Conheça aqui as principais novidades do modelo 2019 do Porsche Macan.

Nos confins da Europa, na região germânica do velho continente, está situada uma das mais importantes e icônicas indústrias automobilísticas do planeta e em toda a história, cujo título geralmente é abreviado para Porsche AG, ou somente para Porsche, e consiste em uma das principais marcas de automóveis esportivos em todo o Mundo, fundada na Áustria e, atualmente, sediada na cidade de Estugarda, na Alemanha.

Não é todo consumidor que pode ostentar um Porsche, sobretudo em sua mais recente versão, ou seja, o novo Porsche batizado de Macan, o qual, provavelmente, ainda está fazendo torcer o nariz de muitos especialistas mais conservadores, entretanto, este é o modelo mais bem sucedido da marca, até o momento. Seu rol de vendas conta com nada mais, nada menos de 350 mil unidades comercializadas desde o ano de 2014. Como se não bastasse, a quantidade vendas simplesmente triplicou em relação ao modelo veterano 911, até o ano passado. O clássico modelo Porsche 911 configura um típico automóvel desportivo produzido pela mesma empresa, Porsche AG de Stuttgart, na Alemanha desde o ano 1964. Este modelo está sempre em constante evolução desde seu lançamento oficial no ano de 1963, no Salão de Frankfurt.

Assim, o repaginado modelo Porsche Macan passou por um intenso processo de nova estilização, no sentido de manter o seu vigor, a sua estrutura, o seu design essencial e a sua comercialização.

Todo especialista e todo consumidor experiente sabe que esta companhia produz carros potentes e resistentes, combinando, entretanto, finos atributos e especificações, já que o fundador da empresa, Ferdinand Porsche, foi o responsável pelas melhores criações em outra marca alemã, a Volkswagen, e autor do primeiro automóvel híbrido da história.

Deste modo, entre os atributos que integram o atualizado Porsche Macan 2019, estão: em sua parte dianteira, as alterações produzidas são bem mais discretas que as demais, munido de faróis tipo LED e uma grade em novo estilo. Em sua parte traseira as alternações são bem mais visíveis, explícitas, conforme o objetivo da empresa, contendo lanternas do tipo LED, as quais foram elaboradas de modo expandido, atravessando, deste modo, toda a superfície da tampa de seu porta-malas, assim como foi feito, também, sobre as gerações mais recentes das versões Cayenne e da Panamera. No que tange à sua base, ele está equipado de rodas em 20 e 21 polegadas, além de haver unidades disponíveis em uma diferente opção na cor, no caso, em Azul Miami.

Em termos de novas especificações, os itens inéditos contam com um para-brisa elétrico, que funciona no sentido de aquecer e evitar embaçar; agora ele sai da fábrica munido de um sistema que conta com um dispositivo de ionização, cuja função está em manter o ar bem mais puro, limpo.

Entre outras especificações de alta categoria, ele está equipado com uma central multimídia mais ampla que a versão anterior, ou seja, foi estendida de sete para 11 polegadas em suas dimensões. No que toca aos seus atributos estruturais mais recônditos, a companhia Porsche já noticiou que o chassi do mesmo foi revisto, no sentido de aumentar e garantir maior conforto e segurança do cliente; do mesmo modo com relação aos seus pneus.

A estreia oficial se dará, inicialmente, no continente asiático, ou seja, na China e durante todo o resto do ano, será comercializado nos demais mercados pertencentes a outras nações. O lançamento de uma versão atualizada do Porsche, mesmo clássica, continua sempre um evento imperdível para quem ama a marca.

Paulo Henrique dos Santos


Conheça aqui mais detalhes sobre o novo Porsche Boxster 2018.

Sofisticação, beleza, potência e muita versatilidade. Estas são as principais caraterísticas do novo Porsche Boxter, na sua mais nova versão, a 2018.

Para os amantes da velocidade e que não abrem mão da beleza, requinte e alto luxo, o novo veículo promete não decepcionar. Os especialistas em automóveis já acenderam o sinal de alerta e saíram na frente acusando a nova versão de deixar a desejar em termos de potência do motor em relação ao modelo anterior.

Críticas a parte, para quem já teve acesso às fotos do Porsche 2018 que, por enquanto, ainda não chegou nas concessionárias brasileiras (a previsão é para março de 2018), garante que o veículo chama a atenção, principalmente pelas modificações feitas no seu aspecto externo.

Logo de cara, os fãs declarados do novo modelo vão notar a diferença nas suas linhas externas. Para quem estava acostumado com bancos em tons uniformes e de uma cor só, vai se surpreender com os novos estilos que incluem duas tonalidades, além da mudança de formato que trouxe um novo conceito de lugares mais altos, com um banco traseiro em estilo brilhoso e na cor escura.

Além disto, para inovar no aspecto interior, a Porsche equipou o novo Boxter 2018 com cintos de segurança nas cores do carro e em outras mais alegres, o que pode ser escolhido pelo proprietário na hora de decidir pelo seu modelo. Todas estas modificações podem ser notadas pelos consumidores mais exigentes, principalmente pelo fato do carro ser conversível, uma marca registrada da marca.

Ainda com relação a seu visual, as mudanças incluem um modelo que chama a atenção pela nova robustez. Esta característica da nova versão 2018 foi obtida graças aos para choques mais largos da nova versão, além dos faróis de neblina se localizarem em uma posição mais abaixo em relação às outras versões mais antigas.

Apesar das críticas em relação ao novo motor, ele consegue manter um padrão de desempenho ainda compatível com os modelos considerados esportivos. A nova versão 2018 chegou às lojas na Europa em dois tipos: um com 300 cavalos de força e do tipo 2.0, versão turbo flat four e outro com 350 cavalos de força, de 2.5 litros, também na versão flat four. Ambos possuem 04 cilindros de funcionamento.

Toda esta potência garante ao motorista atingir facilmente a marca dos 120 A 150 km∕h para uma rotação de apenas 1500 rpms.

Toda esta velocidade só é possível com uma transmissão do tipo PDK, que consegue estabilizar em níveis econômicos a relação entre consumo e desempenho.

A nova versão 2018 traz duas opções de transmissão: a manual e a automática. Para a primeira, o câmbio possui seis velocidades e na segunda, o consumidor pode optar pela versão que vem como sistema de dupla embreagem de sete tempos.

O novo Porsche 2018 vem com direção elétrica e com um volante bem maior em relação aos modelos anteriores (cerca de 380 mm), o que garante uma melhor dirigibilidade e mais segurança na hora de manobrar o veículo.

Além disto, umas das preocupações da marca é com a segurança dos seus consumidores. Com isto, o novo modelo 2018 sai de fábrica equipado com uma barra de aço transversal no seu eixo traseiro, o que garante maior estabilidade e rigidez para toda a estrutura do veículo.

Sem esquecer o conforto interno dos seus ocupantes, o novo modelo 2018 vem com uma série de itens de conectividade e multimídia para alegria dos seus admiradores. Isto inclui um painel frontal digital que possibilita o acesso a todas as funções do carro, além de sistema de navegação integrado do tipo GPS, Bluetooth e sistemas de audio digitais.

Ainda no aspecto externo, o novo modelo chega às lojas com aro de liga leve com 18 polegadas de diâmetro, faróis do tipo LED, controle climático para o modelo conversível e um sistema de escape que não poderia deixar de seguir a linha esportiva.

Apesar de toda a inovação, luxo, beleza e sofisticação da nova versão 2018, o valor de compra ainda não foi revelado. Para os amantes da marca e que estão dispostos a ter o novo modelo na garagem, o jeito é esperar para depois do Carnaval a chegada do veículo em terras brasileiras.

Emmanoel Gomes


Carro ganhou novo motor e custa a partir de US$ 54 mil.

A Porsche apresenta no Salão de Pequim o novo 718 Cayman, que vem pra ser uma das estrelas do evento, isso depois de três meses do lançamento do 718 Boxster. O veículo chega com com diversas alterações, dentre elas mudanças no conjunto mecânico, que agora passa a contar com um motor turbo de quatro cilindros.

Este novo motor possui 2 mil cilindradas e é capaz de gerar um torque de 38,7 kgfm entre 1.950 e 4.500 rotações por minuto, além dos 300 cavalos de potência. Em relação ao motor antigo, de 2.7 litros e 6 cilindros, há um acréscimo em sua potência em 25 cavalos e um acréscimo em seu torque em 9,1 kgfm. Já a versão 718 Cayman S conta com um propulsor de 2.500 cilindradas, que chega a uma potência de 349 cv e um torque de 42,9 kgfm, representando 5,1 kgfm e 25 cv a mais do que o antigo, que era um 3.4 aspirado com seis cilindros.

Com relação à transmissão, é possível escolher entre dois câmbios: o PDK com sete velocidades e dupla embreagem, ou então o manual de seis marchas. O modelo atinge de 0 a 100 km/h em apenas 4,7 segundos, alcançando uma velocidade máxima de 273 km/h, isso equipado com o pacote adicional Sport Chrono e câmbio automático. A versão S do 718 Cayman é ligeiramente mais veloz, atingindo de 0 a 100 km/h em apenas 4,2 segundos e alcançando 285 km/h.

Entre as novidades, ainda está o conjunto de freios, que agora possui discos na dianteira com 330 mm de diâmetro e com 299 mm na parte traseira, com pinças de quatro pistões. Um novo ajuste também ocorreu no chassi, onde as barras estabilizadoras tiveram um aumento em seu diâmetro, a suspensão beneficiada com molas mais firmes, a direção mais direta e os pneus traseiros passaram a ser mais largos.

A montadora oferece, como opcional, o sistema Porsche Active Suspension Management – PASM, o qual reduz a altura do veículo em em 20 mm no 718 Cayman S e 10 mm no 718 Cayman, isso se deve à suspensão que possui ajuste esportivo. Agora o pacote Sport Chrono conta com seletor giratório no volante para que o condutor altere os modos de condução entre sport plus, sport, normal e individual.

Externamente, o veículo possui faróis novos, para-choques reestilizados e novas lanternas, além do difusor traseiro que foi redesenhado juntamente com as saídas do escape e o novo visual fica completo com as novas rodas. Internamente, o novo volante chama atenção por ser o do 918 Spyder, o painel possui sistema Porsche Communication Management – PCM, o qual já é equipado com Porsche Car Connect e Apple CarPlay.

O modelo já está sendo comercializado e tem seu preço inicial na versão convencional de US$ 54.950 (algo próximo de R$ 195 mil) e na versão S chega a custar de US$ 67.350 (aproximadamente R$ 240 mil).

FILIPE R SILVA


Donos do veículo terão de desembolsar R$ 126 mil para pagar o imposto do próximo ano.

A compra de um carro é um artigo que a maior parte das pessoas almeja adquirir, mas uma coisa que vem junto com a compra é a obrigação do pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), que em outras palavras é um imposto estadual para arrecadar dinheiro sobre o automóvel que acabou de adquirir, mas que acabou virando uma dor de cabeça, principalmente para os donos do Porsche 918 Spyder. Esse é por sinal o modelo mais carro dessa montadora e com isso temos um carro que apresenta o maior valor de IPVA para o estado de São Paulo já no próximo ano de 2016.

Isso mesmo que acabou de ler, pois somente existem 2 unidades em São Paulo de um lote de 3 unidades que foram encaminhadas para o Brasil no ano de 2014 e os donos desse esportivo híbrido, ou seja, com um motor a gasolina e outro motor com o funcionamento de forma elétrica, vão ter que pagar o valor de R$ 126.920,02 de IPVA.

Esse é um valor pequeno se comparmos que no ano passado eles tiveram que desembolsar R$ 133.146,00, que serão entregues pelo governo do estado para as devidas prefeituras, conforme dados da própria Secretaria da Fazenda do estado de São Paulo. Na realidade, tendo a placa de SP o dono consegue rever metade desse valor pago, pois foi criado pela prefeitura da capital desse estado um tipo de benefício para quem apresenta um veículo do tipo elétrico ou senão híbrido.

O que esse carro tem de tão diferente dos demais modelos?

Ele é um híbrido com um motor V8 com 4.6 litros e ainda 608 cv de potência, que estão aliados a 2 motores do tipo elétrico, sendo que um fica na parte dianteira, enquanto o outro fica no lado traseiro do veículo. Quando esses dois motores se ajuntam temos um veículo com exatamente 887 cv e que chega a aproximadamente 345 Km/h, o que significa que ele faz de 0 a 100 Km/h em exatos 2,6 segundos(!).

Por Fernanda de Godoi


A segunda geração do Porsche Panamera será fabricada sob a nova plataforma modular MSB.

No mercado automotivo de hoje, quem não se atualiza acaba perdendo a simpatia dos consumidores. E pensando em se manter entre os tops, a Porsche já prevê quando irá aposentar a atual versão do Panamera, lançada em 2009.

No decorrer do mês de setembro, enquanto ocorria o Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, o CEO da Volkswagen (marca que detém a Porsche), Matthias Müller, aproveitou o evento e afirmou que a nova geração do cupê, que terá quatro portas, deve chegar ao mercado já no primeiro semestre de 2016.

Boa parte das informações ainda é um mistério, mas o que se sabe é que a segunda geração do Porsche Panamera será fabricada sob uma nova plataforma, a modular MSB, pertencente ao grupo VW. Entre outros recursos, isso significa que o novo modelo ficará até 90 kg mais leve em relação ao modelo atual.

Em termos de mecânica, o novo Panamera terá blocos de motores que incluem opções com seis e oito cilindros. Essas versões serão turboalimentadas. Além disso, também existirá uma versão híbrida, que obviamente terá menores índices de emissões de poluentes, bem como uma eficiência maior.

Quando se fala em design, a mídia especializada não espera que haja mudanças significativas, com alterações apenas no estilo visual. O que deve ser novidade é algo inédito para a linha: um modelo shooting break, que nada mais é do que uma perua, apresentada como conceito por enquanto. Além disso, também está prevista uma versão com eixos maiores, portanto, mais alongada.

Ainda não se tem especulações de qual será o valor provável do novo Panamera, mas é de se esperar que não seja um modelo acessível para qualquer um. Também não há informações se o modelo chegará ao Brasil, muito menos quando isso deverá acontecer. O que é certo é que podemos esperar um veículo de deixar até os menos apaixonados por carros de queixo caído.

Por Felipe Villares

Porsche Panamera 2016

Porsche Panamera 2016

Fotos: Divulgação


Modelos da Porsche e da BMW contarão com um aplicativo que possibilita a conexão com o relógio inteligente da Apple, o Apple Watch, que desempenhará as mesmas funções do smartphone.

A Porsche e a BMW foram as primeiras linhas a terem um aplicativo para se conectarem ao relógio inteligente da Apple, mas outros carros de luxo já se preparam para oferecer esta tecnologia aos clientes. A Apple já fez todos os acertos necessários para que o Apple Watch possa contar com as mesmas funções do smartphone.

Há pouco mais de uma semana o Apple Watch foi lançado oficialmente em diversos países e as montadoras já estão com veículos no mercado capazes de tirar maior proveito da novidade. Quem tem um Porsche ou uma BMW já poderá controlar várias funções do veículo através do Apple Watch.

Os proprietários do Porsche terão na tela do Apple Watch todas as informações para saber, por exemplo, se as janelas, porta-malas, portas ou teto solar estão abertos e se estiverem, é possível fechá-los através do relógio da Apple.

As funções encontradas no relógio são praticamente as mesmas que estão disponíveis no smartphone, a diferença é que estas funções agora estão no pulso do usuário. Outra função muito bem-vinda é a que ajuda o motorista a descobrir onde o carro foi estacionado. Quando o motorista estiver mais próximo do veículo, os faróis piscam e a buzina emite um alerta, para o motorista poder visualizar o automóvel.

E o relógio inteligente da Apple também entra em sintonia com o automóvel para terminar de guiá-lo até o seu destino, por exemplo, se você está usando o GPS do carro e precisou estacioná-lo por estar próximo ao destino, poderá continuar sendo guiado, fora do carro, pelo relógio da Apple, que continuará fazendo a navegação por GPS que você vinha seguindo pelo automóvel.

Através do relógio da Apple também é possível checar o nível de carga da bateria nos modelos híbridos, além de saber a autonomia e até quanto tempo falta para concluir a recarga. E tem uma função que permite ao motorista ligar o ar condicionado do veículo, para deixá-lo mais quente ou mais frio, antes de entrar no automóvel, assim encontrará uma temperatura ideal, de acordo com a sua vontade.

Por enquanto, o aplicativo encontra-se disponível para os modelos híbridos da BMW, i3 e i8. Para a Porsche, o aplicativo está disponível para todos os modelos equipados com o Car Connect.

A Apple ainda não deu uma previsão de quando o seu relógio inteligente será vendido aqui no Brasil.

Por Russel

Carros se conectam ao Apple Watch

Foto: Divulgação


2ª geração do modelo será lançada no 2º semestre de 2016

Foi confirmado pela montadora Porsche que a segunda geração do famoso Panamera será lançada de maneira oficial no segundo semestre do ano de 2016. Conforme o que foi divulgado pelo CEO da empresa, este novo modelo irá trazer características bastante semelhantes das que já são vistas na versão atual.

Para quem está aguardando muitas novidades, já pode desanimar, pois será praticamente o mesmo design, fator este que o deixará mais uma vez inconfundível, pois a primeira vista você vai olhar e reconhecer que aquele veículo realmente é uma Panamera, contudo para não dizer que não houve mudanças o que deve ser inserido nesse novo modelo será um pacote com tecnologias melhores e ajustes com um grau maior de modernidade.

Para a confecção da estrutura desse cupê de quatro portas será utilizado materiais de primeiríssima qualidade, tais como o aço e o alumínio de alta resistência, materiais estes que farão com que este veículo fique 90kg quando se comparado com o peso das versões anteriores.

Quanto à motorização que será utilizada o novo Panamera terá blocos V8 e V6, contudo dados técnicos a respeito da potência, bem como outros detalhes mais específicos ainda não foram divulgados pela Porsche.

Contudo, infelizmente este tipo de carro é um carro para quem possui além de bom, muito dinheiro para dispor na compra de um veículo, haja vista que aqui no Brasil as versões do Porsche Panamera que aqui existem são uns dos carros mais caros que existem, realmente este carro é um desportivo do sonho de muita gente, pois não só aqui no Brasil como no mundo inteiro andar com um Porsche realmente é sinônimo de status social e de que a pessoa que possui um gosto muito refinado pelos melhores automóveis que são fabricados no mundo, pois este veículo é produzido nos mais altos padrões de tecnologia eletrônica, mecânica dentre outras mais. 

Por Adriano Oliveira

Novo Porsche Panamera

Novo Porsche Panamera

Novo Porsche Panamera

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: