Renault Zoe 2019 – Lançamento no Brasil, Especificações





Modelo elétrico Zoe, da Renault, será uma espécie de preparação técnica e experimental, de modo a sedimentar um caminho e adquirir uma experiência, que seja útil, no futuro para a comercialização de outros carros elétricos.

Uma das maiores companhias automobilísticas, de origem francesa e projeção internacional, fez estrear, desde o final de 2018, um novo modelo.

A grande Renault revelou o novo automóvel elétrico, e mais "barato", ao Brasil. O modelo Zoe estava programado para comercialização neste mesmo mês de fevereiro de 2019. Entretanto, este carro entrou em pré-venda pelo valor de 149.990 reais. Embora seja um veículo de menor custo, em relação à concorrência, trata-se de um carro bem longe de ser acessível.




Entretanto, a meta precípua da companhia francesa não está na grande quantidade de vendas, e sim utilizar o Zoe como uma espécie de preparação técnica e experimental, de modo a sedimentar um caminho e adquirir uma experiência, que seja útil, no futuro para a comercialização de outros carros elétricos.

De acordo com o presidente da Renault, na América Latina, a meta fundamental, por enquanto, está em promover uma evolução de modo gradual. Trata-se de uma produção que vai acontecendo passo a passo. Por isso, a jornada do carro elétrico não fechou um ciclo.


Este projeto da Renault está atrelado a uma intensa parceria firmada com a Itaipu Binacional, a qual já possui diversos veículos, e não apenas automóveis, elétricos em sua grande frota.

A companhia francesa está prestes a fundar um Centro de Treinamento, no interior do espaço da usina, de modo a poder capacitar a rede de concessionárias e atender o pós-venda do modelo Zoe.

É necessário galgar intensa excelência no atendimento dos veículos elétricos, conforme expressa uma nota do diretor global deste novo programa de veículos elétricos da Renault.

Na atualidade, somente duas concessionárias da companhia Renault estão prestes a comercializar o modelo Zoe. Uma delas está localizada em São Paulo, enquanto a outra está estabelecida em Curitiba (PR) há mais de vinte anos.

Ainda, conforme o presidente da companhia, a atual rede capacitada para a comercialização deste modelo deverá crescer mais com o tempo.

Neste interim, a empresa pretende, por meio de seus líderes, fazer observar o comportamento do público consumidor e do próprio mercado, prosseguindo no estudo de novas possibilidades, de forma que seja possível aumentar a gama de produção nos próximos anos.

Muitos dos novos modelos, inclusive, tendem a custar até menos do que o valor de R$ 150 mil, que está sendo cobrado sobre o Zoe. Entre os veículos mais cotados para o fortalecimento da gama desta marca, a qual é a líder dos carros elétricos na Europa, é um típico modelo baseado no anterior Kwid.

Assim, o K-ZE foi apresentado como um conceito antes do evento programado no Salão de Paris, no mês outubro de 2018, cuja comercialização iniciará na China a partir deste mesmo ano de 2019, reconhecido como o primeiro carro de tipo SubCompacto elétrico da companhia francesa.

O diretor de veículos elétricos da Renault fez confirmar que este modelo foi projetado para se tornar global. Trata-se de um produto muito relevante para a empresa. Ele foi produzido dentro do mesmo espírito da marca, que tem carros sempre competitivos. Alguns dados mostram que o comércio de elétricos está crescendo exponencialmente.

Os gestores da Renault, no continente europeu, confirmam que há um aumento de até 50% ao ano, nos últimos cinco anos. Na China, esta porcentagem está bem maior, em cerca de 80% ao ano.

No Brasil, o mercado de elétricos ainda é praticamente nulo. Entretanto, assim como em todos os demais segmentos desta indústria, mas, o primeiro passo precisa ser dado logo. Sem sombra de dúvida, o evento no Salão do Automóvel de 2018, com três marcas populares lançando automóveis movidos à eletricidade, poderá ser considerado um marco zero, um ponto de partida.

Por Paulo Henrique dos Santos

Renault Zoe 2019

Renault Zoe 2019

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *