Modelo chega às concessionárias com novos itens e cores.

A S10 é um dos modelos de caminhonetes mais tradicionais do mercado nacional, há anos ela vem agradando os consumidores, principalmente após passar por uma renovação completa nessa nova geração. É nessa perspectiva que a nova S10 2017 desembarca no mercado nacional recheada de novidades interessantes em termos de conforto, estilo, conectividade e segurança. O modelo chega com um visual bastante imponente, pois foi feito com inspiração retirada da charmosa Chevrolet Colorado, que é comercializada no mercado norte-americano. A apresentação oficial do modelo ao público brasileiro irá ocorrer na Agrishow, evento que ocorrerá na cidade de Ribeirão Preto entre os dias 25 e 29 de abril.

Com relação ao estilo, as mudanças da nova Chevrolet S10 2017 chega com novos faróis com a presença de LEDs diurnos, bem como com grade dupla, a qual foi totalmente redesenhada. Já no para-lamas e no para-choque foram inseridas linhas mais atuais.

Os retrovisores também passaram por modificações e agora passaram a contar com repetidores de direção. Novos desenhos foram inseridos nas lindas rodas de alumínio, sendo que nas versões LS e LT a grandalhona vem com rodas 16 polegadas e nas versões LTZ e High Country ela vem de fábrica com rodas 18 polegadas.

Outras novidades são as cores, pois a fabricante lançou duas novas cores para o modelo, as quais foram batizadas com os nomes de Preto Ouro Negro e Azul Old Blue Eyes, as demais cores já conhecidas foram mantidas, sendo que os consumidores terão ainda as seguintes opções: Branco Summit, Vermelho Chilli, Cinza Sono f a Gun e Prata Swichblade.

A parte traseira também apresentará algumas modificações, dentre elas estão uma nova tampa de caçamba, inclusive com a presença de câmera de ré. Outras novidades são as chamativas lanternas de LED e a nova cobertura do assoalho da caçamba.

Já na parte interior, o painel de instrumentação apresenta um novo visual e o acabamento passou a ser o soft touch. O pacote tecnológico do modelo também ganhou reforços de ponta, uma vez que a fabricante inseriu no modelo computador de bordo com a disponibilização de informações de manutenção e navegação. Para aqueles que gostam de entretenimento, a central de multimídia dessa nova versão vem com os sistemas operacionais Apple Car Play e Android Auto.

Por Adriano Oliveira


Novo modelo da Toyota tem previsão para chegar ao Brasil no 1º semestre do ano que vem.

A Toyota demonstrou que tem planos para o lançamento da nova SW4 no Brasil. Segundo o presidente da Toyota do Brasil, Koji Kondo, na apresentação da Hilux 2016 na Argentina, ele apontou que o fato deverá acontecer no primeiro semestre do ano que vem.

A apresentação oficial da SW4 aconteceu na Austrália e na Ásia sob o nome de Fortuner. Diferentemente da nova Hilux, que conta com a dianteira semelhante ao Corolla, o modelo SUV da Toyota apresenta seus traços mais sofisticados e finos.

O motor da SUV é um 2.8 turbodiesel common-rail com quatro cilindros. O propulsor com 177 cavalos e 42,8 kgfm de torque é o mesmo que será apresentado na nova Hilux. As transmissões serão a manual e automática. Da mesma forma como a picape da Toyota, a SW4 terá no futuro um modelo com motorização flex.

O interior também se assemelha ao da nova picape. O painel tem o seu desenho igual, o porta-luvas conta com refrigeração, novas telas multifuncionais no painel e no console central. O modelo também conta com até sete airbags, espaço para sete pessoas passageiras e cadeirinhas com fixação isofix. Para os equipamentos, assim como na Hilux, há controle de estabilidade e tração, sensores de estacionamento, assistente para descidas e subidas e faróis em LED.

E a nova Hilux?

A Hilux 2016 teve a sua apresentação na cidade de Mendonza, na Argentina, no dia 05 de novembro, e chega a sua oitava geração. No Brasil, o modelo vai estar à venda no dia 18 de novembro. Serão cinco versões e os consumidores encontrarão preços a partir de R$ 114 mil (valor para a versão que não tem caçamba e é direcionada para empresas com venda somente sob encomenda). O custo inicial para as versões nas concessionárias é de R$ 118 mil.

A picape vai ter o novo propulsor movido a diesel 2.8 litros. Ele entrega 177 cavalos com uma melhoria de torque em 22% para a transmissão manual com 42,8 kgfm. A transmissão automática teve um rendimento elevado em 31% no torque com 45,9 kgfm. 

Toyota SW4

Toyota SW4

Fotos: Divulgação


Novo modelo será fabricado no Brasil e estará à venda até o final deste ano.

Finalmente, a Renault, fabricante e montadora de veículos francesa, revelou oficialmente a versão comercial da sua nova picape. Esta picape foi batizada com o nome de Duster Oroch. O modelo foi apresentado no 7º Salão de Buenos Aires, neste evento a empresa estava com um estande de 1.800 m² para fazer as suas exposições e acabou levando algumas novidades em âmbito mundial.

A picape Duster Oroch é a primeira picape da Renault a ter cabine dupla e por este motivo ela ganhou destaque entra as picapes médias. Ela foi projetada para utilização mista entre o trabalho e o lazer. Esta picape possui quatro portas e comporta até cinco pessoas. A Renault já divulgou oficialmente que esta novidade será fabricada em sua unidade aqui no Brasil, que fica na cidade de São José dos Pinhais, no estado do Paraná. A estimativa da empresa é de que este veículo ainda chegue ao mercado brasileiro para ser comercializado nas concessionárias da marca em todo o país até o final deste ano.

Não há como negar que esta picape da marca é um novo modelo trazido para o mercado e que acima de tudo esse lançamento corrobora a estratégia da Renault de globalização. Com o lançamento deste veículo, a empresa entra de vez no segmento das picapes de médio porte, segmento este que ainda não há concorrentes aqui no Brasil, tendo em vista que esta picape ficará no meio termo entre a picapes de pequeno porte, tais como, Volkswagen Saveiro e Fiat Strada, e a picapes de grande porte, tais como, Chevrolet S10, Toyota Hilux e Ford Ranger.

A Duster Oroch foi projetada com uma suspensão do tipo multilink no seu eixo da retaguarda e por enquanto será fabricada apenas com tração 4X2. Se formos fazer uma comparação dessa picape com o já conhecido Renault Duster, ela teve o seu entre-eixo com um pequeno aumento.

Por Adriano Oliveira

Renault Duster Oroch

Renault Duster Oroch

Renault Duster Oroch

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: