Carro por Assinatura – Como Funciona, Preços e Modelos



Saiba aqui como funciona o serviço de carro por assinatura, os preços e principais modelos oferecidos no mercado.

A nova modalidade de carros por assinatura é uma novidade e tem gerado muitas dúvidas, sobre essa nova forma de consumo dentro do mercado automobilístico. Os serviços oferecem muitas facilidades, principalmente para aqueles que gostam de ter um carro zero, mas o aluguel exige que o motorista aceite os conceitos de uso.

Para entender e saber se vale ou não a pena contratar um carro por assinatura, continue lendo.



O que são os carros por assinatura?

O termo diz respeito a uma nova modalidade de aluguel de carros. Onde o consumidor consegue garantir um veículo novo, zero, durante um determinado período, que deve ser entre 12 e 36 meses por exemplo. Mas além do uso do veículo, o carro por assinatura também inclui alguns pacotes que precisam ser pagos mensalmente, como:

  • IPVA;
  • DPVAT;
  • Licenciamento;
  • Seguro;
  • Manutenção preventiva;
  • Entre outras taxas e impostos.

Como você não está comprando o carro, tem a vantagem de não ter que lidar com a desvalorização do mesmo, e financiar, ou ter que dar entrada na hora de comprar, etc. Porém, os carros por assinatura também têm seu lado negativo, já que no contrato o locatário não possui um carro na garagem.



Para quem usa muito o carro para trabalhar, ou roda muito, também precisa ficar atento, já que dentro dos contratos do carro por assinatura costuma ter um limite de quilometragem.

Como funciona?

Para ter um carro por assinatura, o motorista precisa saber quais são suas reais necessidades e escolher o tipo de categoria de carro que vai lhe atender. Depois de verificar isso, fazer os orçamentos dos valores que são cobrados pelas empresas, até encontrar o que mais lhe agrade e passe mais segurança.

Leia também:  Mercedes C 300 Estate Avantgarde - Lançamento e Preço no Brasil

Portanto, depois de escolher empresa e modelo de veículo, vem a parte de analisar o contrato. É muito importante que nessa etapa você verifique todas as proteções que estão inclusas durante o aluguel, o que o seguro cobre, etc.

Grande parte das empresas exige mais de 21 anos de idade, cartão de crédito, aprovação em políticas de crédito e nome limpo. Depois de assinado o contrato, o cliente escolhe como quer que o carro seja entregue e pode optar por ficar com um carro provisório.

É válido ressaltar que na opção de carros por assinatura, não há opção de comprar o veículo no final do contrato.

Vale a pena ter carro por assinatura?

Para algumas pessoas essa opção é mais vantajosa do que comprar de fato um carro zero. Mas é preciso sempre analisar e fazer os cálculos do valor que você irá gastar todos os meses, e aí sim, comparar se vale mais a pena comprar ou recorrer aos carros por assinatura.

Sempre que for fazer os cálculos, considere:

  • Seguro;
  • Valor do IPVA;
  • Depreciação do veículo com o passar dos anos;
  • Documentação inicial;
  • E manutenção.

Existem benefícios e malefícios com o serviço, mas para cada usuário a relevância de cada item pode ser diferente, por isso, a avaliação e análise deve ser feita para cada caso.

Qual o preço do serviço?

Se você ficou curioso para saber quanto custaria um serviço desse, vamos mostrar agora.

Algumas marcas já oferecem esse tipo de serviço em outros países e os valores variam de marca para marca, e de modelo para modelo, mas de uma forma geral, os serviços dos carros por assinatura custam em torno de:

  • Renault: tem franquias de 500 até 2.000 km por mês e os valores vão de R$ 989,00 até R$ 1.790,00/mês.
  • Fiat e Jeep: de 1.000 a 3.000 km por mês, com preços de R$ 1.300,00 até R$ 4.000,00/mês.
  • Volkswagen: com 1.800 km por mês e preços que vão de R$ 2.000,00 até R$ 3.650,00/mês.
  • Ford: de 500 a 2.000 km por mês, os valores podem ir de R$ 4.999,00 até R$ 5.999,00/mês (para os modelos Ranger).
Leia também:  Hyundai i30 - Especificações, Versões

Lembrando que a maioria desses contratos é feito por períodos que giram em torno de 12 até 36 meses.

Por: Susan NogArt

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *