Preço do Renault Sandero 2023 no Brasil


Renault aumenta preço do Sandero. Confira na matéria os valores.

Um dos modelos de carro mais vendidos no Brasil, o Renault Sandero, teve o seu preço aumentado no início deste ano. O modelo era vendido anteriormente por menos de R$ 70 mil, porém, no início deste ano de 2022 a montadora aumentou o preço do carro e agora ele é vendido a partir de R$ 80 mil.


Vale lembrar que anteriormente, o Renault Sandero Zen 1.0 era a versão mais barata do modelo vendida no Brasil. Porém, o modelo ganhou uma nova versão, a S Edition 1.0, que conta com um para-choque do Sandero RS, além de possuir luzes diurnas em LED, grade em forma de colmeia, faróis sem leds esportivos.


De acordo com as informações fornecidas pela Renault, o Sandero 2023 sofreu um aumento de R$ 3.500 em seu preço. O valor atual de venda do carro é de R$ 80.790. Embora o preço do carro tenha aumentado, o Sandero ainda se manteve entre os carros mais baratos do Brasil.


O motor utilizado no carro é o 1.0 Flex, capaz de fornecer 82 cavalos de potência e 10,5 kgfm de torque, acoplado a um câmbio manual de 5 marchas.


Quanto ao Renault Sandero GT Line, ele não teve aumento em seus preços, mas também não ganhou uma versão 2022/2023, o que pode indicar que o modelo saiu de linha. Apesar disso, ao ser questionada sobre esta possibilidade, a Renault tratou de negar esta possibilidade.

Em contrapartida, o Sandero R.S, que está fazendo a sua despedida antes de sair de linha, também teve o seu preço reajustado. O modelo teve um aumento de R$ 700 em seu preço, custando agora R$ 99.990. Vale lembrar que as unidades com Kit R.S. Finale só foram vendidos até o mês de março, isso porque o motor 2.0 aspirado não se encaixa as novas regras de emissões do Proconve e por isso não poderá ser mais vendido.

Fim do Sandero Está Próximo

Parece até mentira que um modelo de tanto sucesso como o Sandero possa sair de linha nos próximos anos. Porém, não é o que deverá acontecer com o veículo. Segundo declarações do CEO da montadora, Luca de Meo, tanto o Sandero como o Logan devem apenas cumprir o seu ciclo de vida já traçado. Com isso, os modelos devem permanecer por mais uns dois anos, se despedindo do mercado no final do ano de 2024.

Vale lembrar que até o ano de 2025, a Renault espera aumentar a sua rentabilidade mundial em 5%. Para isso, a empresa está focando cada vez mais no segmento de carros mais caros e com maior valor agregado, porém, ela não quer que esta mudança acabe afetando o posicionamento da marca no país.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.