Chevrolet Prisma 2020 deve Ganhar Novo Motor





Novo modelo deverá chegar às concessionárias com o nome de Onix Sedan.

Você conhece os três volumes da montadora Chevrolet, que são líderes do segmento, chamado Prisma e de tamanho compacto? É, a geração que está pra vir deste modelo poderá ser batizada de Onix Sedan, tendo o mesmo tamanho do Cobalt e motor turbinado inédito. Levado a nível global, a mais recém lançada geração do veículo deverá ter a adoção da mesma alcunha do modelo hatch, sendo um sucesso de venda no mercado brasileiro nos últimos 44 meses.

A montadora da gravata dourada quis dar a entender que o brasileiro Prisma/Onix de carroceria Sedan não será idêntico ao visto no mercado chinês, terá diferenças visuais pequenas.




Falando sobre o tamanho, o lançamento deverá ser ainda maior se comparado com o atual Prisma, tendo dimensões parecidas com do Cobalt. De 2,52m de entre-eixos, deverá chegar aos 2,60m, mesma dimensão do modelo visto na China.

A empresa informou que os novos Prisma e Onix irão adotar os propulsores aspirados com três cilindros, sendo turbo flex. Já o câmbio continuará os mesmos automático e manual.


Um tempo atrás vazaram algumas imagens da parte interna do modelo, já que muito não se foi mostrado, onde apresentavam superfícies com diferentes acabamentos, tendo uma caprichada aparência e também uma faixa de borracha em seu painel. É mais ou menos o estilo visto na atual geração dos modelos compactos, que ainda continuarão em linha depois que os novos modelos chegarem. A central multimídia com tecnologia My Link é o destaque, a qual está no painel em posição flutuante.

As fotos vazadas foram tiradas do modelo presente na China e assim como a parte externa, a interna poderá sofrer mudanças também. Entretanto nada com grande diferença do que já foi visto. Os materiais utilizados e a finalização não fogem da realidade do custo-benefício encontrado nos modelos compactos dos países emergentes.

Prisma e Onix contemplam o investimento planejado pela GM, no valor de R$ 13 bilhões apresentado no ano de 2014 e que finda este ano. De 2020 em diante, no Brasil, serão investidos mais R$ 10 bilhões, de forma específica em São Paulo. O valor manterá as fábricas da marca no Estado e também custeará desenvolvimento de produtos novos.

Tais produtos pertencem também família nova global de modelo da montadora. Os veículos estão, paralelamente, em desenvolvimento ao redor do globo, em países como China, México, Brasil, Estados Unidos, Alemanha e Coreia do Sul.

Novos veículos

Além do Prisma e do Onix, esta família contará com mais três derivados pelo mundo: a geração nova do Tracker, a qual será fabricada em território brasileiro, uma picape de tamanho média-pequena e um intermediário substituto entre monovolume e crossover buscando substituir a Spin. Devem ter seus lançamentos realizados em 2022.

O tracker será o primeiro a desembarcar no mercado após o Prisma e o Onix. O SUV já teve imagem antecipada e contará com estilo alinhado com o sedã e o hatch. Sua frente irá seguir com os característicos faróis da nova gama, já os para-lamas garantirão um visual parrudo sendo um pouco ressaltado.

A linha nova conta com a estreia também do propulsor turbo de mil cilindradas com três cilindros. Afirma a GM que será elevada a eficiência de emissões e consumo dos carros novos, e a evolução se dará, principalmente, pelos propulsores. Só não se sabe ainda se em todas as aplicações serão adotadas a injeção direta. Pode-se aplicar a injeção eletrônica na versão aspirada devido à economia que outras tecnologias proporcionam.

FILIPE R SILVA

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *