Os carros que perdem menos valor em 1 ano de uso são o Chevrolet Onix e o Hyundai HB20. Já, os que mais desvalorizam são o JAC J6, Geely EC7 e o JAC J3.

Ao comprar um novo carro, vários fatores devem ser levados em conta. Além das funcionalidades e atrativos do modelo, uma característica cada vez mais tem sido procurada pelos motoristas nos últimos anos: a capacidade do modelo se manter com um valor razoável para a revenda, ou seja, a sua capacidade de não-desvalorização ao sair da concessionária.

Um levantamento, que atualmente está em sua segunda edição, feita pela agência AutoInforme, ajuda os motoristas a fugirem dos modelos com alta desvalorização. Os dados mostram a depreciação de valor após a compra dos 140 veículos que são mais vendidos atualmente no Brasil. O resultado final é obtido através de comparação do preço de venda do veículo zero-quilômetro no mês de agosto do ano passado e seu valor de venda, como seminovo em agosto deste ano. Os preços utilizados são os da tabela Molicar, que são os valores utilizados no mercado.

Os modelos que tiveram uma variação muito alta, pela falta de disponibilidade no mercado ou pelos descontos repassados ao consumidor não foram incluídos na pesquisa, para evitar distorções em seu resultado final.

A pesquisa final mostrou que o JAC J6 é o veículo com maior desvalorização após um ano de uso. Seguido do Geely EC7 e do JAC J3 modelo 2014. Na outra ponta do ranking, entre os carros que menos perdem valor estão o Chevrolet Onix, com apenas 7,6% de desvalorização e o Hyundai HB20, que se desvaloriza apenas 8% ao ano. A explicação está no fato desses modelos serem mais populares e vendidos com mais facilidade.

Fatores para a desvalorização:

A perda do valor de um carro tem relação direta com a sua demanda no mercado. Quanto menor sua procura, menor o preço repassado ao consumidor. Por essa lógica, os modelos que mais irão perder valor são os luxuosos, pois após seu lançamento, poucos consumidores se interessarão por eles.

Mas a desvalorização também acontece com os mais populares. Nesse caso, as vendas totais do veículo não são suficientes para absorver sua oferta no mercado. Com mais modelos disponíveis, o preço acaba caindo.

Se a intenção é comprar um carro zero, o índice pode ajudar o consumidor a escapar dos modelos que perdem valor de revenda, pois em um cenário de crise, essa possibilidade tem que ser sempre considerada. Por outro lado, se a intenção do consumidor é conseguir compra um seminovo, o índice pode ajudar a encontrar um bom modelo, a um preço bem mais acessível do que o encontrado nas concessionárias.

Por Patrícia Generoso

Chevrolet Onix

Hyundai HB20

Fotos: Divulgação


Novo modelo não trará muitas novidades, mas virá com abertura inteligente do porta-malas, motor V8 5.0, e com a possibilidade de ser conectado por meio de uma transmissão automática que conta com 8 velocidades.

A Hyundai já está fazendo o novo desenvolvimento da linha Equus 2016, mas não haverá muitas mudanças significativas nos automóveis. A nova linha quando comparada com a versão top de linha, por exemplo, traz alguns diferenciais como a abertura inteligente do porta-malas, que oferece praticidade e conforto para o motorista, que consegue abri-lo de forma automática quando chega próximo ao veículo com as chaves.

Em relação ao novo motor, o Equus 2016 vai contar com um modelo de V8 5.0, que consegue realizar 433 cv de potência e 51,9 mkgf de torque. Outro detalhe, é que ele é conectado por meio de uma transmissão automática que conta com 8 velocidades e tem a capacidade de rodar até 6,3 Km com um litro de combustível na cidade. Em relação à estrada, o carro faz 9,7 km.

O preço da nova linha da Hyundai? A versão de entrada que é chamada Equus Signature 2016 vai ter o valor inicial de US$ 61,5 mil e o Ultimate, que é o topo da linha, vai ter o preço médio de, pelo menos, US$ 68.750,00.

A Hyundai também lançou o Centro de Serviços de pós-venda: Hyundai-CAOA. O lugar tem, aproximadamente, sete mil metros quadrados e visa atender 3 mil veículos mensalmente. O local tem uma infraestrutura completa para realizar reparos, além de revisões nos automóveis fabricados pela marca.

Um dos principais diferenciais é a possibilidade de realizar serviços rápidos e até revisões de 10 mil quilômetros em um tempo médio de uma hora. Os serviços rápidos incluem alinhamento, troca de óleo, entre outros. Para contar com a comodidade do serviço oferecido, os clientes poderão aguardar em uma sala confortável que inclui internet sem fio, café e um telão multimídia com informações sobre a marca.

O novo CAOA Hyundai Premium Services está localizado na Av. Imarés, 923, em Moema, São Paulo, SP. O horário de funcionamento é das 08h às 18h e funciona de segunda a sexta-feira.

Por Babi

Hyundai Equus 2016

Hyundai Equus 2016

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: