Modelos ganharam alterações significativas para começar a linha 2017 com pé direito.

Já vimos o Prisma e o Onix que já receberam suas mudanças para 2017. Porém, agora chegou a vez de mais dois modelos: o Chevrolet Cobalt e a Spin ganharem alterações significativas para começarem a linha 2017 com pé direito. A dupla está prevista para chegar às concessionárias em breve.

Entre as novidades vamos encontrar direção elétrica já de série, a presença do novo câmbio manual de seis marchas além de algumas variações mecânicas que foram realizadas com o principal objetivo de deixarem os veículos mais econômicos.

Recentemente, algumas dessas informações já haviam sido dadas pelo Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro. Entretanto, apenas agora é que a montadora divulgou os detalhes sobre todas as alterações que foram realizadas nos dois modelos.

Tanto a Spin quanto o Cobalt usavam o mesmo motor 1.8 flex. O propulsor recebeu uma atualização. Devido à integração de novos componentes bem como de alguns reajustes, o conhecido quatro cilindros 1.8 SPE/4 ECO agora conta com o potencial de render até 11 cv de potência e 17,7 kgfm de torque. Em uma comparação com o motor anterior vamos perceber que houve um aumento de 3 cv.

E tem mais, os dois modelos contam também agora com o sistema OnStar já de série. A presença da segunda geração da central multimídia MyLink também é um dos destaques. Vale chamar a atenção para o fato da central ser compatível tanto com o Apple CarPlay quanto com Android Auto.

Com as alterações feitas o Cobalt, por exemplo, deverá ter sua faixa de preços partindo de R$62.190 e indo até R$68.990. Já a Spin começa na casa dos R$57.990 e pode alcançar R$71.990.

A montadora já deixou claro que anda trabalhando com o objetivo de conseguir aumentar as vendas do Cobalt saltando das atuais 1.400 unidades para as 1.600 que deverão ser impulsionadas pelas alterações. No caso da Spin não há muita expectativa a esse respeito. Espera-se que o modelo continue emplacando algo em torno das 1.900 unidades por mês.

As alterações mecânicas feitas no Cobalt vieram em bom momento. Logo no início do ano o modelo ganhou uma significativa renovação em termos visuais, mas melhorias na dinâmica, na motorização e nos elementos em geral foram deixados de lado. Espera-se que a linha 2017 possa agradar. Não apenas pelo aperfeiçoamento nos itens, mas também pela economia.

Por Denisson Soares

Chevrolet Cobalt 2017

Chevrolet Spin 2017

Fotos: Divulgação


De acordo com as informações oficiais o modelo só deverá chegar às concessionárias a partir do dia 25 de agosto de 2016.

A Honda realizou recentemente uma espécie de avant première para a décima geração do Civic. De acordo com as informações oficiais o modelo só deverá chegar às concessionárias a partir do dia 25 de agosto de 2016. O Honda Civic já havia sido lançado nos Estados Unidos, com isso, a maior parte da curiosidade que se poderia ter em relação ao carro praticamente já nem existe. De qualquer forma o suspense já pode dar-se por encerrado.

Uma das principais novidades do novo Civic é a integração do motor 1.5 turbo movido a gasolina. São 173 cavalos de potência e 22,4 kgfm de torque. O bloco trabalha conjugado com câmbio CVT que será uma exclusividade da versão topo de linha, a Touring.

No caso das outras versões o carro continuará com o motor 2.0 SOHC i-VTEC que conta com uma potência de 150 cavalos com gasolina e 155 cavalos movido com Etanol. Os torques ficam e 19,3 kgfm e 19,5 respectivamente. Aqui vale chamar a atenção para uma certa redução no consumo de combustível com a conjugação do câmbio CVT.

De acordo com informações da própria montadora, a partir de agora a divisão entre as versões deixará de ser verticalizada seguindo o padrão da opção mais cara se sobrepondo a mais barata. Agora a estratégia adotada é horizontal com ofertas e propostas distintas para os clientes que tenham interesses igualmente diferentes.

A lista de itens de série também chama a atenção. Entre eles vamos contar com comandos de áudio no volante, alto falantes dianteiros e traseiros, conexões USB e auxiliar, câmera de ré com multi-visão, freios a disco nas quatro rodas, com ABS e EBD, Isofix, freio de estacionamento elétrico, assistente de partida em aclive, controles de tração e estabilidade, airbags frontais, laterais e de cortina, tapetes acarpetados, painel e laterais de porta com plástico soft touch, forro do teto em tecido escuro e acabamento com costuras, retrovisores elétricos, faróis de neblina, luzes de rodagem diurna em LED, faróis e as lanternas em LED.

Os preços começam em R$87.900 na versão Sport 2.0 manual e vão até R$124.900 na Touring 1.5 turbo CVT.

Nessa última opção teremos entre outros itens a presença de rodas de liga leve de 17 polegadas, retrovisor eletrocrômico, para-brisa com tratamento acústico, botão de partida e partida remota, sensores dianteiros e traseiros de estacionamento, assistente de ponto-cego, teto solar e o conjunto ótico de LED.

Por Denisson Soares

Honda Civic


Modelo híbrido da Toyota tem preço inicial de R$ 119.950.

A Toyota lançou recentemente, no mercado brasileiro, o novo Prius 2016. Trata-se nada menos do maior sucesso em escala global quando o assunto é automóvel com tecnologia híbrida. O Prius 2016 é o primeiro carro construído através da nova plataforma TNGA, possui um visual com muitas mudanças além de grandes avanços aerodinâmicos e tecnológicos. O preço inicial do mesmo é de R$ 119.950.

Um dos grandes destaques deste lançamento é, sem sombra de dúvidas, o design do mesmo. O Prius 2016 conta com linhas renovadas com traços triangulares, a dianteira comporta um novo padrão de design estabelecido pela Toyota, a parte lateral possui uma coluna C em preto que acaba dando a sensação de um teto flutuante. A traseira também se destaca, haja vista uma espécie de aerofólio que vai até os vincos laterais.

Além disso, podemos destacar a renovação no conjunto híbrido do Prius. Dessa forma, agora temos o Hybrid Synergy Drive, que conta com motor a gasolina de 1.8 litro VVT-i de 98 cv de potência a 5.200 giros e 14,2 kgfm de torque além do motor elétrico de 72 cv e 16,6 kgfm de torque. Uma das grandes prioridades desse automóvel foi justamente o baixo consumo de combustível. A Toyota ainda destaca que o Prius 2016 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 11 segundos.

Como já destacado, a Toyota deu uma atenção especial para o consumo de combustível. Portanto, o Prius ficou 24% mais econômico se comparado com sua antiga versão, segundo o Inmetro. Dessa forma, o mesmo passou de 15,2 para 18,9 km/l com gasolina na cidade. O mesmo também se destacou nas estradas, haja vista ter passado de 14,3 para 17,0 km/l. Tais resultados fazem do Prius 2016 o automóvel mais econômico do país.

O mais novo lançamento da Toyota também se destaca bastante quando o assunto são os chamados itens de série. O automóvel conta com um grande número de itens de série, dentre os quais: sistema de ignição do motor por botão, ar-condicionado dual zone com comando S-Flow, travas elétricas, controle de velocidade de cruzeiro, os bancos possuem revestimento em couro e material sintético, retrovisores externos elétricos, volante em couro com comandos integrados do áudio e do computador de bordo, aquecimento dos bancos dianteiros, sistema de navegação GPS integrado, além de outros itens.

Por Bruno Henrique

Toyota Prius 2016

Toyota Prius 2016

Fotos: Divulgação


Veículo ganhou um motor modificado e conta com potência igual ao Up TSI

Antigamente ter um carro 1.0 praticamente era sinônimo de sofrimento para o condutor. Porém, nos últimos anos as montadoras têm investido em tecnologia e consequentemente tem conseguido mostrar que motores de baixa cilindrada podem sim serem bons. No cenário atual a Volkswagen, a Ford e quem diria, até a Audi, tem trabalhado com motores 1 litro. Exemplo disso é o mercado europeu que conta com versões do A3, Fusion e do Golf com motores 1.0 com mais de 100 cv.

Apesar de que em terras brasileiras a coisa toda ser um pouco mais limitada também temos aqueles modelos que chamam a atenção por um ou outro motivo. Entre eles está o HB20 Turbo.

Coincidência planejada ou não o HB20 Turbo apresenta os mesmo números em termos de potência que o Up TSI. Com etanol são 105 cv e com gasolina 98 cv. A transmissão do carro é manual e de seis marchas.

A montadora irá disponibilizar a opção turbo com as carrocerias sedã e hatch nas versões Comfort Style e Comfort Plus. O plano é de que o carro figure na tabela como uma alternativa de nível intermediário. Basicamente ficará entre o 1.0 aspirado de 80 cavalos e o 1.6 de 128 cv.

Em termos visuais a única diferença que iremos ter será apenas a inscrição Turbo bem na tampa do porta-malas.

Sobre os preços as versões turbo deverão custar em torno de R$3,7 mil a mais do que as versões aspiradas.

Durante a apresentação do carro o gerente de planejamento da marca, Rodolfo Stopa, comentou que será preciso convencer os consumidores de que um motor 1.0 turbo é relativamente melhor do que um 1.4.

A Hyundai também fez questão de deixar claro que o motor presente no HB20 Turbo não é apenas um bloco 1.0 com turbo instalado. Mas sim, um motor que passou por diversas alterações para a otimização do desempenho.

A modificação mais clara é o acréscimo de uma pequena turbina com 34 mm de diâmetro de baixa inércia. O dispositivo fornece até 0,9 de pressão. Trabalhando junto com ela ainda tem um intercooler que tem a função de resfriar o ar que transita pelo motor.

No momento atual o Up TSI é o único modelo no mercado que possui um motor 1.0 turbo. Ainda assim a Hyundai não considera o modelo com um rival. O gerente de produtos da marca afirmou que nas pesquisas quem analisa o HB20 deixa de lado a ideia de comprar um Up.

Se o executivo estiver certo é bom que os consumidores olhem um pouco mais atentos para o HB20 Turbo.

Por Denisson Soares


Novo modelo da Toyota tem previsão para chegar ao Brasil no 1º semestre do ano que vem.

A Toyota demonstrou que tem planos para o lançamento da nova SW4 no Brasil. Segundo o presidente da Toyota do Brasil, Koji Kondo, na apresentação da Hilux 2016 na Argentina, ele apontou que o fato deverá acontecer no primeiro semestre do ano que vem.

A apresentação oficial da SW4 aconteceu na Austrália e na Ásia sob o nome de Fortuner. Diferentemente da nova Hilux, que conta com a dianteira semelhante ao Corolla, o modelo SUV da Toyota apresenta seus traços mais sofisticados e finos.

O motor da SUV é um 2.8 turbodiesel common-rail com quatro cilindros. O propulsor com 177 cavalos e 42,8 kgfm de torque é o mesmo que será apresentado na nova Hilux. As transmissões serão a manual e automática. Da mesma forma como a picape da Toyota, a SW4 terá no futuro um modelo com motorização flex.

O interior também se assemelha ao da nova picape. O painel tem o seu desenho igual, o porta-luvas conta com refrigeração, novas telas multifuncionais no painel e no console central. O modelo também conta com até sete airbags, espaço para sete pessoas passageiras e cadeirinhas com fixação isofix. Para os equipamentos, assim como na Hilux, há controle de estabilidade e tração, sensores de estacionamento, assistente para descidas e subidas e faróis em LED.

E a nova Hilux?

A Hilux 2016 teve a sua apresentação na cidade de Mendonza, na Argentina, no dia 05 de novembro, e chega a sua oitava geração. No Brasil, o modelo vai estar à venda no dia 18 de novembro. Serão cinco versões e os consumidores encontrarão preços a partir de R$ 114 mil (valor para a versão que não tem caçamba e é direcionada para empresas com venda somente sob encomenda). O custo inicial para as versões nas concessionárias é de R$ 118 mil.

A picape vai ter o novo propulsor movido a diesel 2.8 litros. Ele entrega 177 cavalos com uma melhoria de torque em 22% para a transmissão manual com 42,8 kgfm. A transmissão automática teve um rendimento elevado em 31% no torque com 45,9 kgfm. 

Toyota SW4

Toyota SW4

Fotos: Divulgação


A segunda geração do Porsche Panamera será fabricada sob a nova plataforma modular MSB.

No mercado automotivo de hoje, quem não se atualiza acaba perdendo a simpatia dos consumidores. E pensando em se manter entre os tops, a Porsche já prevê quando irá aposentar a atual versão do Panamera, lançada em 2009.

No decorrer do mês de setembro, enquanto ocorria o Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, o CEO da Volkswagen (marca que detém a Porsche), Matthias Müller, aproveitou o evento e afirmou que a nova geração do cupê, que terá quatro portas, deve chegar ao mercado já no primeiro semestre de 2016.

Boa parte das informações ainda é um mistério, mas o que se sabe é que a segunda geração do Porsche Panamera será fabricada sob uma nova plataforma, a modular MSB, pertencente ao grupo VW. Entre outros recursos, isso significa que o novo modelo ficará até 90 kg mais leve em relação ao modelo atual.

Em termos de mecânica, o novo Panamera terá blocos de motores que incluem opções com seis e oito cilindros. Essas versões serão turboalimentadas. Além disso, também existirá uma versão híbrida, que obviamente terá menores índices de emissões de poluentes, bem como uma eficiência maior.

Quando se fala em design, a mídia especializada não espera que haja mudanças significativas, com alterações apenas no estilo visual. O que deve ser novidade é algo inédito para a linha: um modelo shooting break, que nada mais é do que uma perua, apresentada como conceito por enquanto. Além disso, também está prevista uma versão com eixos maiores, portanto, mais alongada.

Ainda não se tem especulações de qual será o valor provável do novo Panamera, mas é de se esperar que não seja um modelo acessível para qualquer um. Também não há informações se o modelo chegará ao Brasil, muito menos quando isso deverá acontecer. O que é certo é que podemos esperar um veículo de deixar até os menos apaixonados por carros de queixo caído.

Por Felipe Villares

Porsche Panamera 2016

Porsche Panamera 2016

Fotos: Divulgação


Modelo trará novo design reforçando sua esportividade. Ele terá sua produção nacional iniciada na cidade de Araquari, em Santa Catarina.

Na virada de 2015 para o ano de 2016, o veículo líder de vendas no segmento premium, o famosa BMW Série 3, terá o seu visual modificado. Só neste ano de 2015, o veículo já conta com o total de 3.743 unidades comercializadas. Após ter sido realizada a apresentação do facelift pela divisão europeia em comemoração aos 40 anos da família, o BMW Série 3 contará com uma configuração produzida nacionalmente na unidade da cidade de Araquari (SC), possivelmente esta produção terá o seu início no último trimestre deste ano de 2015,

A BMW brasileira vem se esforçando sobremaneira, a fim de acelerar a chegada deste novo modelo reestilizado e também para não perder o embalo das vendas deste sedã que, atualmente, é o responsável por um total de 44% de todo o volume de vendas da empresa no país.

Devido a isso, o Série 3 totalmente renovado irá passar na frente de outra novidade que também será lançada em breve que será o Série 1,  veículo este que ganhou um novo design no Salão de Genebra, sendo que a previsão de lançamento deste nacional ficará somente para o primeiro trimestre do ano de 2016.

As alterações trazidas pelo Série 3 acabaram reforçando ainda mais o design do veículo na sua largura e também na sua esportividade, embora o chassis utilizado seja exatamente o mesmo dos modelos atuais.

Na parte frontal, a maior novidade trazida por este veículo é na entrada de ar dianteira, já os bonitos faróis full-LED são disponibilizados aos clientes como um dos opcionais. Já na parte interna, o destaque ficou por conta do novo sistema de navegação que possui gráficos em 3D e que possui atualização feita gratuitamente durante 3 anos, ainda há no belíssimo painel deste carro detalhes cromados não só nos botões como também nas saídas de ar.  

Por Adriano Oliveira

BMW Série 3 reestilizado

BMW Série 3 reestilizado

Fotos: Divulgação


Novo modelo traz design esportivo e exclusivo, além disso, conta com um motor capaz de gerar 167 cv de potência.

O novo Fiat 500 Abarth 2015 apresenta conceitos e novidades inovadoras. O automóvel conta com um design esportivo e exclusivo, que faz a diferença em cada detalhe. O exterior do caro tem pinças de freio que foram pintadas em vermelho porque foram inspiradas na esportividade e robustez. Além disso, o Fiat 500 Abarth é equipado com rodas de liga leve exclusivas de 16” e conta com faróis exclusivos que tem uma tecnologia com controle de facho de luz, que é ideal quando o caminho esta muito escuro e de difícil visualização.

No interior do carro, o motorista deve se sentir como um verdadeiro piloto. Os bancos exclusivos esportivos fazem parte da nova categoria, sendo o interior todo revestido em couro e com costura vermelha. Para quem adora ouvir música, o novo Fiat 500 foi projetado com som de qualidade, sendo equipado com o exclusivo áudio Beats, que é uma das principais grifes de todo o mundo. O sistema de som do carro conta com 6 alto-falantes premium, além de um sub-woofer de 8 polegadas e também um amplificador que tem 368 Watts de potência.

O Fiat 500 Abarth conta com motor de 167 cv de potência e 23 Kgf.m de torque. Ele tem a capacidade de alcançar em 6,9 segundos 100 km/h. A performance do automóvel também pode ser acompanhada por meio do medidor de pressão turbo, que possui o indicador de módulo de direção, além do aviso de troca de marchas.

Outro diferencial da nova categoria é a presença da suspensão esportiva, que proporciona mais estabilidade para o motor Multiair Turbo. Para proporcionar mais conforto, o carro conta com ar-condicionado automático e 7 airbags para a segurança: dois frontais, dois na janela, um no joelho, além da presença de dois nas laterais. Com a direção elétrica, o motorista tem mais suavidade na direção e facilidade para executar as manobras.

