Scooter elétrica – modelos à venda


Confira aqui os modelos de scooter elétrica à venda no Brasil.

Os impactos da poluição

Todos sabemos que a mobilidade nas grandes cidades tem se transformado a cada dia em um problema maior. O excesso de carros, caminhões nas grandes metrópoles tem causado um aumento de trânsito, poluição e tantas outras mazelas próprias do desenvolvimento desenfreado. Neste artigo conheceremos um pouco mais de uma das grandes soluções para esses problemas e que caiu no gosto dos Brasileiros de todas as idades: As Scooters.


Modelos disponíveis

As motos de forma geral sempre foram uma das paixões mais acentuadas dos brasileiros. Para trabalhar, passeai e até mesmo viajar elas sempre foram amplamente utilizadas. Porém com a crise mundial dos combustíveis e da poluição os modelos elétricos foram cada vez caindo no gosto dos consumidores do nosso País. Mas engana-se quem pensa que as scooters começaram a ser fabricadas a pouco tempo, na verdade o início dessa atividade remonta ao século passado com a fabricação das primeiras bicicletas elétricas e suas variações. Em meados dos anos 70 a primeira moto elétrica começou a rodar pelas estradas oficiais, produzida por uma montadora americana.


No mercado brasileiro os modelos demoraram um pouco para agradar os consumidores. A maior reclamação era sem dúvida a autonomia dos modelos que realmente não eram muito longas, porém o cenário mudou e as scooters foram as grandes responsáveis por esse movimento. Elas são mais práticas e podem ser utilizadas tanto para passeios como para ir ao trabalho, caso a distância não seja muito grande.


Podemos destacar vários modelos. A scooter elétrico EV1 Sport e a street EVS da Voltz são as mais vendidas ainda. São scooters com perfil e design de motos e por isso chamam bastante atenção. Elas podem atingir até 75Km e tem autonomia de 100Km o que agrada bastante. O preço é um pouco salgado, mas compensa. O valor gira em torno de 14 mil.


Porém, o grande sucesso do último semestre são as scooters menores com “cara” de bicicleta. Modelos como X7, X11 plus, CHOPPER e MC20 fazem tanto sucesso que podem ser compradas até em lojas de varejo e WhatsApp! Todas têm visual bem jovem, são extremamente leves e alcançam entre 45 e 70KM. Neste último verão elas eram vistas em quase todos os balneários do País. O valor também é bastante atrativo, ficam entre 7 e 10 mil.

O problema da modalidade urbana nas grandes cidades

É fato que o mundo enfrenta atualmente uma crise de modalidade urbana. A quantidade de veículos nas vias das grandes cidades já traz problema com soluções extremamente complexas. Engarrafamentos monstruosos fazem com que milhares de trabalhadores percam quase de um quarto do seu dia produtivo no processo de ir e voltar de seu trabalho. Esse fato faz com que as pessoas precisem se conscientizar que precisamos diminuir a quantidade de veículos nas ruas. As bicicletas e motos elétricas fazem parte deste processo. Dependendo da distância um trabalhador pode se deslocar através de motos, scooter e bicicletas. Visando essa melhora bancos e empresas de entretenimento lançaram o aluguel de bicicletas, primeiramente e depois o de bikes e patinetes elétricos. Isso facilitou a vida de todos! Trabalhadores utilizam, entregadores de serviço para entrega de comida também e até mesmo turistas que utilizam as bikes para conhecer as grandes cidades. Porém, é importante frisar que essa obrigação também é dos governos estaduais, municipais e federais. É preciso investir em transporte público, principalmente em meios que não agridam o meio ambiente e faça o trabalhador ficar livre do engarrafamento. Transportes como Trem, metrô, VLT, BRT e tantos outros precisam ser incentivados e também colocados à disposição da população de forma digna que possamos diminuir os impactos na vida de todos.


Texto: Cíntia Silva.


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.