Novos Itens de Segurança que Carros no Brasil Devem Ter





A segurança dos carros será reforçada no Brasil com a inclusão da obrigatoriedade de novos itens de segurança.

O Brasil tem um alto índice de acidentes no trânsito diariamente, e o número de acidentes fatais é cada dia maior, pensando nisso o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) divulgou a lista dos novos itens de equipamentos que serão regulamentados nos próximos 4 anos.

Segurança dos carros do Brasil ainda é muito atrasada

Já não é novidade que a segurança da maioria dos carros brasileiros é bem atrasada, se comparada aos modelos de carros importados de outros países. E infelizmente esses itens fazem muita diferença na hora de um acidente de trânsito, pois a maioria das causas da morte é por falta de equipamentos adequados. E com essa nova mudança, muitos carros vão ter novos equipamentos de segurança, que vão torná-los mais seguros.




Conheça os itens obrigatórios que estão em vigor

No momento os itens que são obrigatórios nos carros do Brasil são os freios ABS (antitravamento) e airbags dianteiros, fora as metas de emissão impostas pelo Inovar-Auto. Também já tem uma determinação que todos os veículos produzidos no Brasil tenham pontos de fixação para cadeirinhas infantis até 2020. Essa última determinação é visando ainda mais a segurança das crianças.

Negligência com a segurança das crianças nos carros no Brasil

Muitos pais não têm ideia do risco de vida que eles causam aos seus filhos, ao deixar a criança dentro do carro em movimento sem o uso da cadeirinha. Esse item é capaz de livrar a criança de um acidente fatal na maioria dos acidentes de trânsito. Por isso, esse item não pode faltar na nova regra de itens de segurança.


CONTRAN publicou no fim de novembro de 2017 a resolução 717

No fim de novembro de 2017 o COTRAN publicou a resolução 717, que mostra quais equipamentos de segurança serão regulamentados nos próximos 4 anos, contendo prazo para a publicação das resoluções que os transformarão em itens obrigatórios.

Vamos conhecer os 13 equipamentos de segurança (e a serventia de cada um) que serão regulamentados:

1- Sistema de visibilidade traseira

Esse item é a famosa câmera de ré e ele é um dos novos itens que será regulamentado. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

2- Alerta de frenagem emergencial

Esse item avisa por meio de sinais sonoros/luminosos que está perto de tráfego lento à sua frente, evitando assim o risco de algum acidente, principalmente em ambientes com pouca iluminação. Modelos como: Ford Ranger e Chevrolet Equinox já possuem essa tecnologia. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

3- Aviso para afivelar os cintos de segurança

Ele serve para avisar por meios luminosos/ou sonoros que os cintos de segurança não estão presos corretamente e é preciso afivelar os mesmos. Esse aviso é feito antes do carro entrar em movimento. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

4- Atualização de normativo sobre dobradiças e fechaduras

Determinará padrões novos de acionamento e funcionamento das dobradiças e fechaduras das portas e porta-malas. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

5- Atualização de normativos sobre retrovisores

Serão estabelecidos novos padrões de dimensionamento e acionamentos dos retrovisores. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

6- Proteção para pedestre

Ainda não ficou claro se a regulamentação desse item será sobre a detecção preventiva de pedestres ou uma norma estrutural que vai reduzir as chances de sequelas em caso de atropelamento. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

7- Impactos laterais

Ainda serão divulgadas duas resoluções a respeito desse novo item de segurança. A primeira é sobre os impactos laterais e a outra é a respeito das colisões contra postes. Nos dois casos aguarda-se a imposição de reforços estruturais nas portas e colunas laterais. Poderá haver também a obrigatoriedade de airbags laterais e de cortinas. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

8- Atualização de normativos sobre buzinas

Serão estabelecidos novos padrões de acionamento e sonoridade das buzinas. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

9- Frenagem automática emergencial

Esse item vai ajudar o motorista a realizar a frenagem com a pressão ideal. E em alguns casos ele vai agir sozinho para frear o carro e ajudar a evitar acidentes graves em caso de alguma colisão. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

10- Aviso de manutenção em faixa

Esse item vai emitir um sinal sonoro ou visual, alertando o motorista a está explorando de forma involuntária os limites de sua faixa de rodagem. Esse item será regulamentado em até 18 meses.

11- Veículos com acessibilidade

Esse item estabelecerá a inclusão de equipamentos que facilitem o acesso das chamadas para pessoas com deficiência (PCD). Não se sabe ainda se essa regulamentação será geral ou apenas para carros adaptados. Esse item será regulamentado em até 18 meses.

12- Gravador de dados de acidentes de trânsito

Esse item será muito importante, pois vai funcionar como uma caixa preta (aquelas usadas em aviões), e ajudará a investigar em casos de acidentes. Esse item será regulamentado em até 36 meses.

13- Atualização de normativo sobre proteção ao ocupante incluindo impacto frontal e traseiro

Esse item vai estabelecer novos padrões de segurança, possivelmente ligados a reforços estruturais de carroceria. Esse item será regulamentado em até 6 meses.

Essas serão as mudanças nos itens de segurança dos carros do Brasil!

Por Cristiane Amaral

Cinto de segurança



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *