Volkswagen T-Cross 2019 – Lançamento, Novidades




O modelo deverá ser apresentado no mês de outubro para o mundo todo e então estará presente no Salão do Automóvel de São Paulo, com o objetivo de ser lançado no começo de 2019 de forma oficial.

O mercado brasileiro de SUVs está cada vez mais aquecido. A Volkswagen vai lançar o novo T-Cross, que faz parte de diversos modelos novos que a montadora prometeu mostrar até o ano de 2020. Tendo um comprimento de 4,19 metros e entre-eixos de 2,65 metros, o novo SUV surpreende com seu espaço interno amplo. O design é discreto, mas bem moderno, porém não é muito ousado. Duas opções de propulsores serão disponibilizadas, ambas sendo com tecnologia TSI, uma com 1000 cc e outra com 140 cc, tudo isso acoplado a uma caixa de transmissão automática com seis marchas.

Fabricado na cidade de São José dos Pinhais, no Paraná, o modelo deverá ser apresentado ainda no mês de outubro para o mundo todo e então estará presente no Salão do Automóvel na cidade de São Paulo, no mês de novembro, com o objetivo de ser lançado no começo de 2019 de forma oficial.


No mercado brasileiro o Volkswagen T-Cross chega para brigar com Hyundai Creta, Ford EcoSport, Honda HR-V, Chevrolet Tracker e alguns outros. Alguns testes constataram que o novo T-Cross é um utilitário esportivo equilibrado, que embora pareça pequeno externamente é espaçoso internamente, além de possuir um eficiente conjunto mecânico. O propulsor tem força suficiente para o que se exige dele e com sobra, isso devido à combinação perfeita do seu câmbio automático, o qual otimiza o uso da força. O motor consegue gera 150 cavalos de potência e um torque de 25,5kgfm, que desta forma garantem um bom desempenho para o SUV. O propulsor de mil cilindradas (1.0 200) também TSI gera uma potência de 128 cavalos com um torque de 20,4kgfm. Em todas as suas versões o veículo será equipado com transmissão automática.

O Volkswagen T-Cross possui 4,20 metros de comprimento e altura de 1,56 metros. A capacidade do seu porta-malas é de 373 litros, porém pode bater a marca de 420 litros. Na traseira, seu banco possui encosto reclinável e o assento dianteiro do passageiro permite ser dobrado, o que facilita o transporte de elementos com comprimento maior. O seu estepe se localiza na parte interna do porta-malas, com pneus na dimensão 195/65 R15 e roda de aço, diferente do conjunto que é utilizado, um pneu 205/55 e rodas de 17 polegadas em liga leve. O seu porta-malas ainda permite dividi-lo, facilitando a acomodação de objetos menores.

O modelo foi criado pela engenharia do Brasil para a América Latina e faz uso da plataforma MQB, esta que também é utilizada no Virtus e no Polo. É bem semelhante ao modelo comercializado no mercado europeu, entretanto possui 86 mm de entre-eixos a mais e é 10 mm mais alto. O T-Cross será colocado no mercado em oito cores diferentes e teto preto como opcional. O seu interior contará com iluminação ambiente. As lanternas e os faróis traseiros possuem tecnologia LED. Na lista de itens opcionais estão o sistema de áudio da Beats Sound, com potência de 300 watts e um amplificador com oito canais, além de um teto solar panorâmico. Já de série o modelo é equipado com quatro entradas USB e saídas de ar-condicionado no banco de trás.


A sua versão top de linha permite ser equipada com Active Info Display e o Digital Cockpit, com apresentador digital que exibe diversas informações, localizadas bem adiante do condutor, até mesmo mapa de navegação.

Todo esse conjunto chega ao mercado nacional para incomodar a concorrência, porém ainda não se sabe se seu preço também será competitivo. Tendo como base os preços praticados pelo novo Polo, o qual faz uso da mesma plataforma, o utilitário compacto pode passar dos R$ 90 mil com tranquilidade.

Por Filipe Silva

VW T-Cross 2019

VW T-Cross 2019

VW T-Cross 2019

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *