Guarda-costas de Cristiano Ronaldo bateu sua Bugatti Veyron de US$ 2 milhões


Dia 20/06, as férias do jogador português Cristiano Ronaldo, que aproveitava os seus dias de folga em Mallorca, na Espanha, foram atrapalhadas por um pequeno imprevisto. Isso, pois um dos guarda-costas do jogador bateu o seu Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse, que custa cerca de US$2 milhões (em conversão direta, R$10 milhões).


O momento em questão em que o acidente aconteceu se deu no momento em que Cristiano Ronaldo estava se deslocando com sua família e equipe de seguranças para um resort de luxo localizado em Serra Tramuntana, onde ficariam hospedados para aproveitar as férias do jogador. Ao que parece, o acidente em questão que aconteceu enquanto o guarda-costas do jogador dirigia o veículo ocorreu pelo fato de que esse não conseguiu reduzir a velocidade do veículo no momento a tempo para passar por uma curva, e sendo assim acabou batendo direto em um muro.


Apesar do ocorrido, o guarda-costas não se feriu com o acidente e continuou o percurso em questão para o resort onde Cristiano ficaria hospedado com sua família e equipe utilizando de outro veículo, juntamente com outra pessoa que compõe a equipe do jogador português. Outra pessoa que fazia parte da equipe do jogador ficou no local onde ocorreu o acidente para cuidar de todos os detalhes para a remoção do veículo e demais procedimentos que foram necessários no momento.


O acidente chamou a atenção por vários fatores, pelo valor estimado do veículo mas também pelo estrago causado neste, que pode ser conferido em diversas imagens que vem sendo replicadas nas redes sociais desde o momento do ocorrido. Nas imagens publicadas nas redes, é possível notar que o carro sofreu com muitos danos, principalmente em sua parte dianteira devido ao choque que sofreu no muro. A lateral do automóvel também sofreu com muitos danos, como mostram as fotos.


Cristiano Ronaldo está há alguns dias com sua família e sua equipe em Mallorca, onde tem aproveitado suas férias. O jogador passa os dias se dividindo entre o seu iate e uma mansão alugada por ele no local por cerca de R$60 mil a diária para poder aproveitar o momento em família antes de voltar para as suas atividades normais. No momento em que tudo ocorreu, o jogador deixou a casa onde estava hospedado para ir até o resort em questão e dois veículos fizeram parte do trajeto, o Bugatti acidentado e uma Mercedes Classe G.

O local exato do acidente em Mallorca foi o bairro de Bunyola, e logo após o momento rapidamente diversas imagens se espalharam pelo Twitter dando a notícia de que o carro do jogador havia se chocado contra um muro. O Bugatti faz parte de uma grande coleção de modelos do jogador, e é um dos principais itens desta. Cristiano Ronaldo é um grande admirador de veículos, e conta com uma coleção invejável de modelos. Na garagem do jogador atualmente os principais modelos encontrados são um Aston Martin, Audi, Bentley, Ferrari e Cadillac.

O Bugatti acidentado foi comprado pelo jogador português logo após Portugal ter conseguido conquistar o título da Eurocopa no ano de 2016, quando este venceu a França no momento decisivo do campeonato. A título de curiosidade, o modelo em questão é considerado como sendo um dos mais rápidos do mundo todo, e a versão que o jogador possui conta com diferenciais que o tornam ainda mais especial, como o fato de que este pode gerar 1.200 cv de potência, conseguindo sair da inércia total e alcançar 100 km/h em apenas 2,6 segundos, além é claro de sua velocidade máxima de 408 km/h.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.