No 1° semestre de 2015 os valores dos seguros de carros ficaram 11% mais caros se comparados com o ano de 2014.

Os valores de seguros de carros estão mais caros no primeiro semestre de 2015, segundo reportagem do “Car Sale”. O aumento chega a 11%, se comparado aos dados do ano de 2014. De acordo com os números divulgados, o Chevrolet Cobalt teve 46% de aumento e possui valor médio de seguro em torno de R$ 2.155, lembrando que o valor anterior até janeiro era de R$ 1.480. 

Ainda segundo a reportagem, o Fiat Uno teve apenas 1% de aumento, chegando de R$ 1.681 a R$ 1.698. Já o Volkswagen Fox teve queda de 16%, de R$ 1.891 a R$ 1.586.

Como os valores de seguros são calculados?

Vale destacar que os valores de seguros de automóveis, de forma geral, variam conforme o endereço de residência do motorista.  Por exemplo, regiões com alto índice de criminalidade tendem a possuir coberturas de seguros com preços mais altos, se comparados a locais com menores índices, quanto aos quesitos roubo, furto, etc.

Os valores estipulados para os seguros também levam em consideração o perfil do motorista (quantidade de infrações, etc.). Outras questões são avaliadas como idade (os mais jovens tendem a pagar mais), experiência no volante e marca (carros mais populares e visados têm seguros mais caros).

Produção de veículos cai 16,9%:

De acordo com informações publicadas no site oficial da Fenabrave, de janeiro a agosto o Brasil teve queda na produção de veículos, cerca de 16,9% de carros a menos produzidos, quando o índice é comparado aos números de 2014.  Em agosto, por exemplo, o país produziu 216,5 mil carros, o que significa uma redução de cerca de 18,2% na produção de automóveis.

Por Letícia Veloso

Seguro de carros

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: