Suzuki Jimny ganha Versão Especial Desert 2019

Nova versão chega cheia de detalhes exclusivos e custando R$ 85 mil.

O Suzuki Jimny ganhou uma versão pra lá de especial, é a Desert, que chega ao mercado custando R$ 85.990, mas quem estiver disposto a pagar essa quantia não deve se arrepender depois, pois o carro tem muito a oferecer. Desde a última quarta-feira, dia 1º de agosto, quando a empresa confirmou o lançamento do modelo aqui no Brasil, muitas pessoas já se mostraram interessadas.

A nova versão, chamada Desert tem vários itens que a diferencia das demais, sendo que um deles é o visual externo que conta com várias novidades, mas a cabine também não ficou para trás e foi inclusa nesta série de novidades. O que continua igual às demais versões é o motor, só que a Suzuki garantiu que mesmo assim essa versão tem um desempenho melhor porque algumas mudanças foram feitas na mecânica do veículo, para garantir que ele seja um off-road melhor. Pagando R$ 85.990, claro que o consumidor irá querer encontrar mudanças e certamente as verá, mas são poucas, porém, fazem a diferença para justificar uma versão exclusiva do modelo.

O bagageiro é o tipo cesta no teto e vem em um tom Bege Jizan. Há quem não goste da cor escolhida, mas a justificativa da Suzuki é que foi inspirado nas areias do deserto. Nada na versão foi colocado por acaso, tudo tem seu motivo de ser, por exemplo, a grade dianteira, assim como os faróis, ganharam um acabamento grafite para combinar mais com o conjunto. Os pneus são Pirelli Scorpion 215/75R15 MTR e realmente foram bem escolhidos, pois é um carro caro que merece tudo de primeira.

O Jimny Desert ainda ganhou snorkel, para atravessar locais alagados, mas claro que é preciso respeitar o limite, o motorista precisa se informar bem para não abusar do poder que o carro oferece. Também foram instalados quatro protetores nos braços de suspensão e mais dois protetores nos amortecedores localizados na parte de trás. Nesse reforço extra, a direção ganhou amortecedor e com isso o veículo ficou realmente pronto para os trajetos mais radicais.

Alguns detalhes podem acabar nem sendo percebidos, por isso é preciso ficar muito atento, por exemplo, os retrovisores também estão em grafite e tem aplicações do mapa nas laterais, exibindo os locais do planeta que mais desafios oferecem aos aventureiros. A Suzuki quis mostrar que a preocupação nas mudanças foi como um todo, passando pela mecânica, estilo, segurança e também no visual.

Na parte interna, os bancos desta versão contam com um revestimento reforçado, além de terem bolsos frontais e também nas laterais. A costura é em bege, para combinar com o conjunto e tem a logo 'Desert'. As texturas combinam com marcas deixadas por pneus, ficou bastante criativo e realmente deixou o visual bem mais atrativo.



E no console central tem a plaqueta 'Desert', além da cor bege também presente no acabamento que fica nesta parte do veículo. O assoalho foi revestido em borracha e no geral ficou tudo combinando, com cores e detalhes na medida certa, sem exagerar e nem deixar um visual poluído.

O sistema multimídia tem tela de 7" e roda tanto o Android como também o iOS e ainda pode ser instalada TV digital e até câmera de ré, caso o proprietário tenha interesse nesses acessórios.

Para garantir maior segurança, foram adicionados airbags frontais, as laterais contam com barras de proteção, os freios são ABS, mais cinto de três pontos e encosto de cabeça para todos.

Assim como nas outras versões, tem sistema de tração 4×4 e o motor 1.3 a gasolina oferece 85 cv a 6 mil RPM. O câmbio de cinco marchas é manual. Fora do Brasil já tem uma nova geração do Jimmy, mas a Suzuki não informou quando essa estará disponível no mercado nacional.

Por Russel



Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *