Placas padrão Mercosul começam a ser usadas no Brasil




Rio de Janeiro começou a usar as placas de padrão Mercosul em seus novos emplacamentos.

Se você é do estado do Rio de Janeiro e pretende comprar um carro novo ou se você terá que substituir a placa de seu automóvel, seja por mudança de município, estado, você já deve estar sabendo que desde o ano passado os Detrans de todo o país anunciaram que um novo sistema de placas seria adotado no Brasil. Porém, por uma série de motivos a implantação deste novo sistema não foi possível no tempo anunciado e teve que ser suspenso. Mas, agora o Detran do Rio de Janeiro acaba de anunciar que a partir desta terça-feira, dia 11 do mês de setembro, as novas placas já devem começar a ser instaladas nos veículos.

A princípio, o novo emplacamento será realizado somente no Rio de Janeiro, mas aos poucos todo o território brasileiro poderá contar com esse sistema padronizado de placas que foi desenvolvido para promover uma segurança maior e mais eficaz.


É isso mesmo, depois de muito ser falado, programado e suspenso, o novo sistema de emplacamento de veículos passa a vigorar no Brasil. Essas novas placas atendem a um padrão que já está sendo utilizado em países que fazem parte do Mercosul.

A ideia inicial é de que apenas veículos novos recebam a nova placa. Contudo, os veículos mais antigos que precisarem ter suas placas substituídas também poderão receber as placas novas, além de carros que passem por transferência de proprietários, cidade ou estado.

Até mesmo proprietários de veículos mais antigos que desejem ter a nova placa poderão trocar também de forma voluntária. Para isso, será necessário que as taxas cobradas pelos Detrans sejam pagas.


E por falar em taxas, desde que esse novo sistema de placas foi anunciado, muito tem sido questionado pelos proprietários de veículos em relação aos preços a serem cobrados. Mas, os motoristas não precisam se preocupar, pois o valor a ser pago é o mesmo cobrado atualmente para emplacar, o que no Rio de Janeiro está em torno de R$ 219,35. Vale lembrar que cada Detran possui autonomia para cobrar valores diferentes para os serviços prestados.

De acordo com informações cedidas pelo Detran do Rio de Janeiro, esse novo sistema de placas já está sendo utilizado em outros países que fazem parte do Mercosul, como Uruguai e Argentina. O objetivo principal deste novo sistema de placas é oferecer mais segurança, uma vez que as novas placas serão equipadas com um código chamado QR Code, além de brasões que indicam o estado em que o veículo foi registrado. A partir deste sistema de código será possível realizar o rastreamento do veículo, em caso de roubo e principalmente irá inibir a clonagem de placas que é tão comum nos dias atuais.

A previsão inicial era de que esse novo sistema de placas fosse implantado até o dia1º do mês de dezembro deste ano de 2018, porém o Detran do Rio de Janeiro conseguiu se organizar na confecção das novas placas e adiantou a sua implantação. Os outros estados deverão adotar o sistema até o mês de dezembro, pois será obrigatório.

As placas novas chegam visualmente diferentes. Todas elas, independente da categoria do veículo virão com a cor branca de fundo, sendo que será a cor da fonte que indicará a categoria do carro. Além disso, a inscrição também será diferente das placas atuais, sendo 4 letras e 3 números, que poderão vir fora de sequência. Nos carros de passeio a inscrição virá na cor preta. A vermelha será utilizada para taxis, veículos comerciais e carros de autoescolas. Os carros oficiais trarão a inscrição na cor azul. Os veículos diplomáticos terão a inscrição na cor dourada.

Para saber mais acesse o site do Detran do seu estado.

Por Sirlene Montes

Placas Mercosul

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *