Modelo conta com 3 versões e preços que partem de R$ 79.990.

Em sua linha 2018, a Chevrolet Tracker teve um grande avanço com relação à substância e seu estilo. O crossover que vem do México recebeu o trem de força e a imagem do Chevrolet Cruze e é comercializado com um preço que inicia em R$ 79.990 na configuração LT, que não é a top de linha. Já o preço para versão LTZ é elevado para R$ 89.990 e ainda chega aos R$ 92.990 na configuração LTZ equipado com seis airbags.

Atualmente a versão de topo de linha do modelo encontra-se na terceira posição de veículos mais vendidos do segmento, ficando atrás somente do Jeep Renegade e do Honda HR-V, que são líderes de mercado. É válido lembrar também que a montadora americana pretende alcançar a segunda posição deste ranking pelo motivo do veículo ter sua importação limitada por cota. No mercado atual, será um dos topos mais rivalizados, afinal, existem diversos concorrentes novos como, por exemplo, o Hyundai Creta e também o futuro Renault Captur, os quais não possuem restrições de volume, já que os mesmos são produzidos em território brasileiro.

Sobre os preços e as versões da Chevrolet Tracker 2018

A Chevrolet Tracker, atualmente, é comercializada dentro do Brasil apenas em duas configurações de acabamento, que é a Tracker LTZ 1.8 e a Tracker LT 1.8. O valor sugerido para o crossover em sua versão de entrada é de R$ 77.790. Já a configuração mais completa, que é a top de linha (LTZ) possui um valor de R$ 89.990 nas concessionárias da marca da gravata dourada. Além também da versão LTZ que conta com 6 airbags, sendo comercializada por R$ 92.990

Ficha técnica da Tracker 2018

Com um propulsor 1.8 Ecotec (Flex) de 16 válvulas, gera 140 cavalos de potência ao ser abastecido com gasolina; e ao ser abastecido com etanol esse valor chega a 144 cavalos. Todas as versões já saem de fábrica com transmissão automática, juntamente com o modo manual com 6 velocidades.

Largura – 1776 mm

Comprimento – 4248 mm

Altura – 1647 mm

Peso – 1355 Kg

Entre-eixos – 2555 mm

Capacidade do tanque de combustível – 53 L

Capacidade do porta-malas – 306 L

Por Filipe Silva

Chevrolet Tracker 2018

Chevrolet Tracker 2018

Fotos: Divulgação


Versão mais básica do modelo chega às concessionárias custando cerca de R$ 76 mil.

Nesta semana, a Chevrolet anunciou que irá aumentar as versões do esportivo Tracker no mercado brasileiro. O modelo irá ganhar uma versão LT, com recursos mais básico e que custará R$ 76.990. É esperado que o utilitário esportivo chegue às concessionarias brasileiras ainda este ano.

Com a economia fragilizada, lançar uma versão mais básica e mais barata do modelo parece ser uma decisão acertada da Chevrolet e que certamente outras empresas devem adotar em seus modelos.

O SUV Tracker importado do México e lançado no Brasil em 2013 era vendido apenas na versão mais avançada, a LTZ, com preço sugerido de R$ 82.590. Devido a concorrência e ao fraco desempenho do mercado, a montadora resolveu disponibilizar uma versão com uma faixa de preço mais baixo. Os concorrentes diretos da Tracker são a Ford Ecosport, Honda HR-V, Peugeot 2008 e Jeep Renegade.

Ao lançar um modelo mais barato, a Chevrolet pretende aumentar as vendas do modelo no Brasil, aproveitando o bom momento dos carros SUV compactos no mercado nacional em relação aos outros segmentos. Adicionando uma versão mais acessível da Tracker, a Chevrolet passa a disponibilizar o modelo para um público mais amplo do mercado. Isso pode trazer um número consideravelmente maior e mais consistente de vendas.

O conjunto mecânico da Tracker é mantido no modelo LT. São eles: um motor Ecotec 1.8 16V flex com 144 cavalos de potência e 18,9 kgfm de torque a 3.800 rpm. O câmbio oferecido é automático e de seis marchas. A grande diferença dos modelos LT para o LTZ é o conjunto de equipamentos disponíveis. A versão LT oferece aos consumidores trio elétrico, computador de bordo, direção hidráulica, lanterna de neblina, faróis e um sistema multimídia com Bluetooth e CD MP3 Player. A central MyLink com tela touchscreen e GPS, o controle automático de velocidade e o volante multifuncional são exclusivos apenas da versão LTZ. No visual as diferenças são bastante sutis. As rodas do modelo LT são de 16 polegadas e feitas de alumínio. Já as da variante LTZ são de 18 polegadas liga leve.

Por William Nascimento





CONTINUE NAVEGANDO: