Novo Mercedes-Benz Classe A Sedan 2019




Modelo deverá chegar ao Brasil apenas em 2019.

A Mercedes apresentou no Salão de Pequim seu novo Sedan Classe A , esse modelo começa a ser vendido na China e com estimativas de chegada em solo brasileiro somente a partir do segundo semestre de 2019, quando deverá fazer competição direta com o modelo A3 da Audi, portanto, os entusiasta dos carros de luxo precisarão esperar um pouco mais se quiserem pilotar essa máquina, enquanto isso, a Mercedes ainda decide internamente questões como: onde o carro será fabricado (as opções São Paulo ou Aguas Calientes, no México).

Para tornar o seu sedan o carro desejado, a Mercedes não renunciou a tecnologia, por isso o Sedan Classe A conta com o sistema MBUX (Mercedes-Benz User Experience), exclusiva da Mercedes que equipa o carro com um painel multimídia de 12,3 polegadas, sensível ao toque e que responde também a comandos de voz e Inteligência Artificial (IA), que conseguirá aprender os hábitos do condutor. Para iniciar uma interação com o sistema inteligente, basta dizer “Hey Mercedes”. O fator segurança não passou batido para Mercedes na fabricação do Sedan, o automóvel vem com um dispositivo que capaz de reconhecer pedestres.


O design é outro ponto que imprime ares de um carro Premium ao novo Sedan da marca alemã. Num teto com inclinação reduzida, o novo Sedan oferece mais conforto para os passageiros no banco de trás e os detalhes não foram deixados para trás, visto que as maçanetas foram trocadas e agora traz estilo convencional, além das lanternas que receberam novo design.

No interior do carro, a distância entre eixos de 2,729 metros é um destaque, embora a sua capacidade de carga no porta-malas continue a ser a mesma do hatch, ou seja, 420 litros. O carro apresentado e que já começa a ser vendido na China a partir do segundo semestre desse ano vem com motor 1.3 L , com potência de 136 cv ou 163 cv, e outra versão com motor 2.0 e potência de 190 cv, ambas as com transmissão automática, embreagem dupla e 7 marchas.

Com a chegada do Sedan a família dos Classe A, a Mercedes passa a contar com mais um membro para contar uma história de mais de 20 anos. O primeiro carro da linha foi apresentado durante o Salão de Genebra em 1997.


Por volta dos anos 80 as grandes montadoras passaram a pensar em alternativas futuras para atender um público que a viveria com muito mais carros nas ruas e poucos espaço nas garagens para guarda-los, e a Mercedes já pensava em como atender esse desejo sem abrir mão do conforto e segurança, estava aí um grande desafio a ser encarado.

Como alternativa, a montadora pensou que se pudesse seguir na fabricação dos seus carros a mesma logística que as cidades adotavam conseguiria atingir sucesso nessa empreitada, e a medida adotada foi a verticalização dos componentes do automóvel. A partir daí câmbio, bateria, suspensão traseira e outros ítens foram transferidos para o nível inferior, dando origem ao “chassi sanduíche”, base do Visiona A 93, que teve aceitação de 80% do público da época, em 1993. No ano seguinte, o Studie A foi apresentado novamente ao mercado e manteve um alto índice de aceitação, começava aí oficialmente a saga do Classe A da Mercedes, que ao longo do tempo passou por reformulação, mudança de público alvo e abriu cada vez mais espaço no mercado, garantindo o seu lugar ao sol, sombra, ou onde ele quiser.

A expectativa em torno do novo Sedan Classe A da Mercedes reafirma a permanência do modelo da marca em um mercado cada vez mais agressivo, mostra a sua evolução ao longo do tempo e o porquê tem sido um carro desejado por muitos que gostam dos modelos de carros de luxo.

Bruna Luiz de Oliveira

Relacionados

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *