Diesel ecológico foi produzido





Diesel sintético foi produzido a partir da mistura de água, gás carbônico e eletricidade.

A empresa de automóveis alemã Audi surpreendeu o mundo na última terça-feira, 21, com uma nova invenção: a produção de diesel sintético a partir da mistura de água (H2O), gás carbônico (CO2) e eletricidade. A produção do combustível renovável foi realizada na cidade de Dresden, na Alemanha.

O e-diesel, como é chamada a criação, foi produzido, experimentalmente, através de um processo químico chamado de eletrólise. Dessa forma, primeiramente, a água é transformada em vapor em uma temperatura superior a 800ºC e, é neste momento em que as moléculas são quebradas através da eletrólise. Após, ocorre uma reação entre o gás carbônico e o hidrogênio dentro de um reator de temperatura e pressão altíssimas, que resulta no hidrocarboneto “blue crude”, ou, em linguagem popular, um combustível refinado do petróleo, conforme citado em uma matéria no site Auto Esporte.




Na terça-feira foram produzidos cerca de cinco litros do e-diesel, que foram utilizados no abastecimento do carro da Ministra de Educação e Pesquisa do país alemão, Johanna Wanka.

Segundo a empresa alemã, o objetivo é produzir, dentro de três meses, cerca de três mil litros do novo combustível, que tem eficiência de 70% e utiliza somente energia renovável. Ainda, uma facilidade do produto é que ele pode ser usado de duas formas distintas: como combustível único ou, ainda, pode ser adicionado ao diesel comum.


Caso seja possível usar o gás carbônico para produção do e-diesel, o meio ambiente sofrerá menos com a poluição da fumaça produzida pelos carros e será um grande avanço no mundo automobilístico.

A Audi:

Para quem não conhece, a Audi é uma equipe membro da Volkswagen, e nasceu no ano de 1969. É uma empresa totalmente voltada para a fabricação de carros de luxo, justamente para não ter concorrência com os modelos populares produzidos pela Volks.

Aqui no Brasil os veículos da marca podem ser encontrados em cerca de 30 lojas, distribuídas por todo o país.

Por Andréa Corneli Ortis

Diesel ecológico



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *