Carro Elétrico da Mini – Lançamento Previsto para 2019





Mini pretende lançar entrar no mercado de carros elétricos e lançar um modelo em 2019. Já para 2021 confirmou o lançamento de um mais um SUV.

A Mini está apostando nos automóveis elétricos e tem seu 2º crossover previsto para ser lançado em 2021.

A marca já havia ingressado no mercado de SUVs com o modelo de lançamento Countryman, porém agora ela quer expandir as opções e se prepara também para se inserir no mercado dos carros elétricos.




Em 2019 será inserido no mercado o Mini Cooper Elétrico, um carro compacto e que tem zero emissões. Já para 2021 a empresa vai aproveitar o sucesso de vendas que foi o Coutryman e confirmou o lançamento de um mais um SUV, e de acordo com o site Auto Express o modelo irá unir esses dois mercados, o de SUVs e o dos elétricos.

O modelo será menor do que o SUV já fabricado. No salão de Los Angeles, um membro da diretoria da BMW, Peter Schwarzenbauer, informou ao site Auto Express que a empresa não apostará em um modelo maior. O maior carro da marca continuará sendo o Countryman e não serão desenvolvidos carros de sete lugares ou algo nesse sentido. Segundo Peter Schwarzenbauer, um modelo maior não se encaixaria no perfil da Mini. Por outro lado, ele mostrou interesse quando perguntaram para ele a respeito da possibilidade da marca desenvolver um carro menor. Peter Schwarzenbauer disse que carros mais compactos seria uma opção e que um SUV urbano de tamanho menor seria um segmento interessante, porém informou que até agora nada foi decido a respeito do assunto, mas que da mesma forma que a Mini não vai lançar um carro maior, também não pretende desenvolver um carro menor do que o modelo já existente no mercado, o hatchback com 3 portas, pois seria em termos econômicos inviável para a marca.


O novo modelo provavelmente terá mais ou menor um pouco mais do que quatro metros e contará com um design tradicional. Seu desenho deverá ser parecido em alguns aspectos com o modelo Mini Eletric Concept, além disso, seu design deverá acompanhar esse aprimoramento da identidade da marca. O modelo terá no Nissan Juke e no Volkswagen T-Cross, com os quais pode ser comparado, seus maiores rivais no mercado europeu. A plataforma utilizada no carro, será a mesma que vai ser usada no mini cooper elétrico que terá lançamento em 2019, mas terá uma base chamada FAAR. A nova base será equivalente à tração dianteira da CLAR que é modificada para ser utilizada em carros elétricos. Uma estrutura específica para atender os carros que são movidos por energia.

Várias marcas vêm buscando criar modelos de carros que tenham tração traseira, inclusive a própria BMW i3 é conhecida por possuir tração nas duas rodas de trás, mas provavelmente a versão simples do irmão mais novo do Countryman que será lançado em 2021, terá tração dianteira ao invés de ser traseira. Espera se que a bateria do carro seja moldada junto ao assoalho e que um ou dois motores sejam inseridos cada motor em um eixo.

A marca ainda não confirmou se o modelo de crossover que será elétrico e mais compacto que o anterior, chegará ao Brasil, porém temos visto que diversas marcas vêm anunciado o lançamento de seus carros elétricos no país, com essa onda de lançamentos confirmados, pode ser que a marca confirme o lançamento do modelo aqui também. Vale lembrar que o modelo Countryman é feito no município de Araquari, em Santa Catarina.

Por Rosângela Rodrigues

Carro elétrico da Mini



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *