Jeep Renegade 2019 – Novidades e Lançamento no Brasil




Modelo chega ao país antes do Salão do Automóvel de São Paulo 2018.

O Jeep Renegade 2019 chega com algumas mudanças, mas nem tudo é novidade, por exemplo, o SUV compacto manterá o motor 1.8 E.torQ, mesmo assim, vale a pena conferir a nova versão do modelo. A Jeep acredita que sua maior novidade para o mercado nacional é o Renegade 2019, que teve a versão reestilizada e algumas alterações no design.

Mas a grande novidade mesmo foi a notícia de que a marca pretende trazê-lo para o mercado nacional antes mesmo de apresentá-lo no Salão do Automóvel de São Paulo, que estreia em novembro. Mas nem isso vem causando tanta polêmica quanto o fato de que os novos motores turbos a gasolina foram esquecidos, eles que chegaram a ser revelados em versões europeias, serão substituídos aqui no Brasil pelo 1.8 EtorQ.


Apesar do novo Jeep Renegade 2019 ainda não ter sido lançado por aqui, já tem problemas pela frente, pois a Fiat-Chrysler analisa a possibilidade de lançar no Brasil sua linha de motores MultiAir III, sendo esta uma variante do Firefly, mas contando com muito mais tecnologia, entre elas a injeção direta de combustível, coletor de escape integrado ao cabeçote e ainda tem controle de válvulas variável. Só que tudo isso custa caro e a empresa resolveu refazer os cálculos para ver se é melhor iniciar a produção aqui ou importar o motor, pois esta decisão terá grande peso no valor final do Renegade.

A questão é que não tendo os motores turbo, o novo Renegade 2019 ficará com os velhos motores 1.8 E.torQ e ninguém sabe como o mercado irá reagir a isto. Para especialistas, o modelo antigo ainda tem 'lenha para queimar', sem contar que seria possível fazer algumas ligeiras mudanças para fazer com que o rendimento fosse melhor. Só que a empresa não disse nada até agora sobre 'melhorar' o motor antigo, apenas usá-lo no lugar do novo. Quanto ao motor 2.0 MultiJet II turbodiesel de 170 cv, este já ficou definido, não terá nenhuma mudança.

Apesar de tudo isso, a garantia é que o Renegade 2019 contará com o mesmo desempenho do modelo comercializado na Europa, contando ainda com um para-choque dianteiro completamente renovado, tendo os faróis de neblina mais centralizados, faróis com iluminação em LED na borda e a grade central ficou com as entradas de ar um pouco mais largas. Na parte de traz as novidades continuam, mas de forma bem discreta e uma delas é a lanterna em LED que tem novo design interno, dando a impressão de que é 3D.


Mas o Renegade 2019 traz novidades também por dentro, apesar de não ser muitas. O painel é o mesmo do Compass, porém, com mudanças de controles do ar-condicionado. Foram adotadas centrais multimídias um pouco maiores, sendo que o modelo disponível na opção top de linha tem tela de 8,4 polegadas.

A Jeep está acreditando no mercado nacional e além do Renegade 2019, ainda está investindo pesado para apresentar a nova geração do Wrangler e até do Cherokee, que chega reestilizado, lembrando que eles já foram lançados nos Estados Unidos e com isso a marca se sente mais segura para lançá-los por aqui. Em novembro, serão exibidos no Salão do Automóvel, para que os brasileiros possam conferir de perto.

A Fiat-Chrysler já revelou suas metas para os próximos 5 anos e a intenção é disponibilizar no mercado um SUV novinho, de 7 lugares, sendo vendido em toda América Latina e a produção deverá ser em Goiana, na Paraíba. A Fiat-Chrysler ainda pode lançar um SUV inédito, um modelo compacto que ficaria abaixo do Renegade. Devido à forte concorrência e a falta de grandes novidades, o novo Renegade 2019 pode acabar não alcançando os objetivos esperados pela marca.

Por Russel

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *