Toyota Prius poderá ser fabricado no Brasil





Modelo poderá começar a ser produzido em terras tupiniquins em 2018

A Toyota pode produzir o híbrido Prius no Brasil, de acordo com o que foi evidenciado pelo portal Asia Nikkei. A emissão da nota adverte que o conceito da montadora poderia começar a fabricação a partir de 2018. Por esse motivo, alguns administradores têm sustentado diálogos com o governo federal e com o governo de São Paulo, com o intuito de negociar admissíveis incentivos fiscais. 

No começo, a Toyota empregaria a sua planta que está localizada em São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, contudo a produção de peças da picape Hillux iria para a fábrica da Argentina. Desta forma, estima-se que a fabricação deve aproximar-se de 1.500 unidades/ano do Prius. 




O modelo, aliás, já é alienado em comarca nacional desde 2013, porém o alto valor dos impostos praticamente duplicou o preço referente ao Japão. Assim, somente 400 unidades do híbrido foram distribuídas. 

Já mercados como a América do Norte, China e Europa, somam 428 mil unidades vendidas em 2014.


Um carro híbrido é aquele que ajusta dois tipos de energia para sua propulsão — por exemplo, um carro que tem um motor a queima interna e um motor elétrico. O início principal é fazer com que o motor instigado à eletricidade diminua o empenho do motor a combustão, enfraquecendo os níveis de gasto e de emissões.

O Prius professa este princípio. Ele conecta um motor 1.8 a gasolina a um motor elétrico, que associados são apropriados para render a força de um propulsor tradicional de 2,4 litros — são 98 cv e 14,5 kgfm de torque do motor a combustão e 40 cv e 21,1 kgfm do motor elétrico.

A energia acendida pelos freios é culpada por recarregar a bateria do motor elétrico, exonerando a utilização de carregadores de tomada. O consumo, de acordo com dados emitidos pelo Inmetro, é de 15,7 km/l na cidade e 14,3 km/l na estrada (gasolina). 

Por Lorena de Oliveira

Toyota Prius

Toyota Prius

Toyota Prius

Fotos: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *