Chave do Carro Perdida ou Quebrada – O Que Fazer?



Saiba aqui o que fazer ao perder ou quebrar sua chave do carro.

Segundo a pesquisa realizada pelo Detran, no mês de junho de 2016, estima-se que no Brasil o número de veículos esteja quase equiparando-se ao número de habitantes. Nesse contexto, acredita-se que no território brasileiro haja mais de 50 milhões de automóveis. Isso significa que a cada ano aumenta o número de motoristas com carro, alguns são antigos e outros estão habilitados há pouco tempo. O certo é que imprevistos podem ocorrer com todos os tipos de motorista e é importante estar bem informado quando esses surpresas desagradáveis acontecem, especialmente quando se diz respeito a chave de carros quebradas.

Não é surpresa para ninguém que, uma chave quebrada pode deixar inúmeros motoristas na mão por um tempo inestimável, isso porque, muita coisa depende do modelo da chave. Dessa forma, geralmente, se a chave tem um modelo mais antigo, a fábrica consegue reproduzir uma igual em pouco tempo, às vezes, em um dia. No entanto, as chaves mais modernas têm o design mais complexo e, por isso, além de serem mais caras, podem levar até um mês ou mais para ficarem prontas.



Dessa maneira, abaixo, confira algumas orientações sobre o que fazer quando a chave do carro quebrar.

Primeiramente, é essencial saber que quando se compra um veículo direto da concessionária, esta precisa entregar duas chaves para o automóvel. Desse modo, quando a primeira e oficial chave se quebrar, basta recorrer ao uso da segunda, que geralmente é mais simples que a primeira, mas realiza bem a mesma função da oficial.



A segunda orientação é para quando as duas chaves estragarem. Nesse caso, basta que o motorista vá em qualquer concessionária e peça e solicite outra cópia da chave. Embora pareça prático, esse procedimento é bastante caro e não é assim tão simples, uma vez que cada chave possui um código, sendo assim, o proprietário deve apresentar o número do chassi do automóvel, assim como o seu documento.

Leia também:  Bugatti Chiron deve ser vendido por US$ 2,5 milhões

A terceira orientação é a seguinte: Programe-se! Quando a chave de um carro se quebra o carro, basicamente, perde totalmente a sua serventia. Desse modo, até a nova chave ficar pronta o carro irá passar por um período que não poderá ser utilizado de forma alguma. É preciso atentar-se ainda que quanto mais for a demora para a chave ficar pronta, por consequência, maior será a chance da bateria descarregar. Por isso, é preciso que o motorista esteja preparado para passar por situações diversas e não apenas para o valor da nova chave que, com certeza, não será barato.

A quarta orientação é para que antes de mandar fazer a chave em uma concessionária, caso o carro tenha seguro, o motorista deve entrar em contato com a seguradora a fim de saber se o seguro cobre a cópia de chaves.

Marcas de veículos com modelos mais simples tendem a cobrar um preço menor pela chave, além de entregá-la sem muita demora. Exemplo disso é chave de modelo canivete do carro Chevrolet Onix, que custa aproximadamente R$ 490 e pode ficar pronta em menos de 24 h. Outra marca conhecida por fazer cópias mais baratas é a Toyota, o valor da chave pode ficar em até R$ 480, no entanto, o prazo de entega, por vezes, pode se estender para até 10 dias.

Por outro lado, chaves codificadas são mais caras e levam mais tempos para serem fabricadas. Desse modo, a chave do modelo Honda HR-V, por exemplo, pode chegar a custar não menos de R$ 780,00, sendo que a fábrica estipula um tempo de entrega de no máximo 5 dias.

Ana Paula Oliveira Coimbra

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *