Novos preços variam entre R$ 78 mil e R$ 104 mil.

Assim como muitas linhas de outras marcas, o EcoSport 2019 da Ford também está passando por reajustes em seus preços. Em algumas versões, a diferença de preço chega a ser maior que R$ 4 mil, de modo que a versão mais barata desta nova tabela é o EcoSport SE 1.5 manual, que está custando R$ 78.290. Já a mais cara é o SUV compacto, com motor 2.0: o EcoSport Storm 4×4 automático, que chega ao Brasil no valor de R$ 104.190.

Confira a seguir os novos preços do Ford EcoSport 2019:

  • Ford EcoSport 2019 FreeStyle 1.5 automático: de R$ 89.890 por R$ 92.490;

  • Ford EcoSport 2019 FreeStyle 1,5 AT Plus: de R$ 92.790 por R$ 95.435;

  • Ford EcoSport 2019 FreeStyle 1.5 manual: de R$ 83.690 por R$ 86.490;

  • Ford EcoSport 2019 SE 1.5 automático: de R$ 82.890 por R$ 84.290;

  • Ford EcoSport 2019 SE 1.5 manual: de R$ 76.690 por R$ 78.290;

  • Ford EcoSport 2019 Storm 2.0 4WD AT: de R$ 99.990 por R$ 104.190;

  • Ford EcoSport 2019 Titanium 2.0 automático: de R$ 96.990 por R$ 99.490.

Continue acompanhando o post para saber mais sobre o novo EcoSport da Ford.

Sobre o Ford EcoSport 2019

Ainda não se tem muitas informações em relação ao design do novo EcoSport. Estima-se que mais informações, junto das imagens, devem ser reveladas no decorrer dos próximos meses. No entanto, algumas fotos foram vazadas e foi possível tirar algumas conclusões. No quesito visual, o EcoSport 2019 não revelou mudanças consideráveis, porém, para continuar em alta visto a competitividade do mercado, provavelmente ainda traz algumas novidades.

Algo que é muito esperado é que o novo modelo apresente melhorias em relação ao consumo de combustível, que foi o maior alvo de críticas nos últimos anos. Além disso, espera-se que as opções de motorização sejam preservadas, ou seja, que permaneça o motor 1.5 flex (de 130 cv com gasolina e 137 cv com etanol) — além de câmbio manual de 5 marchas com a opção de câmbio automático (com a possibilidade de câmbio manual) de 6 marchas — nas versões de entrada e um motor de 2.0 litros flex (de 170 cv com gasolina e 176 cv com etanol) nas versões topo de linha (como, por exemplo, o Titanium), junto do câmbio automático de seis marchas.

Resumindo, o estimado é que o EcoSport 2019 mantenha seu design, trazendo algumas novidades na estilização visual, porém, com grandes melhorias mecânicas para otimizar sua eficiência.

Ford EcoSport 2019: versões

As versões do Ford EcoSport que estão disponíveis no Brasil são as seguintes:

  • EcoSport SE, com motor 1.5 litros flex;

  • EcoSport SE, com motor 1.5 litros e câmbio automático;

  • EcoSport Freestyle, com motor 1.5 litros flex;

  • EcoSport Freestyle, com motor flex 1.5 litros e câmbio automático; e

  • EcoSport Titanium, com motor 2.0 flex, 16V, com câmbio automático.

Ford EcoSport 2019: ficha técnica da versão atual

  • Peso bruto total: 1.676 kg;

  • Altura: 1.696 mm;

  • Largura com espelhos: 2.057 mm;

  • Comprimento: 4.241 mm;

  • Distância entre-eixos: 2.521 mm;

  • Capacidade do porta-malas: 362 L;

  • Capacidade do tanque de combustível: 52 L.

Atualmente, podem ser encontrados nas primeiras versões do Ford EcoSport itens de série como airbags (sete), rodas de liga leve aro 15, ar-condicionado, direção elétrica, retrovisores, travas e vidros elétricos, sensor de pressão de pneus, sistema Sync de 6,5 polegadas, controles de estabilidade e tração, entre outros.

De acordo com a Ford, nas versões 1.5, com gasolina, a média do consumo é de 13.1 km/L nas estradas e de 11.6 km/L na cidade. Enquanto versões 2.0 têm consumo médio de gasolina de 12.0 km/L nas estradas e 8.8 km/L na cidade.

Visite o site da Ford e veja mais novidades.

Felicia Lopes


Conheça aqui mais detalhes e o preço do novo Ford EcoSport Storm 2018.

Para quem gosta muito de saber de todas as novidades sobre lançamentos automobilísticos, a Ford acaba de anunciar no seu site um super pré-lançamento de uma versão que vai chamar muito a atenção dos consumidores. Estamos falando do Novo EcoSport e sua versão Storm.

O modelo que chega com um ar mais aventureiro vem com tração 4 x 4 e motor 2.0 Flex e para ficar ainda melhor, temos câmbio automático.

A versão Storm chega para ocupar o topo da linha do EcoSport, que pertence a categoria de SUVs. Veja algumas das suas características mais marcantes.

Na parte dianteira destaca-se uma grade muito estilizada que traz o logo em destaque da versão “Storm”. No Capô, assim como nas laterais, temos adesivos.

A nova versão é a única da linha que recebeu rodas de liga leve de 17 polegadas. Já o farol recebeu uma máscara negra.

Já na parte traseira o estepe vem com uma capa protetora personalizada que também traz o logo “Storm”.

Essa nova versão o EcoSport diante de tantas novidades chegará com um preço um pouco acima do valor da versão considerada topo de linha do ano passado, algo em torno de 3 mil reais a mais. Atualmente a versão Titanium 2.0 automática está sendo vendida por um valor que parte de R$ 96.850.

Na parte interior, os detalhes do veículo são na cor laranja, até mesmo as costuras dos bancos são produzidos em couro.

E já que estamos falando de cores, a versão Storm possui uma cor exclusiva, sendo ela a denominada pela Ford como Marrom Trancoso.

Mas a Ford também disponibiliza o modelo em cores mais discretas como, por exemplo, a cor branca, preto e prata, sendo todas elas cobradas separadamente.

Sempre que se fala em lançamento de carros os clientes logo se interessam em saber quais são os itens e equipamentos de série do lançamento. Desse modo, confira abaixo quais são eles:

– Controle de velocidade de cruzeiro;

– Tração 4×4

– Conectividade com sistema Android Auto e Apple CarPlay;

– Central multimídia de 8 polegadas;

– Retrovisor antiofuscante;

– Câmera de ré;

– Luzes diurnas de LED;

– Capa de estepe rígida;

– Alertas para mudança de marchas;

– Controles de tração e estabilidade;

– Sensores de luz e chuva;

– Ar-condicionado digital;

-Faróis de xenon com luzes diurnas em LED

– 7 airbags;

– Bancos de couro;

– Teto solar elétrico.

– Piloto automático

– Volante de couro;

– Sensor de monitoramento de pressão dos pneus;

– Sync 3 com tela de 8 polegadas;

– GPS.

A Fiat informou que o novo ScoSport foi preparado para trafegar por terrenos mais difíceis, oferecendo mais estabilidade, para ajudar nesse sentido a sua suspensão da traseira passou por modificações. Além dessa modificação, foi realizada também uma calibração especial nos seus amortecedores, assim como buchas e molas. Mas as mudanças não param por aí. A direção elétrica também foi reajustada.

A absorção de impactos foi reduzida em 15%, conforme anunciou a montadora.

Na parte traseira o EcoSport versão Storm foi equipado com uma suspensão independente.

Em termos de motorização temos um motor 2.0 Flex que oferece 176 cv de potência e que opera com transmissão automática formada por 6 velocidades.

A versão Storm do EcoSport 2018 chega com a sugestão de preço de R$99.850.

Como se pode ver, a versão topo de linha do EcoSport, a Storm, chega com uma série de qualidades e características que com certeza fará dela um grande sucesso neste ano de 2018.

É mais uma vez a Ford saindo na frente e partindo para abriga da liderança de vendas no mercado nacional.

Sirlene Montes


No Brasil, espera-se que o SUV redesenhado tenha seu lançamento realizado ainda no segundo semestre do próximo ano, como modelo 2018.

A Ford tomou uma decisão estratégia de apresentar a versão do EcoSport reestilizado no Salão Automóveis de Los Angeles em vez de fazer no Salão de São Paulo. De acordo com um executivo da montadora foi difícil, mas conseguiram convencer os americanos a realizar a venda do Ecosport na terra do Tio Sam, o que já era um sonho da marca. Pelo que se sabe, a montadora Ford estadunidense estava necessitando de novidades e tinha que dar uma resposta na cidade de Los Angeles, que foi realizar o anúncio da chegada da empresa num mercado que até o momento era inédito para a mesma em sua terra natal, que é os SUVs compactos.

Entretanto, ainda segundo o executivo, o Brasil receberá o novo veículo antes que os EUA, sendo válido lembrar que crossover só será comercializado por lá no ano de 2018. Aqui no Brasil, espera-se que o SUV redesenhado tenha seu lançamento realizado ainda no segundo semestre do próximo ano, como modelo 2018.

Contrário ao modelo apresentado por lá, o EcoSport “brasileiro” irá contar com o estepe na tampa de trás e o motor não será o 1.0 EcoBoost. Isso se deve ao fato do estepe não servir no assoalho embaixo do porta-malas, e no Brasil a Ford não venderá o veículo com o kit de reparo de furos. Por aqui a, a escolha do propulsor ficou por conta do 1.5 litros, de 3 cilindros aspirado, vindo da família Dragon, oferecido no lugar do 1.6 Sigma nos veículos de entrada. Já nos modelos mais topo de linha será o 2.0 Duratec, até estreando talvez uma injeção direta, o mesmo utilizado no Focus.

A parte da frente será mantida com o mesmo desenho dos EUA, tendo uma grade hexagonal, entretanto, sem os piscas laranjados, que é uma exigência norte-americana. Internamento, o modelo trará vários componentes do Ford Focus, tendo um grande progresso em qualidade e estilo. Até que enfim foi adicionada uma central multimídia touchscreen. Além disso, o quadro de instrumentos será um pouco maior, com tela de LCD.

Além do modelo redesenhado, a Ford do Brasil lançará no próximo ano o Ka Trail, em fevereiro, e o Mustang, com as encomendas para o final do ano.

Por Filipe Silva

Ford Ecosport 2018

Ford Ecosport 2018

Fotos: Divulgação


Montadora precisou adaptar o estilo do carro ao gosto dos consumidores europeus, que não gostaram do modelo com o estepe externo e, agora, receberam o novo modelo sem ele.

O Ford EcoSport é um dos modelos crossover mais vendidos do Brasil. O principal atrativo do utilitário é o estepe acoplado a tampa traseira, que está presente no modelo desde seu lançamento. Porém, nem todos os países gostam e apoiam essa ideia. O novo modelo Ford EcoSport 2016 foi lançado na Europa, dessa vez sem estepe externo.

A montadora americana teve que adaptar o modelo ao gosto dos europeus, já que seu primeiro ano de venda no país foi um verdadeiro fracasso. Os consumidores europeus alegaram que o modelo possuía preço elevado para as poucas vantagens que oferecia.  

O design externo sofreu algumas alterações na qualidade do acabamento, um novo estilo de porta traseira, para-choque e posição da placa. O crossover teve o isolamento interno melhorado, impedindo que sons externos retirem a atenção do motorista.

Houve também uma melhora no sistema de molas e amortecimento, rebaixando o veículo em cerca de 10 mm, que é responsável por garantir menor impacto do veículo em estrada de chão, tornando a viagem confortável.  A direção elétrica e controle de estabilidade do veículo também foram alterados para que se adequasse as exigências europeias.  O painel de ferramentas e o volante também sofreram alterações em seu design. A versão Titanium agora possui revestimento em couro como item de série.

Quanto à motorização do veículo, o mesmo não sofreu grandes alterações. Apenas a versão com motor 1.5 alimentada a diesel sofreu aumento de potência, passando de 90 para 95 cv.

Após essas alterações, a Ford tem como objetivo principal aumentar o número de vendas do EcoSport na Europa. O SUV americano vendeu apenas 13 mil unidades na Europa durante o seu primeiro ano de vendas. Durante esse ano, a montadora tem como objetivo atingir a meta de 36 mil unidades vendidas em toda Europa. Posicionar o Ford EcoSport entre os modelos mais vendidos da Europa será um árduo desafio para a montadora estadunidense.

Por Wendel George Peripato

Ford EcoSport sem estepe

Ford EcoSport sem estepe

Fotos: Divulgação


Confira as novidades e características da nova versão

Foi lançada pela montadora de veículos Ford, uma nova versão do famoso EcoSport, o lançamento dessa nova versão ocorreu, principalmente, para fazer frente ao lançamento dos principais concorrentes do veículo, que são o Honda HR-V e o Jeep Renegade. Batizada com o nome de EcoSport Plus 2.0 PowerShift, essa nova versão do modelo tem como principal atrativo o fato de trazer itens que anteriormente só poderiam ser encontrados na versão mais topo que era a Titanium, tais como, 6 airbags e bancos com revestimento totalmente em couro.

Para quem ficou animado com esse aumento nos acessórios dessa nova versão, o veículo ainda traz de série direção elétrica, controle de tração e estabilidade, assistente para partida em rampa, computador de bordo, piloto automático, ar-condicionado, controle de estacionamento na parte traseira, rodas de liga leve aro 16 e o incrível sistema multimídia SYNC, o qual permite que o condutor do veículo ligue para o resgate em caso de emergência por meio de um simples comando de voz.

O preço de mercado dessa grande novidade será o mesmo da versão Freestyle 4WD equipada com câmbio manual, ou seja, R$ 82.900.

Com relação à motorização este SUV será comercializado com um motor 2.0 de potência de até 147cv e transmissão de dupla embreagem automatizada com seis velocidades.

Com esse lançamento a Ford irá tentar encarar de igual para igual o Honda HR-V nas versões EX e ELX, as quais têm preços de R$ 80.400 e R$ 88.700, respectivamente, bem como o Renegade Longitude 1.8 Flex que tem o seu preço sugerido de R$ 80.900, sendo que também não podemos esquecer o Renault Duster que na sua versão Dynamique 2.0 4X4 com câmbio manual é vendido por R$ 78.490.

O certo é que essa é mais uma aposta da Ford, aposta esta que depende muito dos amantes e adeptos da marca aqui no Brasil, haja vista que os concorrentes são de peso. 

Por Adriano Oliveira

Ford EcoSport Plus 2.0 PowerShift

Ford EcoSport Plus 2.0 PowerShift

Fotos: Divulgação


A montadora Ford Motor Company apresentou no evento Salão de Genebra o seu novo conceito, o Ford Ecosport S. A versão do modelo deve ser fabricada e vendida em território europeu ainda em 2015. O modelo que é sucesso de vendas em território brasileiro, parece não agradar a maioria dos consumidores do velho continente. Pensando nisso, a Ford criou a versão modificada do modelo. 

O Ecosport S contará com a opção de não possuir estepe acoplado a tampa. Nesse caso, a empresa foi obrigada a modificar o interior do veículo para que o estepe tivesse lugar. Além disso, o para-choque também foi alterado mantendo a pintura cinza como os modelos nacionais.  O design interno do veículo também recebeu modificações positivas. O painel de instrumento recebeu novo design, tendo as bordas em cromado. O sistema de navegação conta com display de 4 polegadas, considerado um bom tamanho para que o motorista possa visualizar. Na versão premium, o modelo recebe assentos revestidos em couro.

Buscando aprimorar a qualidade de direção do veículo, a empresa aplicou um novo modelo de suspensão, o que acarretou a diminuição de 1 centímetro do solo. A qualidade de transmissão também foi melhorada, garantindo um aumento no torque. O modelo também possui um novo pacote acústico e plásticos emborrachados, o que evita que os ruídos do ambiente externo tirem a atenção do motorista. A direção elétrica do modelo sofreu alterações, nesse quesito o modelo ficou parecido com o hatch New Fiesta.

O modelo possui motor ecológico, que emite menos gases poluentes a atmosfera. O SUV Ecosport S é conhecido no país por ser a versão econômica do modelo, porém na Europa a versão pode ser considerada um esportivo.

A versão recebeu um novo tom de azul, conhecido como Deep Impact Blue. A Ford acredita que as modificações no modelo, farão com que suas vendas cresçam no continente. Entre novembro de 2013 e abril de 2014, a Ford vendeu apenas 11.257 unidades na Europa. A previsão de vendas para 2015 é de 36 mil unidades.

Por Wendel George Peripato

Ford Ecosport S europeu

Ford Ecosport S europeu

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: