Ford Puma EV – novo substituto do Ecosport com versão elétrica


Confira aqui as principais novidades do Ford Puma EV.

De acordo com notícias veiculadas recentemente, o Ford Puma EV já possui uma previsão de lançamento. O modelo em questão é uma versão elétrica do crossover compacto e chegará ao mercado internacional no ano de 2024. Além disso, de acordo com o que foi veiculado por sites especializados, o carro contará com uma arquitetura baseada no Ford Fiesta.


É possível afirmar que a fabricante do automotivo chegou a declarar que ele será totalmente elétrico. Entretanto, não forneceu muitos detalhes a respeito deste lançamento, visto que ele ainda acontecerá no futuro distante. Segundo o declarado por Stuart Rowley, o chefe da Ford na Europa, não existe muito o que falar sobre o Ford Puma atualmente além do que já foi mencionado.


Isso indica que o carro ainda está em desenvolvimento e deve ser apresentado ao público nos próximos anos. Logo, para obter informações mais concretas sobre o que esperar deste elétrico da fabricante será preciso esperar algum tempo.


Ainda segundo as declarações de Stuart Rowley, um ponto que já pode ser citado a respeito do Ford Puma EV é o fato de que o carro não fará uso da plataforma MEB, lançada pela Volkswagen e responsável pela linha Vokswagen ID, compartilhada com a Ford devido à aliança entre as duas empresas.


Portanto, as afirmações em questão servem para gerar algumas expectativas, especialmente quanto a uma possível adaptação e ao uso de uma base diferente para o carro elétrico. Além disso, essa decisão levanta alguns questionamentos quanto ao futuro do Ford Fiesta.

Uma vez que o design do Puma será inspirado neste modelo, ele poderia tirar proveito das conversões elétricas. Entretanto, a postura mais baixa do Fiesta tornaria essa transição algo bastante complicado. Porém, é possível afirmar que os executivos da empresa não quiseram fazer mais comentários sobre isso e destacaram somente que fariam anúncios sobre outros veículos que serão lançados em 2024, mas sem entrar em detalhes muito específicos sobre nenhum deles.

Além disso, eles chegaram a declarar que a Ford é mais uma das empresas que pretende passar pela sua transição e passar a vender somente carros elétricos até 2030. Logo, a empresa está bastante ansiosa para planejar o seu futuro e mostrar ainda mais novidades nesse sentido.

Vale mencionar que o Puma foi um dos modelos mais vendidos pela Ford no Reino Unido em 2021. Assim, ele chegou a bater concorrentes como o Carnival, que foi impactada pela escassez de semicondutores no território em questão e também pelo fechamento de algumas fábricas, de modo que as vendas foram atingidas e passaram por um momento de queda.

Os impactos gerados a partir deste cenário foram tão graves que o Carnival acabou saindo do top 10 de veículos mais vendidos no Reino Unido pela primeira vez em 12 anos. Em termos de números, o sucesso do Puma na Europa pode ser corroborado pelas mais de 134 mil unidades do automotivo vendidas no decorrer de 2021.

Quando se fala sobre a questão da adaptação deste modelo à eletricidade, isso destaca o primeiro passo da Ford rumo ao seu projeto de eletrificação .A empresa chegou a pontuar que essa migração para um novo modelo de produzir carros terá custo médio de 22 bilhões de dólares, que serão gastos até o ano de 2025. Vários carros da Ford já foram eletrificados, como é o caso do Mustang, do Transport e do F-150.

Se mostra válido ressaltar que essa iniciativa faz parte do acordo climático de Paris, que visava diminuir as emissões de carbono feitas no continente europeu até o ano de 2035. Logo, parte da estratégia da Ford para cumprir este propósito é a eletrificação, algo que será feito em parceria com outras montadoras de carro.


Amanda Guimarães Faria


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.