Renault Kwid 2023 – preço, versões


O novo Renault Kwid 2023 possui um visual diferente do seu antecessor e está mais moderno.

De acordo com notícias divulgadas recentemente, o novo Renault Kwid 2023 acabou de chegar ao mercado do Brasil. O modelo em questão possui um visual diferente do seu antecessor e está mais moderno. Trata-se de um carro que pertence à categoria dos subcompactos e está sendo fabricado no Paraná.


O primeiro ponto que se destaca a respeito do veículo são as suas mudanças estéticas. Entretanto, a parte mecânica também passou por algumas melhorias. Tudo isso serve para justificar o aumento de preço, que fez com que o Renault Kwid 2023, na sua versão topo de linha, se tornasse o carro popular mais caro do Brasil, superando o Fiat Mobi Like. Assim, o modelo em questão custa R$67,6 mil enquanto o concorrente da Fiat custa R$61,9 mil.


É possível afirmar que o Renault Kwid 2023 chegou ao país sem a sua versão Life, que não possuía itens de série. Assim, foram mantidas somente as outras três versões do carro no catálogo da montadora, a Intense, a Zen e a Outsider. Todas elas têm a opção de itens adicionais, entre os quais se pode citar o teto na cor diferente da carroceria. Quando se fala sobre o quadro de instrumentos eletrônicos, vale ressaltar que este é um item de série. Ou seja, está presente em todas as versões lançadas do Kwid.


Primeiramente, vale ressaltar quais foram as mudanças exteriores do novo modelo da Renault. Nesse sentido, um aspecto que merece destaque é a dianteira do veículo, que foi totalmente repensada para esta versão. Assim, ela segue a moda iniciada por carros como a Fiat Toro e possui luzes DRL separadas dos faróis, localizadas logo abaixo destes.


Além disso, vale citar que as luzes de rodagem diurna são feitas em LED. Entretanto, quando se fala sobre os faróis em si, isso não se repete e eles continuam sendo lâmpadas convencionais. O mesmo se aplica às lanternas do carro, que não tiveram as suas lâmpadas modificadas. Isso mantém o padrão da montadora que também está presente em outros carros, como o Renault Sandero.

Em termos de extremidades, é possível citar que elas também passaram por modificações. Isso está ligado principalmente aos para-choques, que foram refeitos para dar ao carro uma cara mais próxima dos SUVs, algo que a montadora vem insistindo bastante. Além disso, os seus ângulos de ataque e de saída passaram por uma ampliação e agora são de, respectivamente, 24,1º e 41,7°.

A Renault também fez questão de dar destaque especial para o quadro de instrumentos do carro, visto que ele é da mesma série usada pela fabricante a partir do Kwid Zen. Assim, ele possui um estilo diferente dos demais e usa a tela do computador de bordo como velocímetro. Outro aspecto modificado no quadro foram os blocos de LED, que ficam responsáveis por marcar questões como as rotações do motor e os níveis de combustível do carro. Assim, não se pode chamar o painel de digital, mas ele não conta com ponteiros.

Outras novidades que têm tudo para agradar às pessoas que valorizam recursos tecnológicos estão ligados à central de multimídia do Renault Kwid 2023. Nesse sentido, vale citar que ela está presente somente a partir da versão intermediária do subcompacto, a Intense. A central em questão possui tela capacitativa de 8 polegadas e o seu toque está mais parecido com dos smartphones. Além disso, outro avanço foi o suporte a Android Auto e Apple Car Play.

Por fim, vale citar que embora as alterações mecânicas tenham acontecido, elas não foram significativas o bastante. Nesse sentido, o Kwid continua adotando o motor 1.0 e a plataforma de suspensão é praticamente idêntica à do modelo anterior. Além disso, outro aspecto que não teve transformações foi a carroceria, exatamente igual à do modelo prévio.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.