Modelos sofrem aumento neste mês de julho de 2018.

Onix e Prisma 2019 estão com preço novo, as tabelas de ambos os modelos foram reajustadas em até R$ 500, dependendo do modelo e quem deixou para comprar agora, terá que desembolsar um pouco mais. Os reajustes chegaram após um mês dos modelos chegarem ao mercado nacional na versão 2019. Muita gente se interessou em adquirir um dos carros da Chevrolet, mas agora terão que refazer as contas.

Para ter o Activ, que é a versão mais cara, agora é preciso desembolsar R$ 68.390. No caso do LTZ, o valor mínimo é de R$ 69.990. E as novidades é mesmo só em relação aos preços, porque os dois modelos seguem com as mesmas configurações que foram apresentadas.

No caso do Onix, o aumento variou entre R$ 240 e R$ 500, de acordo com a versão. Confira os preços atuais e o valor do acréscimo para cada uma das versões:

  • LT 1.0: R$ 48.390 (aumento de R$ 240)
  • LT 1.0 mais pacote opcional: R$ 50.900 (aumento de R$ 440)
  • LT 1.4 MT6: R$ 54.790 (aumento de R$ 400)
  • LT 1.4 AT6: R$ 60.090 (aumento de R$ 400)
  • Advantage 1.4 AT6: R$ 55.290 (aumento de R$ 400)
  • LTZ 1.4 MT6: R$ 59.290 (aumento de R$ 300)
  • LTZ 1.4 AT6: R$ 64.790 (aumento de R$ 300)
  • Effect 1.4 MT6: R$ 57.590 (aumento de R$ 400)
  • Activ 1.4 MT6: R$ 62.990 (aumento de 500)
  • Activ 1.4 AT6: R$ 68.390 (aumento de 500)

No caso do Prisma, o aumento variou entre R$ 300 e R$ 400, dependendo da versão, confira:

  • LT 1.4 MT6: R$ 59.290 (aumento de R$ 400)
  • Advantage 1.4 AT6: R$ 59.990 (aumento de R$ 400)
  • LT 1.4 AT6: R$ 64.790 (aumento de R$ 400)
  • LTZ 1.4 MT6: R$ 64.290 (aumento de R$ 400)
  • LTZ 1.4 AT6: R$ 69.990 (aumento de R$ 300)

O Onix 2019 chegou ao mercado mais equipado e também oferecendo mais segurança, só que ninguém imaginava que cerca de um mês depois teria os preços de todas as versões sendo atualizados. O hatch traz cinto de segurança 3 pontos e também encosto de cabeça para o assento do meio na parte de trás. Outra novidade são as novas opções de acabamento e cor, além da chave que agora tem design que a deixa bem semelhante a do Cruze. Na parte interna do veículo, mudança também no painel de instrumentos, que tem cor nova, só que agora o consumidor terá que pagar mais caro para ter um Onix 0Km.

Para a versão Activ, há novidade nas rodas, que ganham pintura preta, já na parte interna, finalmente tem opção para o acabamento, agora em dois tons mais escuros, o preto e o azul. O painel de instrumentos também teve mudança, passando a contar com iluminação na cor branca. O antigo acabamento na cor laranja ainda está disponível, mas só quando a pintura externa for desta cor.

Para a versão LTZ, as principais mudanças estão nas rodas que trazem acabamento diamantado na face, tem ainda a parte interna que ficou bem mais escura, com a nova cor Azul Infinity, na coluna B tem acabamento em preto brilhante e os bancos agora têm o acabamento em material sintético em tom diferenciado nas costuras, que faz contraste com os demais itens.

Já a versão Effect se diferencia pelo visual, contando com o teto em preto, mas o interior é igual ao do LTZ, com um detalhe diferente só no volante. A versão mais vendida, a LT, é que tem as maiores novidades, com o computador de bordo passando a informar o consumo e a central Multimídia MyLink agora é integrada à câmera de ré. O painel agora tem dois tons e na versão com motor 1.4, as rodas trazem novo design e são de liga leve.

Por Russel


Saiba aqui qual é o melhor modelo.

A Fiat continua investindo pesado na divulgação do Cronos, basta ver o marketing que a empresa fez na 18ª edição do Big Brother Brasil e o grande concorrente para o veículo no mercado brasileiro é o Prisma LTZ. Mas será que o Cronos Drive é realmente melhor que o modelo da Chevrolet, que é o sedã mais vendido no mercado nacional?

Fazendo uma análise detalhada dos dois modelos é possível traçar um corporativo e descobrir e assim fica mais fácil entender qual é a melhor opção na hora da compra, por exemplo, no quesito espaço e praticidade, o Prisma tem a vantagem da melhora que teve ao entrar para a família do Onix, ganhando mais espaço e abrigando a família brasileira com folga e este foi um dos motivos que colocou o modelo no topo do ranking. Só que o Cronos tem largura e altura maiores, ou seja, proporciona melhor acomodação aos passageiros, mesmo para aqueles que ficam atrás. E os bancos do modelo da Fiat ganham por ser maiores, só que no caso do motorista, o Prisma sai na frente por deixá-lo mais alto, só que dependendo da pessoa, a cabeça pode ficar bem próxima ao teto. O Cronos oferece melhor regulagem de altura.

Outra vantagem do carro da Fiat é em relação aos comandos, que ficam mais fáceis para o motorista, basta ver o botão que regula os retrovisores externos. No caso do Prisma, é preciso esticar o braço.

E o consumidor sabe que quando se trata de um sedã, o local que mais recebe atenção é o porta-malas e de novo o Cronos leva vantagem, oferecendo 25 litros a mais que o concorrente e isto foi obtido graças aos 8 centímetros a mais no comprimento do veículo e a tampa abre sozinha, é só acioná-la. No caso do Prisma, esta abertura somente destrava a tampa, sendo assim, a pessoa terá que puxá-la para cima, do contrário, ela continuará fechada.

Para quem gosta de rebater o banco traseiro, a vantagem do Cronos é que o piso fica praticamente Plano, enquanto que o carro da Chevrolet deixa um degrau, que acaba atrapalhando.

O Cronos Drive seguiu o acabamento do Argo, oferecendo um material mais rígido, de ótima qualidade. O Prisma melhorou muito neste quesito, mas o plástico ainda é mais simples, sem contar alguns problemas que são constatados na montagem.

No modelo da Fiat, são oferecidos equipamentos similares ao da Chevrolet, como direção elétrica com regulagem para a altura, vidros elétricos, sistema multimídia, ar-condicionado, sensor de ré, entre outras opções. O Prisma tem a vantagem de oferecer acabamento em couro e ainda tem o serviço OnStar.

No dia a dia, o Cronos pode apresentar uma leve vantagem, garantindo mais conforto ao volante e melhor resposta do motor, principalmente para quem utilizá-lo a maior parte do tempo na cidade. Na estrada, o Prima leva vantagem pela sexta marcha, o que ajuda na redução do consumo de combustível.

Em relação ao preço, o Cronos Drive básico sai mais em conta e até a revisão do carro da Fiat fica mais barata. Os dois modelos oferecem 3 anos de garantia e as revisões são a cada 10 mil km, ou então com 1 ano.

Concluindo este comparativo, o que fica claro é que a Fiat finalmente conseguiu um sedã superior ao Prisma, conseguindo manter um bom preço, inclusive para a manutenção. O Cronos oferece conforto e praticidade para o motorista e passageiros, com economia de combustível na cidade. A Chevrolet terá muito trabalho para os próximos anos, pois terá que correr atrás de melhor tecnologia, inovações e fazer algumas modificações urgentes no design do veículo.

Por Russel


Modelo custa R$ 45 mil e pode ser considerado um dos principais veículos sedã do mercado brasileiro.

O sedã Prisma Joy foi lançado em 2006, onde a primeira versão era uma restruturação do Celta com carroceria estendida. Já em 2013 foi lançado a segunda versão do Prisma, sendo reestilizado usando a base estrutural do Chevrolet Onix.

O carro é produzido aqui no Brasil e foi classificado como um modelo sport sedan. O estilo esportivo é traduzido em seu design lateral, frontal e traseira. Para quem busca um sedan compacto, de baixo custo e espaçoso, continue lendo este texto e veja um pequeno preview deste veículo.

Substituto do Velho Classic

Até os primeiros 6 meses de 2016, quem buscava um sedan de baixo custo da linha Chevrolet, só encontrava o tradicional Classic, modelo descontinuado pela Chevrolet, que tinha suas linhas derivadas do Corsa.

Na segunda metade de 2016, a Chevrolet lançou seu novo sedan compacto, o Prisma Joy, substituindo o Velho Classic. A versão derivada do Onix com tecnologia de versões dos mais caros.

Pacote Básico

Aos interessados em comprar a versão Prisma Joy, o sedan compacto da Chevrolet, pode retirar das concessionárias a partir de R$ 45.790, com direção elétrica, ar condicionado e vidros elétricos nas portas dianteiras.

Na questão de segurança, os cintos dianteiros possuem regulagem de altura, travas elétricas. Na parte traseira, o banco pode ser rebatido para ampliar espaço para bagagens. No painel apresenta indicador de troca de marchas e tomada de 12V para carregador de celular e outros acessórios.

Acessórios

No pacote básico não vem incluído alguns itens, que são considerados acessórios opcionais. O sistema de som e rodas de liga leve são estes outros itens na qual podem ser adquiridos à parte.

A central multimídia da versão Joy não é igual as outras versões, que conta com o sistema MyLink na qual é instalada nas versões mais avançadas ou de luxo.

Iluminação

A iluminação do Prisma saiu daquela azulada para uma cor alaranjada, trazendo um design retrô, lembrando os GM mais antigos, lançados em meados aos anos 90, como o Omega e o Kadett, veículos muito famosos em sua época.

Acabamento Interno

O acabamento interno é plástico para todos os lados, no entanto, com encaixes bem feitos e não existem sinais de rebarbas nos detalhes.

Porta-malas amplo

O detalhe é para o porta-malas de 500 litros, para quem tem família com filhos, atende muito bem no caso de muitas bagagens.

Consumo

Segundo a Chevrolet, o consumo do Prisma Joy é de 12,9 Km por litro na cidade e 15,6 Km por litro se a escolha do combustível for gasolina. Caso seja usado etanol, o consumo cai para 9Km na cidade e 11,1 Km na estrada.

Para quem gosta da linha dos sedans compactos, o Prisma Joy está na lista dos mais acessíveis em relação a custos e consumo, para ter mais detalhes desta versão, acesse o site oficial da Chevrolet e faça uma busca mais detalhada da ficha técnica deste modelo.

Marcio Ferraz


Nova linha contará com a série especial Advantage, que terá diversos diferenciais.

A Chevrolet já apresentou ao público a sua novidade: a linha Prisma 2016 com a série especial denominada Advantage. A nova categoria conta com vários diferenciais como a presença dos faróis com máscara escurecida, moldura de proteção que está situada na lateral, aerofólio na tampa traseira e também retrovisores externos com adesivo da coluna central. Outro detalhe do Prisma da série Advantage 2016 é a presença das rodas de liga leve aro 15, que tem um acabamento mais escuro, sendo um diferencial.

O novo Prisma conta com itens de série para fornecer conforto ao motorista e também passageiro. Entre alguns destacam-se o volante multifuncional com vários recursos, direção hidráulica, ar-condicionado, ajuste elétrico dos retrovisores, além da presença da trava e vidros elétricos nas quatro portas do automóvel, garantindo mais segurança. Além disso, o Prisma 2016 também tem sensor de estacionamento.

Em relação ao motor, o novo carro conta com o modelo 1.4 e também tem câmbio automático de seis marchas, além da regulagem de temperatura por meio da coluna de direção. Outra novidade é que o motorista vai poder realizar controle de áudio e telefone por meio do sistema denominado Chevrolet Mylink, que vai poder ser acessado através do volante multifuncional.

O novo Prisma 2016 da série Advantage poderá ser encontrado nos seguintes tons de cores: cinza graphite, prata switchblade ou branco Summit. O Prisma da Chevrolet tem 8 configurações diferentes entre os acabamentos e transmissão que pode ser manual, automática ou também ter 6 velocidades.

Entre outras novidades para a linha 2016 é a possível presença de um acessório com alarme volumétrico, que é acionado se uma janela for esquecida aberta, por exemplo, ou até mesmo se um animal for esquecido no carro. Além disso, há possibilidade do carro ser equipado com outros recursos tais como câmera de ré e módulo TV.

O que achou do novo Prisma 2016 da Chevrolet? Deixe a sua opinião!

Por Babi

Chevrolet Prisma 2016

Chevrolet Prisma 2016

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: