ainda mais ecológica.

A transição para o uso de alumínio de baixas emissões de CO2 terá início com os novos modelos a serem produzidos a partir do ano fiscal de 2027. Entretanto, para os modelos atuais, a Nissan pretende começar a aquisição de rodas, componentes de chassi, componentes de eixos e cabos elétricos feitos de alumínio verde já a partir deste ano fiscal. Esta estratégia será aplicada inicialmente no Japão, Estados Unidos e Europa, com a meta de substituir aproximadamente 20% do uso de alumínio não reciclado por alternativas mais sustentáveis até o final de 2024.

A adoção de materiais sustentáveis é parte integrante da visão da Nissan para um futuro mais limpo, seguro e inclusivo. A empresa já está comprando chapas de alumínio de baixas emissões de CO2 da Kobe Steel, Ltd. e da UACJ Corporation para os painéis de veículos produzidos no Japão. Com a transição completa, a Nissan planeja utilizar alumínio de baixas emissões de CO2 para todos os componentes de alumínio, incluindo os processados, em todo o mundo.

Sustentabilidade como foco central

A sustentabilidade está no coração das operações da Nissan. A empresa tem se dedicado a encontrar soluções que não apenas atendam às demandas de desempenho e eficiência, mas que também contribuam para a redução das emissões de CO2. O uso de alumínio de baixas emissões de CO2 é uma parte fundamental dessa estratégia, demonstrando o compromisso contínuo da Nissan em liderar o caminho para uma indústria automotiva mais sustentável.

Impacto do alumínio verde e reciclado

O impacto do uso de alumínio verde e reciclado vai além da simples redução de emissões. Este material também contribui para a eficiência energética e a redução de resíduos, ambos cruciais para um ciclo de vida de produto mais sustentável. A produção de alumínio verde utiliza fontes de energia renovável, enquanto o alumínio reciclado aproveita materiais que, de outra forma, poderiam acabar em aterros, reduzindo assim o impacto ambiental global.

Colaboração e inovação

A parceria da Nissan com empresas como Kobe Steel, Ltd. e UACJ Corporation é um exemplo claro de como a colaboração pode impulsionar a inovação. Estas parcerias são essenciais para garantir que a Nissan continue a receber materiais de alta qualidade que atendam aos rigorosos padrões de sustentabilidade da empresa. A integração de alumínio de baixas emissões em todo o processo de produção reflete uma abordagem holística, onde cada componente contribui para a meta final de neutralidade de carbono.

Futuro sustentável

Com a implementação dessas práticas inovadoras, a Nissan está pavimentando o caminho para um futuro sustentável na indústria automotiva. A transição para o alumínio de baixas emissões de CO2 é apenas um dos muitos passos que a empresa está tomando para alcançar suas ambiciosas metas de sustentabilidade. Ao continuar a investir em materiais e tecnologias ecológicas, a Nissan está não só reduzindo seu impacto ambiental, mas também inspirando outras empresas a seguir o mesmo caminho.

Compromisso contínuo

O compromisso da Nissan com a sustentabilidade é um reflexo de sua visão de longo prazo. A empresa não está apenas adaptando suas práticas atuais, mas também planejando para um futuro onde a mobilidade sustentável é a norma. Este compromisso é evidente em cada aspecto de suas operações, desde a produção até a cadeia de suprimentos, e é um testemunho da dedicação da Nissan em criar um mundo mais limpo e seguro para todos.

A transição da Nissan para o uso de alumínio de baixas emissões de CO2 é um marco importante na jornada da empresa rumo à neutralidade de carbono. Com um compromisso firme com a sustentabilidade e uma abordagem inovadora, a Nissan está liderando o caminho para um futuro mais verde na indústria automotiva. A adoção de alumínio verde e reciclado não só reduz as emissões de CO2, mas também estabelece um novo padrão para a fabricação de veículos sustentáveis.

Curiosidade sobre o uso de alumínio na indústria automotiva

O uso de alumínio na indústria automotiva não é apenas uma escolha sustentável, mas também uma decisão estratégica para melhorar a eficiência dos veículos. O alumínio é aproximadamente um terço mais leve que o aço, o que contribui significativamente para a redução do peso dos veículos. Um carro mais leve consome menos energia para se mover, resultando em uma melhor eficiência de combustível e menores emissões de CO2.

Além disso, o alumínio possui uma excelente capacidade de absorção de impactos, tornando-o um material ideal para melhorar a segurança dos veículos. Em caso de colisão, as zonas de deformação feitas de alumínio podem absorver mais energia, protegendo melhor os ocupantes do veículo.

Outro aspecto interessante é que o alumínio é infinitamente reciclável. Isso significa que pode ser reciclado repetidamente sem perder suas propriedades. Na verdade, cerca de 75% de todo o alumínio já produzido ainda está em uso hoje. Esse ciclo contínuo de reciclagem ajuda a economizar energia e a reduzir a pegada de carbono da produção de alumínio.

Ao adotar alumínio verde e reciclado, a Nissan não está apenas reduzindo suas emissões de CO2, mas também contribuindo para uma economia circular mais sustentável, onde os materiais são reutilizados de forma eficiente e ambientalmente amigável.

editor

Posts recentes

  • Nissan
  • Rio de Janeiro

Primeira concessionária Nissan em Petrópolis: tudo sobre a nova Nissan Keiko

A nova Nissan Keiko Petrópolis oferece um showroom completo e uma oficina equipada, reforçando o compromisso da Nissan em ampliar…

17/06/2024
  • Nissan

Nissan oferece check-up gratuito e condições especiais nas férias

A campanha \"Férias em dia Nissan\" oferece check-up gratuito de 21 itens e condições especiais para diversos serviços, incluindo pneus,…

14/06/2024
  • Hyundai

Hyundai HR 2025: o que muda no novo modelo de caminhão leve

O Hyundai HR 2025 chega com freio elétrico, tração 4x4 e motor Turbo Diesel, prometendo eficiência e praticidade para os…

14/06/2024
  • BYD

Corrida de Barcos-Dragão ganha força com apoio da BYD e cooperação global

A nova parceria entre BYD, ICF e CCA visa elevar o Barco-Dragão como esporte global, com eventos internacionais planejados. A…

12/06/2024
  • Nissan
  • Nissan Versa

Nissan Versa SR 2025 estará exposto no Shopping Morumbi até 21 de Junho

A Nissan apresenta o novo Versa SR 2025 no Shopping Morumbi, oferecendo uma experiência única com atividades de design, flash…

11/06/2024
  • BMW

BMW acelera no tênis com patrocínio ao Erste Bank Open

A parceria entre BMW e Erste Bank Open traz benefícios para atletas e fãs, com soluções de mobilidade inovadoras e…

10/06/2024