Qual a sua opinião sobre o novo Fiat 500 Abarth 2015? 

Por Babi

Fiat 500 Abarth 2015

Fiat 500 Abarth 2015

Fotos: Divulgação


Novo modelo está maior, com o acréscimo de 27 cm em seu comprimento e 9 cm na largura. O porta-malas também aumentou sua capacidade, agora contando com 360 litros.

Foi mostrada pela fabricante de veículos automotores Mini, no Salão de Frankfurt, a mais nova geração do Clubman, veículo que é a versão mais alongada do Hatch. Este modelo que sempre apresentava no seu design linhas controversas ficou ainda mais semelhante com a station wagon.

Pelo o que foi divulgado pela Mini, este veículo se trata do maior modelo já fabricado pela montadora. Se compararmos esta nova geração do Clubman com o Mini hatch de 5 portas, teremos um acréscimo de incríveis 27 cm no comprimento e outros 9 cm a mais na largura, já a distância do entre-eixos aumentou 10 cm. Dentro de todas estas mudanças a que foi considerada como o maior destaque foi o aumento do volume do porta-malas, característica esta que sempre era criticada, porém dessa vez o compartimento alcançou os consideráveis 360 litros de capacidade.

Um dos pontos considerados como positivo na versão anterior do Clubman que era a abertura dupla do compartimento do porta-malas foi mantida nesta nova versão, contudo o detalhe que sofreu modificação foi a quantidade de portas. A carroceria deste veículo nesta nova versão veio no estilo convencional e com quatro portas em substituição da antiga que possuía uma porta do lado do condutor e outras duas do lado do passageiro, sendo que uma delas tinha abertura feita de modo invertido.

Dentre as novidades que foram trazidas por este novo modelo, estão o sistema de freio de estacionamento eletrônico, ajustes nos bancos por comandos elétricos e um sistema bastante interessante que faz a abertura do compartimento traseiro de forma automática.

Com relação às especificações técnicas relacionadas à motorização, o Clubman traz as mesmas das demais versões, sendo que na versão de entrada o veículo traz consigo um propulsor 1.5 turbo de três cilindros, o qual tem a capacidade de produzir uma potência máxima de 136 cavalos, já na opção S o carro possui um motor 2.0 turbo com capacidade de gerar uma potência máxima de 192 cavalos. Já no mercado europeu a fabricante lançará uma versão com motor movido a diesel, o qual terá a capacidade de produzir uma potência máxima de 150 cavalos.

No continente europeu, a comercialização desta nova versão do Clubman terá início no dia 31 de outubro ainda deste ano, já para o mercado brasileiro a fabricante não divulgou datas, porém disse que pretende iniciar ainda neste ano.

Nova Mini Clubman

Nova Mini Clubman

Fotos: Divulgação


Novo modelo será uma versão conversível do superesportivo da montadora. Ele estará no mercado europeu em breve e terá seu preço estipulado de 186.450 euros.

O Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, tem revelado diversas máquinas com quatro e duas rodas, e uma delas é um modelo da Lamborghini, super aguardado pela maioria dos aficionados por carros. O veículo em questão é o novo Huracan Spyder, que será uma versão conversível do superesportivo da montadora.

A base do Lamborghini Huracan Spyder é a mesma do coupé, com a diferença que seu teto terá uma capota eletro hidráulica feita em lona, com comando localizado na central do console. Para que a capota seja movida totalmente, é necessário que o carro esteja em uma velocidade máxima de 50 km/h, com um processo que pode levar até 17 segundos. O interessante é que a Lamborghini oferece opções de cores diferentes para a capota, em versão preta, vermelha e marrom.

Como não poderia deixar de ser para um supercarro, a montadora ainda traz itens como duas aletas, que servem para deixar o fluxo de ar mais otimizado através do compartimento do bloco de motor. Além disso, o superesportivo ainda vem com um duto interno, com a função de reduzir a turbulência enquanto o veículo está com a capota aberta.

Obviamente sendo um supercarro, sua configuração mecânica é muito interessante: a marca utilizou um bloco V10 aspirado de 5.2 litros, que gera a potência de 610 cv, rodando a 8.250 rpm. Seu torque é de 57,1 kgfm, rodando a 6.500 rpm. A velocidade máxima do Huracan Spyder é de 324 km/h, e, de acordo com a Lamborghini, ele chega de 0 a 100 km/h em incríveis 3,4 segundos.

O veículo tem previsão de chegar ao mercado europeu dentro de alguns meses, e seu preço estipulado é de 186.450 euros, o equivalente a R$ 805 mil, com o dólar atual. Ainda não há informações se o veículo desembarcará em terras brasileiras, mas caso isso aconteça, será que alguém terá condições de desembolsar um valor desse?

Por Felipe Villares

Lamborghini Huracan Spyder

Lamborghini Huracan Spyder

Fotos: Divulgação


Novo modelo será um conversível com design mais esportivo. Ele contará com um novo sistema que permite que a capota seja aberta e fechada em apenas 12 segundos.

No dia 27 de agosto, a Smart revelou o novo modelo que será mostrado no Salão de Frankfurt no mês de setembro. O novo Fortwo Cabrio traz uma nova opção para os fãs do modelo. A opção conversível baseada no design do cupê do Fortwo e com design familiar deixa o automóvel com aspecto mais esportivo.

O novo teto conversível é revestido de lona retrátil nas cores: vermelha, azul e preta, controlado eletricamente e com para-brisas traseiro de vidro. O novo sistema permite que a capota seja aberta e fechada em apenas 12 segundos, conforme informa o fabricante.

A Smart afirma que, após o lançamento, o modelo estará disponível com dois motores diferentes de três cilindros. Um deles com 71 cv e 9,27 kgfm de torque e outro de 90 cv e 13,76 kgfm de torque. Outra opção está no câmbio, que pode ser de cinco marchas manuais, ou com transmissão automática, com embreagem dupla de seis velocidades.

O fabricante garante também algumas melhorias quanto a resistência à torção, pois esta cresceu aproximadamente 15%. Mudança que foi possível graças aos trabalhos dos engenheiros que adicionaram reforços nos chassis através de barras antitorção, além de tubos de aço com alta resistência nas colunas “A”.

A expectativa é que o novo modelo seja lançado em novembro na Alemanha. A partir de fevereiro de 2016 o modelo será disponibilizado para venda na Europa.

Ao que tudo indica, a Smart conseguiu melhorias consideráveis em um modelo que traz algumas desvantagens pelo seu tamanho. O veículo, que comporta apenas dois passageiros (o motorista e mais um) tem dimensões bastante reduzidas, o que dificulta o desenvolvimento de um design mais esportivo. Por isso, o novo modelo conversível tem tudo para ser um grande atrativo.

O público terá acesso a um veículo ideal para transporte urbano, com baixo consumo de combustível, dimensões reduzidas, sem perder na potência / torque e com um toque esportivo.

Por André César

Smart Fortwo Cabrio

Smart Fortwo Cabrio

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá alto nível de qualidade e será mais longo e largo que os atuais.

A montadora Nissan promete mais uma novidade para o mercado de automóveis para o ano de 2016. Seu modelo March tem previsão de chegar às lojas no segundo semestre do próximo ano e promete ser um avanço de qualidade da linha.

A nova geração do compacto vem sendo tratada como a principal aposta da Nissan. O vice-presidente executivo da empresa, Trevo Mann, declarou em entrevista que a nova linha terá um dos níveis de qualidade mais altos do segmento. Além da alta qualidade, no novo modelo, o hatchback será mais longo e largo, o que segue o estilo mais encorpado antecipado no estilo Sway que foi apresentado em março, no Salão de Genebra.

A Nissan já confirmou que o novo March terá um apelo emocional muito forte no design. Fontes internas já confirmaram que detalhes como a grade em "V" cromada, lanternas em formato de bumerangue e faróis rasgados estarão presentes no novo modelo. Esses detalhes farão com que o "formato bolha" que identifica o modelo a pelo menos duas gerações desapareça. A intenção da montadora é agregar mais atributos e fazer com que o modelo cubra uma maior faixa de preços.

O visual externo do modelo lembrará muito o visto no sedan Maximano e no SUV Murano, que tem o design bastante elogiado no mercado. Novas tecnologias também podem ser inclusas no modelo e o desenho mais atraente do interior, com materiais de melhor acabamento também são uma aposta da montadora. A estreia oficial do modelo nos mercados brasileiros, porém, só acontecerá em 2017 ou início de 2018.

Quem quiser ter uma noção do que o novo modelo Nissan promete pode já estar atento ao novo crossover Kicks, que a montadora japonesa lançará no Rio de Janeiro, durante as olimpíadas do próximo ano. O modelo contará com uma filosofia parecida com a no dovo March e de certa forma será o primeiro da família, seguido pelo modelo hatch e em seguida pelo próximo Versa.

Por Patrícia Generoso

Novo Nissan March

Novo Nissan March

Fotos: Divulgação


Modelo elétrico da montadora recém-inaugurada deverá chegar ao mercado em 2017.

O futuro nos promete uma geração de carros cada vez mais ecologicamente corretos. Com o crescimento de usuários, a preocupação com o meio ambiente é uma das prioridades do setor automotivo para o futuro.  

Como as exigências para o futuro são bem claras, os pioneiros nessa tecnologia terão chances maiores de ter uma boa fatia no mercado e esse cenário favorece o aparecimento de novas montadoras. 

A marca recém-nascida Faraday Future aposta nessa nova fatia de mercado e em suas expectativas. A montadora norte-americana revelou um Teaser de seu primeiro modelo de automóvel, e já tem projeções bem otimistas sobre o futuro. 

A empresa, no entanto, não revelou grandes detalhes sobre o seu modelo pioneiro. O que foi revelado é que o carro estreante deve chegar ao mercado no ano de 2017 e será movido totalmente a energia elétrica o que fará com que tenha zero emissões poluentes. O modelo também será totalmente conectado e poderá ser personalizado.

A Faraday Future está bem otimista com relação ao seu futuro dentre as outras concorrentes e acredita estar pronta para ser uma liderança da indústria automotiva do futuro. Essa animação tem um motivo forte, já que a empresa recrutou um time de profissionais de primeira linha, considerados como os melhores do mercado no quesito inovação e tecnologia. Nomes como Nick Sampson, antigo líder da equipe desenvolvedora do Tesla Model S, Richard Kim que foi um dos responsáveis pelo conceito i8 e i3 da montadora BMW e Silva Hiti, que foi um dos projetistas do Chevrolet Volt são alguns que abrilhantam o time renomado da Faraday Future.

Resta-nos esperar o que o futuro nos proporcionará. Será que uma montadora completamente desconhecida do público conseguirá bater as vendas de outras já renomadas no mercado? Quais serão as inovações que a Faraday Future nos trará além do seu modelo elétrico? Será que somente essa inovação terá um destaque e uma aceitação alta no mercado? Só o futuro poderá nos responder.

Por Patrícia Generoso

Teaser da Faraday Future

Foto: Divulgação


Novo modelo conta com motor biturbo V8 capaz de produzir uma potência máxima de 560 cv.

Foi revelada pela fabricante de veículos automotores Audi, nesta última segunda-feira, dia 13 de julho de 2015 uma nova versão do veículo RS7. Essa nova versão foi batizada com o nome de Robby, este veículo passou por vários testes na pista de Sonoma, a qual fica localizada nos Estados Unidos no estado da Califórnia. Este novo veículo da marca alemã conseguiu, sozinho, fazer o percurso completo da pista que tem a extensão total de 4.050 metros no incrível tempo de 2min 01s 01.

As novidades deste lançamento da Audi são muitas, pois além deste carro ter sido agraciado com uma nova  pintura que preta e vermelha, a montadora conseguiu fazer com que houvesse uma redução de nada mais nada menos que 40 Kg em relação ao modelo anterior, contudo, infelizmente, a fabricante não revelou ainda quais foram as medidas necessárias para que este objetivo fosse alcançado. O único dado técnico a respeito deste veículo que a Audi já confirmou oficialmente é que o RS7 sairá de fábrica equipado com um motor biturbo V8, o qual será capaz de produzir uma potência máxima de impressionantes 560 cavalos e um torque de 700 mkgf.

Com a chegada do Robby, a Audi já decretou a aposentadoria do seu irmão mais velho que inclusive tem o nome parecido com o seu e foi batizado com o nome de Bobby, veículo este que conseguiu fazer o percurso completo em Hockeinheim, que fica na Alemanha, alcançando uma velocidade máxima de 240 Km/h de maneira autônoma. Esta tecnologia vem sendo utilizada pela Audi, a fim de fazer a implementação desse sistema para os demais veículos da marca. Um exemplo disso é o fato de que essa mesma tecnologia já será inserida no Audi A8, veículo que tem a previsão de chegada ao mercado para comercialização a partir do ano de 2017, ao que tudo indica essa será uma tecnologia que será aperfeiçoada e será inserida em muitos outros modelos da fabricante.  

Por Adriano Oliveira

Audi RS7 Robby

Audi RS7 Robby

Audi RS7 Robby

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá um design estiloso e contará com motor 1.4 com 155 cv de potência.

O novo hatch da linha Cruze da Chevrolet está chegando ao Brasil, a produção será em Rosário, na Argentina. Este modelo apresenta um estilo que combina e vai atrair muito o público mais jovem, mas também há pessoas que podem não achar muito diferenças dos outros estilos. Porém, é intenção da montadora que o carro seja um sucesso.

O carro possui um design com bastante estilo, pois vem na versão com três volumes até mesmo nas portas traseiras, como também passou por modificações na grade da parte dianteira e os novos faróis de LED para dar mais beleza ao novo Cruze Hatch. O veículo também possui motor 1.4, 155 cv de potência com turbo flexível. O para-choque adaptado com volumes e vincos, sete marchas, dupla embreagem, injeção direta e turbo bicombustível.

Os impasses na economia brasileira não permitiram que a fabricação do carro ocorresse no Brasil, a montadora decidiu realizar a produção na unidade de Rosário na Argentina, mas a distribuição vai atender toda demanda no Brasil e outros países latino americanos, mas é importante ressaltar que o mercado brasileiro desperta o interesse da montadora para ganhar a liderança de venda.

O novo Cruze Hatch vai ser apresentado no Salão do Automóvel em 2016, como também terá o lançamento previsto para o final do próximo ano de 2016 no mercado brasileiro ou início de 2017, e já vem adotando o modelo de 2017. E mesmo com a chegada do novo modelo, a fabricante vai manter as duas versões sedan e hatch, como também as opções de motor com seis marchas, caixa de câmbio automático ou manual. Ou seja, o interesse é apresentar todos os produtos da linha para o cliente escolher o estilo que mais agradou, pois o que vale para a GM é vender e conquistar o mercado automobilístico.

Enfim, o carro possui um estilo muito luxuoso, porém há pessoas que podem não gostar. E a opinião de todos é muito importante, por isso aproveite o espaço e deixe o seu post aqui sobre o assunto.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

 

Chevrolet Cruze hatch

Chevrolet Cruze hatch

Chevrolet Cruze hatch

Fotos: Divulgação


Montadora precisou adaptar o estilo do carro ao gosto dos consumidores europeus, que não gostaram do modelo com o estepe externo e, agora, receberam o novo modelo sem ele.

O Ford EcoSport é um dos modelos crossover mais vendidos do Brasil. O principal atrativo do utilitário é o estepe acoplado a tampa traseira, que está presente no modelo desde seu lançamento. Porém, nem todos os países gostam e apoiam essa ideia. O novo modelo Ford EcoSport 2016 foi lançado na Europa, dessa vez sem estepe externo.

A montadora americana teve que adaptar o modelo ao gosto dos europeus, já que seu primeiro ano de venda no país foi um verdadeiro fracasso. Os consumidores europeus alegaram que o modelo possuía preço elevado para as poucas vantagens que oferecia.  

O design externo sofreu algumas alterações na qualidade do acabamento, um novo estilo de porta traseira, para-choque e posição da placa. O crossover teve o isolamento interno melhorado, impedindo que sons externos retirem a atenção do motorista.

Houve também uma melhora no sistema de molas e amortecimento, rebaixando o veículo em cerca de 10 mm, que é responsável por garantir menor impacto do veículo em estrada de chão, tornando a viagem confortável.  A direção elétrica e controle de estabilidade do veículo também foram alterados para que se adequasse as exigências europeias.  O painel de ferramentas e o volante também sofreram alterações em seu design. A versão Titanium agora possui revestimento em couro como item de série.

Quanto à motorização do veículo, o mesmo não sofreu grandes alterações. Apenas a versão com motor 1.5 alimentada a diesel sofreu aumento de potência, passando de 90 para 95 cv.

Após essas alterações, a Ford tem como objetivo principal aumentar o número de vendas do EcoSport na Europa. O SUV americano vendeu apenas 13 mil unidades na Europa durante o seu primeiro ano de vendas. Durante esse ano, a montadora tem como objetivo atingir a meta de 36 mil unidades vendidas em toda Europa. Posicionar o Ford EcoSport entre os modelos mais vendidos da Europa será um árduo desafio para a montadora estadunidense.

Por Wendel George Peripato

Ford EcoSport sem estepe

Ford EcoSport sem estepe

Fotos: Divulgação


Novo modelo começará a ser comercializado no mercado europeu em julho deste ano. Contará com versões de 5 e 3 portas e Wagon.

A fabricante de veículos automotores Kia fez a revelação do facelift do Cee’d, uma vez que este veículo estará disponível para venda no mercado europeu a partir do mês de julho deste ano. O veículo passou por uma renovação e nesta renovação foram contempladas as versões do carro com cinco e três portas, além da versão Wagon, a maior parte das modificações foi feita no design destes carros.

Na parte externa, houve modificações nos para-choques traseiro e dianteiro, os quais ganharam novos detalhes cromados, a grade dianteira foi renovada e ficou com o padrão malha, as lanternas traseiras agora trazem a presença de LEDs, além das rodas que serão no tamanho 16 ou 17 polegadas, conforme a versão escolhida pelo cliente.

Já na parte interna, a Kia utilizou uma nova tecnologia que fez com que os níveis de ruídos e vibração que eram ouvidos nas versões anteriores deste carro fossem reduzidos, no painel de instrumentos, nas saídas de ventilação e na parte de cima da instrumentação foram inseridos detalhes cromados. O console central, os apontamentos cromados das maçanetas das portas, a manopla do câmbio e os comandos da climatização ganharam pequenos detalhes que foram pintados na cor preto brilhante.

Houve também uma atualização no software do sistema de infortainment, no qual foi inserido o novo sistema Kia Connected Services, o qual fornece ao proprietário do veículo informações a respeito do trânsito, bem como alertas de velocidade, tudo isso em tempo real.

No quesito segurança a Kia também não deixou a desejar, pois o sistema de segurança deste veículo também passou por uma atualização, sendo que no sistema de auxílio de estacionamento foi inserida a função de aviso de ângulo morto informações sobre as velocidades limítrofes.

Este carro será comercializado com um novo motor 1.0 ecoTurbo que terá três cilindros e terá versões capazes de produzir as potências máximas de 100 e 120 cavalos, este veículo terá versões movidas tanto a gasolina como a diesel. A versão topo de linha do Cee’d será a GT. Segundo às estatísticas que foram obtidas nos testes da fabricante este novo Cee’d será capaz de acelerar de 0 a 100 Km/h em apenas 7,6 segundos.

Por Adriano Oliveira

Kia Ceed

Kia Ceed

Kia Ceed

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com ótimas características e poderá ser vendido no Brasil por R$ 259.000.

As novidades automobilísticas são o que não faltam no mercado. A Mercedes-Benz anunciou o seu novo modelo da linha classe A – o A45 AMG 2016. O modelo do ano recebeu mudanças no design e uma melhor motorização. Segundo o anúncio da empresa, o modelo A45 AMG 2016 deve chegar ao mercado automobilístico europeu em setembro deste ano.

O modelo recebeu um facelift modesto, porém suficiente para agradar os amantes por velocidade. O modelo conta com para-choque com novo design, tornando-se um pouco mais agressivo. As lanternas e faróis do veículo sofreram reestilização e agora possuem tecnologia LED. Essa tecnologia faz com que haja uma melhor iluminação, economia e durabilidade.

O A45 AMG 2016 conta com um novo sistema de suspensão esportiva totalmente adaptável, que pode ser configurada em quatro modos: confort, sport, sport+ e individual.

Quanto ao interior do veículo, o modelo possui um volante com design clássico esportivo e multifuncional. O esportivo possui display com sistema multimídia de tela de oito polegadas, que é compatível com sistema Auto Android e CarPlay.

O A45 AMG – topo de linha da Mercedes – recebeu grandes melhorias, resultando em um desempenho incrível. A potência máxima gerada pelo motor 2.0 agora é de 381 cv a 6000 rpm. E o responsável por comandar todo esse potencial, é o cambio automático de sete velocidades e dupla embreagem.

O veículo também conta com sistema aerofólio em sua traseira, que garante maior estabilidade a altas velocidades.

O esportivo alcança a velocidade de 0 a 100Km/h em apenas 4.2 segundos, o que é aproximadamente 4 segundos mais veloz do que o modelo atualmente vendido. Quanto ao consumo de combustível, o modelo se mostrou bastante econômico para o segmento tendo autonomia de 14 Km/l, se conduzido a velocidade constante de 100 Km/h.

O modelo deve chegar ao Brasil com um preço um pouco elevado, cerca de R$ 259.000, e poderá ser adquirido sob encomenda.

Por Wendel George Peripato

Mercedes-Benz A45 AMG

Mercedes-Benz A45 AMG

Fotos: Divulgação


Montadora pretende lançar novos modelos de baixo custo para comercialização até 2018.

As novidades no mundo automobilístico não param. O presidente executivo da montadora alemã de automóvel Volkswagen afirmou que a empresa planeja criar novos modelos populares. Durante a entrevista ao jornal Bild am Sonntag,  Martin Winterkorn confirmou que o modelo deverá ser lançado na China e se possível em outros países até o ano de 2018.

A nova família de automóveis populares deverá possuir um baixo custo para venda e produção. Os modelos deverão ter segmentos SUV, sedan e até mesmo o hatchback. O que é excelente, já que esses modelos SUV e sedan costumam ter um preço um pouco acima da média.

Há alguns anos a empresa tem avaliado inserir modelos econômicos para os cidadãos, porém alguns contratempos impediram a empresa de atingir o objetivo com rapidez. Vale ressaltar, que a Volkswagen é conhecida mundialmente pela criação de modelos populares, tais como: o Volkswagen Gol e o Fusca, que mantiveram durante anos seguidos o posto de carros mais vendidos do Brasil.

A montadora alemã tem investido em novas tecnologias para motores 1.0. Recentemente, a empresa anunciou o 1.0 TSI Total Flex, que possui 3 cilindros e gera 105 cv de potência. Essa tecnologia poderá ser utilizada em modelos populares.

Os novos modelos populares deverão ser fabricados inicialmente na China, e o preço estimado de cada veículo deve girar em torno de 8 e 11 mil euros, ou seja, de R$ 27,9 mil a R$ 38,3 mil na cotação atual do euro, sem o acréscimo de impostos.

Ainda durante a entrevista Martin Winterkorn garantiu que a Volkswagen gostaria de trazer os novos modelos por um preço ainda menor, algo entre 6 mil e 8 mil euros. Caso outros países se interessem pela produção da nova família popular da Volkswagen os mesmos poderão ser fabricados.

Em tempos onde os lançamentos de modelos esportivos e sedans luxuosos são predominantes, a possibilidade da criação de novos modelos econômicos é uma excelente notícia.

Por Wendel George Peripato

Volkswagen


Novos modelos poderão representar o renascimento da marca.

A noite de 24 de junho foi bastante especial para a montadora Alfa Romeo, haja vista a mesma estar completando 105 anos naquela ocasião. Era esperado que a marca fizesse um grande lançamento surpresa, porém, isso não ocorreu. A mesma acabou apresentando o seu logotipo atualizado e Giulia, o novo sedan esportivo da marca. Ainda assim, a marca não deixou para trás a chance de um grande anúncio e disparou: a mesma tem como objetivo o lançamento de sete novos modelos até o ano de 2018. Confira mais detalhes na continuação desta matéria.

A imprensa mundial, presente no evento de 24 de junho, afirmou que se trata do renascimento da marca. Com isso, os objetivos da Alfa Romeo são bastante claros: a mesma pretende chegar ainda mais forte até o ano de 2018. Como já foi destacado, a empresa pretende lançar sete novos modelos que irão trazer um novos status para a marca. Além disso, é importante ressaltar que dentre esses sete modelos deve estar um SUV.

É importante ressaltar que a marca também pretende chegar a uma marca muito impressionante: 400 mil unidades até 2018. Todos esses planos e metas para 2018 são resultado direto do investimento de 5 bilhões de euros que havia anunciado recentemente o presidente da Alfa Romeo, Sergio Marchionne.

O presidente da Alfa Romeo também aproveitou para dizer que o grupo também tem outros objetivos e prioridades que vai trazer de volta um importante lugar no cenário mundial para a empresa italiana.

Um dos principais assuntos da noite foi Giulia, o novo sedan esportivo da Alfa Romeo. O mesmo é fruto de diversos trabalhos de um grupo chamado de Skunks, uma referência direta ao time de mesmo nome que foi encarregado de criar um jato de combate para os Aliados em tempo recorde durante a Segunda Guerra Mundial. A data oficial de chegada do sedan às concessionárias não foi divulgada, mas é especulado que isso deva ocorrer no início de 2016.

Por Bruno Henrique

Alfa Romeo Giulia

Alfa Romeo Giulia

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá potência de 420 cv e tem previsão de ser vendido apenas em abril de 2016.

A fabricante Lotus divulgou o lançamento do novo modelo, o 3-Eleven, que esteve à disposição no Festival de Velocidade de Goodwood na Inglaterra na data do dia 28 de junho de 2015. O carro parece ser um esportivo mais agressivo.

E de acordo com as últimas notícias, o Lotus 3-Eleven terá uma estrutura totalmente nova, confeccionado com um excelente material de alumínio. O roadster tem um peso aproximado de 800 kg, motor de 3.5 V6 e seis cilindros, ainda apresenta 420 cv de potência.  Possui também caixa de câmbio sequencial com adaptação de seis marchas, para reforçar a segurança de forma bem confortável dispõe de um cinto com seis pontos para o motorista e boa estrutura para evitar capotamento na pista ao dirigir.

Os pneus vêm com 225/40 na frente e 275/35 na parte traseira e está disponível na marca Michelin, as rodas são confeccionadas em alumínio com aro 18 na traseira e 19 polegadas na dianteira, possui switch de desativação da bateria. O modelo também dispõe de quatro pistões da AP Racing, ótimo controle de tração e freios ABS.

E com todos esses detalhes, o Lotus 3-eleven pode chegar a alcançar uma incrível velocidade de até 290 km/h. Sendo que o carro faz o percurso de até 100 km/h em apenas 3 segundos. A produção do novo modelo do Lotus 3-Eleven só terá inicio no mês de fevereiro de 2016 e talvez as vendas só ocorram em abril do ano que vem. A fabricante espera lançar no mercado em torno de 311 unidades. O valor está em torno de 80.000 euros até 95.000 euros.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

 

Lotus 3-Eleven

Lotus 3-Eleven

Lotus 3-Eleven

Fotos: Divulgação


Nova versão do modelo foi vista em rodovias brasileiras com pesada camuflagem, porém será lançado aqui apenas no início de 2017.

Pelo que já pode ser visto, a General Motors está trabalhando a todo vapor para fazer o lançamento do Novo Cruze versão 2016 no Brasil, haja vista que este veículo já foi visualizado rodando pelas rodovias brasileiras, porém com uma pesada camuflagem.

O novo Cruze foi revelado oficialmente pela empresa na semana passada, além dessa revelação a empresa divulgou oficialmente que este novo modelo será lançado aqui no país no início do ano de 2017. O visual deste novo Cruze será bem semelhante com o design do Cruze que é fabricado para o mercado norte-americano, porém, como não poderia ser diferente, com a presença de algumas novidades.

Este novo Cruze será equipado com o novo propulsor da General Motors que é o Ecotec 1.4 Turbo SGE todo confeccionado em alumínio e com injeção direta de combustível. Segundo as primeiras informações repassadas, a prioridade da fabricante neste veículo será o seu desempenho e por este motivo, quando chegar aqui no país, este motor já virá com a tecnologia bi-combustível, bem como com uma potência mais elevada do que a do Cruze norte-americano, ao que tudo indica, a potência dessa versão que será comercializada por aqui irá ser em torno de 170 cavalos.

Para aperfeiçoar o consumo de combustível a fabricante irá inserir neste veículo a transmissão automática do modelo GF6, a qual já está na sua 3ª geração, mas ainda serão mantidas as seis marchas da versão anterior, com essa transmissão os consumidores conseguirão fazer trocas de marchas de uma forma muito mais ágil, fator este que irá contribuir sobremaneira no consumo de combustível do veículo.

O Cruze versão 2016 acabou ficando um pouco mais longo, uma vez que foi construído na plataforma D2XX, a mesma que foi utilizada pela Opel  na geração do Astra, no total o Cruze ganhou 6,8 cm a mais de comprimento e 2 cm na distância entre os eixos, porém perdeu 2,5 cm na altura, mas em seus aspecto geral este modelo atual do Cruze ficou mais leve e mais espaçoso do que a versão anterior.

Ao que tudo indica as primeiras unidades dessa nova geração do Cruze irá serão importados do México, contudo já há a previsão que no início do ano de 2017 será feito o lançamento da versão com produção nacional.  

Por Adriano Oliveira

Chevrolet Cruze 2016

Chevrolet Cruze 2016

Chevrolet Cruze 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo será fabricado no Brasil e estará à venda até o final deste ano.

Finalmente, a Renault, fabricante e montadora de veículos francesa, revelou oficialmente a versão comercial da sua nova picape. Esta picape foi batizada com o nome de Duster Oroch. O modelo foi apresentado no 7º Salão de Buenos Aires, neste evento a empresa estava com um estande de 1.800 m² para fazer as suas exposições e acabou levando algumas novidades em âmbito mundial.

A picape Duster Oroch é a primeira picape da Renault a ter cabine dupla e por este motivo ela ganhou destaque entra as picapes médias. Ela foi projetada para utilização mista entre o trabalho e o lazer. Esta picape possui quatro portas e comporta até cinco pessoas. A Renault já divulgou oficialmente que esta novidade será fabricada em sua unidade aqui no Brasil, que fica na cidade de São José dos Pinhais, no estado do Paraná. A estimativa da empresa é de que este veículo ainda chegue ao mercado brasileiro para ser comercializado nas concessionárias da marca em todo o país até o final deste ano.

Não há como negar que esta picape da marca é um novo modelo trazido para o mercado e que acima de tudo esse lançamento corrobora a estratégia da Renault de globalização. Com o lançamento deste veículo, a empresa entra de vez no segmento das picapes de médio porte, segmento este que ainda não há concorrentes aqui no Brasil, tendo em vista que esta picape ficará no meio termo entre a picapes de pequeno porte, tais como, Volkswagen Saveiro e Fiat Strada, e a picapes de grande porte, tais como, Chevrolet S10, Toyota Hilux e Ford Ranger.

A Duster Oroch foi projetada com uma suspensão do tipo multilink no seu eixo da retaguarda e por enquanto será fabricada apenas com tração 4X2. Se formos fazer uma comparação dessa picape com o já conhecido Renault Duster, ela teve o seu entre-eixo com um pequeno aumento.

Por Adriano Oliveira

Renault Duster Oroch

Renault Duster Oroch

Renault Duster Oroch

Fotos: Divulgação


Modelos serão comercializados no Brasil no final do ano de 2015.

Foi mostrada oficialmente pela fabricante de veículos automotores Peugeot, nesta última quinta-feira, dia 18 de junho de 2015, no Salão de Buenos Aires, a nova versão reestilizada dos modelos Peugeot 308 e 408. Estes modelos, atualmente, são fabricados na unidade da empresa que fica na cidade de Palomar, na Argentina. Pelo que foi anunciado pela montadora há a previsão de que estes dois novos modelos cheguem ao mercado brasileiro no final do ano de 2015.

A única notícia a respeito dessa reestilização que deixou tanto os especialistas do ramo da automobilística quanto os consumidores um pouco desanimados foi o fato de que as mudanças que foram feitas no hatch 308 não terem acompanhado as mudanças do elogiado Peugeot 308 produzido e comercializado na Europa, o qual será importado para que os consumidores brasileiros adquiram.

As informações realmente dão conta de que, aqui no mercado brasileiro, a Peugeot irá apostar nas duas versões do 308, ou seja, tanto na argentina, que é a mais simples, quanto na versão europeia, que é a mais completa.

De acordo com as informações de bastidores da empresa, a respeito destes lançamentos aqui no país, para que não haja confusão por parte dos consumidores na identificação dos dois modelos, o argentino e o europeu, ela irá adotar uma nomenclatura específica e posicionamentos distintos para cada um dos Peugeot 308, ou seja, a primeira diferenciação a ser realizada será com relação aos valores das duas versões, pois o 308 fabricado na Argentina será uma opção mais acessível da marca no segmento dos hatches de médio porte, já a versão produzida na Europa será a topo de linha e mais recheada de acessórios. Contudo, a fabricante já deixou bem claro que independentemente dessa diferenciação entre os dois modelos, ambos serão tratados como complementares e serão bastante competitivos nas suas faixas de valores.

O certo é que assim como o modelo argentino, o modelo europeu também irá desembarcar aqui no país até o final deste ano de 2015

Por Adriano Oliveira

Peugeot 308 reestilizado

Peugeot 408 reestilizado

Fotos: Divulgação


Novo modelo esportivo foi lançado para comemorar os 60 anos da montadora.

Carros conceitos são sempre muito bem vistos e atualmente está na moda as montadoras lançarem algum. Eles são muito aguardados porque geralmente apresentam detalhes que podem estar presentes em carros no futuro. E agora a Renault lançou mais um conceito, o Alpine Celebration.

O veículo foi apresentado um pouco antes da largada da tradicional 24 horas de Le Mans, uma clássica corrida de esportivos, disputada na França.

A fabricante Alpine faz parte do Grupo Renault, e agora, com esse conceito, tende a finalmente lançar um modelo esportivo para comemorar os 60 anos da montadora. Pelos rumores, o Alpine Celebration seria uma prévia de um próximo veículo que a Alpine deve lançar, para a próxima temporada nas pistas.

O modelo, como todo esportivo, é bem agressivo, e possui um toque um pouco retrô, com itens que lembram carros dos anos 1970, contando com freios com pinças laranja nas rodas. Além disso, o Celebration ainda vem com saída dupla de escape e asa fixa.

Ainda na parte visual, o carro conceito é todo pintado em azul, com detalhes também em laranja. Apesar de tanta expectativa, a montadora francesa não divulgou as configurações mecânicas, nem itens pertencentes ao bloco de motor. Porém, segundo a imprensa internacional especializada, é bem provável que ele possua um motor 1.6 ou 2.0, pertencente ao Megane RS, contando com câmbio manual.

O Alpine Celebration também foi batizado de AS1 – Alpine Sport 1 – e tem peso de aproximadamente 1.100 kg. Especula-se que ele terá sua produção iniciada em março do ano que vem, onde deverá ser apresentado durante o Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça.

Esse modelo deve ser familiar para os brasileiros um pouco mais velhos, pois nos anos 1960 o país teve a produção do Alpine 108, na fábrica da Willys, e era bem parecido com esse novo conceito. No Brasil, ele recebeu três versões: coupé, conversível e berlinetta.

Por Felipe Villares

Alpine Celebration

Alpine Celebration

Alpine Celebration

Fotos: Divulgação


4ª geração do modelo deverá ser lançada em breve com melhorias no design e na dirigibilidade.

Um veículo que faz muito sucesso fora do país é o Toyota Prius. E agora, de acordo com o CEO da montadora, Jim Lentz, o carro deve chegar em breve a sua quarta geração.

O Prius é um dos híbridos de maior sucesso internacionalmente, tanto por sua qualidade como por seu design. E agora, de acordo com rumores, ele deve aparecer repaginado, ainda este ano. Tanto, que alguns flagrantes já foram feitos por blogs e sites especializados, principalmente na Ásia.

Nenhum detalhe específico ainda foi confirmado pela montadora japonesa, porém, o que foi divulgado oficialmente é que o novo Prius deve ter melhorias tanto na parte estética como em algo fundamental, como a dirigibilidade. Isso porque o veículo ganhou um novo centro de gravidade, que agora ficou mais baixo.

Outra informação confirmada por Lentz é que apesar do veículo apresentar melhorias ele não deve vir com 15% de modificação no desempenho em economia de combustível, pois esse número, segundo o próprio CEO, é exagerado.

O Prius ainda não ganhou um novo nome oficialmente, porém ele está sendo batizado de 690A. Na verdade, esse modelo já era para ter sido lançado no mercado, porém a própria Toyota não estava de acordo com o design do veículo. Os rumores dizem que ele deve ser lançado oficialmente nos Salões do Automóvel de Los Angeles e de Tóquio, que devem ocorrer ainda este ano, no mês de novembro.

Uma configuração importante deve ser melhorada, que é nas baterias: o novo Prius vem com esse item aprimorado, contando com baterias que possuem a mesma tecnologia utilizada em veículos de corrida.

Outra especulação interessante é sobre o sistema de tração, que deve vir agora nas quatro rodas, como opcional. Além disso, já na versão normal, o carro terá aumento na eficiência térmica do motor e uma redução de peso, o que melhora o desempenho do veículo. Ainda não há informações sobre o possível valor do novo Prius.

Por Felipe Villares

Novo Toyota Prius

Novo Toyota Prius

Fotos: Divulgação


Modelo luxuoso será lançado na Inglaterra e teve alguns detalhes repaginados.

Os veículos da Jaguar são sempre de deixar qualquer motorista de queixo caído. E agora a marca britânica apresenta mais novidades de dar inveja, com a linha 2016 do modelo XJ. O veículo teve alguns detalhes repaginados, como os novos faróis, que têm uma nova disposição em LED, além da grade frontal, que foi modificada. Também houve mudanças nas lanternas, que agora aparecem em uma fileira de LEDs, fazendo o formato de um J.

Porém, a maior novidade fica por conta da versão mais elegante do XJ, a Autobiography. Essa versão é a top de linha, e conta com entradas de ar cromadas na parte da frente, no para-choque. Internamente, luxo é o que não falta: o modelo vem com apliques de madeira de carvalho, acabamento interno com couro semi-anilina e bancos com massageadores. Além disso, os projetistas também pensaram no entretenimento, e inseriram duas telas de alta resolução com 10,2 polegadas para os passageiros dos bancos traseiros.

Pensa que acabou? Ainda não! A Jaguar ainda preparou a versão R-Sport, que como o próprio nome sugere, é altamente esportiva e imponente. Ela vem com saias laterais, spoiler frontal dividido em três partes, spoiler traseiro e entradas de ar laterais. A grade frontal e a moldura das janelas aparecem com acabamento em preto brilhante. Na parte interior, o veículo também não deixa nada a desejar, contando com volante esportivo, bancos tipo concha e apliques de fibra de carbono ou em preto brilhante.

Além disso, o veículo vem de série com direção elétrica, prometendo menor gasto de combustível e resposta mais rápida do motor. O novo XJ será vendido a partir do segundo semestre desse ano na Inglaterra, porém não há informações de o veículo deve chegar ao Brasil, nem seu possível valor. Na Inglaterra, os preços vão de 58.690 libras esterlinas (na versão SWB 3.0D) a 100 mil libras esterlinas, na versão LWB 5.0 Supercharge Autobiography, a top de linha.

Por Felipe Villares

Jaguar XJ

Jaguar XJ

Jaguar XJ

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com capota removível, entradas de ar mais modernas e detalhes em LED.

Os apaixonados por carros podem comemorar mais um lançamento: o Alfa Romeo 4C Spider, que foi apresentado no Salão de Detroit, em janeiro de 2015, chega com tudo ao mercado e promete desbancar seus adversários com beleza alinhada à esportividade e luxo.

A Alfa Romeo, famosa montadora conhecida em todo o mundo, resolveu inovar e lançar mais um Coupé. Contudo, alguns aspectos diferenciais podem ser percebidos nesta megamáquina da montadora, como será explorado no decorrer desta matéria.

O principal diferencial entre este carro e a versão 4C está na capota. A versão anterior, que não perdia em design e esportividade não apresentava a opção de descapote, ou seja, a capota era fixa e não poderia ser aberta pelo motorista. O charme de um carro conversível é incomparável e o prazer em dirigir aumenta ainda mais.

Além disso, muito do Alfa Romeo 4C Spider foi fabricado em fibra de carbono, o que dá mais resistência e menos peso ao carro. Tal fato, consequentemente, acaba aumentando a velocidade que pode ser desenvolvida pelo Alfa Romeo 4C Spider.

Além disso, o carrão, no que diz respeito ao aspecto do motor, ganhou um item inovador. O bloco do seu motor foi construído em alumínio, o que diminui em 22 Kg de peso total dessa parte do Alfa Romeo 4C Spider. Mais, o veículo ganhou entradas de ar mais modernas e conta com detalhes em LED, modalidade muito usada nos veículos atuais.

O Alfa Romeo 4C Spider apresenta um motor a gasolina turbinado que beneficia a máquina com 250 cv de potência máxima.

A embreagem dupla permite uma aceleração de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos e 258 Km de velocidade máxima.

A marca, como forma de dar maiores opções ao bolso e gosto dos seus exigentes usuários resolveu disponibilizar opções mais comuns do Alfa Romeo 4C Spider e a desportiva “Dual Mode” que é projetado em fibra de carbono.

Por Daniel Alves

Alfa Romeo 4C Spider

Alfa Romeo 4C Spider

Alfa Romeo 4C Spider

Alfa Romeo 4C Spider

Fotos: Divulgação


Novo modelo foi lançado no Brasil com preços que partem de R$ 68.990.

Foi confirmada, pela montadora Mitsubishi, na última quinta-feira, dia 11 de junho, a chegada da linha 2016 do Mitsubishi Lancer às concessionárias de todo o país. A versão 2016 do Lancer terá valor inicial a partir de R$ 68.990, sendo que o grande destaque que foi inserido na linha foi a versão HLE que ficou logo abaixo da GT que tem preços a partir de R$ 85.490.

Nessa nova configuração o veículo trouxe um novo para-choque dianteiro que é totalmente distinto das demais versões, este para-choque tem a sua parte central pintada na mesmo cor que o veículo, grades com molduras cromadas, e distância de 17 centímetros do solo o que no caso é bem maior da que era apresentada nas versões anteriores, as rodas desta versão chamam bastante atenção por serem de liga-leve no tamanho 16 polegadas. Além disso, este veículo trouxe, além de muita tecnologia embarcada, outros acessórios, ainda este carro tem sensor para acendimento automático dos faróis, ar-condicionado totalmente automático, teto solar, bancos totalmente revestido em couro,  volante multifuncional, sistema de multimídia que tem a presença de uma tela de sete polegadas e sete airbags.

A versão topo de linha é a GT, esta versão se diferencia da nova HLE nos seguintes detalhes: rodas de 18 polegadas também de liga-leve, retrovisor interno no modelo eletrocrômico, faróis bi-xenônio com a presença de limpadores, escapamento com a ponteira inox, grade frontal em modelo diferenciado e a presença de aerofólio traseiro, bem como spoilers nas laterais.

O motor desse novo Lancer foi mantido e continua sendo o de bloco com quatro cilindros 2.0 somente movido a gasolina, este motor oferece a este carro uma potência máxima de 16 cavalos de potência e torque de 20mkgf. A única versão que em com câmbio do modelo manual de cinco marchas é a MT, sendo que nas demais o câmbio utilizado foi o de seis marchas automático.

Confira a tabela abaixo com os valores e versões da nova linha do Lancer 2016:

– Mitsubishi Lancer MT: R$ 68.990;

– Mitsubishi Lancer HL: R$ 73.990;

– Mitsubishi Lancer HLE: R$ 85.490;

– Mitsubishi Lancer GT: R$ 89.490.

Por Adriano Oliveira

Mitsubishi Lancer 2016

Mitsubishi Lancer 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo tem previsão de chegada ao mercado em 25 de junho.

A fabricante de veículo automotores japonesa Nissan está com todos os preparativos para estrear  com o seu mais novo veículo, o Nissan Juke-R, que é um veículo exótico e compacto da marca. Este veículo se tornou um sucesso tremendo para a empresa, haja vista que este crossover tem o seu design esportivo que irá chamar a atenção de muitas pessoas por estar retornando mais uma vez no segmento de insanidade do Juke-R, contudo nesta oportunidade personalizado pela Nismo.

A Nissan já anunciou que fará a estreia oficial  em âmbito mundial do Juke-R Nismo no Festival de Velocidade de Goodwood, evento este que é realizado anualmente no Reino Unido. A Nissan irá lançar o primeiro teaser desse modelo, o qual tem previsão de chegada para o dia 25 de junho.

Apesar de ainda a Nissan não ter feito a divulgação de nenhum detalhe relativo à motorização deste veículo, o esperado por todos é que seja a mesma que é utilizada originalmente no GT-R, ou seja, um propulsor 3.8 V6 twin-turbo que é capaz de produzir como potência máxima nada mais nada menos do que 485cv. Todavia como foi confirmada a presença da Nismo nesta novíssima edição, o que é esperado é que a cavalaria Samurai que estará a bordo deste monstrinho alcance a potência máxima de nada mais nada menos do que 592 cv do GT-R Nismo.

A Nissan ainda não fez o pronunciamento de modo oficial se este veículo será apenas um conceito ou se fabricado com edição limitada para vendas. Este Nissan Juke-R ao que tudo indica terá uma performance bem superior do GT-R Nismo, que tinha a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,7 segundos e possuía uma velocidade máxima de 257 km/h.

Com relação aos valores, provavelmente este veículo terá o seu valor de mercado superando os US$ 600.000, valor este que supera o que era estipulado para a versão anterior. 

Por Adriano Oliveira

Nissan Juke-R

Nissan Juke-R

Fotos: Divulgação


Modelo será vendido apenas em uma cor, a Cyan Splash, um azul suave, e traz linhas mais agressivas, lembrando um modelo esportivo.

Uma nova geração de compactos deve desembarcar no mercado automobilístico. Estamos falando do novo modelo da Toyota, o Aygo x-cite 2015, que foi lançado pela montadora oriental no último sábado, dia 30.

Por enquanto, o modelo deve ser comercializado apenas na Europa, mas caso chegue ao Brasil, você já pode conferir as novidades. O veículo tem traços bem típicos orientais, com linhas mais agressivas, lembrando um modelo esportivo.

O Aygo x-cite 2015 vem em uma única cor, que inclusive é exclusiva, a Cyan Splash, um azul suave, mas elegante. Alguns detalhes do carro são na cor Black Piano, um preto bem marcante. De série, o veículo ainda vem com rodas de aro 15 polegadas na cor preto brilhante. Entre os opcionais oferecidos pela Toyota, está a pintura que pode ser diferente, com as colunas A e o teto pintados no mesmo tom das rodas.

Para deixar o veículo ainda mais esportivo, a marca também utilizou o esquema de duas cores na parte interna do carro, incluindo detalhes como o painel, que ainda possui outros detalhes em cromado, e o revestimento dos bancos, que possui as mesmas cores da parte externa do Aygo.

Na parte mecânica, o veículo da Toyota vem equipado com um motor de 1.0 litro, com três cilindros VVT-i movido a gasolina. Essa configuração faz com que o Aygo gere uma potência de 69 cavalos, com torque de 9,69 kgfm. O câmbio aparece em duas opções: automático x-shift ou manual.

Com esse motor, o Aygo se apresenta bem econômico e ecológico, emitindo 88g/km de CO2 e rendendo, em média, 26 quilômetros por litro.

Entre as novidades que podem estar presentes em outras versões do Aygo, está um sistema que evita colisão iminente, freando o veículo automaticamente em uma situação de emergência. Outra novidade é a possibilidade do carro receber um sistema que avisa quando há uma mudança involuntária de faixa de rodagem.

Por Felipe Villares

Toyota Aygo x-cite

Toyota Aygo x-cite

Fotos: Divulgação


Novo modelo garante alta potência, excelente tecnologia e visual luxuoso e cativante.

A Land Rover está lançando o mais novo modelo Range Rover Sport SVR. O veículo ainda possui poucos utilitários, mas é possível encontrá-lo em lojas brasileiras. E esse modelo de origem britânica promete ser a nova sensação, pois a montadora garante que este carro tem alta potência, excelente tecnologia e um visual bem luxuoso e cativante.

O estilo do carro combina com o preço, cujo valor de mercado está em torno de R$ 595.000,00. O Range Rover Sport SVR ainda recebe tratamento especial, pois as novas produções ainda serão feitas por encomenda, e o preço também garante ainda mais essa exclusividade.

E para garantir toda a tecnologia, o carro ganhou destaque quando completou a volta no circuito de Nurburgring com duração de 8 minutos e 14 segundos. Velocidade que garante a potência da máquina.

O novo Range Rover Sport está com novas características, pois apresenta novas mudanças no visual e proporciona mais beleza, além das mudanças nas configurações do motor e outros acessórios. A montadora ressalta que o carro passou por muitas modificações e agora está bem mais equipado.

A parte mecânica do Range Rover Sport vem com motor V8 5.0 Supercharged de 550 cv, transmissão automática com oito marchas e 69,3 kgfm.

O carro pode percorrer até 260 km/h. E com as novas adaptações dos freios Brembo, o veículo consegue suportar toda sua potência na estrada. E da garantia de oferecer maior segurança, pois ainda possui outros diversos tipos de sistema eletrônico para melhor controle e condução do motorista ao dirigir o carro.

O Range Rover Sport SVR também possui dispositivos de anti-rolagem na carroceria para proporcionar maior conforto e adaptação, além de proporcionar maior potência para a condução do veículo que reforça o perfil de condução esportiva.

O novo modelo também apresenta o design com alto padrão de luxo, pois dispõe de um visual mais agressivo, novo modelo de para-choque em um tom preto brilhante, laterais com rodas de liga leve de 21 polegadas no modelo esportivo, spoiler traseiro e ainda ganhou uma nova personalização na grade.

Na parte interna, os bancos ganharam um estilo esportivo e novas adaptações decorativas no painel.

Portanto, agora é só aguardar os comentários e comprovar toda essa potência do Range Rover Sport SVR.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

Range Rover Sport SVR

Range Rover Sport SVR

Fotos: Divulgação


Modelo, que será lançado no dia 20 de maio, está sendo desenvolvido com a parceria da Dacia e da Datsun.

O Renault Kayou, novo compacto da Renault, com previsão de lançamento na Índia para o próximo dia 20, foi flagrado mais uma vez sob alta camuflagem, dessa vez na Europa. Aparentemente usando o símbolo da Dacia, montadora romena de automóveis pertencente ao grupo Renault conhecida por carros de baixo custo, o novo compacto da francesa aparece pela primeira vez fora da Índia.

Mesmo que o carro ainda rode disfarçado por onde for, já se sabe que será o carro mais barato da Renault na Índia, superado até mesmo os preços do Sandero. O carro está sendo desenvolvido em parceria com a Dacia e a Datsun, essa última, que atua no mercado asiático, já dá previsões que o carro provavelmente será comercializado em outros mercados emergentes. O objetivo é atingir principalmente os clientes que estão adquirindo o primeiro automóvel, segundo a Renault.

O que já se sabe sobre o Kayou:

Ainda que poucas, as informações sobre o novo Renault Kayou já dão a direção e fazem os mais ansiosos tentarem prever como será o novo compacto da marca. Ele contará com um pequeno bloco 0.8 de três cilindros à gasolina, apelidado de BR-8, os motores combinarão baixa cilindrada com máxima eficiência energética, pois o objetivo principal é que seja um carro econômico. O preço do Kayou deve ser abaixo de 5 mil euros.  

E o Brasil?

Não há nada confirmado sobre o lançamento do Renault Kayou no Brasil, especulações existem e dizem que o carro chegará com algumas modificações, por exemplo, com um motor 1.0 de três cilindros. Por aqui, o carro mais barato da francesa é o Clio, que na sua versão mais recente custa em torno de 26 mil reais, o preço pode ter pequenas variações, dependendo da sua região.

Enquanto nada é confirmado, aguardamos o dia 20 de maio, quando finalmente vamos conhecer com maiores detalhes o carro que será lançado na Índia.

Por Tom Vitor de Freitas

Renault Kayou

Renault Kayou

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: