Volkswagen Tarek – Primeiras Projeções



  

Veja aqui as primeiras projeções do novo Volkswagen Tarek.

Uma das mais importantes companhias automotoras em todo o mundo, a Volkswagen iniciou o ano de 2018 com novidades a caminho. Trata-se do Tarek, cuja produção está agendada para as plataformas da Argentina, com prazo para aterrissar em território brasileiro no ano de 2020. Em geral, os consumidores estão sempre aguardando por aperfeiçoamentos, mais do que por novidades.

Ao longo dos anos a companhia tem produzido SUVs em menor quantidade dentro deste segmento. Conscientes disso, os líderes da Volkswagen decidiram manobrar esta situação de modo a reverter qualquer prejuízo e promover mais seis novos lançamentos dentro de uma série de SUVs, para esse mesmo ano de 2018. Certamente o primeiro desses compactos será lançado no mês de agosto na China, que consistirá em um modelo totalmente inédito, com projeção global a partir de suas vendas, cuja fabricação já está agendada na unidade localizada na Argentina para o ano de 2020. Um modelo crossover como esse se tornou popular pelo nome Tarek, anteriormente intitulado de Tharu, e sua comercialização se deu no mercado brasileiro como uma espécie de retorno ao sucesso do chamado Jeep Compass, cujo valor foi estipulado em uma faixa imediatamente acima dos seus 100 mil.

A fonte de informação que suplementa este texto foi angariada de um esboço, ou protótipo, anunciado pela Volkswagen, em apresentação realizada ao longo da conferência anual de imprensa, promovida pela empresa. Esta exposição pública visou promover, antecipadamente, o essencial do design do novo Tarek. Este inaugural SUV estará munido de uma grade frontal de largo porte; equipado com faróis de mesma dimensão e dentro da mesma forma já desenhada pela companhia com relação ao intitulado Atlas.

Entretanto, não serão realizadas muitas alterações e atualizações no esboço destinado ao modelo real, sendo que será mantido em seu estilo geral já desenhado, em todos os seus detalhes, como o seu para-choque; com modificações operadas sobre as entradas de ar em suas laterais. No entanto, as luzes para neblina, muito provavelmente, continuarão instaladas na parte de baixo.

No que tange ao espaço interior, certamente esse veículo apresentará uma estrutura muito similar aos modelos anteriores, embora a tendência seja a de que o estilo será mais o de um acabamento de sedã de médio porte, em conformidade ao seu valor de mercado e posicionamento. Todo conforto e bom preço é sempre bem vindo.




O consumidor poderá esperar por algumas tecnologias suplementando este veículo. Uma pequena relação pode dar uma ideia do que está por vir: uma nova central de multimídia aparelhada de comandos acionados por gestos; um painel digital do tipo Active Info Display e, possivelmente, um dispositivo de controle de cruzeiro adaptativo.

A plataforma na qual será produzido é a MQB. Correrá sobre a base do Skoda Karoq, outro famoso SUV. Assim, o novo Tarek contará com dimensões muito similares as do clássico modelo sueco. Em termos de potência de motor, o aparelhamento estará rigorosamente configurado por meio do 1.4 TSI com 150 CV. Se os consumidores desejarem versões mais potentes, as mesmas poderão ser aparelhadas com 2.0 TSI de 200 CV. As duas versões operarão por meio de uma transmissão automática Tiptronic com 6 marchas.

Mas, já que os consumidores precisam esperar pela novidade do Tarek, vale a pena informar-se sobre os demais tipos de SUVs em pauta na Volkswagen, e destinados ao mercado nacional brasileiro. Por exemplo, o Tiguan, cuja estreia está prevista para o primeiro semestre deste mesmo ano, contando com a impressionante versão Allspace de sete lugares. Vale a pena conferir mais detalhes e atualizações oferecidas pela companhia.

Paulo Henrique dos Santos


Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *