Modelo híbrido da Toyota tem preço inicial de R$ 119.950.

A Toyota lançou recentemente, no mercado brasileiro, o novo Prius 2016. Trata-se nada menos do maior sucesso em escala global quando o assunto é automóvel com tecnologia híbrida. O Prius 2016 é o primeiro carro construído através da nova plataforma TNGA, possui um visual com muitas mudanças além de grandes avanços aerodinâmicos e tecnológicos. O preço inicial do mesmo é de R$ 119.950.

Um dos grandes destaques deste lançamento é, sem sombra de dúvidas, o design do mesmo. O Prius 2016 conta com linhas renovadas com traços triangulares, a dianteira comporta um novo padrão de design estabelecido pela Toyota, a parte lateral possui uma coluna C em preto que acaba dando a sensação de um teto flutuante. A traseira também se destaca, haja vista uma espécie de aerofólio que vai até os vincos laterais.

Além disso, podemos destacar a renovação no conjunto híbrido do Prius. Dessa forma, agora temos o Hybrid Synergy Drive, que conta com motor a gasolina de 1.8 litro VVT-i de 98 cv de potência a 5.200 giros e 14,2 kgfm de torque além do motor elétrico de 72 cv e 16,6 kgfm de torque. Uma das grandes prioridades desse automóvel foi justamente o baixo consumo de combustível. A Toyota ainda destaca que o Prius 2016 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 11 segundos.

Como já destacado, a Toyota deu uma atenção especial para o consumo de combustível. Portanto, o Prius ficou 24% mais econômico se comparado com sua antiga versão, segundo o Inmetro. Dessa forma, o mesmo passou de 15,2 para 18,9 km/l com gasolina na cidade. O mesmo também se destacou nas estradas, haja vista ter passado de 14,3 para 17,0 km/l. Tais resultados fazem do Prius 2016 o automóvel mais econômico do país.

O mais novo lançamento da Toyota também se destaca bastante quando o assunto são os chamados itens de série. O automóvel conta com um grande número de itens de série, dentre os quais: sistema de ignição do motor por botão, ar-condicionado dual zone com comando S-Flow, travas elétricas, controle de velocidade de cruzeiro, os bancos possuem revestimento em couro e material sintético, retrovisores externos elétricos, volante em couro com comandos integrados do áudio e do computador de bordo, aquecimento dos bancos dianteiros, sistema de navegação GPS integrado, além de outros itens.

Por Bruno Henrique

Toyota Prius 2016

Toyota Prius 2016

Fotos: Divulgação


Modelo passou por diversas mudanças mas manteve o preço. Chegada ao Brasil está prevista para este mês de junho.

Em nosso mundo contemporâneo, um conceito de automotor já faz sucesso entre os usuários de carros: o carro híbrido. Pensando nisso, a Toyota traz ao mercado a quarta geração do Prius. O carro foi apresentado no Salão de Detroit 2016 e chega ao Brasil ainda neste mês.

Segundo informações preliminares, o Prius deve manter o seu peço de R$ 119.000,00, efeito contrário da Hilux e da SW4, que após inovações e mudanças dos modelos, apresentaram também aumentos exorbitantes em seus preços.

O carro terá sete opções de coloração, entre elas duas opções de branco, prata, preto, azul, cinza e vermelho.

As inovações do Prius procuraram seguir o fluxo do mercado de automotores, haja vista a grande competividade do ramo. Entre as principais novidades estão rodas de liga leve que proporcionam menor resistência no ato de rolamento, sensores de destravamento das portas com o simples ato de aproximar do motorista, além de sete airbags. Não bastasse isso, os faróis dianteiros, faróis de neblina e lanternas traseiras foram reformulados e contam com lâmpadas de LED que oferecem maior eficiência na iluminação e beleza ao veículo.

Outra novidade está no banco do motorista. Agora ele conta com um sistema de regulagem elétrica o que, além de passar um ar de modernidade, oferece maior conforto ao condutor do Prius.

Mas é incontestável que o que mais chama atenção no Prius não é sua beleza e sim o seu motor híbrido. No que diz respeito ao seu design, foge um pouco do padrão dos atuais veículos. Agora, a eficiência do motor é bem chamativa. O carro possui um propulsor elétrico acoplado ao motor, que proporciona um desempenho de 18 Km/l na estrada/cidade.

No que diz respeito à transmissão, o Prius conta com o sistema CVT, que possibilita a passagem de marchas com manoplas empregadas atrás do volante de forma esportiva e confortável.

É uma pena que não há previsão de fabricação do Prius no Brasil, ainda. Todos os veículos serão importados o que, consequentemente, aumenta o preço do veículo.

O Prius da 4ª Geração não apresenta muitas mudanças, contudo, também não teve aumento em seu valor. Para os que se interessam em adquirir, avaliado o custo benefício, pode ser uma boa opção de carro híbrido.

RAQUEL ALICE MOREIRA


Novo modelo Toyota Prius será apresentado no Salão de Frankfurt.

O Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, como sempre promete trazer muitas novidades no mundo automobilístico. Mas a Toyota já adiantou uma de suas revelações para o evento, com o novo Toyota Prius modelo 2016.

O mais interessante é que o novo veículo oriental já deve chegar às ruas a partir de novembro deste ano, depois de passar pelo Salão do Automóvel de Tóquio, no Japão. Para animar ainda mais os brasileiros, há especulações de que o novo Prius deve ser fabricado no País a partir de 2018. De acordo com a própria Toyota, isso ainda não aconteceu apenas pela falta de incentivo do Governo Brasileiro, e também pela notória desvalorização da nossa moeda se comparada ao dólar.

Porém, mesmo que ainda não ocorra a fabricação do modelo em terras tupiniquins, há uma grande probabilidade dele chegar ao Brasil por meio de importação.

Mas indo a parte que interessa, o Prius 2016 traz várias características do polêmico Mirai, o modelo da Toyota que tem como base o hidrogênio para ser movido. O Prius foi desenvolvido sob a plataforma global da marca japonesa TNGA. Se você bater o olho, à primeira vista não parece que traz muitas modificações, mas com essa nova plataforma, o veículo ficou mais largo, mais baixo e mais comprido. Isso faz com que o carro fique mais dinâmico e ganhe maior estabilidade, contando ainda com um chassi mais seguro e um conjunto novo de suspensões. Com essas alterações, de acordo com a Toyota, o carro deve ganhar mais 10% em termos de desempenho.

Entre os itens de série, estão sistema anticolisão e detecção de pedestres, controle de cruzeiro adaptativo, sistema de alerta de colisão lateral e faróis automáticos.

Apesar de tantas especulações de melhoria e uma grande expectativa acerca do novo veículo, ainda não foi revelado o valor médio que o Prius 2016 deve chegar ao mercado.

Por Felipe Villares

Toyota Prius 2016

Toyota Prius 2016

Fotos: Divulgação


4ª geração do modelo deverá ser lançada em breve com melhorias no design e na dirigibilidade.

Um veículo que faz muito sucesso fora do país é o Toyota Prius. E agora, de acordo com o CEO da montadora, Jim Lentz, o carro deve chegar em breve a sua quarta geração.

O Prius é um dos híbridos de maior sucesso internacionalmente, tanto por sua qualidade como por seu design. E agora, de acordo com rumores, ele deve aparecer repaginado, ainda este ano. Tanto, que alguns flagrantes já foram feitos por blogs e sites especializados, principalmente na Ásia.

Nenhum detalhe específico ainda foi confirmado pela montadora japonesa, porém, o que foi divulgado oficialmente é que o novo Prius deve ter melhorias tanto na parte estética como em algo fundamental, como a dirigibilidade. Isso porque o veículo ganhou um novo centro de gravidade, que agora ficou mais baixo.

Outra informação confirmada por Lentz é que apesar do veículo apresentar melhorias ele não deve vir com 15% de modificação no desempenho em economia de combustível, pois esse número, segundo o próprio CEO, é exagerado.

O Prius ainda não ganhou um novo nome oficialmente, porém ele está sendo batizado de 690A. Na verdade, esse modelo já era para ter sido lançado no mercado, porém a própria Toyota não estava de acordo com o design do veículo. Os rumores dizem que ele deve ser lançado oficialmente nos Salões do Automóvel de Los Angeles e de Tóquio, que devem ocorrer ainda este ano, no mês de novembro.

Uma configuração importante deve ser melhorada, que é nas baterias: o novo Prius vem com esse item aprimorado, contando com baterias que possuem a mesma tecnologia utilizada em veículos de corrida.

Outra especulação interessante é sobre o sistema de tração, que deve vir agora nas quatro rodas, como opcional. Além disso, já na versão normal, o carro terá aumento na eficiência térmica do motor e uma redução de peso, o que melhora o desempenho do veículo. Ainda não há informações sobre o possível valor do novo Prius.

Por Felipe Villares

Novo Toyota Prius

Novo Toyota Prius

Fotos: Divulgação


Modelo poderá começar a ser produzido em terras tupiniquins em 2018

A Toyota pode produzir o híbrido Prius no Brasil, de acordo com o que foi evidenciado pelo portal Asia Nikkei. A emissão da nota adverte que o conceito da montadora poderia começar a fabricação a partir de 2018. Por esse motivo, alguns administradores têm sustentado diálogos com o governo federal e com o governo de São Paulo, com o intuito de negociar admissíveis incentivos fiscais. 

No começo, a Toyota empregaria a sua planta que está localizada em São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, contudo a produção de peças da picape Hillux iria para a fábrica da Argentina. Desta forma, estima-se que a fabricação deve aproximar-se de 1.500 unidades/ano do Prius. 

O modelo, aliás, já é alienado em comarca nacional desde 2013, porém o alto valor dos impostos praticamente duplicou o preço referente ao Japão. Assim, somente 400 unidades do híbrido foram distribuídas. 

Já mercados como a América do Norte, China e Europa, somam 428 mil unidades vendidas em 2014.

Um carro híbrido é aquele que ajusta dois tipos de energia para sua propulsão — por exemplo, um carro que tem um motor a queima interna e um motor elétrico. O início principal é fazer com que o motor instigado à eletricidade diminua o empenho do motor a combustão, enfraquecendo os níveis de gasto e de emissões.

O Prius professa este princípio. Ele conecta um motor 1.8 a gasolina a um motor elétrico, que associados são apropriados para render a força de um propulsor tradicional de 2,4 litros — são 98 cv e 14,5 kgfm de torque do motor a combustão e 40 cv e 21,1 kgfm do motor elétrico.

A energia acendida pelos freios é culpada por recarregar a bateria do motor elétrico, exonerando a utilização de carregadores de tomada. O consumo, de acordo com dados emitidos pelo Inmetro, é de 15,7 km/l na cidade e 14,3 km/l na estrada (gasolina). 

Por Lorena de Oliveira

Toyota Prius

Toyota Prius

Toyota Prius

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: