A nova geração do Focus chegará ao mercado no início de 2018 e trará diversas novidades.

Para quem espera grandes novidades da montadora Ford para o ano de 2018, as expectativas são de que seus milhares fãs no mundo inteiro não vão se decepcionar. Isso porque a marca já anunciou que deverá lançar em breve a nova geração de um dos seus maiores sucessos de vendas no mercado: o Ford Focus.

Apostando em um conceito novo de estilo, a Ford levou bastante a sério a ideia de um nova geração para um dos seus automóveis mais bem aceitos no mercado mundial. Para isso, ela colocou todos os seus engenheiros e projetistas na prancha de desenho e elaborou um novo padrão para o seu consagrado carro. O resultado poderá ser conferido a partir do início de 2018 quando os primeiros modelos da nova geração já estarão circulando nas ruas das grandes metrópoles do mundo, inclusive no Brasil.

O que os especialistas em carros pelo mundo afora podem prever é que o novo modelo deverá manter a sua identidade visual preservada, entretanto, novas tendências de design e novas linhas de expressão deverão deixar o novo Focus com um visual bem mais agressivo.

Deste modo, os fiéis consumidores da marca podem ficar sossegados, o novo conceito a estrear em 2018 não deverá desconfigurar a ‘personalidade’ já tão bem fixada para o tradicional do mercado.

Em termos estéticos, o carro deverá ganhar uma frente totalmente cromada, seguindo uma tendência já adotada no novo Fiesta, além disto, tanto os faróis dianteiros e traseiros deverão ser de LED, uma tendência mundial já adotada pela montadora.

O novo Focus ganhará mais visibilidade e imponência e, por isso, um estilo mais agressivo com a adoção de linhas laterais desenhadas para dar um novo design a esta nova geração. Além disto, ele vai ganhar um porta-malas bem maior o que vai lhe proporcionar também um comprimento um pouco mais alongado em relação ao que já existe no mercado.

Com relação ao interior do novo Focus, o novo modelo surpreende os mais experientes ao adotar um estilo mais simples e, portanto, mais minimalista. A Ford investiu num novo conceito mais limpo em relação ao seu painel e resolveu reunir todas as principais funções num painel eletrônico e à disposição do motorista.

Incorporando os principais recursos de segurança adotados pelas suas principais concorrentes, a Ford resolveu trazer para a nova geração do Focus 2018 itens de segurança como um sistema que é capaz de reduzir ou até mesmo frear o carro no risco de uma colisão iminente e um dispositivo que alerta ao motorista a presença de pedestre na sua frente.

Em termos de motor, a Ford resolveu adotar o conceito de EcoBoost e irá equipar o novo modelo com um motor 1.0 de três cilindros em três versões: 99, 123 e 138 CVs e potência. A montadora deverá colocar no mercado também uma versão 2.0, mais esportiva, com 275 CV e mais poente, com 350 CV, para concorrer com a versão mais esportiva da Volkswagen, o Golf R.

Outra novidade fica por conta de uma versão Diesel do tipo 1.5 e 2.0L e outra com motor turbo 1.5.

Para os fãs do Focus, o ano de 2018 promete trazer muitas novidades para quem quer levar a nova versão para a garagem de casa. Então, daqui ate lá, é só preparar o bolso, já que a própria Ford ainda não divulgou os possíveis preços de seus novos modelos que vão estrear no mercado o ano que vem.

Por Emmanoel Gomes

Ford Focus 2019


Modelo compõe a lista dos automóveis mais vendidos do Brasil.

Se você é uma pessoa apaixonada por automóveis, com certeza você já conhece o Renault Sandero que compõe a lista dos automóveis mais vendidos do Brasil.

O Renault Sandero foi lançado no Brasil no ano de 2017, porém o seu design considerado um pouco quadrado para aquele ano, não conquistou muito os brasileiros, contudo com o passar dos anos ele foi sendo reestilizado até cair no gosto popular.

O automóvel da montadora Renault embora com a sua chegada não agradou a muitos, com o tempo foi conquistando muitos brasileiros pelas suas diversas qualidades, entre elas destaca-se um interior amplo e bastante confortável, um baixo consumo de combustível e até mesmo seu preço e finalmente sue design também ganhou um design bem agradável, que compõe o seu conjunto de qualidades.

Dessa forma, para continuar nessa lista de carros mais vendidos a marca na sua linha do ano de 2018 pretende inovar, principalmente na sua parte mecânica, sem deixar de trazer mais tecnologia e um design ainda mais atraente.

Nesse sentido a linha 2018 vem mais uma reestilização, a princípio visual já que na sua parte da frente os para-choques e grade ganham uma modelagem que os colocam em mais evidência. Na parte traseira as mudanças ficam por conta dos faróis e das lanternas.

O interior também ganha mais espaço, conforto e beleza, sem falar de uma alta tecnologia de bordo. Sem dúvidas a linha 2018 complementa a linha 2017 que já é um sucesso.

E como não existem ainda muitas informações sobre mais detalhes do Sandero 2018, veja abaixo algumas característica da linha 2017.

Veja abaixo os preços atuais do Renault Sandero:

  • Versão Authentique 1.0: vendido a R$ 38.250;
  • Versão Authentique Plus 1.0: vendido a R$ 38.950;
  • Versão Expression 1.0: vendido a R$ 40.600;
  • Versão Expression 1.6: vendido a R$ 43.850;
  • Versão Expression Easy´R 1.6: vendido a R$ 47.650;
  • Versão Dynamique 1.6: vendido a R$ 47.000;
  • Versão Dynamique Easy´R 1.6: vendido a R$ 51.200;
  • Versão Stepway 1.6: vendido a R$ 53.000;
  • Versão Stepway 1.6: vendido a R$ 55.800;
  • Versão GT Line 1.6: vendido a R$ 48.990;
  • Versão RS 2.0: vendido a R$ 58.880.

Bonito, confortável e econômico, o Renault Sandero sem dúvidas é um automóvel que impressiona e continuará impressionando os brasileiros.

Por Sirlene Montes

Renault Sandero 2018


O modelo traz faróis novos na dianteira e modernização dos para-choques.

O termo “facelift” foi incorporado ao vocabulário dos automóveis para denominar as pequenas mudanças na aparência já conhecida dos veículos de uma determinada linha, e está chegando a vez do novo Ford Fusion 2017. Há dez anos no Brasil, um dos grandes Sedans, prometido pela Ford ainda neste ano de 2016 nos Estados Unidos e em rede nacional, o Fusion investe sua novidade na aparência da carroceria.

O facelift elaborou mudanças por dentro e por fora do veículo, trazendo faróis novos na dianteira e modernização dos para-choques. Com cromado e novas lanternas, a traseira também não ficou para trás nas mudanças. Se por fora há valorização da aparência, por dentro a Ford apostou em entretenimento trazendo o sistema SYNC 3, presente pela primeira vez no Brasil. O sistema SYNC 3 foi atualizado para se parecer, em termos de interface, com o Smartphone, facilitando o entendimento do motorista que já está familiarizado com o celular, além do alto desempenho para o comando de voz, tendo em vista a segurança de quem dirige. O Ford Fusion dará o estopim para o lançamento do sistema e em seguida estará disponível para toda a linha local. Para substituir a alavanca, o SYNC 3 ainda conta com um botão giratório que seleciona as marchas do câmbio!

Apesar do alarde da novidade, datas e preços fixos não foram divulgadas ainda, só estima-se que o Fusion chegue ao mercado agora, no segundo semestre de 2016. Estima-se que os preços variem entre R$ 114.400 para o 2.5 16V iVCT Flex, R$ 129.400 para o 2.0 16V GTDi Titanium, R$ 145.400 para o 2.0 16V AWD GTDi Titanium e R$ 149.900 para o 2.0 16V Hybrid Titanium, o que cabe na faixa de preço do consumidor local atual. A opinião geral de quem já teve o 2008, 2010 ou tem o Titanium 2016 é de que na faixa de preço não há outro carro que se iguale no mercado. Consumidores em potencial aguardam a pré-venda e se sentem felizes de terem a oportunidade de adquirir um veículo importado por um preço acessível, não só pela vaidade, mas também pela demanda globalizada.

Por Jean Carlos Weber Andrades

Ford Fusion 2017

Ford Fusion 2017


Novo modelo será lançado no Brasil ainda neste ano.

Foram reveladas fotos do novo Tiguan de 7 lugares da Volkswagen. As fotos foram divulgadas pelo Ministério da Indústria chinês e mostram a versão do novo utilitário que está mais longilíneo e confortável.

O moderno Tiguan da Volkswagen tem seu lançamento no mercado brasileiro ainda este ano, ele conservou algumas linhas do modelo antigo, de 5 lugares. Seu comprimento cresceu mais 226mm e os entre-eixos com 110mm de distância, o que poderia se esperar de um utilitário para sete passageiros.

O SUV teuto-chinês manteve o mesmo estilo do modelo europeu, continua com lanternas em forma de L com LEDs e ganhou um desenho original na janela da terceira coluna e as portas de trás ficaram mais longas. O novo esportivo da Volkswagen ficou com o comprimento total de 4,71m, para dar mais conforto ao cliente.

O novo Tiguan será montado na China pela Joint Venture SAIC-Volkswagen estará disponível em modelos com cinco, seis e sete lugares, e oferece também opções com assentos configuráveis. Sendo possível também para o comprador escolher entre as várias opções de motor como, 1.4 TSi de 150 cv – 1.8 TSi de 180 cv e 2.0 TSi com dupla opção de 186 e 220 cv, todos com turbocompressor e movidos a gasolina. A caixa DSG de sete velocidades estará entre as opções que o utilitário oferece.

Tiguan no México:

A Volkswagen anunciou no mês de junho que ia começar a pré-produção do Tiguan de sete lugares (LWB), em sua fábrica que fica na cidade de Puebla, México. De acordo com a produtora a nova demanda será priorizada para o mercado norte-americano, contudo não descartam a possibilidade de exportações para a América do Sul ( inclusive o Brasil).

Muito embora ainda não seja encarado da mesma forma na Europa e Estados Unidos, o moderno Tiguan de sete lugares a ser produzido no país mexicano, o modelo deve ter o mesmo formato do chinês, comparado ao Passat americano em relação ao modelo asiático, igual.

Preço:

O preço final do novo SUV da VW ainda não foi divulgado, mas deve seguir as variações do dólar. Provavelmente ele ficará entre os valores de seus concorrentes diretos; o Hyundai ix35 R$ 99.990 – Kia Sportage R$ 104.900 e Mitsubishi Outlander por R$ 129.00. É aguardar para ver.

Por Ruth Galvão

Volkswagen Tiguan de 7 lugares

Volkswagen Tiguan de 7 lugares

Fotos: Divulgação


Modelos que ficaram fora do reajuste foram o sedan CC, Golf e Jetta 1.4 TSI.

A empresa alemã Volkswagen promoveu novos acréscimos em quase toda sua linha, só ficaram fora da lista de aumento o sedan CC e os veículos lançados recentemente, o Golf, em todas suas versões e também o Jetta 1.4 TSI.

Com os aumentos variando conforme as configurações, o VW Saveiro foi o veículo que sofreu o menor reajuste, atingindo a marca de R$ 400 de acréscimo, já o VW Touareg ficou R$ 6.700 mais caro.

A picape Saveiro que encareceu 400 reais, por enquanto, ainda não seguiu as novas atualizações visuais da linha Gol. Já o compacto VW Up! teve, em algumas versões, um aumento de 460 reais.

As linhas CrossFox e Fox não conseguiram escapar dos aumentos dos irmãos, enquanto a perua SpaceFox encareceu em torno de mil reais.

O modelo que mais intrigou foi o SpaceCross, que apesar de possuir um número de vendas muito baixo, tem um valor atualizado de R$ 77.590 com câmbio manual e com câmbio automático chega a R$ 80.890. Somando a todos os itens opcionais, o carro chega a atingir a marca de R$ 90 mil.

Os modelos que tiveram os maiores acréscimos foram os SUV’s Touareg  e Tiguan.

O mais baixo agora inicia em R$ 141.890 (um aumento de R$ 1.400), já o maior começa em R$ 285.590 e pode ficar até 6.700 reais mais caro.

Os novos Jetta e Golf (exceto a variante Highline 2.0 TSI) tiveram seus valores mantidos.

Já o Passat, lançado há pouco tempo, subiu e agora inicia em R$ 148.290. Abaixo, segue uma lista com os novos preços iniciais dos modelos da marca.

  • Gol – R$ 34.890 (1.0) – R$ 40.190 (1.6)
  • Up! – R$ 32.190 (1.0) – R$ 44.490 (1.0 TSI)
  • Voyage – R$ 40.990 (1.0) – R$ 44.590 (1.6)
  • Fox – R$ 45.150 (1.0) – R$ 48.990 (1.6)
  • Saveiro – R$ 42.390 (1.6) – R$ 65.690
  • CrossFox – R$ 66.190
  • SpaceCross – R$ 77.590
  • SpaceFox – R$ 61.290
  • Golf Variant – R$ 85.690
  • Golf – R$ 74.590 (1.6) – R$ 91.290 (1.4 TSI) – R$ 117.690 (2.0 TSI)
  • Passat – R$ 148.290
  • Jetta – R$ 78.230 (1.4 TSI) – R$ 103.990 (2.0 TSI)
  • Touareg – R$ 285.590 (V6) – R$ 340.690 (V8)
  • Tiguan – R$ 141.890

Por Filipe Silva

Volkswagen


Nova geração trará diferentes opções de personalização, além de alguns novos recursos de conectividade.

A segunda geração do Citroën C3 muito em breve sairá do mercado. Lançado em 2009, o mesmo já está presente há 7 anos na Europa e agora em outubro virá seu sucessor, em sua terceira geração, a qual é fabricada sobre a plataforma do Peugeot 208.

O compacto possui uma nova linguagem visual, a qual já foi aderida em outros modelos da Citroën, como por exemplo, o Cactus e o C4 Palas. As diferentes opções de personalização são novidades na terceira linha do veículo, além também de alguns novos recursos de conectividade.

O design diferenciado é uma das propostas da montadora para atrair os consumidores, assim como foi nas versões anteriores. Entre as alterações está o desenho mais ousado das luzes de LED, as quais passam a ser posicionadas um pouco acima dos faróis.  Esta mudança já foi vista no C4 Picasso.

O grande destaque desta geração é o para-brisa Zenith, o qual proporciona um aumento no campo de visão para os passageiros dianteiros e com isso é ampliada uma experiência sensorial. O mesmo possui 1,35 metro de comprimento, desta forma aumenta o ângulo de visão em 80º. A marca redesenhou a cabine e fez uma extensão do vidro e traz uma proposta de carroceria mais arrojada.  

A nova geração do Citroën C3 será comercializada com propulsores iFlex de 93 cavalos, na versão manual ou então VTi 120 Flex Start com 122 Cavalos de potência, isso na transmissão automática. O veículo tem alguns diferenciais positivos, como economia de combustível e um bom torque.

São diversas versões, em transmissão manual estão disponíveis: Attraction, Origine, Exclusive e Tendance, todas elas com motor 1.5 e com transmissão automática são: Exclusive e Tendance, ambas com motor 1.6. Entretanto, ainda não foram divulgadas as informações de desempenho do veículo.

Os principais itens de série da versão Tendance são: trio elétrico, direção elétrica, central multimídia com GPS, ar condicionado, e rodas de liga leve, além também de airbag duplo e freios ABS para todas as versões.

Por Nádia Neves 

Novo Citroen C3

Foto: Divulgação


Preço sugerido no Brasil parte de R$ 309.900.

A Mercedes-Benz chega bastante forte para o mercado em 2016, haja vista o seu mais recente lançamento: trata-se do novo C450 AMG 4MATIC, um dos automóveis da linha de alta performance da montadora. Com muita tecnologia e um motor bastante potente, o novo lançamento da Mercedes deve agradar bastante aqueles que amam velocidade e modernidade. O mais novo lançamento da Mercedes já se encontra disponível nas concessionárias da montadora em todo o país. O preço sugerido do C450 parte de R$ 309.900.

Um dos principais destaques desse lançamento é o conjunto mecânico, pois o C450 conta com um V6 de 3 litros com 367 cv de potência. Trata-se de um motor um pouco abaixo de C63 AMG, no entanto, segundo a própria Mercedes, o C450 dispõe de muitos componentes provenientes do modelo V8 como, por exemplo, suspensão AMG Ride Control e a tração integral nas quatro rodas 4MATIC. O motor é associado à transmissão automática com sete velocidades.

Além disso, saiba que o motor V6 de 3 litros com muitos avanços tecnológicos. Um dos principais destaques é, sem sombra de dúvidas, a alteração da pressão do compressor, dessa forma, possibilitando os 36 cv de potência e 53 kgfm. A Mercedes também informa que o C450 consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos.

E se você é desse que dirige o seu automóvel em ambientes totalmente distintos, não se preocupe, pois o C450 dispõe de opção para ajuste de condução através das seguintes opções: Eco, Comfort, Sport, Sport+ e Individual. Através destas opções, serão regulados: parâmetros da suspensão, direção, transmissão e do motor de modo que tais configurações se adaptem ao referido ambiente.

O novo sedan da Mercedes se destaca bastante quando assunto é o seu visual. O mesmo conta com elementos de estilo fortemente baseados no pacote de equipamentos AMG Line. As laterais possuem aberturas de ar com bordas defletoras que além de serem visualmente bonitas também melhoras o índice de arrasto aerodinâmico do automóvel.

Por Bruno Henrique

Mercedes-Benz C450 AMG 4MATIC

Mercedes-Benz C450 AMG 4MATIC

Mercedes-Benz C450 AMG 4MATIC

Fotos: Divulgação


Novo modelo será produzido no Brasil e começará a ser vendido em março de 2016.

De acordo com o presidente interino da Chery, Luis Cury, a nova geração do modelo QQ terá o início de suas vendas em março de 2016. A notícia foi dada durante um evento de encerramento do ano. O novo QQ terá a sua produção feita no Brasil, assim como os modelos Celer Hatch e o Celer Sedan.

Ainda de acordo com Cury, o preço da nova geração do QQ não poderá ser menor que R$ 30 mil. No segundo semestre do ano que vem, a marca também dará início às vendas do Tiggo 5 nacional, que é o SUV da Chery. Para esse modelo haverá uma versão do mesmo com 07 lugares.

O presidente interino da marca também anunciou, sem dar nomes, que já foi definido outro representante da Chery no Brasil em 2016. Fontes que são ligadas à marca apontam que o ano que vem terá os lançamentos do Tiggo 5 e Tiggo 3. O modelo Tiggo 1 ficará para 2017. A fabricação dos automóveis acontecerá na planta de Jacareí, em São Paulo.

O intuito da Chery é finalizar o ano de 2016 com 10 mil unidades produzidas, sendo que esse número é praticamente o dobro do que a marca produziu neste ano. Cury comentou que, no mínimo, dois modelos serão submetidos para o crash-test do Latin NCAP do ano que vem. São eles: o QQ e o Celer. Isso é importante, uma vez que a questão da segurança é algo que ainda preocupa quando se fala em carros chineses.

Cherry atual:

Foi no dia 22 de abril que a Chery começou a vendas do modelo atual do QQ no mercado nacional. O automóvel compacto teve uma renovação completa. Ele foi importado da China até o segundo semestre deste ano de 2015, quando foi iniciada a fabricação na planta de Jacareí.

O QQ vem sendo vendido em duas versões. A Look tem o custo de R$ 31.990 e conta com vidros elétricos dianteiros, ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS, airbag duplo e som com entrada USB.

A versão Act é comercializada por R$ 33.990. Os itens adicionais são as rodas de liga leve aro 14, sensor de estacionamento, vidros elétricos também traseiros, CD player com MP3, retrovisores elétricos, entre outros. 

Chery QQ 2016

Chery QQ 2016

Fotos: Divulgação


Mercado automobilístico brasileiro chama a atenção de montadoras, que irão trazer novos lançamentos em 2016.

Com o crescimento e a abertura do mercado nacional automobilístico para outras marcas de veículos automotores, novas marcas, até então desconhecidas no mercado nacional, foram inseridas no rol de fabricantes de veículos comercializados por aqui.

Foi aproveitando este momento favorável que a Lifan, marca japonesa, a partir do momento que assumiu as suas operações no Brasil, conseguiu não só entrar no mercado nacional, mas também elevar as suas vendas e fazer com que o SUV X60 se tornasse um sucesso da marca por aqui.

Como as coisas estão melhorando para a marca e a fabricante vê o mercado brasileiro como bastante promissor, no ano de 2016, a marca irá apostar todas as suas fichas no seu crossover compacto chamado X50, enquanto na China, a Lifan começou a divulgar as imagens preliminares de um novo utilitário esportivo que será lançado por lá, o qual aparentemente possui dimensões maiores até mesmo que o X60.

Este novo SUV possui um espaço interno para cinco ou até sete ocupantes e ao que tudo indica este novo veículo será batizado com o nome de X70, modelo este que será um intermediário que ficará situado entre o conhecido X60 e o grandalhão X80.

As primeiras notícias estão dando conta que as chances do X70 ser comercializado aqui no Brasil são muito boas, tendo em vista que o X60 possui um valor de comercialização entre R$ 59.990 e R$ 63.990, valores estes que fariam com que o X70 figurasse em uma faixa de preço superior, podendo ser talvez na casa dos R$ 70.000 e R$ 75.000.

Logo, o que nos resta é aguardar maiores novidades a respeito destes modelos, o que, sem sombra de dúvida, irá ocorrer, mas a probabilidade destes modelos fazerem sucesso por aqui é bem grande, pois com certeza eles chegaram com preços bastante competitivos em relação aos veículos nacionais e com um repertório grande de acessórios e tecnologia.  

Por Adriano Oliveira

Lifan X50

Foto: Divulgação


Novo modelo terá 450 unidades fabricadas e deve ser vendido por US$ 2,5 milhões.

O Veyron da Bugatti está para perder o trono como o carro mais rápido para seu sucessor: o Chiron. O nome foi confirmado pela empresa no dia 30 de novembro e é uma homenagem ao piloto Louis Chiron, que trabalhou para a Bugatti por 10 anos na década de 20.

Depois da venda dos 450 volumes do Veyron o Chiron deve ser limitado a 500 unidades. Os milionários de plantão fiquem espertos: a venda será limitada assim como a de seu antecessor. Quem quiser comprar o esportivo deve ter uma ótima renda, seu preço deve chegar aos US$ 2,5 milhões (algo ao redor de R$ 9,7 milhões segundo a cotação do dia 30 de novembro).

Ele estreará no Salão do Automóvel de Genebra de 2016 que ocorrerá em março. Apesar do preço impressionante para os meros mortais o Chiron já recebeu mais de 100 pré-encomendas.

A Bugatti declarou que seu novo esportivo está em testes finais. Ele contará com um motor 8.0 W16 quad turbo com 1500 cv e com um torque de 152,4 kgfm. Segundo a empresa o Chiron deve ir de 0 km/h a 100 km/h em 2,3 segundos e alcançará uma velocidade máxima de quase 500km/h, as fontes diferem no valor exato. O Veyron é um pouco mais lento, vai de 0 km/h a 100 km/h em 2,5 segundos. O velocímetro marca até os 500 km/h.

No Frankfurt Motor Show a Bugatti mostrou um conceito do Vision Gran Turismo que deve ser uma previsão da aparência do Chiron. Segundo o diretor da Bugatti, Wolfgang Dürheimer, a tentativa da empresa com esse design é fazer o melhor ainda melhor.

Apesar de impressionante o Chiron pode encontrar diversos problemas no caminho. Recentemente a Volkswagen, empresa mãe da Bugatti, esteve envolvida num escândalo nos testes de emissões de carbono que pode custar à empresa US$ 86 bilhões e forçar a empresa a cortar projetos inteiros, especialmente um projeto tão caro e com quase nenhum retorno como o do superesportivo.

Por Gizele Gavazzi

Bugatti Chiron

Bugatti Chiron

Fotos: Divulgação


Fábrica da Chery no Brasil, em Jacareí (SP), irá produzir apenas 10% da sua capacidade total de veículos.

A Chery, primeira montadora chinesa a se instalar no Brasil, deve alcançar números indesejados em 2015. A marca chinesa anunciou recentemente que sua fábrica em Jacareí irá produzir cerca de 5 mil veículos em 2015, o que significa apenas 10% da capacidade total que tem tal fábrica.

O grande motivo para esta decisão é a forte crise econômica que o país atravessa. A crise trouxe como consequência direta graves problemas no setor automotivo do país. Para se ter uma ideia da dimensão dessa crise, saiba que a indústria automotiva irá retroceder nada menos que nove anos em volume de produção.

É importante destacar que 2015 é o ano de estreia da Chery em solo brasileiro. No início deste ano a montadora havia projetado uma produção anual de 30 mil automóveis em 2015, no entanto, tal número foi revisado a passou a ser de 20 mil, sendo que uma revisão consecutiva baixou a expectativa para 10 mil veículos. A projeção mais atual já aponta a fabricação de 5 mil carros até o final de 2015.

O vice-presidente da Chery Brasil, Luis Curi, destaca que os chineses estão desapontados com tal resultado, porém, os mesmos não apresentam arrependimentos em relação ao investimento.

A queda na projeção da fabricação de veículos em 2015, no Brasil, não é exclusividade da Chery. Um grande exemplo disso é a Hyundai, que mesmo apresentando um crescimento de vendas de 15% em um mercado que cai 22%, emitiu uma nota onde destaca o adiamento por tempo indeterminado da inauguração de sua segunda fábrica no Brasil. Com tal inauguração a Hyundai poderia aumentar ainda mais sua linha de produção.

Um detalhe bastante importante é que há poucos anos atrás as montadoras mais antigas instaladas no país já temiam a chegada dos chineses para o setor automotivo brasileiro. A Chery é a única das chinesas que não importa, ou seja, sua linha de produção tem origem no Brasil.

Por Bruno Henrique

Fábrica da Chery

Foto: Divulgação


Modelos clássicos como Mercedes-Benz 60 AMG Limited (1994) e 630 Kompressor (1929) estão à venda em espaço criado no site da montadora.

Para os apaixonados por carros clássicos uma grande novidade, a marca Mercedes-Benz criou um espaço em seu endereço eletrônico destinado às vendas dos seus modelos mais clássicos em versões restauradas.

São verdadeiras relíquias automobilísticas como os modelos Mercedes-Benz 60 AMG Limited do ano de 1994 e o 630 Kompressor, um superclássico de 1929, sendo até hoje é um dos mais famosos entre as marcas automobilísticas.

A empresa alemã, que até hoje é referência em carros e coletivos, está tão empolgada com a nova ideia que inclusive treinou e colocou disponível no site e nas suas grandes lojas, vendedores especialistas nos modelos clássicos, para melhor atendimento dos seus clientes colecionadores, que muitas vezes têm maior conhecimento das máquinas do que simples vendedores da área.

Vale lembrar que a empresa alemã já contava com um super museu voltado para seus modelos clássicos e a história da marca, o "Mercedes-Benz Museum" que fica localizado em Sttuttgart, na Alemanha.

Para facilitar a organização no site, os modelos são encontrados em uma categorização ordenada em 3 tipos: os da linha "Premium" que correspondem às máquinas com pouca quilometragem utilizada e características bastante fiéis ao modelo clássico, focado na originalidade; os modelos "Collector" com o diferencial na mecânica reforçada; e os modelos "Drivers" que são carros também originais, mas que podem precisar de algum tipo de reparação .

Aos interessados em saber os valores, no site a marca alemã disponibilizou apenas o valor de alguns dos modelos  da categoria Premim  que variam de R$ 800 mil a R$ 3,5 milhões. Para conhecer os valores de outros modelos é necessário ir a uma loja da Mercedes-Benz para consulta.

Para ter acesso a mais detalhes, acesse ao site oficial da empresa através do endereço eletrônico:  alltime-stars.com.

Por Priscilla Fontes

Modelos clássicos da Mercedes-Benz

Foto: Divulgação


Nova linha 2017 virá com modificações significativas que chamarão a atenção dos apaixonados por carros.

Trabalhando com a Porsche, empresa controlada pela própria Volkswagen, a montadora alemã reformulou e modernizou o Touareg. O projeto começou a ganhar forma física, porém será lançado apenas ao final de 2016, como linha 2017.

Começando pelo desenho, a nova versão deverá ser menos austera. O novo design tem traços mais refinados que o atual. A parte frontal ganhará luzes de LED, como os carros da Audi. Os faróis serão os primeiros a operarem com a tecnologia de assistência dinâmica de luzes. A iluminação não será feita por um feixe de luz contínuo e estanque; o sistema calculará e emitirá luz conforme o ambiente, ajustando alcance e intensidade.

A perda de peso do veículo com ganho de performance também virá da Audi, pertencente – como a Porsche – ao grupo Volkswagen. A plataforma mecânica usada no novo esportivo utilitário virá do Q7 – e do Bentley Bentayga – com materiais mais leves. A terceira geração do carro perderá 325 quilos.

Outra mudança significativa é o aumento do já grande espaço interno. O modelo 2017 passará de cinco para seis lugares, com uma fileira a mais de bancos. Serão três fileiras de dois lugares cada. A alteração também deve-se à plataforma adaptada da Audi.

O próximo Touareg provavelmente terá uma versão híbrida, fruto de influência do Q7 e-tron, que poderá chegar a 375CV de potência. O modelo com propulsor turbodiesel e seis cilindros deverá ficar com força de 330CV.

O valor estimado para a linha 2017 parte de R$ 260 mil. Atualmente, existem duas versões do Touareg. A 3.6, de 24 válvulas, seis cilindros e 280CV custa R$ 254.686. A R-Line 4.2, de oito cilindros e 360CV não sai por menos de R$ 300 mil.

A geração do automóvel faz parte de uma investida que abrange o lançamento de cinco SUVs até 2017 em diferentes países e continentes.

Por Bruno Klein

Volkswagen Touareg 2017

Volkswagen Touareg 2017

Fotos: Divulgação


Modelo terá preços entre R$ 109.950 e R$ 119.950 e será produzido na fábrica da montadora em Araguari (SC).

A BMW começará a produzir o modelo Série 1 reestilizado no Brasil. A atualização foi apresentada pela montadora no mês de maio deste ano. O modelo será produzido pela Fábrica de Araquari, em Santa Catarina, que foi inaugurada no ano passado.

A atualização começa a ser produzida em solo brasileiro pouco tempo após o lançamento mundial. A produção da atualização da Série terá início ainda neste mês, assim como divulgado pela empresa BMW no dia 22. A versão anterior já é fabricada pela mesma Fábrica de Araguari (SC). Inicialmente as montagens locais serão para as versões 120i Sport e 120i Sport GP. Ambos os modelos possuem motor bicombustível ActiveFlex. A previsão é que os modelos cheguem ao mercado respectivamente pelos seguintes valores: R$ 109.950 e R$ 119.950.

Outra versão para o modelo, o 125i M Sport, com características mais esportivas, será vendida no país apenas no próximo ano (2016).

A Fábrica da BMW em Araquari iniciou montagens de carrocerias (soldagem) e pintura. Com isso, além do Série 1, também serão produzidos os modelos Série 3, BMWX3 e X1 (utilitários esportivos), além do Mini Countryman.

Além das novidades citadas, o novo X1 também pode ser inaugurado no Brasil. O modelo foi apresentado no mês de junho na Europa. O modelo já tem sido testado nas ruas de São Paulo. Para o ano que vem (2016), mais especificamente no primeiro trimestre, será a vez do modelo sedan executivo Série 7 a ser lançado no Brasil. Ele representa bem o que a BMW tem desenvolvido de mais moderno.

Outro destaque será o M2, uma versão do pequeno cupê da marca com estilização esportiva, uma derivação do Série 1. A apresentação deve ocorrer neste mês de outubro.

Ficamos na expectativa de consolidação dos novos modelos, mesmo neste momento de recessão econômica.

A atualização do BMW Série 1 atenderá, principalmente, os amantes do design esportivo. Neste sentido o Série 1 ganhou traços mais rebuscados e esportivos.

Por André César

BMW Série 1

BMW Série 1

Fotos: Divulgação


Modelo terá modificações no design, na parte interna e na suspensão.

Um visual de colocar qualquer um de “queixo caído”. Tudo por uma inovação em seu modelo, realizada de forma tão profunda e bela, que a Peugeot já começa a se alegrar com a notícia de que o novo Peugeot 408 está entre os carros com mais expectativa para ser campeão em vendas no ano de 2016.   

Para se ter uma noção da radicalidade das modificações,  o Peugeot 408 está com cara nova no design, na parte interna e também na suspensão. Na parte traseira do carro, o símbolo da Peugeot ganhou um destaque charmoso, o qual, próximo de faróis com desenho de uma modernidade ímpar, faz toda a diferença no novo sedan da Peugeot. Ainda se falando dos faróis, a tecnologia em LED permite que a viabilidade desse suporte deixe o carro lindo de se ver e dirigir não apenas à noite, como também de dia. Ele terá motor 1.6 THP, que os futuros proprietários podem escolher se quer com câmbio – que permite a mudança de velocidade tanto manualmente quanto no automático. Com essa proposta, a Peugeot pretende alcançar motoristas que tanto gostam de dirigir no modo tradicional ou usando a tecnologia, que já agrada a muitos nesse tempo de modernidade.  

Para os que optarem por câmbio automático, a montadora francesa traz acréscimos como o botão Push Eco, uma inovação que almeja tornar mais aproveitável o uso do combustível do carro, além do botão com o nome de Sport – para os motoristas que desejam colocar velocidade e mais arrojamento na hora de dirigir seu novo Peugeot 408.  

Se o assunto é a reestilização do 408, não se pode esquecer de mencionar os pneus de 17 polegadas, suporte para fixação de cadeirinha, chamada de isoflix e uma super central multimídia de sete polegadas, touchscreen, que vem com GPS acoplado.  Nessa central, o motorista pode fazer tudo que realiza através do smartphone. O modelo também oferece a opção de escolha para ficar conversível ou não, tudo tendo ainda a comodidade do ar condicionado dual zone.  

Internamente, o carro ficou ainda mais espaçoso, já que não seria útil investir em um projeto com tanta beleza sem atentar para o quesito conforto.   

A suspensão do novo Peugeot 408 também ganhou tecnologia, passado por uma remodelação para que o carro não perca a estabilidade diante das ruas e estradas que nem sempre são planas.   

O novo Peugeot 408 vai ser apresentado no Brasil no final deste ano de 2015. Ele foi fabricado em Buenos Aires, capital Argentina e, ainda não se sabe o preço de mercado dele aqui no Brasil, mas, a esperança é de que a Peugeot não o ponha no mercado a preços exorbitantes.

Mais informações no carros.peugeot.com.br.    

Por Michelle de Oliveira

Peugeot 408

Peugeot 408

Peugeot 408

Fotos: Divulgação


Novo modelo ganhou um propulsor V6 3.3 de 270 cv e outras ótimas características.

A renomada fabricante de veículos automotores Kia Motors lança no mercado a terceira geração do Kia Sorento. Nesta nova versão, o veículo assumiu um visual ainda mais robusto, teve as suas dimensões aumentadas, porém ficou ainda mais caro.

Um fator positivo de tudo isso é que este utilitário esportivo foi contemplado com um novo propulsor que o valorizou, o propulsor utilizado nesta nova versão é o V6 3.3 de 270 cavalos de potência. Este novo motor veio em substituição ao antigo 2.4 que era capaz de produzir uma potência máxima de 171 cavalos que trabalha em conjunto com o novo câmbio de seis velocidades automático, o qual possui opção de trocas sequenciais.

Com essas modificações, o Kia Sorento passou a figurar em um segmento superior, tendo como principais concorrentes o Ford Edge, o Land Rover Discovery Sport, o Hyundai Santa Fé e o Volvo XC60.

Este novo Kia Sorento será disponibilizado com versões com capacidade para cinco e sete lugares e o seu valor de comercialização será a partir de R$ 183.900. Dentre os detalhes que mais chamam a atenção neste utilitário esportivo sul-coreano estão a generosa grade que foi inserida na parte frontal do veículo para fazer a separação dos novos faróis adaptativos e das luzes diurnas confeccionadas em LEDs.  Com relação às dimensões, a frente do veículo teve um acréscimo de 10 centímetros. O veículo ficou com o comprimento total de 1,89 m de largura e 1,69m de altura, ou seja, 1,5 cm mais baixo que na versão anterior, já o entre-eixos sofreu um acréscimo de 8 centímetros e passou a ter 2,78m.

O veículo traz um pacote tecnológico bastante interessante, o qual possui sistema de detecção de pontos cegos, faróis adaptativos, assistente de partida em rampa, abertura do porta-malas feita por aproximação, bem como controle de estabilidade.

Como não poderia ser diferente o Kia Sorento ainda continuará sendo um carrão, haja vista que ele já vem de série com volante funcional que possui regulagem de profundidade e de altura, partida realizada no botão, ar-condicionado digital com duas zonas, teto solar duplo panorâmico, seis airbags, dentre muitas outras comodidades que valem a pena ser conferidas de perto. 

Por Adriano Oliveira

Kia Sorento 2016

Kia Sorento 2016

Fotos: Divulgação


Modelo sairá de linha em 2017 e terá a fábrica responsável por sua fabricação fechada devido ao baixo índice de vendas.

Popularmente conhecido como víbora, o Dodge Viper em breve pode perder seu “veneno”. Isso porque já em 2017 sua produção deverá ser interrompida e a fábrica responsável será fechada devido ao baixo índice de vendas do modelo.

A crise não é tão recente: ainda no ano passado, a fábrica parou por 2 vezes a sua produção devido aos poucos pedidos. Como tentativa de mudar o cenário, o valor de mercado do modelo foi reduzido em US$ 15 mil (equivalente a R$ 58 mil), porém mesmo como o desconto de 20%, o valor continuou bem elevado (aproximadamente R$ 330 mil) e a medida surtiu apenas um efeito positivo temporário nas vendas.

Só para ter uma ideia da decadência do esportivo, os meses de janeiro e setembro tiveram uma queda de 8% nas vendas em comparação ao mesmo período do ano passado. Assim, entre esses meses deste ano, apenas 503 unidades foram vendidas.

Outras medidas foram tomadas a fim de reverter esse quadro negativo como o lançamento de promoções de itens de personalização e a produção da versão projetada para pistas, a ACR.

A concorrência como o Corvette, modelo mais popular entre os consumidores, pode ter sido outro fator que contribuiu de forma decisiva para o Viper não emplacar no mercado.

Apesar de ser um modelo de renome e grande eficiência (com seu motor 8.4 V10 aspirado, potência de 645 cavalos e 82,8 kgfm de torque), tudo indica que o que realmente vale para FCA (Fiat Chrysler Automobiles), conglomerado de marcas automobilísticas europeias, são as taxas de vendas dos modelos propriamente ditas.

Além de deixar de ser produzido, outra notícia bem desanimadora aos amantes do carro: a marca não está preocupada em lançar um sucessor para o modelo, que se despedirá do mercado sem deixar qualquer modelo a altura na categoria dos esportivos da marca.  

Por Raquel Maciel

Dodge Viper

Foto: Divulgação


Modelo foi lançado no Brasil nas versões Seduction e Internsive, com preços que partem de R$ 110.900.

O novo carro lançado pela Citroën, o C4 Picasso, já está disponível no País. A nova geração do carro foi apresentada para o público no Salão do Automóvel de São Paulo, no ano passado. Há duas versões para a categoria: a Seduction, que pode ser encontrada no valor de R$ 110.900,00 e a Internsive, que tem o preço de R$ 117.900,00.

Uma das principais diferenças na nova categoria do C4 é o peso que está, aproximadamente, 140 kg mais leve. Além disso, o automóvel proporciona conforto para os usuários devido ao amplo espaço interno na categoria e também conta com duas telas, sendo uma sensível ao toque e a outra panorâmica tendo 12” em alta definição.

Outro detalhe da nova linha do C4 é sistema denominado Park Assist, que acompanha monitor externo de 360º e também tem regulador de velocidade ativo, que tem a capacidade de manter a distância programada do veículo a frente, o que proporciona mais segurança para o motorista.

Além disso, o motor que faz parte do novo C4 Picasso é o de 1.6 THP a gasolina de 165 cv e pode alcançar até 24,5 Kgfm de torque associado. Também conta com câmbio automático de 6 marchas. Entre outros detalhes, destacam-se itens de conforto como, por exemplo, a presença do ar digital dual zone e a central de multimídia que é equipada com tela de 7”, além volante multifuncional, que tem a sua composição revestida por couro.

O carro da nova categoria também tem sensor de estacionamento traseiro, assistente de partida em rampa, controle de estabilidade, alerta de pressão dos pneus, faróis de neblina, entre outros acessórios. Um dos diferenciais que tem a versão top de linha é a tela de 12” que acompanha GPS e também a câmera auxiliar traseira, lanternas de LED’s, além do acesso sem chave, alarme, entre outros.

O que achou do novo C4 que já pode ser encontrado no Brasil? Deixe a sua opinião. 

Por Babi

Citroen C4 Picasso

Citroen C4 Picasso

Fotos: Divulgação


Novo modelo traz design esportivo e exclusivo, além disso, conta com um motor capaz de gerar 167 cv de potência.

O novo Fiat 500 Abarth 2015 apresenta conceitos e novidades inovadoras. O automóvel conta com um design esportivo e exclusivo, que faz a diferença em cada detalhe. O exterior do caro tem pinças de freio que foram pintadas em vermelho porque foram inspiradas na esportividade e robustez. Além disso, o Fiat 500 Abarth é equipado com rodas de liga leve exclusivas de 16” e conta com faróis exclusivos que tem uma tecnologia com controle de facho de luz, que é ideal quando o caminho esta muito escuro e de difícil visualização.

No interior do carro, o motorista deve se sentir como um verdadeiro piloto. Os bancos exclusivos esportivos fazem parte da nova categoria, sendo o interior todo revestido em couro e com costura vermelha. Para quem adora ouvir música, o novo Fiat 500 foi projetado com som de qualidade, sendo equipado com o exclusivo áudio Beats, que é uma das principais grifes de todo o mundo. O sistema de som do carro conta com 6 alto-falantes premium, além de um sub-woofer de 8 polegadas e também um amplificador que tem 368 Watts de potência.

O Fiat 500 Abarth conta com motor de 167 cv de potência e 23 Kgf.m de torque. Ele tem a capacidade de alcançar em 6,9 segundos 100 km/h. A performance do automóvel também pode ser acompanhada por meio do medidor de pressão turbo, que possui o indicador de módulo de direção, além do aviso de troca de marchas.

Outro diferencial da nova categoria é a presença da suspensão esportiva, que proporciona mais estabilidade para o motor Multiair Turbo. Para proporcionar mais conforto, o carro conta com ar-condicionado automático e 7 airbags para a segurança: dois frontais, dois na janela, um no joelho, além da presença de dois nas laterais. Com a direção elétrica, o motorista tem mais suavidade na direção e facilidade para executar as manobras.

Qual a sua opinião sobre o novo Fiat 500 Abarth 2015? 

Por Babi

Fiat 500 Abarth 2015

Fiat 500 Abarth 2015

Fotos: Divulgação


Nova versão deverá chegar em breve ao Brasil. A montadora também anunciou que iniciará a produção nacional do novo X1 na sua planta de Araquari, em Santa Catarina.

Famosa por seus veículos de luxo e com certa potência acima de carros populares, a BMW agora traz uma novidade que irá agradar aos fãs brasileiros da marca: a nova versão do X1 deve chegar em breve ao País.

A informação foi divulgada durante o Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha. De acordo com a montadora europeia, o modelo deve também ser adaptado para a realidade brasileira, com motor flex. Inicialmente, o novo X1 deve chegar ao Brasil apenas por importação, dessa maneira talvez ainda não venha como flex. As especulações dão conta de que seu desembarque deve acontecer até o fim deste ano.

Mas o melhor de tudo é que, durante o mesmo evento, a BMW também afirmou que iniciará uma produção nacional do novo X1, em sua planta na cidade de Araquari, em Santa Catarina. A fábrica já produz o modelo atual do X1, e agora deve ocorrer a primeira troca de modelos nessa unidade. De acordo com especulações, o mesmo deve acontecer com o Serie 1.

Agora remodelado, o SUV irá brigar diretamente com o Mercedes-Benz GLA, o Audi Q3 e o VW Tiguan. A novidade é que o novo modelo ficou menor, cerca de 15 mm de comprimento, mas está mais alto e com maior espaço na parte interna.

E para os modelos que não possuem tração nas quatro rodas, o novo X1 ganhará uma tração dianteira, em substituição a tração traseira do modelo anterior (atual).

A parte mecânica ainda não foi confirmada para o modelo do Brasil, mas o certo é que terá um bloco de 2.0 litros. Também há uma especulação de que uma versão com motor 1.5 deve chegar ao país.

Durante o Salão de Frankfurt, a BMW também anunciou seu novo Série 7, modelo top de linha da versão sedan. Outro fato curioso foi o CEO da marca, que teve um leve desmaio durante a apresentação de seus novos veículos.

Por Felipe Villares

Nova BMW X1

Nova BMW X1

Fotos: Divulgação


Novo modelo está maior, com o acréscimo de 27 cm em seu comprimento e 9 cm na largura. O porta-malas também aumentou sua capacidade, agora contando com 360 litros.

Foi mostrada pela fabricante de veículos automotores Mini, no Salão de Frankfurt, a mais nova geração do Clubman, veículo que é a versão mais alongada do Hatch. Este modelo que sempre apresentava no seu design linhas controversas ficou ainda mais semelhante com a station wagon.

Pelo o que foi divulgado pela Mini, este veículo se trata do maior modelo já fabricado pela montadora. Se compararmos esta nova geração do Clubman com o Mini hatch de 5 portas, teremos um acréscimo de incríveis 27 cm no comprimento e outros 9 cm a mais na largura, já a distância do entre-eixos aumentou 10 cm. Dentro de todas estas mudanças a que foi considerada como o maior destaque foi o aumento do volume do porta-malas, característica esta que sempre era criticada, porém dessa vez o compartimento alcançou os consideráveis 360 litros de capacidade.

Um dos pontos considerados como positivo na versão anterior do Clubman que era a abertura dupla do compartimento do porta-malas foi mantida nesta nova versão, contudo o detalhe que sofreu modificação foi a quantidade de portas. A carroceria deste veículo nesta nova versão veio no estilo convencional e com quatro portas em substituição da antiga que possuía uma porta do lado do condutor e outras duas do lado do passageiro, sendo que uma delas tinha abertura feita de modo invertido.

Dentre as novidades que foram trazidas por este novo modelo, estão o sistema de freio de estacionamento eletrônico, ajustes nos bancos por comandos elétricos e um sistema bastante interessante que faz a abertura do compartimento traseiro de forma automática.

Com relação às especificações técnicas relacionadas à motorização, o Clubman traz as mesmas das demais versões, sendo que na versão de entrada o veículo traz consigo um propulsor 1.5 turbo de três cilindros, o qual tem a capacidade de produzir uma potência máxima de 136 cavalos, já na opção S o carro possui um motor 2.0 turbo com capacidade de gerar uma potência máxima de 192 cavalos. Já no mercado europeu a fabricante lançará uma versão com motor movido a diesel, o qual terá a capacidade de produzir uma potência máxima de 150 cavalos.

No continente europeu, a comercialização desta nova versão do Clubman terá início no dia 31 de outubro ainda deste ano, já para o mercado brasileiro a fabricante não divulgou datas, porém disse que pretende iniciar ainda neste ano.

Nova Mini Clubman

Nova Mini Clubman

Fotos: Divulgação


Novo modelo será apresentado no Salão de Frankfurt e contará com faróis em formato análogo a um bumerangue e a parte frontal será afilada.

A renomada fabricante de veículos automotores japonesa Nissan fez o lançamento do seu mais novo conceito que foi batizado com o nome de Nissan Gripz, este conceito será apresentado no Salão de Frankfurt. Este modelo está sendo apresentado aos pilotos do clássico 240Z, veículo que antigamente se destacou em diversas competições de rali, como uma referência.

Até o presente momento, o que foi liberado pela fabricante foi uma imagem da parte frontal deste conceito e posteriormente, em um vídeo, foram divulgados alguns flashes das demais partes do conceito. Pelo o que pode ser visualizado, os faróis do carro terão o formato análogo a um bumerangue e a parte frontal será afilada, características estas que fazem com que este conceito assuma a ideia de um cupê, porém com foco fora da estrada e apostando em um nicho com potencial para o futuro.

Com este conceito a Nissan não ficará apenas com o Kicks, crossover compacto que foi apresentado no Brasil e que compartilha a plataforma com o Versa e o March. O Gripz, sem sombra de dúvida, irá se diferenciar bastante do Kicks não só no porte, mas também em sua proposta que será muito mais esportiva.

A Nissan divulgou que uma das características que será inserida neste novo conceito será destinada aos condutores que tiverem a oportunidade de dirigir o veículo, uma vez que a empresa promete que estes terão uma sensação totalmente inovadora, fator este que para o segmento ao qual o veículo será destinado, tem aparência de ser algo bastante interessante.

Pelo o que foi demonstrado ao público nestas primeiras imagens computadorizadas este veículo tem tudo para agradar os consumidores, pois virá com um visual muito marcante, tendo como destaque a grade dianteira em forma de trapézio com a presença de divisórias em diversos níveis, além disso, no centro haverá um logotipo centralizado em tamanho grande.

Por Adriano Oliveira

Nissan Gripz

Nissan Gripz

Fotos: Divulgação


Montadora poderá lançar uma nova versão da Kombi em 2016.

Uma notícia dada em 2013 pela Volkswagen entristeceu os fãs da velha senhora Kombi: ela não seria mais fabricada. Mas como o mundo dá voltas e notícias ruins se vão e boas chegam. A VW mexe de novo com os brios dos que amam a charmosa perua: a montadora pode estar preparando a volta da Kombi e completamente repaginada ela pode ter seu lançamento no começo de 2016.  

De acordo com a revista Autocar, a estreia da nova Kombi seria no CES, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo. Não se tem confirmação da volta da perua, mas se sabe que a VW nunca escondeu que tem vontade de trazer, se não a velha Kombi, uma van baseada nela.

Especula-se que a nova perua seria fabricada em Puebla, no México, na planta da VW e que a fabricação começaria em 2017.

Sobre as especificações técnicas, segundo a Autocar, a Kombi teria o motor com opção de propulsão híbrida e com várias tecnologias que estão sendo apresentadas em outros modelos sustentáveis da montadora. A sua autonomia chegaria a 500 quilômetros, considerando as condições  e o estilo do motorista.

O chefe de desenvolvimento de veículos comerciais da Volkswagen, Hans-Jakob Neusser, contou à revista alguns detalhes sobre o novo design da perua, que deve contar com elementos visuais muito importantes e que há algumas características essenciais, que são a dianteira ligeiramente inclinada, assim como a parte central do veículo e seu estilo quadrado. São essas características únicas e cheias de estilo que fazem da Kombi o sucesso que é – em 2001, com a onda retrô em alta, a montadora criou o carro-conceito Microbus e dez anos depois, a Bulli (outros nomes pelos quais a Kombi é conhecida e chamada mundo afora).

As informações foram dadas por Neusser  no Salão de Nova York – ele também contou que os engenheiros e designer têm trabalhado num novo conceito, que fará com  que o utilitário volte em uma nova geração.

Por Elia Macedo

Volkswagen Kombi

Volkswagen Kombi

Fotos: Divulgação


Novo modelo recebeu modificações em seu visual e em seu acabamento interno. Vários itens e acessórios fazem parte da nova versão do Mercedes-Benz AMG GT S.

A novíssima versão do novo Mercedes-Benz AMG GT S foi mostrada pela Brabus. Este veículo será mais uma das atrações que irão marcar presença no Salão de Frankfurt, evento este que terá início no próximo dia 15 de setembro. Nessa nova versão o veículo superesportivo foi contemplado com uma série de modificações tanto no seu visual quanto no seu acabamento interior. Além disso, outras alterações foram feitas no conjunto mecânico deste carro, a fim de que ele conseguisse produzir uma potência ainda maior.

No seu exterior, o Brabus Mercedes-AMG GT S tem acessórios aerodinâmicos confeccionados em fibra de carbono, para-choques exclusivos, rodas ultraleves forjadas Brabus Monoblock no tamanho 20 polegadas nas rodas das frente e de 21 polegadas nas rodas de trás, este veículo possui suspensão esportiva com um sistema de ajustes selecionáveis para amortecimento e altura, sendo que por meio destes ajustes o proprietário consegue rebaixar este veículo em até 15 mm, nas laterais há a presença de marcadores em LED.

Um novo sistema de escape esportivo foi desenvolvido pela fabricante, sendo que este foi confeccionado por meio de uma combinação realizada entre o carbono e o titânio, o mais interessante é que o sistema de escapamento possui quatro saídas. Para que houvesse uma otimização da entrega de potência do propulsor, o escapamento deste veículo teve que passar por uma redução de 40% do seu peso em comparação com o modelo que equipa o Mercedes de Produção e, além disso, há a presença de quatro válvulas de borboletas que são controladas por meio eletrônico que são capazes de fornecer diversos sons ao veículo.

Já no espaço interno a novidade fica por conta do acabamento totalmente feito em couro e ainda com a presença de alguns detalhes confeccionado em madeira e carbono.

Com relação ao motor, este carro possui o mesmo bloco biturbo de oito cilindros que foi utilizado no GT S convencional, porém com direito a um kit Power Xtra B40-600 que faz com que haja um novo mapeamento para o sistema de injeção e ignição o que proporciona um aumento moderado da pressão do turbo, com estas modificações o veículo obteve um acréscimo de 91cv e 10,2 Kgfm, passando a ter os incríveis 608cv de potência máxima a 6.400 rpm, bem como 76,5 Kgfm a 4.800 giros.

Com todo este conjunto apimentado, o Brabus consegue acelerar de 0 a 100 Km/h em apenas 3,5 segundos e tendo como velocidade máxima inacreditáveis 325 Km/h.

Por Adriano Oliveira

Mercedes-Benz AMG GT S

Foto: Divulgação


Novo modelo ganhou uma repaginada em seu visual e ficou mais arrojado.

Finalmente acabou o mistério, depois de muitas especulações e bem próximo da data oficial marcada para a apresentação oficial, o tão esperado Honda Civic versão 2016 foi visto completamente sem disfarces nos EUA, sendo que as imagens desta visualização já estão rodando pela internet.

Conforme o que já havia sido antecipado por meio de projeções 3D o visual deste novo Honda Civic ficou bastante arrojado. Pelas mudanças que foram  feitas no visual do veículo, realmente cumpriu a promessa de comemorar o 43º aniversário do modelo com uma repaginada no seu visual.

Com essas mudanças o Civic 2016 ficou maior e mais musculoso, sendo que os seus principais destaques ficaram por conta de sua traseira que foi desenvolvida com muita ousadia, haja vista que nesta versão as lanternas ganharam tamanho mais avantajado e avançam sobre a tampa.

Na parte frontal, o sedan apareceu com os seus faróis mais afilados e incorporados à grade que ficou bastante destacada devido à inserção de um friso cromado que ao ser visualizado assemelha-se a uma sobrancelha.

Já a parte lateral do veículo possui um desenho totalmente novo na área envidraçada, na janela C também foi inserida uma terceira coluna. Uma caída mais suave no teto foi o suficiente para dar a este carro uma esportividade ainda maior.

Outra novidade que era muito aguardada e que com certeza irá agradar muitos consumidores pelo mundo a fora será a estreia do moderno propulsor turbo com injeção direta, o qual será o motor pioneiro da Honda a ser sobrealimentado e comercializado em diversos mercados, porém aqui no Brasil, ele será lançado com a tecnologia bicombustível e terá uma potência máxima entre 150 e 155 cavalos, contudo com uma faixa de torque maior que a do atual motor 2.0 de 155 cavalos de potência, sendo que em alguns mercados a Honda disponibiliza este propulsor com a potência de 204 cavalos  e torque de 26,5 mkgf.

De acordo com o que já foi divulgado pela Honda, o lançamento desta geração que será a décima do famoso Civic irá acontecer simultaneamente, no dia 16 de setembro, nas cidades de Detroit e Los Angeles, já no Brasil a previsão de chegada desse novo Civic é para o final do ano de 2016, com grandes possibilidades de aparição no Salão de São Paulo.

Por Adriano Oliveira

Honda Civic 2016

Honda Civic 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo Toyota Prius será apresentado no Salão de Frankfurt.

O Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, como sempre promete trazer muitas novidades no mundo automobilístico. Mas a Toyota já adiantou uma de suas revelações para o evento, com o novo Toyota Prius modelo 2016.

O mais interessante é que o novo veículo oriental já deve chegar às ruas a partir de novembro deste ano, depois de passar pelo Salão do Automóvel de Tóquio, no Japão. Para animar ainda mais os brasileiros, há especulações de que o novo Prius deve ser fabricado no País a partir de 2018. De acordo com a própria Toyota, isso ainda não aconteceu apenas pela falta de incentivo do Governo Brasileiro, e também pela notória desvalorização da nossa moeda se comparada ao dólar.

Porém, mesmo que ainda não ocorra a fabricação do modelo em terras tupiniquins, há uma grande probabilidade dele chegar ao Brasil por meio de importação.

Mas indo a parte que interessa, o Prius 2016 traz várias características do polêmico Mirai, o modelo da Toyota que tem como base o hidrogênio para ser movido. O Prius foi desenvolvido sob a plataforma global da marca japonesa TNGA. Se você bater o olho, à primeira vista não parece que traz muitas modificações, mas com essa nova plataforma, o veículo ficou mais largo, mais baixo e mais comprido. Isso faz com que o carro fique mais dinâmico e ganhe maior estabilidade, contando ainda com um chassi mais seguro e um conjunto novo de suspensões. Com essas alterações, de acordo com a Toyota, o carro deve ganhar mais 10% em termos de desempenho.

Entre os itens de série, estão sistema anticolisão e detecção de pedestres, controle de cruzeiro adaptativo, sistema de alerta de colisão lateral e faróis automáticos.

Apesar de tantas especulações de melhoria e uma grande expectativa acerca do novo veículo, ainda não foi revelado o valor médio que o Prius 2016 deve chegar ao mercado.

Por Felipe Villares

Toyota Prius 2016

Toyota Prius 2016

Fotos: Divulgação


Ford Ka e Ka+ terão design mais turbinado e motor mais potente na linha 2016, além de novos itens de série.

O ano de 2016, que já se aproxima, virá com grandes novidades para quem gosta de um carro popular de design interessante e econômico como o Ford Ka.

Pelo que já foi informado pela montadora norte-americana, Ford, o Ka vai ganhar roupagens mais turbinadas e motor um pouco mais potente. Então, se você está na expectativa de trocar de carro, aguarde para ver o que o novo Ka terá para oferecer.    

Mas você já deve estar se perguntando: o que é o Ka+? A gente responde: Essa Ka+ é a versão superpotente e moderna do Ka na versão mais simples. O Ka+ virá com faróis para neblina; além de retrovisores com comandos elétricos; ancoragem ISOFIX para firmar bem a cadeirinha do bebê; sistema MyConnection para permissão de comando voz  por Bluetooth; entrada USB e suporte para GPS e/ou celular.   Porém, citar todos esses atributos do Ka+ não significa que no Ka 2016 será “pé duro”. Pelo contrário, estarão nele também itens como a cadeirinha ISOFIX e retrovisores elétricos, que antes não existiam nem na lista dos opcionais. Falando nisso, a Ford segue oferecendo também para a família Ka itens como ar condicionado, direção hidráulica, travas e vidros elétricos. Importante citar que o câmbio na tecnologia PowerShift, com transmissão  de cinco  velocidades.  

Nos novos Ford Ka permanecerão os motores 1.0 e 1.5 flexíveis, com opções de cavalos de potência de 110 (E) ou 105 (G).  

A variação de preço do Ford Ka, versão mais simples, como  o SE 1.0 será de  R$ 39.990 e o de SEL 1.5 será comercializado por  R$ 52.290, preços dentro da média para um carro que vai ganhar novas perspectivas, as quais, sem dúvidas, vão colocar o Ka e o Ka+ entre os preferidos para quem gosta de carro popular.  

Como estarão no mercado logo no primeiro semestre de 2016, dá tempo ainda de analisar se as condições financeiras darão para comprar o Ka ou o Ka+. Mas, seja qual for a sua opção, saiba que a Ford está fazendo de tudo para elaborar um projeto que vai lhe surpreender. 

Por Michelle de Oliveira

Ford Ka 2016

Ford Ka+ 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo será um mini crossover. A princípio ele será lançado apenas no mercado chinês, mas em 2016 será comercializado em todas as revendedoras autorizadas do Brasil.

Se o seu modelo de carro preferido é um SUV com estilo bem esportivo, espere para ver mais de perto o que a JAC Motors preparou para o mercado de automóveis para agradar os admiradores desse estilo de carro.

O nome da nova criação da montadora é Refine S1, um modelo que embora seja um mini crossover, traz a garra de um carro imponente e com força para a cidade ou para o campo.  

A proposta da JAC Motors é fazer com que o Refine S1 substitua o J2, sendo uma versão mais estilizada e porque não dizer, moderna do J2. O carro chegou ao mercado para fazer frente, em termos de concorrência, com o HB20 Cross da Hyundai e até mesmo o Tucson, que pertence também a Hyundai.  

A parte frontal do carro, com os para-choques que ganharam maiores dimensões, passa a sensação de maior robustez; a grade frontal também ficou maior e para dar o toque final de um carro estilo crossover: um estepe pendurado na parte traseira.  

O carro traz na sua mecânica a opção de motores 1.0 de 69 cv e 1.3 de 100 cv, tudo ligado a um câmbio manual de cinco marchas. A princípio, ao menos no que diz respeito a este ano de 2015, somente os chineses poderão comprar o novo Refine S1 da JAC Motors. No entanto, os brasileiros não precisam desanimar, pois a montadora já confirmou que no segundo semestre de 2016 já vai estar com o Refine S1 para ser comercializado em todas as revendedoras autorizadas. Para o Brasil, no momento, tudo que se tem são imagens do carro que promete ser a sensação do próximo ano no País.  

As imagens mostram o Refine S1 nas cores amarela e prata, mas tudo indica que o lançamento contará com outras cores, afinal, trata-se de um esportivo, o que possibilita essa liberdade para que o Refine tenha um leque de cores disponível no mercado.  

Ainda não há perspectiva de preço do Refine S, mas a expectativa é grande para que ele seja bem aceito no mercado brasileiro, assim como está sendo no mercado chinês.  

Por Michelle de Oliveira

JAC J2

JAC J2

Foto: Divulgação


Montadora ainda não confirmou o encerramento da fabricação do Celta no País, mas excluiu o modelo do seu site.

Mais um ciclo se encerra no mercado automobilístico: o modelo Celta da Chevrolet, lançado há 15 anos e com mais de um milhão e meio de unidades produzidas no Brasil, deixará de ser produzido.

Rumores do encerramento na produção se iniciaram alguns meses atrás, quando na maioria das lojas o modelo se encontrava em falta e mais tarde era praticamente impossível encontrar uma só unidade disponível. O Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí-RS, responsável pela fabricação do carro, revelou que o modelo deixou de ser produzido desde junho, informação que a General Motors ainda insistiu em negar.

Porém, a notícia pode ser totalmente confirmada e se tornou oficial com a exclusão do modelo do site da Chevrolet há alguns dias atrás.  

Famoso por sua economia, desempenho satisfatório e mecânica confiável, o Celta foi criado com base no modelo Corsa de 1994 e foi o primeiro automóvel a ser produzido em Gravataí, desde a instalação da unidade de fabricação na cidade.

Criado através do projeto Arara Azul, o compacto foi lançado em 2000 e tinha como objetivo ser o modelo mais barato da Chevrolet no Brasil. Seus principais concorrentes foram o antigo Ford Ka e o Uno Mille da Fiat.

O modelo logo caiu nas graças do consumidor, sendo que em 2003 foi classificado pela Fenabrave como o terceiro mais vendido no País. Nos anos seguintes, conseguiu sempre se manter entre os cinco mais vendidos. No entanto, com o lançamento do Onix em 2012, a popularidade do Celta começou a entrar em declínio e perder espaço para a modernidade dos novos modelos.

A General Motors ainda não se pronunciou sobre um possível substituto para o Celta, mas a grande aposta é de que seja produzida uma versão mais básica do Onix. Enquanto o substituto não é decidido, o modelo mais próximo do Celta, quanto ao preço, é o Classic que está girando em torno de R$ 34 mil.

Por Raquel Maciel

Chevrolet Celta

Foto: Divulgação


Novo modelo traz mudanças no design e no propulsor, além de ganhar 2 novas versões.

A grande e renomada empresa fabricante de veículos automotores Hyundai fez o lançamento no Brasil do novo veículo ix35 2016. Essa nova versão do veículo chega ao mercado com mudanças feitas não só no visual.

O novo ix35 ganhou outra identidade de estilo, sendo que foram necessárias algumas mudanças no seu propulsor, a fim de que este carro fosse adequado às novas exigências de emissão de poluentes, além disso, o veículo acabou ganhando duas novas versões.

No visual as mudanças mais significativas, na parte frontal do veículo, ficaram por conta dos novos faróis que ganharam canhões mais vistosos e da inserção de um novo para-choque que serve de suporte para a nova grade hexagonal. Outra novidade são os faróis auxiliares que vieram com um novo formato. Já na parte de trás deste veículo a única novidade é a modificação que foi feita nas lanternas.

Do lado externo, este veículo conta com lindas rodas de liga-leve, as quais têm as suas faces diamantadas e acabamento interno confeccionado na cor grafite.

A fim de sair um pouco das cores consideradas tradicionais, tais como, o preto, o branco e a prata, a Hyundai irá disponibilizar este carro também em uma exclusiva e chamativa versão na cor laranja metálica, contudo nesta cor o veículo terá somente 300 unidades fabricadas.

Como já foi mencionado acima, o propulsor deste veículo sofreu alterações, a fim de que fossem atendidas as novas regras de emissões e para conseguir se adequar às exigências a fabricante teve que realizar uma redução da potência do carro, sendo que com esta redução as configurações do motor ficaram as seguintes: 157 cavalos de potência quando movido à gasolina e 168 cavalos potência quando movido a etanol, enquanto no modelo anterior este motor tinha uma potência máxima de 178 cavalos, o torque dessa nova configuração é de 19,2 kgfm com abastecimento feito com gasolina e 20,6bkgfm quando abastecido com etanol. Todo este conjunto mecânico deste carro trabalha juntamente com uma suspensão automática de seis velocidades, sendo que esta é a única disponível no mercado para o ix35.

Veja a seguir a tabela com as versões e os valores das versões deste carrão:

– Versão de Entrada: R$ 99.990;

– Versão Intermediária: R$ 109.990;

– Versão Top: R$ 122.900.

Por Adriano Oliveira

Hyundai ix35 2016

Hyundai ix35 2016

Fotos: Divulgação


Modelo será comercializado no Brasil por preços que partem de R$ 85.990.

A renomada empresa fabricante de veículos automotores a Hyundai-CAOA iniciou, como já era previsto, a comercialização do veículo i30 versão 2016 aqui no Brasil, veículo este que passou por uma renovação, dentre os principais destaques trazidos por esta nova versão do hatch coreano estão novos acabamentos exclusivos, visual diferente, bem como maior número de itens.

A CAOA batizou este veículo com o nome de New i30 2016, na parte frontal, o carro trouxe modificações no desenho do para-choque, a fim de que uma nova grande grade filetada na horizontal e hexagonal fosse inserida, grade esta que é bastante similar com a que é utilizada pelo Santa Fe. Os faróis auxiliares de neblina dessa vez foram confeccionados em LEDs, contudo somente na versão mais cara, ou seja, na versão topo de linha denominada “Série Especial” este item está incluso.

Outra novidade, infelizmente presente somente na versão de topo, mas que os consumidores com certeza irão gostar bastante serão as lindas rodas de liga leve que dessa vez não veio com detalhes cromados e possui um desenho formado por 10 raios em formato de estrela, o acabamento desta roda foi feito em tom grafite, sendo que o aro 17 polegadas foi mantido, e os pneus utilizados são os da especificação 225/45 R17.

Já na parte interna, as novidades ficam por conta do revestimento dos assentos e lateral inferior das portas que foram feitos na cor bege, no mais o veículo continuou com os mesmos itens de série da linha anterior.

Este novo i30 versão 2016 será disponibilizado ao consumidor brasileiro em três versões distintas, sendo que a primeira de entrada será vendida pelo valor de R$ 85.990, já a segunda versão será a intermediária que foi batizada com o nome de “Top”, esta versão sairá pelo valor de R$ 98.990, já a versão topo de linha que é a denominada Série Especial será vendida por R$ 105.990.

Com relação à motorização, independentemente da versão escolhida pelo cliente, o carro virá com motor 1.8 MPI de 16V, o qual possui uma potência máxima de 150 cavalos movido a gasolina e um torque de 18,2 kgfm, tudo isso a 6.500 rpm, propulsor este que trabalhará em conjunto com um câmbio de seis marchas do modelos Shiftronic e automático.

Por Adriano Oliveira

Hyundai i30 2016

Hyundai i30 2016

Fotos: Divulgação


Os idosos são considerados um dos grupos mais promissores para a indústria de veículos.

Os idosos dos Estados Unidos nunca foram tão ricos e saudáveis, por isso são considerados o futuro da indústria de automóveis. Por outro lado, os carros estão cada vez mais equipados com recursos que protegem motoristas com pescoço mais duro, reações mais lentas e até visão menos aguçada. Esses dois cenários associados formaram um motor econômico para as montadoras de veículos. A previsão é que essa seja a primeira vez na história que os aposentados serão um dos grupos demográficos considerados mais promissores na perspectiva da indústria de veículos.

De acordo com Mark Hans-Richer, diretor de marketing da Harley-Davidson, é frequente a venda de motocicletas 0km para pessoas com mais de 80 anos. O fato é que as ruas americanas estão ficando grisalhas. De acordo com informações do Escritório Censo, entre os anos 2003 e 2013, o número de motocicletas registradas em nomes de pessoas com mais de 65 anos cresceu em 29%. Isso mostra que os idosos estão relutantes a entregar de vez a chave de veículos, pois atualmente 3,5 milhões de motoristas têm mais de 84 anos nos Estados Unidos, representando um crescimento de 43% se comparado há dez anos.

Na contramão desse crescimento vem a juventude, pois os jovens não têm inclinação ou renda suficiente para ter um carro. No mesmo período com que cresceu o número de motoristas idosos, o grupo de jovens com menos de 20 anos apresentou um declínio de 3%.

O americano Richard Emmons tem 83 anos e aos finais de semana gosta de dirigir seu Jaguar ano 1995 com motor de 12 cilindros. Já durante a semana ele procura algo mais confiável e reveza entre seu sedan Audi A8 no valor de US$ 82.000 e o seu Volkswagen Eos 2009. Ele trabalha em tempo integral, diariamente como engenheiro e dirige 16 quilômetros todos os dias para ir e voltar do trabalho.

Por Jéssica Posenato

Idosa dirigindo

Foto: Divulgação


Existem 3 tipos de óleo: mineral, sintético e semissintético. Cada veículo necessita do óleo correto para ter um bom funcionamento e maior vida útil, por isso é preciso ficar atento ao manual do carro para escolher o óleo correto que será utilizado.

A função do óleo no motor de um carro é a de lubrificar, limpar e também refrigerar o motor e são funções fundamentais para que o motor possa funcionar corretamente, ou seja, nem pense em esquecer de manter o óleo do carro sempre em dia. Porém, com tantos modelos e marcas de óleos disponíveis no mercado, é mais do que comum encontrarmos motoristas em dúvida na hora de comprar óleo para o seu veículo.

Existem 3 tipos de óleo: o mineral, o sintético e o semissintético.

O óleo mineral é obtido exclusivamente do petróleo.

O óleo sintético é obtido a partir de reações químicas e é um óleo bem mais puro.

O óleo semissintético é a mistura dos dois primeiros tipos de óleos.

O importante é você nunca misturá-los no motor de seu carro, pois cada um possui suas próprias características.
Para saber qual é o óleo certo para o motor do seu carro, a melhor coisa a ser feita é pegar o manual do veículo e ver qual é o óleo indicado pela empresa que fabricou o veículo. Não adianta o mecânico recomendar ou seu amigo dizer que utilizou tal óleo e o carro melhorou. Cada carro tem seu óleo específico e isso deve ser respeitado.

Todo óleo traz a especificação SAE, que indica a viscosidade do óleo e ele é especificado por 2 números que são separados por um "W", por exemplo, o óleo SAE 5W40 indica que a frio ele se comporta como um óleo SAE 5 e quente como um óleo SAE 40 que é mais viscoso. Se você não utiliza o óleo com a especificação SAE correta, vai acabar causando um consumo excessivo de óleo ou até de combustível.
Importante verificar também a especificação API que fala sobre o desempenho do óleo no motor. Cada motor tem seu próprio nível API e deve receber o óleo específico para ele.

O óleo deve ser verificado a cada 30 dias e se o carro for um modelo mais antigo, esta verificação deve ser feita a cada 15 dias. O nível do óleo deverá ficar sempre entre os dois traços da vareta de verificação, porque se o óleo estiver abaixo vai ocasionar em falta de lubrificação e se estiver acima vai aumentar a pressão no cárter.

Lembre-se que o filtro do óleo deve sempre ser trocado com o óleo e troque o óleo, no máximo, a cada 6 meses.

Por Russel

Óleo do carro

Foto: Divulgação


Novo modelo contará com propulsor 4.0 TFSI, capaz de produzir uma potência máxima de 605 cv e um torque de 71,38 mkgf, entre vários outros detalhes interessantes.

A renomada fabricante de veículos automotores Audi, mesmo já trabalhando a todo vapor no desenvolvimento da nova geração de seu veículo topo de linha o A8 fez a revelação na última quarta-feira, dia 05 de agosto de 2015, que irá lançar uma nova versão do modelo atual.  

Esta versão já tem até nome e foi batizada de S8 Plus, nessa nova aposta da montadora será inserido um propulsor 4.0 TFSI, motor este que foi inteiramente retrabalhado e após esta modificação será capaz de produzir uma potência máxima de nada mais nada menos que 605 cavalos e um torque de 71,38 mkgf, torque este que tem a opção de ser acrescido quando o condutor do veículo aciona a função denominada “overboost”, uma vez que com o acionamento desta função o veículo passa a ter um torque de 76,48 mkgf.

A transmissão deste veículo será do modelo Tiptronic com tração integral e contará com oito marchas, segundo os dados estatísticos da montadora esta configuração que foi colocada neste propulsor deu ao veículo a capacidade de acelerar de 0 a 100 Km em incríveis 3,8 segundos, sendo que o veículo poderá chega a uma velocidade máxima que é controlada eletronicamente de 250 Km/h e ainda se o proprietário desejar é possível alterar essa configuração e colocar este carrão acelerando até o limite máximo dos 305 Km/h.

O motor não será a única atração que o S8 Plus irá trazer, o veículo virá repaginado e terá a presença de novos Splitters, faróis dianteiros com a presença da tecnologia Matrix LED e uma bonita grade frontal na cor preto brilhante com alguns detalhes em preto fosco.

Na parte interior, este carrão terá o seu acabamento todo feito em couro na cor preta com todas as costuras confeccionadas em vermelho, detalhe reforça ainda mais o grau de esportividade do veículo, o console principal será na cor “Black Piano” e os apoios de pés, bem como os pedais, serão de aço inoxidável.

Com relação aos acessórios, o S8 Plus contará ainda com DVD, auxílio motor para realização do fechamento das portas, detalhes feitos em Alcântara, sensor para monitorar o fechamento do porta-malas na chave e, como se não bastasse, rodas no tamanho 21 polegadas exclusivas do modelo.

Este novo Audi S8 Plus começará a ser comercializado na Alemanha no final do mês de novembro ainda deste ano, sendo que o seu preço inicial será de 145.200 euros

Por Adriano Oliveira

Audi S8 Plus

Audi S8 Plus

Audi S8 Plus

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com motor 1.8 Flex e poderá ser vendido pelo preço sugerido de R$ 68.900.

A renomada fabricante de veículos automotores, a Jeep, fez o anúncio oficial, nesta terça-feira, a respeito do lançamento no mercado brasileiro de uma nova versão de entrada para o Renegade.

Esta nova versão deste veículo chega ao mercado com uma configuração um pouco aquém da versão Sport no portfólio da marca, a qual foi batizada com o nome de 1.8 Flex e será comercializada com o preço sugerido de R$ 68.900.

Tal como o próprio nome já expressa, este novo modelo de entrada traz consigo um propulsor flex que trabalha juntamente com um câmbio de cinco marchas manual e tração 4X2. Os opcionais que serão oferecidos nesta versão serão os seguintes: direção elétrica, ar condicionado, freio de estacionamento eletrônico, retrovisores e travas elétricas, auxílio para partida em rampa, controle de estabilidade eletrônico e rodas de ferro.

Contudo, não dá para negar que este Renegade “sem sobrenome” veio ao mercado mantendo o nível de acessórios da Jeep que já é conhecido de muitos consumidores aqui do País, uma vez que a lista de acessórios dele contempla rádio com sistema Bluetooth/USB com a presença de entrada auxiliar e suspensão independente nas quatro rodas.

A distinção entre esta nova versão e a versão Sport é que esta nova não é dotada de faróis de neblina, sensores de estacionamento, rodas confeccionadas em liga leve e comandos de som e alarme inseridos no volante.

Então, se você gosta dos veículos da marca ou está pretendendo adquirir um, veja abaixo os preços sugeridos para todos os veículos da gama:

– 1.8 Flex Manual: R$ 68.900;

– Sport 1.8 Flex Manual: R$ 71.900;

– Sport 1.8 Flex Automático (6 marchas): R$ 76.900;

– Longitude 1.8 Flex Automático (6 marchas): R$ 82.900;

– Sport 2.0 Diesel 4X4 Automático (9 marchas): R$ 99.900;

– Longitude 2.0 Diesel 4X4 Automático (9 marchas): R$ 109.900;

– Trailhawk 2.0 Diesel Automático (9 marchas): R$ 119.900.

Agora só nos resta saber se essa nova versão do Renegade, devido ao seu valor mais baixo, irá conseguir manter o sucesso obtido pelas outras versões que tiveram o êxito de conseguir a façanha de ter sido o segundo lugar de vendas entre os SUVs compactos comercializados no País. 

Por Adriano Oliveira

Jeep Renegade no Brasil

Jeep Renegade no Brasil

Fotos: Divulgação


Pintura do modelo Lexus RCF é eletroluminescente e começa a pulsar exatamente como o coração do motorista quando a frequência cardíaca ultrapassa os 100 batimentos por minuto.

Sensores de movimento, de trânsito, de estacionamento, dentre tantos outros, estão entre as funcionalidades atuais mais desejadas pelos motoristas. Mas a fabricante Lexus, da Austrália, inovou de uma forma peculiar.

O seu novo modelo de automóvel tem um equipamento capaz de monitorar os batimentos cardíacos de seu condutor. A tecnologia é resultante de uma parceria da empresa com a divisão responsável pela tecnologia criativa da agência M&C Saatchi.

Quem olha para o novo modelo pode pensar que se trata de um Lexus RCF comum, com uma pintura prateada, mas se o motorista pisa fundo e toda a potência do motor V8 de 5 litros é alcançada, a sensação de aventura toma conta do condutor, e seus batimentos cardíacos aumentam. Quando a frequência cardíaca ultrapassa os 100 batimentos por minuto, os batimentos são transformados em impulsos elétricos, que são enviados imediatamente à carroceria do carro. Uma mágica acontece: a tinta que recobre a carroceria do veículo é eletroluminescente, e com o estímulo, acende e começa a pulsar, exatamente como o coração do motorista. A fabricante afirma que seu objetivo é mostrar a quem estiver por perto, o quanto é emocionante dirigir um Lexus RCF.

Para a divulgação oficial do modelo, a fabricante convidou três pilotos de corrida profissionais e os levou a um circuito, onde os pilotos puderam demonstrar a nova tecnologia. O vídeo com o resultado já pode ser conferido abaixo.

A tecnologia é bastante interessante e inovadora, e poderia ser bem aplicada em esportes que trabalhem com a velocidade, como o próprio automobilismo e o ciclismo. Já que no Brasil, a lei de trânsito estipula um limite de velocidade que não estimula muito a aventura, para a segurança no trânsito. Talvez se o Lexus RCF rodar em estradas brasileiras, o máximo que o condutor conseguirá é acelerar o seu batimento cardíaco após ver o valor da multa por excesso de velocidade.

Por Patrícia Generoso

Novo Lexus RCF

Foto: Divulgação


Novo modelo híbrido tem autonomia de cerca de 90 Km quando carregado completamente. Ele começará a ser vendido nos Estados Unidos pelo valor sugerido de US$ 33.995.

Segundo alguns rumores, a nova geração de automóveis da Chevrolet Volt terá uma autonomia 40% maior que a anterior. Maiores dados ainda não foram divulgados, mas especula-se que o veículo em formato híbrido tem autonomia de cerca de 90 Km quando carregado completamente.

Os novos modelos da segunda geração do Volt começarão a ser vendidos em breve nos Estados Unidos e o preço sugerido é a partir de US$ 33.995, o que equivale a R$ 117,4 mil.

A marca ainda mantém alguns mistérios quanto aos detalhes técnicos do novo modelo, para manter as suspeitas para o período de vendas. Alguns rumores indicam que o modelo, quando em modo unicamente elétrico terá uma autonomia bem maior, passando dos atuais 67,5 Km de autonomia para 85,3 Km sem a necessidade de uma nova recarga. O avanço na autonomia foi de cerca de 40%.

A Volkswagen, quando apresentou, no começo deste ano, o novo Volt no Salão de Detroit informou que a autonomia no modelo seria de 80,5 Km com a carga completa da bateria. O modelo, porém, superou as expectativas da montadora.

Segundo uma pesquisa realizada pela montadora, os proprietários do modelo atual do Volt rodam 80% do tempo usando unicamente energia elétrica. O modelo tem ainda um motor que funciona a combustão e que ajuda a recarregar temporariamente as baterias, em situações em que não é possível recarregá-lo imediatamente na rede elétrica. Esse motor também ajuda a impulsionar o veículo e acaba o classificando como híbrido, e não somente como elétrico, como o seu concorrente, o Nissan Leaf.

Talvez o futuro dos carros seja utilizar-se completamente da energia elétrica para sua movimentação. A eletricidade, além de ser um recurso renovável, não agride a natureza com resíduos poluentes e é bem mais barata do que os atuais combustíveis fósseis.

Mas o Volt está na transição entre o futuro e o presente, pois os desenvolvedores sabem que a energia elétrica ainda não é o principal meio de alimentação dos veículos atuais. Uma característica híbrida é mais uma jogada bastante inteligente da Volkswagen para ter seu espaço garantido no mercado.

Por Patrícia Generoso

Novo Chevrolet Volt

Novo Chevrolet Volt

Novo Chevrolet Volt

Fotos: Divulgação


Condutores que transitarem na faixa exclusiva para ônibus receberão a infração de multa gravíssima, com a penalização de 7 pontos na CNH e terão que desembolsar o valor de R$ 191,54.

Mais uma modificação foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff no CTB (Código Brasileiro de Trânsito), dessa vez, a modificação foi feita no artigo 184 do CTB, que se refere à infração de condutor que transita em faixas e vias exclusivas de ônibus, a partir de agora o condutor que cometer essa infração será penalizado com uma infração considerada gravíssima, perderá 7 pontos em sua carteira de habilitação e terá que desembolsar R$ 191,54 para pagar a multa e regularizar sua situação junto ao Detran.

A alteração já começou a vigorar, a sua publicação foi feita em Diário Oficial no último dia 31 de agosto, sexta-feira, sendo que essa nova resolução valerá tanto para os condutores que transitarem nos corredores (à esquerda), quanto para os que transitarem em faixas exclusivas (à direita). Além disso, o condutor poderá ter seu veículo apreendido, o que anteriormente não acontecia.

A mudança modificou drasticamente o artigo 184 que anteriormente considerava infração leve transitar na faixa exclusiva aos transportes coletivos (à direita), anteriormente o condutor era penalizado com 3 pontos na carteira, já transitar em via esquerda exclusiva a transporte coletivo era considerado infração grave, e o condutor perdia 5 pontos na carteira, em ambos os casos a multa que deveria ser paga seria no valor de R$ 127,69.

A alteração visa conter a quantidade de infrações cometidas, sendo que esse tipo de infração só vem aumentando e de forma considerável, segundo estatísticas feitas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) como, por exemplo, as infrações cometidas na cidade de São Paulo que cresceram mais de 60% somente no primeiro semestre deste ano, crescimento comparado ao mesmo período do ano passado.

A estatística também revelou a quantidade de multas aplicadas nesse período da pesquisa, neste primeiro semestre de 2015, foram aplicadas 702.540 multas, sendo que no primeiro semestre de 2014 foram aplicadas 434.415.

Então, se você que é um condutor de veículo, fique atento, redobre sua atenção para não ser surpreendido, trafegue somente em vias exclusivas para veículos e evite constrangimentos.

Por Rodrigo da Silva Monteiro

Faixa exclusiva de ônibus

Foto: Divulgação


Modelos da Volkswagen serão vendidos nos Estados Unidos com o sistema operacional Android Auto, versão criada exclusivamente para ser utilizada em veículos.

A fabricante de veículos automotores Volkswagen irá começar a comercializar os seus veículos nos Estados Unidos com o Android Auto, para aqueles que ainda não conhecem ou que nunca ouviram falar a respeito produto, esta será uma versão do conhecido sistema operacional Android criada exclusivamente para ser utilizada em veículos.

Esta versão do sistema operacional, na prática, irá permitir aos proprietários de veículos automotores controlarem no painel do seu carro aquelas conhecidas ferramentas disponíveis nos aparelhos celulares que possuem com sistema operacional o Android, sistema operacional que atualmente é líder mundial em adeptos. A utilização desde sistema operacional nos veículos irá evitar que os motoristas, quando estiverem na condução do carro, tenham que pegar o aparelho celular para que seja feita a execução de qualquer função ou comando.

A montadora alemã é a pioneira, dentre as empresas de grande porte, na adoção da versão sistema Android para veículos automotores sendo que este sistema operacional já começará a ser disponibilizado na maioria dos modelos de carros da Volkswagen que serão vendidos nos EUA. Este mesmo sistema operacional também já é oferecido pela Hyundai, contudo, por enquanto, somente em um dos seus veículos, o Sonata edição 2015.

Todavia, o Android Auto não é o único sistema operacional destinado a veículos existente no mercado não, haja vista que os eu principal concorrente será o Car Play que é o sistema operacional desenvolvido pela renomada Apple, a fabricante do iPhone.

Aos poucos o sistema operacional da Apple também começa a ganhar mercado, pois a montadora Honda já anunciou, oficialmente, nesta última quinta-feira, dia 27 de julho de 2015, que o Accord edição 2016 virá compatível tanto para a instalação do Car Play quanto para o Android Auto.

Nos Estados Unidos os únicos veículos da Volkswagen que, em princípio, não receberam em suas centrais multimídia o sistema Android Auto serão os modelos Touareg e o Eos.

Estes sistemas operacionais exclusivos para veículos são mais uma novidade do mundo automobilístico que, mesmo não tendo ainda previsão para chegada ao Brasil, dentro de pouco tempo irão desembarcar no país, a fim de atrair ainda mais clientes para as montadoras.

Por Adriano Oliveira

Android Auto

Fotos: Divulgação


Novo modelo é a versão aventureira do hatch V40. Está à venda no mercado brasileiro por R$ 145.990.

A Volvo anunciou oficialmente a chegada do V40 Cross Country ao mercado brasileiro. Caso não saiba, trata-se da versão aventureira do hatch V40. Um dos principais destaques é que este lançamento será equipado com o motor de quatro cilindros 2.0 turbo drive-E com 245 cavalos, que é o mesmo motor da versão R-Design. O mesmo chega ao mercado brasileiro por R$ 145.990.

Um dos principais destaques deste automóvel é de fato a motorização que foi citada no início desta matéria. A fabricante revela que através desse motor é possível ir de 0 a 100 km/h em nada menos que 6,1 segundos. O automóvel é bastante tecnológico e conta com direção elétrica com três opções de configuração para um controle do carro com ainda mais precisão. Dessa forma, é possível alternar entre as conduções suave, firme ou dependente do terreno.

Além disso, a Volvo também destacou que em uma comparação direta com sua versão antecessora, o V40 Cross Country é ainda mais leve em seu conjunto de motorização. Isso aliado ao câmbio de oito marchas, novidade exclusiva deste lançamento, traz um consumo de combustível bem menor. Um dos destaques está no sistema Start-Stop que é capaz de desligar o motor de forma automática em paradas de trânsito. Também podemos destacar a função Eco+, pois a mesma consegue economizar até 5% de combustível.

Outro destaque bastante interessante em relação ao V40 Cross Country está justamente na grande quantidade de itens de série que acompanha este automóvel. Dentre os quais, podemos destacar: ar-condicionado digital, faróis de xenônio adaptativos, teto panorâmico, bancos de couro com regulagem elétrica para o motorista, sensor de chuva e crepuscular, piloto automático e etc.

O design do automóvel também merece bastante destaque, haja vista as mudanças no para-choque dianteiro e na grande frontal que ficou maior. A iluminação também sofreu alterações, pois os LED’s de iluminação diurna foram deslocados para uma posição mais estratégica: agora os mesmos ficam localizados em um lugar mais elevado e na vertical.

Por Bruno Henrique

 

Volvo V40 Cross Country

Volvo V40 Cross Country

Fotos: Divulgação


Novo modelo será lançado em 2016 e terá novas carroceiras.

Os fãs dos modelos sedans da Audi têm uma boa novidade para o próximo ano. A Audi confirmou que a nova versão do seu modelo sedan será lançada em breve: no segundo semestre do ano de 2016.

Segundo a montadora, a nova versão do modelo que será lançada no próximo ano terá carrocerias de sedan e de perua, devido a uma maior demanda dos mercados dos Estados Unidos e da China.

O modelo RS4 foi o sucessor do RS2, e como a anterior, vendida somente como perua. Sua plataforma utilizada era a "B5" do grupo VW, que era compartilhada com o Passat e com os modelos de Audi A4 e S4. Embora tivesse grandes semelhanças com o S4, a RS4 ainda tinha alguns detalhes que a diferenciavam: painéis de carroceria exclusivos e para-choques e saias laterais também exclusivos. 

O que conhecemos atualmente sobre o novo modelo da RS4 Avant é que irá perder o motor atual, que é um V8 4.2 aspirado, dando lugar a um motor bloco 3.0 V6 com e-turbo. A informação foi revelada por Ulrich Hackenberg, chefe de desenvolvimento da parte técnica da Audi. Ulrich infelizmente não entrou em maiores detalhes sobre os números ou o desempenho do motor, deixando no ar um mistério para os fãs da marca.

O que se espera do novo RS4 é um modelo consideravelmente mais rápido que o seu antecessor, as especulações é de que o novo modelo conseguiria ultrapassar 450cv de potência da última versão V8, além de ser mais leve que o seu antecessor. Com essa potência e essa leveza é esperado que o novo modelo consiga alcançar de 0 a 100 km/h em menos de 4,7 segundos. Excelente arranque, que é, portanto, equilibrado por um dispositivo eletrônico que mantém a velocidade máxima do modelo em 250 km/h.

A Audi prepara no momento todos os detalhes para a apresentação de seu novo modelo S4 em setembro, no Salão de Frankfurt, na Alemanha. Esse modelo virá com um motor turbo de 355 cv.  O novo modelo RS4 não deixará os fãs órfãos no que diz respeito a desempenho e audácia. Um perfil que deixará os amantes de velocidade excitados para adquirir o novo modelo.

Por Patrícia Generoso

Audi RS4 Avant

Audi RS4 sedan

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá alto nível de qualidade e será mais longo e largo que os atuais.

A montadora Nissan promete mais uma novidade para o mercado de automóveis para o ano de 2016. Seu modelo March tem previsão de chegar às lojas no segundo semestre do próximo ano e promete ser um avanço de qualidade da linha.

A nova geração do compacto vem sendo tratada como a principal aposta da Nissan. O vice-presidente executivo da empresa, Trevo Mann, declarou em entrevista que a nova linha terá um dos níveis de qualidade mais altos do segmento. Além da alta qualidade, no novo modelo, o hatchback será mais longo e largo, o que segue o estilo mais encorpado antecipado no estilo Sway que foi apresentado em março, no Salão de Genebra.

A Nissan já confirmou que o novo March terá um apelo emocional muito forte no design. Fontes internas já confirmaram que detalhes como a grade em "V" cromada, lanternas em formato de bumerangue e faróis rasgados estarão presentes no novo modelo. Esses detalhes farão com que o "formato bolha" que identifica o modelo a pelo menos duas gerações desapareça. A intenção da montadora é agregar mais atributos e fazer com que o modelo cubra uma maior faixa de preços.

O visual externo do modelo lembrará muito o visto no sedan Maximano e no SUV Murano, que tem o design bastante elogiado no mercado. Novas tecnologias também podem ser inclusas no modelo e o desenho mais atraente do interior, com materiais de melhor acabamento também são uma aposta da montadora. A estreia oficial do modelo nos mercados brasileiros, porém, só acontecerá em 2017 ou início de 2018.

Quem quiser ter uma noção do que o novo modelo Nissan promete pode já estar atento ao novo crossover Kicks, que a montadora japonesa lançará no Rio de Janeiro, durante as olimpíadas do próximo ano. O modelo contará com uma filosofia parecida com a no dovo March e de certa forma será o primeiro da família, seguido pelo modelo hatch e em seguida pelo próximo Versa.

Por Patrícia Generoso

Novo Nissan March

Novo Nissan March

Fotos: Divulgação


Modelo elétrico da montadora recém-inaugurada deverá chegar ao mercado em 2017.

O futuro nos promete uma geração de carros cada vez mais ecologicamente corretos. Com o crescimento de usuários, a preocupação com o meio ambiente é uma das prioridades do setor automotivo para o futuro.  

Como as exigências para o futuro são bem claras, os pioneiros nessa tecnologia terão chances maiores de ter uma boa fatia no mercado e esse cenário favorece o aparecimento de novas montadoras. 

A marca recém-nascida Faraday Future aposta nessa nova fatia de mercado e em suas expectativas. A montadora norte-americana revelou um Teaser de seu primeiro modelo de automóvel, e já tem projeções bem otimistas sobre o futuro. 

A empresa, no entanto, não revelou grandes detalhes sobre o seu modelo pioneiro. O que foi revelado é que o carro estreante deve chegar ao mercado no ano de 2017 e será movido totalmente a energia elétrica o que fará com que tenha zero emissões poluentes. O modelo também será totalmente conectado e poderá ser personalizado.

A Faraday Future está bem otimista com relação ao seu futuro dentre as outras concorrentes e acredita estar pronta para ser uma liderança da indústria automotiva do futuro. Essa animação tem um motivo forte, já que a empresa recrutou um time de profissionais de primeira linha, considerados como os melhores do mercado no quesito inovação e tecnologia. Nomes como Nick Sampson, antigo líder da equipe desenvolvedora do Tesla Model S, Richard Kim que foi um dos responsáveis pelo conceito i8 e i3 da montadora BMW e Silva Hiti, que foi um dos projetistas do Chevrolet Volt são alguns que abrilhantam o time renomado da Faraday Future.

Resta-nos esperar o que o futuro nos proporcionará. Será que uma montadora completamente desconhecida do público conseguirá bater as vendas de outras já renomadas no mercado? Quais serão as inovações que a Faraday Future nos trará além do seu modelo elétrico? Será que somente essa inovação terá um destaque e uma aceitação alta no mercado? Só o futuro poderá nos responder.

Por Patrícia Generoso

Teaser da Faraday Future

Foto: Divulgação


Financiamento de carros novos teve recuo de 22,1% e de carros usados, o recuo foi de 1,6%.

Muitos já sabem que o atual cenário econômico do Brasil vem trazendo consequências negativas para diversos setores da economia em si. Um dos setores mais prejudicados em 2015 é, sem sombra de dúvidas, o automotivo. Um grande exemplo foi o dado divulgado pela Unidade de Financiamentos da Cetip na quarta-feira, 15 de julho. Através da notícia foi informado que os financiamentos de veículos em 2015 somaram 2.712.050 unidades. Com isso, considerando o primeiro semestre de 2014, o ano de 2015 apresenta um recuo de 10,6%.

Em relação ao número total de financiamentos, 1.216.449 são referentes a unidades novas e 1.495.601 são provenientes de unidades usadas. Apesar dos 10,6% de recuo informado no início desta matéria, saiba que o resultado é ainda pior quando consideramos os financiamentos de automóveis leves e novos, a principal categoria. Levando em consideração apenas os números da referida categoria, o recuo em 2015 é de 22,1%. Já em relação aos autos leves usados, o recuo apresentado é de 1,6% na comparação com o primeiro semestre de 2014.

Além disso, também foi feita uma comparação entre o mês de junho de 2014 e junho de 2015. Em junho de 2015 foram registrados 444.387 financiamentos. Esse número representa uma queda de 3,8% quando a comparação é feita com o mesmo mês em 2014. A base de tais números foram os automóveis de passeio, comerciais leves, motos e pesados.

Os números são ainda piores quando a comparação é feita apenas com os autos leves. Em junho de 2015, a categoria citada conseguiu registrar 120.083 unidades financiadas, ou seja, uma queda de 20,2% em relação a junho de 2014. O principal destaque positivo foi a categoria de carros usados que atingiu 226.273 unidades financiadas, dessa forma, registrando aumento de 6,9% em relação ao mesmo período em 2014.

Uma das categorias que vinha crescendo bastante durante os últimos anos era o das motocicletas novas. Porém, no primeiro semestre de 2015 essa categoria apresentou um recuo de 8,7%, haja vista as 431.410 unidades financiadas. Em contrapartida, as motos usadas conseguiram alta de 1,4%.

Por Bruno Henrique

Financiamento de carros

Foto: Divulgação


Novo modelo conta com motor biturbo V8 capaz de produzir uma potência máxima de 560 cv.

Foi revelada pela fabricante de veículos automotores Audi, nesta última segunda-feira, dia 13 de julho de 2015 uma nova versão do veículo RS7. Essa nova versão foi batizada com o nome de Robby, este veículo passou por vários testes na pista de Sonoma, a qual fica localizada nos Estados Unidos no estado da Califórnia. Este novo veículo da marca alemã conseguiu, sozinho, fazer o percurso completo da pista que tem a extensão total de 4.050 metros no incrível tempo de 2min 01s 01.

As novidades deste lançamento da Audi são muitas, pois além deste carro ter sido agraciado com uma nova  pintura que preta e vermelha, a montadora conseguiu fazer com que houvesse uma redução de nada mais nada menos que 40 Kg em relação ao modelo anterior, contudo, infelizmente, a fabricante não revelou ainda quais foram as medidas necessárias para que este objetivo fosse alcançado. O único dado técnico a respeito deste veículo que a Audi já confirmou oficialmente é que o RS7 sairá de fábrica equipado com um motor biturbo V8, o qual será capaz de produzir uma potência máxima de impressionantes 560 cavalos e um torque de 700 mkgf.

Com a chegada do Robby, a Audi já decretou a aposentadoria do seu irmão mais velho que inclusive tem o nome parecido com o seu e foi batizado com o nome de Bobby, veículo este que conseguiu fazer o percurso completo em Hockeinheim, que fica na Alemanha, alcançando uma velocidade máxima de 240 Km/h de maneira autônoma. Esta tecnologia vem sendo utilizada pela Audi, a fim de fazer a implementação desse sistema para os demais veículos da marca. Um exemplo disso é o fato de que essa mesma tecnologia já será inserida no Audi A8, veículo que tem a previsão de chegada ao mercado para comercialização a partir do ano de 2017, ao que tudo indica essa será uma tecnologia que será aperfeiçoada e será inserida em muitos outros modelos da fabricante.  

Por Adriano Oliveira

Audi RS7 Robby

Audi RS7 Robby

Audi RS7 Robby

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá um design estiloso e contará com motor 1.4 com 155 cv de potência.

O novo hatch da linha Cruze da Chevrolet está chegando ao Brasil, a produção será em Rosário, na Argentina. Este modelo apresenta um estilo que combina e vai atrair muito o público mais jovem, mas também há pessoas que podem não achar muito diferenças dos outros estilos. Porém, é intenção da montadora que o carro seja um sucesso.

O carro possui um design com bastante estilo, pois vem na versão com três volumes até mesmo nas portas traseiras, como também passou por modificações na grade da parte dianteira e os novos faróis de LED para dar mais beleza ao novo Cruze Hatch. O veículo também possui motor 1.4, 155 cv de potência com turbo flexível. O para-choque adaptado com volumes e vincos, sete marchas, dupla embreagem, injeção direta e turbo bicombustível.

Os impasses na economia brasileira não permitiram que a fabricação do carro ocorresse no Brasil, a montadora decidiu realizar a produção na unidade de Rosário na Argentina, mas a distribuição vai atender toda demanda no Brasil e outros países latino americanos, mas é importante ressaltar que o mercado brasileiro desperta o interesse da montadora para ganhar a liderança de venda.

O novo Cruze Hatch vai ser apresentado no Salão do Automóvel em 2016, como também terá o lançamento previsto para o final do próximo ano de 2016 no mercado brasileiro ou início de 2017, e já vem adotando o modelo de 2017. E mesmo com a chegada do novo modelo, a fabricante vai manter as duas versões sedan e hatch, como também as opções de motor com seis marchas, caixa de câmbio automático ou manual. Ou seja, o interesse é apresentar todos os produtos da linha para o cliente escolher o estilo que mais agradou, pois o que vale para a GM é vender e conquistar o mercado automobilístico.

Enfim, o carro possui um estilo muito luxuoso, porém há pessoas que podem não gostar. E a opinião de todos é muito importante, por isso aproveite o espaço e deixe o seu post aqui sobre o assunto.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

 

Chevrolet Cruze hatch

Chevrolet Cruze hatch

Chevrolet Cruze hatch

Fotos: Divulgação


Modelo luxuoso terá somente 7 unidades fabricadas e terá o preço equivalente a R$ 11 milhões.

Imagine um carro com faróis de diamante e ouro nos assentos. Exagero? Será que um modelo assim existe? Saiba que sim! Essa é exatamente a aposta do modelo Lykan Hypersport que é um carro grandioso em todos os aspectos: seu preço pode chegar ao equivalente a R$ 11 milhões e seu motor permite o alcance de 100 Km/h em menos de três segundos.

Um verdadeiro sonho para qualquer amante de carros.  Os detalhes de design do modelo são superlativos e incluem bancos costurados com fio de ouro, faróis de diamante e possibilidade de integrar pedras preciosas como rubi, safira ou esmeralda ao modelo.

Com tantas possibilidades, o Hypercar Lycan passa bem longe de ser um modelo enfadonho de se observar. Junto com o design arrojado do modelo Hypercar, os detalhes cheios de riqueza e luxo fazem do modelo uma atração única. O modelo "exagerado" foi criado pela W Motors, que está sediada em Dubai. A empresa se considera a primeira fabricante de carros que aposta no mercado de luxo e alta potência que tem sede no oriente médio.

O carro começou a ser conhecido internacionalmente após seu aparecimento no filme "Velozes e Furiosos 7" , e sua exclusividade é tão grande que a fabricante afirma só existirem sete carros desse modelo disponíveis atualmente. A intenção da montadora é que o modelo seja tão raro e único, algo tão difícil e inalcançável, que se torne um ícone para o mundo automobilístico.

Com tanta exclusividade e raridade, o modelo Hypercar Lykan ficará mesmo na imaginação da grande maioria dos consumidores. Mesmo os que possuírem maior poder financeiro poderão não ter acesso a um dos sete modelos disponíveis. Possivelmente, será um carro destinado a colecionadores de alto nível, ou a museus de automóveis.

É inegável que tantos detalhes luxuosos acabam por mexer com a imaginação da maioria das pessoas.

E você? Gostaria de andar em um modelo tão chamativo ao menos uma vez na vida?

Lykan Hypersport

Lykan Hypersport

Lykan Hypersport

Fotos: Divulgação


Novas versões da S10 são: High Country, Freeride, Advantage e Chassis Cab. Preços dos modelos podem chegar a R$ 163.800.

R$ 163.800. É o preço que os novos lançamentos da Chevrolet podem alcançar. A montadora lançou 4 versões inéditas do seu modelo S10, que serão vendidas ao lado das antigas versões LS, LT e LTZ. As novas versões incluem os seguintes modelos:

High Country, que será a top de linha, por ser a mais esquipada dos quatro novos modelos. O preço para o modelo é de R$ 163.800, o mais caro registrado até agora. Antes o preço de um modelo mais caro de S10 era de R$ 154.500. Uma das inspirações para o novo modelo, mais equipado veio de umas observações aos clientes.

Mesmo que as picapes sejam carros mais caros, os clientes incorporavam novos acessórios ao sair da concessionária. Assim nasceu a ideia de oferecer um modelo já com alguns equipamentos de fábrica.

Dentre as novidades no exterior do veículo estão  os faróis em cromo escuro, rodas aro 18, capota marítima, lanternas em LED, dentre outras. A parte interna chama atenção pelos equipamentos como assento do motorista com regulagem elétrica, volante multifuncional, ar-condicionado digital e sensor de estacionamento. Funcionalidades a mais, para clientes cada vez mais exigentes.

Freeride combina no modelo os acessórios mais procurados pelos clientes com uma cabine dupla e motor 2.5 com uma potência de 206 cv, além de um câmbio manual de seis marchas. Outras novidades do modelo são o sistema multimídia, as rodas aro 16 e os retrovisores elétricos, por exemplo. O preço sugerido para o modelo é de R$ 95.340.

Advantage é o modelo ideal para quem está à procura de custo-benefício favorável. O modelo se baseia na versão LT 4X2 cabine dupla, e virá com rodas escuras, faróis de neblina, toda a parte de vidro elétrica, incluindo os retrovisores, uma tomada extra no banco traseiro e sistema multimídia. O preço para essa versão ainda não foi divulgado pela montadora.

Chassis Cab é um modelo voltado para empresas. Possui apenas a cabine simples e chassi e pode ter personalização, com várias opções como baú, carroceria ou guindaste. O motor pode ser escolhido pelo usuário e estão disponíveis as versões 2.4 flex ou o 2.8 turbodiesel. A capacidade de carga do modelo é diferenciada para o seu uso, e chega a 1.343 kg, maior do que todos os outros modelos. Seu preço também não foi divulgado.

Por Patrícia Generoso

Chevrolet S10 High Country

Chevrolet S10 Freeride

Chevrolet S10 Chassis Cab

Novas Chevrolet S10

Fotos: Divulgação


Edição limitada será lançada no Brasil pelo preço sugerido de R$ 244.200.

Para aqueles que são apaixonados por carros, saibam que um grande lançamento chegará ao Brasil no dia 11 de julho: trata-se da Range Rover Evoque London Edition. O anúncio oficial da chegada dessa série limitada ao Brasil foi feito diretamente pela Land Rover no dia 6 de julho, segunda-feira. O automóvel de luxo chega ao mercado brasileiro com preço sugerido de R$ 244.200.

A ideia é que este seja um modelo bastante exclusivo, haja vista apenas 77 unidades produzidas. Essa edição especial tem como inspiração a versão Dynamic, porém, apresenta mais equipamentos e acabamento e cores exclusivas.

Um dos principais objetivos dessa versão especial é, sem sombra de dúvidas, realçar as características britânicas da Land Rover quando os assuntos são design, engenharia e acabamento. Além disso, as cores do automóvel foram influenciadas pelas cores da banda da Inglaterra, o principal país do Reino Unido. Outro detalhe bastante interessante nesse modelo é a referência direta a Rua Abbey Road, um dos símbolos mais emblemáticos da cidade de Londres, capital da Inglaterra.

Além de ser extremamente bonito e tecnológico, saibam que o London Edition também dispõe de muita potência quando o assunto é velocidade. Em seu capô o automóvel carrega um motor a gasolina de 2.0 turbo de 240 cv. O motor vem acompanhado de câmbio ZF 9HP de nove marchas.

Dentre os seus itens, que são em maior número que a versão normal, essa versão especial apresenta como principais destaques: câmera de ré e tampa de porta-malas que possui abertura e fechamento elétrico que é feito através do toque de um botão específico.

O Evoque London Edition conta com um design bastante interessante e carroceria pintada na cor Branco Fuji. Uma das principais características dessa linha, o teto panorâmico, também está presente na versão especial. Os retrovisores e a assinatura em vermelho Firenze trazem um contraste bastante interessante para o automóvel. O lado esportivo do Evoque Londo Edition em seu design fica por conta das grades pintadas em preto e máscaras escurecidas nos faróis. As rodas são de aro 20 e contam com acabamento em preto.

Por Bruno Henrique

Range Rover Evoque London Edition

Range Rover Evoque London Edition

Fotos: Divulgação


Novo modelo vem com uma incrível pintura vermelha brilhante e pretende atrair os consumidores não só pela cor, mas pelas características internas que possui.

Uma das primeiras coisas que chama a atenção no novo Wraith St. James Edition da Rolls-Royce é a incrível pintura vermelha brilhante. Embora existam outras opções de cores para o modelo de luxo da marca, o vermelho continua sendo o carro chefe do modelo. 

A cor vermelha é compensada por alguns detalhes como molduras de janelas e maçanetas em cromo e as rodas que são feitas com dois tons de prata e um preto brilhante. O interior do carro também impressiona e é coberto com um couro preto super flexível, o que traz conforto e classe ao motorista e aos passageiros do veículo.

O destaque para esse veículo não está no seu exterior, mas no seu motor de 6,6 litros e 632 cavalos de potência, o que faz com que esse modelo da Rolls-Royce seja mais poderoso do que nunca.

Se você não ficou tão empolgado com o seu exterior vermelho, talvez a velocidade e as possibilidades de aventura nesse novo modelo mexam com sua imaginação e façam com que você se renda aos encantos do Rolls-Royce.  

Classe, luxo e velocidade são as palavras que melhor definem o novo modelo de Rolls-Royce que é capaz de agradar aos mais diversos gostos: desde os mais ousados, e que gostam de velocidade, até aos mais tradicionais e que apostam nos modelos mais clássicos. Quem gosta de conforto também será seduzido pelo interior elegante e confortável do modelo. Com certeza, um modelo versátil e que fará fãs por todo o mundo. 

Por Patrícia Generoso

Rolls-Royce Wraith St. James Edition

Rolls-Royce Wraith St. James Edition

Fotos: Divulgação


Novo modelo começará a ser comercializado no mercado europeu em julho deste ano. Contará com versões de 5 e 3 portas e Wagon.

A fabricante de veículos automotores Kia fez a revelação do facelift do Cee’d, uma vez que este veículo estará disponível para venda no mercado europeu a partir do mês de julho deste ano. O veículo passou por uma renovação e nesta renovação foram contempladas as versões do carro com cinco e três portas, além da versão Wagon, a maior parte das modificações foi feita no design destes carros.

Na parte externa, houve modificações nos para-choques traseiro e dianteiro, os quais ganharam novos detalhes cromados, a grade dianteira foi renovada e ficou com o padrão malha, as lanternas traseiras agora trazem a presença de LEDs, além das rodas que serão no tamanho 16 ou 17 polegadas, conforme a versão escolhida pelo cliente.

Já na parte interna, a Kia utilizou uma nova tecnologia que fez com que os níveis de ruídos e vibração que eram ouvidos nas versões anteriores deste carro fossem reduzidos, no painel de instrumentos, nas saídas de ventilação e na parte de cima da instrumentação foram inseridos detalhes cromados. O console central, os apontamentos cromados das maçanetas das portas, a manopla do câmbio e os comandos da climatização ganharam pequenos detalhes que foram pintados na cor preto brilhante.

Houve também uma atualização no software do sistema de infortainment, no qual foi inserido o novo sistema Kia Connected Services, o qual fornece ao proprietário do veículo informações a respeito do trânsito, bem como alertas de velocidade, tudo isso em tempo real.

No quesito segurança a Kia também não deixou a desejar, pois o sistema de segurança deste veículo também passou por uma atualização, sendo que no sistema de auxílio de estacionamento foi inserida a função de aviso de ângulo morto informações sobre as velocidades limítrofes.

Este carro será comercializado com um novo motor 1.0 ecoTurbo que terá três cilindros e terá versões capazes de produzir as potências máximas de 100 e 120 cavalos, este veículo terá versões movidas tanto a gasolina como a diesel. A versão topo de linha do Cee’d será a GT. Segundo às estatísticas que foram obtidas nos testes da fabricante este novo Cee’d será capaz de acelerar de 0 a 100 Km/h em apenas 7,6 segundos.

Por Adriano Oliveira

Kia Ceed

Kia Ceed

Kia Ceed

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá 800 cv de potência e apenas 650 unidades serão produzidas.

Apesar de que a estreia do mais novo modelo da Ferrari, o F12 GTO, está previsto para ocorrer somente no mês de setembro no Salão de Frankfurt, as primeiras imagens desse carrão já foram disponibilizadas na internet. Estas imagens foram retiradas de um configurador privado que é, exclusivamente, disponibilizado somente para o seleto grupo dos clientes cadastrados da montadora italiana.

O design deste novo modelo da Ferrari teve a sua base retirada do antigo modelo da F12 Berlinetta e teve inspiração na Ferrari modelo GTO, a qual foi produzida na década dos anos 60.

Mesmo não tendo muitos detalhes a respeito deste novo lançamento da escuderia italiana, o F12 GTO, as notícias que correm os bastidores estão dando conta de que este modelo superesportivo terá um propulsor V12 de 6.3 cilindros e naturalmente aspirado, motor este que trabalhará em conjunto com o sistema inovador denominado Hy-Kers desenvolvido pela LaFerrari. Este novo lançamento da Ferrari terá nada mais nada menos que 60 cavalos a mais de potência do que o modelo que foi a sua base de referência, no caso, este veículo chegará a uma potência máxima de incríveis 800 cavalos.

Além da inserção desse novo moto superpotente, a F12 GTO teve uma redução de peso com relação à F12 Berlinetta, uma vez que o seu peso será de 100 quilos a menos.

Ao que tudo indica essa nova F12 GTO irá chegar às concessionárias para que seja iniciada a comercialização somente no segundo semestre do ano de 2016, sendo que a Ferrari já anunciou oficialmente que, inicialmente, este veículo terá a sua produção limitada, sendo que serão produzidas somente 650 unidades em todo o mundo.

Portanto, fica aí a expectativa, como este modelo será mais uma exclusividade da Ferrari, algumas destas poucas unidades deverão ser destinadas ao mercado brasileiro e realmente será mais uma relíquia, tendo em vista que este será o modelo que será fabricado para comemorar os 60 anos da Ferrari.

Por Adriano Oliveira

Ferrari F12 GTO

Ferrari F12 GTO

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com ótimas características e poderá ser vendido no Brasil por R$ 259.000.

As novidades automobilísticas são o que não faltam no mercado. A Mercedes-Benz anunciou o seu novo modelo da linha classe A – o A45 AMG 2016. O modelo do ano recebeu mudanças no design e uma melhor motorização. Segundo o anúncio da empresa, o modelo A45 AMG 2016 deve chegar ao mercado automobilístico europeu em setembro deste ano.

O modelo recebeu um facelift modesto, porém suficiente para agradar os amantes por velocidade. O modelo conta com para-choque com novo design, tornando-se um pouco mais agressivo. As lanternas e faróis do veículo sofreram reestilização e agora possuem tecnologia LED. Essa tecnologia faz com que haja uma melhor iluminação, economia e durabilidade.

O A45 AMG 2016 conta com um novo sistema de suspensão esportiva totalmente adaptável, que pode ser configurada em quatro modos: confort, sport, sport+ e individual.

Quanto ao interior do veículo, o modelo possui um volante com design clássico esportivo e multifuncional. O esportivo possui display com sistema multimídia de tela de oito polegadas, que é compatível com sistema Auto Android e CarPlay.

O A45 AMG – topo de linha da Mercedes – recebeu grandes melhorias, resultando em um desempenho incrível. A potência máxima gerada pelo motor 2.0 agora é de 381 cv a 6000 rpm. E o responsável por comandar todo esse potencial, é o cambio automático de sete velocidades e dupla embreagem.

O veículo também conta com sistema aerofólio em sua traseira, que garante maior estabilidade a altas velocidades.

O esportivo alcança a velocidade de 0 a 100Km/h em apenas 4.2 segundos, o que é aproximadamente 4 segundos mais veloz do que o modelo atualmente vendido. Quanto ao consumo de combustível, o modelo se mostrou bastante econômico para o segmento tendo autonomia de 14 Km/l, se conduzido a velocidade constante de 100 Km/h.

O modelo deve chegar ao Brasil com um preço um pouco elevado, cerca de R$ 259.000, e poderá ser adquirido sob encomenda.

Por Wendel George Peripato

Mercedes-Benz A45 AMG

Mercedes-Benz A45 AMG

Fotos: Divulgação


Montadora pretende lançar novos modelos de baixo custo para comercialização até 2018.

As novidades no mundo automobilístico não param. O presidente executivo da montadora alemã de automóvel Volkswagen afirmou que a empresa planeja criar novos modelos populares. Durante a entrevista ao jornal Bild am Sonntag,  Martin Winterkorn confirmou que o modelo deverá ser lançado na China e se possível em outros países até o ano de 2018.

A nova família de automóveis populares deverá possuir um baixo custo para venda e produção. Os modelos deverão ter segmentos SUV, sedan e até mesmo o hatchback. O que é excelente, já que esses modelos SUV e sedan costumam ter um preço um pouco acima da média.

Há alguns anos a empresa tem avaliado inserir modelos econômicos para os cidadãos, porém alguns contratempos impediram a empresa de atingir o objetivo com rapidez. Vale ressaltar, que a Volkswagen é conhecida mundialmente pela criação de modelos populares, tais como: o Volkswagen Gol e o Fusca, que mantiveram durante anos seguidos o posto de carros mais vendidos do Brasil.

A montadora alemã tem investido em novas tecnologias para motores 1.0. Recentemente, a empresa anunciou o 1.0 TSI Total Flex, que possui 3 cilindros e gera 105 cv de potência. Essa tecnologia poderá ser utilizada em modelos populares.

Os novos modelos populares deverão ser fabricados inicialmente na China, e o preço estimado de cada veículo deve girar em torno de 8 e 11 mil euros, ou seja, de R$ 27,9 mil a R$ 38,3 mil na cotação atual do euro, sem o acréscimo de impostos.

Ainda durante a entrevista Martin Winterkorn garantiu que a Volkswagen gostaria de trazer os novos modelos por um preço ainda menor, algo entre 6 mil e 8 mil euros. Caso outros países se interessem pela produção da nova família popular da Volkswagen os mesmos poderão ser fabricados.

Em tempos onde os lançamentos de modelos esportivos e sedans luxuosos são predominantes, a possibilidade da criação de novos modelos econômicos é uma excelente notícia.

Por Wendel George Peripato

Volkswagen


Novos modelos poderão representar o renascimento da marca.

A noite de 24 de junho foi bastante especial para a montadora Alfa Romeo, haja vista a mesma estar completando 105 anos naquela ocasião. Era esperado que a marca fizesse um grande lançamento surpresa, porém, isso não ocorreu. A mesma acabou apresentando o seu logotipo atualizado e Giulia, o novo sedan esportivo da marca. Ainda assim, a marca não deixou para trás a chance de um grande anúncio e disparou: a mesma tem como objetivo o lançamento de sete novos modelos até o ano de 2018. Confira mais detalhes na continuação desta matéria.

A imprensa mundial, presente no evento de 24 de junho, afirmou que se trata do renascimento da marca. Com isso, os objetivos da Alfa Romeo são bastante claros: a mesma pretende chegar ainda mais forte até o ano de 2018. Como já foi destacado, a empresa pretende lançar sete novos modelos que irão trazer um novos status para a marca. Além disso, é importante ressaltar que dentre esses sete modelos deve estar um SUV.

É importante ressaltar que a marca também pretende chegar a uma marca muito impressionante: 400 mil unidades até 2018. Todos esses planos e metas para 2018 são resultado direto do investimento de 5 bilhões de euros que havia anunciado recentemente o presidente da Alfa Romeo, Sergio Marchionne.

O presidente da Alfa Romeo também aproveitou para dizer que o grupo também tem outros objetivos e prioridades que vai trazer de volta um importante lugar no cenário mundial para a empresa italiana.

Um dos principais assuntos da noite foi Giulia, o novo sedan esportivo da Alfa Romeo. O mesmo é fruto de diversos trabalhos de um grupo chamado de Skunks, uma referência direta ao time de mesmo nome que foi encarregado de criar um jato de combate para os Aliados em tempo recorde durante a Segunda Guerra Mundial. A data oficial de chegada do sedan às concessionárias não foi divulgada, mas é especulado que isso deva ocorrer no início de 2016.

Por Bruno Henrique

Alfa Romeo Giulia

Alfa Romeo Giulia

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá potência de 420 cv e tem previsão de ser vendido apenas em abril de 2016.

A fabricante Lotus divulgou o lançamento do novo modelo, o 3-Eleven, que esteve à disposição no Festival de Velocidade de Goodwood na Inglaterra na data do dia 28 de junho de 2015. O carro parece ser um esportivo mais agressivo.

E de acordo com as últimas notícias, o Lotus 3-Eleven terá uma estrutura totalmente nova, confeccionado com um excelente material de alumínio. O roadster tem um peso aproximado de 800 kg, motor de 3.5 V6 e seis cilindros, ainda apresenta 420 cv de potência.  Possui também caixa de câmbio sequencial com adaptação de seis marchas, para reforçar a segurança de forma bem confortável dispõe de um cinto com seis pontos para o motorista e boa estrutura para evitar capotamento na pista ao dirigir.

Os pneus vêm com 225/40 na frente e 275/35 na parte traseira e está disponível na marca Michelin, as rodas são confeccionadas em alumínio com aro 18 na traseira e 19 polegadas na dianteira, possui switch de desativação da bateria. O modelo também dispõe de quatro pistões da AP Racing, ótimo controle de tração e freios ABS.

E com todos esses detalhes, o Lotus 3-eleven pode chegar a alcançar uma incrível velocidade de até 290 km/h. Sendo que o carro faz o percurso de até 100 km/h em apenas 3 segundos. A produção do novo modelo do Lotus 3-Eleven só terá inicio no mês de fevereiro de 2016 e talvez as vendas só ocorram em abril do ano que vem. A fabricante espera lançar no mercado em torno de 311 unidades. O valor está em torno de 80.000 euros até 95.000 euros.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

 

Lotus 3-Eleven

Lotus 3-Eleven

Lotus 3-Eleven

Fotos: Divulgação


Modelo é um SUV esportivo com preço de R$ 529.950 no Brasil.

Um dos veículos mais aguardados da BMW acabou de desembarcar no Brasil. De acordo com a montadora, o X6M já está disponível nas concessionárias do país.

O modelo é um SUV com estilo esportivo de dar inveja: ele vem com um bloco de 4.4 litros V8, gerando uma potência de incríveis 575 cavalos e um torque de 76,5 kgfm. O veículo foi todo pensado para melhoria em suas configurações. Tanto, que os materiais utilizados em sua produção são mais leves e garantem uma economia boa de combustível. Essas configurações fazem com que o X6M alcance de 0 a 100 quilômetros por hora em somente 4,2 segundos. Sua velocidade máxima é de 280 km/h, e é controlada de maneira automática.

Obviamente, como era de se esperar, o novo veículo da BMW é repleto de tecnologia, que inclui o sistema Night Vision com Dynamic Light Spot, que possui uma câmera infravermelha, jogando luz em animais ou pedestres quando se dirige na estrada, exibindo quem está à beira do local. Além disso, também está presente o sistema Head-Up Display, que, entre outras coisas, exibe informações como a velocidade do veículo e outros detalhes no para-brisa.

Todos esses detalhes estão disponíveis no BMW X6M por R$ 529.950, um valor bem salgado, sobretudo considerando as condições econômicas do país atualmente. Mas sem dúvida, é um veículo que, quem tem dinheiro, compraria sem pensar duas vezes.

E não é apenas o X6M que desembarcou no Brasil. A marca alemã também trouxe para as terras tupiniquins o novíssimo X6 xDrive35i, que aparece com uma versão com motor biturbo que conta com seis cilindros em linha. Essa configuração do bloco de motor faz o veículo gerar uma potência de 306 cv e com torque de 40,8 kgfm. A transmissão é automática de oito velocidades, e conta ainda com tração integral. O X6 xDrive35i chega ao país por R$ 375.450,00, bem abaixo do valor do outro veículo.

Por Felipe Villares

BMW X6M

BMW X6M

Fotos: Divulgação


Modelo começará a ser produzido em setembro na fábrica de São José dos Pinhais (PR).

Bem no começo de um fim de semana, sexta-feira, dia 19, a Audi resolveu confirmar que vai mesmo dar início a produção nacional do A3 Sedan. De acordo com as primeiras informações divulgadas pela empresa a previsão é de que o início dos trabalhos seja no mês de setembro.

O modelo já tem até “endereço de fabricação”, será a unidade fabril de São José dos Pinhais, no estado do Paraná. Vale ressaltar um aspecto interessante nesse ponto: Essa fabricação bem nessa unidade trará de volta uma parceria com a Voks que foi encerrada lá em 2006.

Agora voltando nossa atenção para o carro em si, nós, brasileiros, iremos ter à nossa disposição um modelo que ganhará um motor inédito, o bloco 1.4 TFSI turbo biocombustível. Lembrando que é o primeiro flex da marca no mundo. Entretanto, não será exclusividade da Audi. A Volkswagen também irá compartilhar da tecnologia. Isso se justifica por diversos outros fatores, mas, principalmente porque a Volks faz parte do mesmo grupo que a Audi também pertence.

E já que estamos falando de compartilhamento de equipamentos, o modelo contará também com a mesma plataforma que integra a nova geração do Golf. A Volks também disse que irá começar a produzir esse modelo por aqui ainda este ano, com motores 1.4, 1.6 e 2.0, todos flex. A fabricação desse modelo também deve ocorrer na planta de São José dos Pinhais.

O A3 Sedan, com essa opção de motor 1.4 terá capacidade para gerar 150 cavalos de potência. Em termos de comparação o modelo que hoje em dia se encontra no Brasil e que é importado traz um motor turbo e 122 cv de potência. E por falar em importação, o A3 Sedan 1.8 continua tendo como origem a Hungria. O propulsor terá capacidade para 180 cv e é um 1.8 movido a gasolina.

Para matar um pouco a curiosidade sobre como será o carro, a marca já disse que o modelo que será produzido no Paraná será praticamente idêntico ao que é importado. A exceção básica é o motor flex.

Tudo parece estar sendo bem planejado. Nas últimas semanas membros pertencentes ao conselho da marca na Alemanha estiveram no Brasil para uma inspeção da  linha de montagem.

Por Denisson Soares

Audi A3 Sedan nacional

Audi A3 Sedan nacional

Audi A3 Sedan nacional

Fotos: Divulgação


Modelos serão comercializados no Brasil no final do ano de 2015.

Foi mostrada oficialmente pela fabricante de veículos automotores Peugeot, nesta última quinta-feira, dia 18 de junho de 2015, no Salão de Buenos Aires, a nova versão reestilizada dos modelos Peugeot 308 e 408. Estes modelos, atualmente, são fabricados na unidade da empresa que fica na cidade de Palomar, na Argentina. Pelo que foi anunciado pela montadora há a previsão de que estes dois novos modelos cheguem ao mercado brasileiro no final do ano de 2015.

A única notícia a respeito dessa reestilização que deixou tanto os especialistas do ramo da automobilística quanto os consumidores um pouco desanimados foi o fato de que as mudanças que foram feitas no hatch 308 não terem acompanhado as mudanças do elogiado Peugeot 308 produzido e comercializado na Europa, o qual será importado para que os consumidores brasileiros adquiram.

As informações realmente dão conta de que, aqui no mercado brasileiro, a Peugeot irá apostar nas duas versões do 308, ou seja, tanto na argentina, que é a mais simples, quanto na versão europeia, que é a mais completa.

De acordo com as informações de bastidores da empresa, a respeito destes lançamentos aqui no país, para que não haja confusão por parte dos consumidores na identificação dos dois modelos, o argentino e o europeu, ela irá adotar uma nomenclatura específica e posicionamentos distintos para cada um dos Peugeot 308, ou seja, a primeira diferenciação a ser realizada será com relação aos valores das duas versões, pois o 308 fabricado na Argentina será uma opção mais acessível da marca no segmento dos hatches de médio porte, já a versão produzida na Europa será a topo de linha e mais recheada de acessórios. Contudo, a fabricante já deixou bem claro que independentemente dessa diferenciação entre os dois modelos, ambos serão tratados como complementares e serão bastante competitivos nas suas faixas de valores.

O certo é que assim como o modelo argentino, o modelo europeu também irá desembarcar aqui no país até o final deste ano de 2015

Por Adriano Oliveira

Peugeot 308 reestilizado

Peugeot 408 reestilizado

Fotos: Divulgação


4ª geração do modelo deverá ser lançada em breve com melhorias no design e na dirigibilidade.

Um veículo que faz muito sucesso fora do país é o Toyota Prius. E agora, de acordo com o CEO da montadora, Jim Lentz, o carro deve chegar em breve a sua quarta geração.

O Prius é um dos híbridos de maior sucesso internacionalmente, tanto por sua qualidade como por seu design. E agora, de acordo com rumores, ele deve aparecer repaginado, ainda este ano. Tanto, que alguns flagrantes já foram feitos por blogs e sites especializados, principalmente na Ásia.

Nenhum detalhe específico ainda foi confirmado pela montadora japonesa, porém, o que foi divulgado oficialmente é que o novo Prius deve ter melhorias tanto na parte estética como em algo fundamental, como a dirigibilidade. Isso porque o veículo ganhou um novo centro de gravidade, que agora ficou mais baixo.

Outra informação confirmada por Lentz é que apesar do veículo apresentar melhorias ele não deve vir com 15% de modificação no desempenho em economia de combustível, pois esse número, segundo o próprio CEO, é exagerado.

O Prius ainda não ganhou um novo nome oficialmente, porém ele está sendo batizado de 690A. Na verdade, esse modelo já era para ter sido lançado no mercado, porém a própria Toyota não estava de acordo com o design do veículo. Os rumores dizem que ele deve ser lançado oficialmente nos Salões do Automóvel de Los Angeles e de Tóquio, que devem ocorrer ainda este ano, no mês de novembro.

Uma configuração importante deve ser melhorada, que é nas baterias: o novo Prius vem com esse item aprimorado, contando com baterias que possuem a mesma tecnologia utilizada em veículos de corrida.

Outra especulação interessante é sobre o sistema de tração, que deve vir agora nas quatro rodas, como opcional. Além disso, já na versão normal, o carro terá aumento na eficiência térmica do motor e uma redução de peso, o que melhora o desempenho do veículo. Ainda não há informações sobre o possível valor do novo Prius.

Por Felipe Villares

Novo Toyota Prius

Novo Toyota Prius

Fotos: Divulgação


Novo modelo foi lançado no Brasil com preços que partem de R$ 68.990.

Foi confirmada, pela montadora Mitsubishi, na última quinta-feira, dia 11 de junho, a chegada da linha 2016 do Mitsubishi Lancer às concessionárias de todo o país. A versão 2016 do Lancer terá valor inicial a partir de R$ 68.990, sendo que o grande destaque que foi inserido na linha foi a versão HLE que ficou logo abaixo da GT que tem preços a partir de R$ 85.490.

Nessa nova configuração o veículo trouxe um novo para-choque dianteiro que é totalmente distinto das demais versões, este para-choque tem a sua parte central pintada na mesmo cor que o veículo, grades com molduras cromadas, e distância de 17 centímetros do solo o que no caso é bem maior da que era apresentada nas versões anteriores, as rodas desta versão chamam bastante atenção por serem de liga-leve no tamanho 16 polegadas. Além disso, este veículo trouxe, além de muita tecnologia embarcada, outros acessórios, ainda este carro tem sensor para acendimento automático dos faróis, ar-condicionado totalmente automático, teto solar, bancos totalmente revestido em couro,  volante multifuncional, sistema de multimídia que tem a presença de uma tela de sete polegadas e sete airbags.

A versão topo de linha é a GT, esta versão se diferencia da nova HLE nos seguintes detalhes: rodas de 18 polegadas também de liga-leve, retrovisor interno no modelo eletrocrômico, faróis bi-xenônio com a presença de limpadores, escapamento com a ponteira inox, grade frontal em modelo diferenciado e a presença de aerofólio traseiro, bem como spoilers nas laterais.

O motor desse novo Lancer foi mantido e continua sendo o de bloco com quatro cilindros 2.0 somente movido a gasolina, este motor oferece a este carro uma potência máxima de 16 cavalos de potência e torque de 20mkgf. A única versão que em com câmbio do modelo manual de cinco marchas é a MT, sendo que nas demais o câmbio utilizado foi o de seis marchas automático.

Confira a tabela abaixo com os valores e versões da nova linha do Lancer 2016:

– Mitsubishi Lancer MT: R$ 68.990;

– Mitsubishi Lancer HL: R$ 73.990;

– Mitsubishi Lancer HLE: R$ 85.490;

– Mitsubishi Lancer GT: R$ 89.490.

Por Adriano Oliveira

Mitsubishi Lancer 2016

Mitsubishi Lancer 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo tem previsão de chegada ao mercado em 25 de junho.

A fabricante de veículo automotores japonesa Nissan está com todos os preparativos para estrear  com o seu mais novo veículo, o Nissan Juke-R, que é um veículo exótico e compacto da marca. Este veículo se tornou um sucesso tremendo para a empresa, haja vista que este crossover tem o seu design esportivo que irá chamar a atenção de muitas pessoas por estar retornando mais uma vez no segmento de insanidade do Juke-R, contudo nesta oportunidade personalizado pela Nismo.

A Nissan já anunciou que fará a estreia oficial  em âmbito mundial do Juke-R Nismo no Festival de Velocidade de Goodwood, evento este que é realizado anualmente no Reino Unido. A Nissan irá lançar o primeiro teaser desse modelo, o qual tem previsão de chegada para o dia 25 de junho.

Apesar de ainda a Nissan não ter feito a divulgação de nenhum detalhe relativo à motorização deste veículo, o esperado por todos é que seja a mesma que é utilizada originalmente no GT-R, ou seja, um propulsor 3.8 V6 twin-turbo que é capaz de produzir como potência máxima nada mais nada menos do que 485cv. Todavia como foi confirmada a presença da Nismo nesta novíssima edição, o que é esperado é que a cavalaria Samurai que estará a bordo deste monstrinho alcance a potência máxima de nada mais nada menos do que 592 cv do GT-R Nismo.

A Nissan ainda não fez o pronunciamento de modo oficial se este veículo será apenas um conceito ou se fabricado com edição limitada para vendas. Este Nissan Juke-R ao que tudo indica terá uma performance bem superior do GT-R Nismo, que tinha a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,7 segundos e possuía uma velocidade máxima de 257 km/h.

Com relação aos valores, provavelmente este veículo terá o seu valor de mercado superando os US$ 600.000, valor este que supera o que era estipulado para a versão anterior. 

Por Adriano Oliveira

Nissan Juke-R

Nissan Juke-R

Fotos: Divulgação


Novo modelo recebeu uma reestilização, mas sem grandes mudanças.

A imprensa automobilística está atenta ao que acontece nesse mundo milionário da velocidade e do requinte. Nesta semana foram divulgadas algumas imagens do agora renovado modelo Hyundai H1. As fotos são originadas de uma sessão de testes e foram tiradas na Alemanha, que é um dos polos de desenvolvimento da montadora coreana na Europa.

O carro passou de fato por um processo de “reestilização”, se é que podemos chamar assim. Mas nada que soasse a grandes mudanças aconteceram de fato. O principal destaque externo foi visto na grade da frente e não precisa ser especialista para perceber que se trata de um estilo já presente no Hyundai i40, tanto no para-choques dianteiro quanto no traseiro, bem como nas lanternas. O modelo 2016 da van Hyundai H1 2016, portanto, terá uma frente no mesmo design de outros modelos mais recentes. Também haverá mudanças na parte interior, mas as fotos nada puderam dizer a respeito.

Na Espanha, o Hyundai H1 é comercializado em duas versões distintas: o H1 Van (com três ou seis lugares, geralmente para uso profissional, para carregar produtos e pessoas) e o H1 Viagem (para quem necessita mesmo é transportar pessoas, com oito lugares).

Enfim, estas foram as principais novidades que a camuflagem que os funcionários de testes colocaram no novo carro permitiu ao mundo conhecer. Ainda ficarão para o futuro os detalhes da configuração do motor, mas já se prevê certamente um motor a diesel, tal como já existe no modelo atualmente disponível no mercado, no H1. Ou seja, espera-se que o seu desempenho melhores muito, inclusive por conter transmissão automática de seis velocidades.

Desde quando foi lançado, em 2008, o H1 manteve suas características até então, principalmente no que se observava na frente e no motor. Mas o modelo é bem aceito no mercado, por ser do tipo familiar e por geralmente ser vendido por um mais acessível do que outros tradicionais, como o Toyota Alphard.

Por Alberto Vicente

Hyundai H1

Hyundai H1

Fotos: Divulgação


Nova geração do modelo trará grandes inovações, dentre elas estão um sistema que proporcionará ao proprietário fazer manobras de forma remota através da utilização da chave e a presença de faróis a laser.

Depois de muitas especulações a respeito da nova geração do BMW Série 7, modelo mais luxuoso da marca, a fabricante divulgou oficialmente que essa nova geração será exibida no dia 10 de junho. Todavia, a fim de apimentar este lançamento e aguçar ainda mais a curiosidade dos apaixonados pela marca, a montadora alemã fez a divulgação de um vídeo que apresenta alguns detalhes que serão trazidos neste modelo, vídeo este que já está disponível no YouTube

Dentro das principais inovações que foram divulgadas estão um sistema que proporcionará ao proprietário deste veículo fazer manobras de forma remota através da utilização da chave e a presença de faróis a laser.

A carroceria deste veículo foi toda projetada em fibra de carbono e está sendo chamada de “Núcleo de Carbono”, material este que fez com que este carro tivesse uma redução de nada mais nada menos do que 130 Kg do que o seu modelo atual.

Alguns detalhes são possíveis de serem visualizados neste vídeo, sendo que o que chamou a atenção foram as lanternas que nessa nova geração foram desenvolvidas de forma mais afinada e ganharam um visual ainda mais agressivo. Outra peça que chamou a atenção foi a barra cromada que é utilizada para ligar as duas peças e que foram mantidas conforme era visto nas edições anteriores da série.

Com relação à motorização, a BMW optou por utilizar nesse veículo uma nova geração de propulsores do modelo TwinPower Turbo. Outra grande inovação que esta nova geração do BMW Série 7 irá trazer será um sistema de entretenimento multifuncional iDrive Touch que terá a interessante função de comandos por gestos.

E as novidades interessantes não param por aqui, uma vez que este novo BMW Série 7 traz consigo suspenção adaptiva pneumática em seus dois eixos.

Agora, só resta aguardar o lançamento oficial deste BMW de luxo para saber quais são as outras novidades que ele irá apresentar.

Por Adriano Oliveira

BMW Série 7

BMW Série 7

Fotos: Divulgação


Segunda geração do modelo será fabricada em Araquari (SC) e terá linhas mais agressivas e esportivas.

A fabricante de veículos BMW revelou a segunda geração do seu veículo BMW X1, este veículo chegará ao mercado com a promessa de ser uma referência no setor de veículos crossover, além disso esse lançamento da marca quer extinguir algumas tradições que eram trazidas nos veículos produzidos pela marca, tal como, a tração traseira que foi substituída pela convencional e famosa tração dianteira.

Essa segunda geração trouxe consigo o novo BMW X1 edição 2016, a qual foi anunciada nessa semana que passou e será apresentado oficialmente no Salão de Frankfurt, evento que ocorrerá no mês de setembro. Este veículo será o próximo modelo da fabricante que a ser fabricado em território nacional, uma vez que ele será fabricado na cidade de Araquari (SC), fábrica esta que, atualmente, é a responsável por realizar a produção dos veículos da marca das séries 1, 3 e X1.

Ao que tudo indica, esta novidade irá chegar aqui no Brasil no meio do ano de 2016, mas protótipos deste carro já foram vistos rodando aqui no país.

O BMW X1 2016 traz em seu design linhas muito mais esportivas e agressivas, principalmente, na parte dianteira, onde foram inseridos faróis com a tecnologia full-LED afilados, grade do modelo bipartida e um para-choque bastante robusto.

Já nas laterais, este veículo pode ser facilmente identificado por causa dos seus vincos e do conjunto de três janelas, características estas que são bastante marcantes. Na parte traseira, os destaques ficaram por conta das lanternas que tiveram o seus tamanhos aumentados e do para-choque que dessa vez veio com apliques confeccionados em plástico.

Na parte interior, como não poderia ser diferente, as mudanças foram bem significativas, todavia a essência dos demais veículos da fabricante foi mantida integralmente, a principal mudanças que a montadora revelou foi que este novo X1 ficou com um espaço interno maior, o que só foi possível devido à adoção de uma plataforma diferente, a qual foi retirada da minivan Série 2 Active Tourer. 

Por Adriano Oliveira

BMW X1 2016

BMW X1 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá um design mais arredondado e será mais moderno.

Após muita especulação, foi mostrado pela Chevrolet o primeiro teaser da nova geração do sedan Cruze. A empresa está em contagem regressiva para fazer a divulgação oficial desse veículo, uma vez que este carro será revelado oficialmente em Detroit, nos Estados Unidos, no próximo dia 24 de junho. Este novo Cruze, segundo a empresa, será comercializado em 115 países, esse grande número de países que irão comercializar este carro justifica-se pelo fato de que o Cruze, atualmente, é o veículo de maior popularidade da GM em todo o mundo.

Apesar de a GM não ter feito a divulgação a respeito da chegada desse novo Cruze aqui no Brasil, nesse primeiro teaser a empresa citou o Brasil como sendo um dos principais países que terão mercado para o novo veículo.

Pelo que pode ser visto nestas primeiras imagens, este novo Cruze é bem diferente da sua versão chinesa, nessa nova versão o veículo virá com um design mais arredondado e com um toque a mais de modernidade, a grade dianteira terá uma divisão, de modo que ela ficou composta por duas peças, sendo que a parte de cima tem a função de ser uma extensão dos faróis, enquanto a parte inferior tem o formato de um hexágono. Outra novidade que foi inserida neste veículo foi os faróis auxiliares que nessa versão apresentam tamanhos mais avantajados.

Segundo os dados da GM, esta nova geração do Cruze terá tamanho maior do que a geração anterior, contudo com relação ao peso ela será mais leve, outra inovação trazida por este carro serão as novas motorizações com outras tecnologias.

Por enquanto, a única novidade que foi anunciada antecipadamente foi a respeito da nova central de multimídia que será inserida neste veículo, central esta que trará para o usuário uma função que possibilitará a ele conectar aparelhos celulares que tenham como sistemas operacionais o Android Auto e o CarPlay. Pelo que já foi adiantado estas tecnologias estarão disponíveis no país ainda até o final deste ano.

Por Adriano Oliveira

Teaser do novo Cruze 2016

Novo Cruze 2016

Fotos: Divulgação


Modelo sedan terá apenas 25 unidades fabricadas e será lançado nos EUA.

A fabricante e montadora de veículos automotores Audi fez o lançamento de uma versão totalmente exclusiva do seu veículo sedan S3, contudo essa nova versão será somente para o mercado norte-americano. Essa nova versão do S3 foi batizada com o nome de Exclusive Edition, principalmente por causa do fato de que a empresa irá fabricar, a princípio, apenas 25 unidades desse veículo.

Essa foi mais uma aposta da Audi, uma vez que a edição Limited Editon do S3, que teve o seu lançamento realizado, no ano de 2014, nos Estados Unidos foi um grande sucesso e por este motivo a Audi resolveu inovar mais uma vez e apostar as fichas nessa Exclusive Edition.

Essa versão especial do S3 será fabricada com apenas cinco unidades de cada cor sendo que serão disponibilizadas para os consumidores apenas cinco opções de cores sendo estas as seguintes: Azul Sepang, Verde Viper, Vermelho Misano, Laranja Glut e Amarelo Vegas.

Todos os modelos desse veículo serão inspirados na versão Prestige do S3 e terão de série rodas no tamanho 19 polegadas, assentos do modelo esportivo totalmente revestidos em couro Nappas, além disso, será inserido o emblema exclusivo da edição na carroceria.

Com relação à motorização desta edição especial todos os veículos terão como propulsor um motor de quatro cilindros 2.0 TFSI Turbo 2.0, o qual será capaz de desenvolver uma potência máxima de nada mais nada menos que 292cv e um torque de 37,9 mkgf. De acordo com as informações que foram divulgadas pela Audi o S3 Exclusive Edition terá a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h na incrível marca de apenas 4,7 segundos e atingir uma velocidade máxima de 250 km/h, sendo que esta velocidade será controlada por uma tecnologia eletrônica que será disponibilizada neste veículo.

Para aqueles que ficaram curiosos, as versões nas cores azul e vermelho serão comercializadas pelo valor de US$ 57.250 e as demais cores irão custar US$ 59.900.

Por Adriano Oliveira

Audi S3 Exclusive Edition

Audi S3 Exclusive Edition

Fotos: Divulgação


Fiat Palio lidera as vendas, seguido do Hyundai HB20 e do Ford Ka.

Mesmo com o mês de maio demonstrando uma leve melhora na economia brasileira, ainda não podemos nos considerar fora da crise, o constante baixo volume de vendas de carros é uma prova disso, porém, a leve melhora na economia pode ser um incentivo para as vendas nos próximos meses. Com a venda de carros não é diferente, confira aqui os carros mais vendidos do mês de maio.

1 – Novo Fiat Palio:

Liderando as vendas durante praticamente o ano todo, o Fiat Palio continua sendo o carro mais vendido do Brasil no mês de maio, com 10.470 unidades vendidas. O preço acessível combinado com a qualidade e a confiança dos clientes, com certeza, o ajudaram a atingir mais uma vez o primeiro lugar entre os mais vendidos.

Fiat Palio

2 – Hyundai HB20:

O carro que é relativamente novo no mercado brasileiro parece que chegou para ficar, a maior prova disso é o aumento em suas vendas que o fizeram alcançar o segundo lugar no mês de maio, foram 8.849 unidades vendidas no país.

Hyundai HB20 2015

3 – Ford Ka:

Lançado em agosto do ano passado, o novo modelo de entrada da Ford alcançou pela primeira vez a terceira colocação na lista dos mais vendidos, sendo a maior surpresa da lista de maio, com 8.347 unidades vendidas.

Ford Ka 2015

4 – Chevrolet Onix:

Não muito distante, o Chevrolet Onix ocupa o quarto lugar dessa lista com 8.212 unidades vendidas no mês de maio, marca que leva o veículo a ficar em segundo lugar dos mais vendidos no ano, perdendo apenas para o novo Fiat Palio.

Chevrolet Onix 2015

5 – Gol:

O carro que por muitos anos liderou essa lista aparece em quinto lugar no mês de maio com 7.986 unidades vendidas em todo o Brasil. Enquanto alcançar o terceiro lugar é uma marca impressionante para o Ford Ka, para o Gol é uma significativa queda perante o potencial de vendas que o carro já teve há alguns anos.

Volkswagen Gol

Fotos: Divulgação

Por Tom Vitor de Freitas


Modelo será vendido apenas em uma cor, a Cyan Splash, um azul suave, e traz linhas mais agressivas, lembrando um modelo esportivo.

Uma nova geração de compactos deve desembarcar no mercado automobilístico. Estamos falando do novo modelo da Toyota, o Aygo x-cite 2015, que foi lançado pela montadora oriental no último sábado, dia 30.

Por enquanto, o modelo deve ser comercializado apenas na Europa, mas caso chegue ao Brasil, você já pode conferir as novidades. O veículo tem traços bem típicos orientais, com linhas mais agressivas, lembrando um modelo esportivo.

O Aygo x-cite 2015 vem em uma única cor, que inclusive é exclusiva, a Cyan Splash, um azul suave, mas elegante. Alguns detalhes do carro são na cor Black Piano, um preto bem marcante. De série, o veículo ainda vem com rodas de aro 15 polegadas na cor preto brilhante. Entre os opcionais oferecidos pela Toyota, está a pintura que pode ser diferente, com as colunas A e o teto pintados no mesmo tom das rodas.

Para deixar o veículo ainda mais esportivo, a marca também utilizou o esquema de duas cores na parte interna do carro, incluindo detalhes como o painel, que ainda possui outros detalhes em cromado, e o revestimento dos bancos, que possui as mesmas cores da parte externa do Aygo.

Na parte mecânica, o veículo da Toyota vem equipado com um motor de 1.0 litro, com três cilindros VVT-i movido a gasolina. Essa configuração faz com que o Aygo gere uma potência de 69 cavalos, com torque de 9,69 kgfm. O câmbio aparece em duas opções: automático x-shift ou manual.

Com esse motor, o Aygo se apresenta bem econômico e ecológico, emitindo 88g/km de CO2 e rendendo, em média, 26 quilômetros por litro.

Entre as novidades que podem estar presentes em outras versões do Aygo, está um sistema que evita colisão iminente, freando o veículo automaticamente em uma situação de emergência. Outra novidade é a possibilidade do carro receber um sistema que avisa quando há uma mudança involuntária de faixa de rodagem.

Por Felipe Villares

Toyota Aygo x-cite

Toyota Aygo x-cite

Fotos: Divulgação


Veículo receberá alterações na parte frontal e traseira e no seu interior.

O pequeno veículo da montadora Fiat, o Fiat 500, apesar de estar no mercado brasileiro desde o ano de 2007, até este ano não havia sofrido muitas mudanças, contudo antes do lançamento de uma geração inteiramente nova, a Fiat optou por fazer uma reestilização neste veículo.

Esse novo Fiat 500 reestilizado já foi visto rodando, porém camuflado, em testes na Europa, as novidades que serão apresentadas serão no design do conjunto frontal, bem como no seu interior que receberá um upgrade tecnológico.

As informações oficiais a respeito dos detalhes dessas mudanças ainda são bastante escassas, contudo a Fiat já divulgou oficialmente que a apresentação deste novo Fiat 500 reestilizado será feita durante o Salão de Frankfurt, evento que ocorrerá no mês de setembro na Alemanha.

Segundo as informações dos bastidores oriundas de fontes ligadas à Fiat essas modificações consistem em alterações na parte frontal que terá uma para-choque totalmente remodelado e grade atualizada, já os faróis ganharam novas lentes. Na parte de trás este veículo receberá a inserção de um novo para-choque que terá como acompanhamento lanternas com novo posicionamento das luzes e saída do escapamento revista.

A parte interna deste veículo a mudança mais significativa será a inserção de um novo sistema de entretenimento que será colocado na parte superior do painel, as saídas de ar do painel que serão totalmente redesenhadas e um detalhe bem atrativo para os consumidores mais exigentes que será a presença de um volante inédito criado exclusivamente para este modelo.

Com relação à motorização, ao que tudo indica, não aparecerão novidades a respeito desse quesito, da mesma forma que nas opções de câmbios não será apresenta nenhum tipo de alteração.

Assim, como o mês de setembro se aproxima vale a pena ficar antenado às informações, pois sem sombra de dúvidas nesse período que falta para o lançamento oficial do veículo a montadora irá revelar mais alguns detalhes a respeito do modelo.

Por Adriano Oliveira

Fiat 500 reestilizado

Fiat 500 reestilizado

Fotos: Divulgação


Obrigatoriedade do uso de chips de identificação eletrônica em carros deverá comãr a valer em 30 de junho.

A partir de 30 de junho, ou seja, daqui a cerca de 45 dias, a obrigação de que todos os veículos que transitam no Brasil tenham um chip de identificação eletrônica começará a valer, pelo menos em tese, porque apenas no estado de Roraima o procedimento de instalação se iniciou, no entanto, no momento, está parado, haja vista que os Departamentos Estaduais de Trânsito de inúmeros estados pediram mais uma vez o adiamento.

A ideia é de que o chip seja uma espécie de coração do Sistema Nacional de Identificação de Veículos (Siniav); o projeto é que sejam instalados nos para-brisas dos veículos, mais precisamente em alguma pequena caixa parecida com as que são usadas na cobrança de pedágios.

Desde 2006 já sem vem sendo discutido sobre essa instalação de chips nos veículos, tanto é que o projeto inicial se falava na execução deste em janeiro de 2013, mas foi adiado a pedido dos Detrans. Apesar de um outro pedido de adiamento, a última Resolução do Contram prescreve multa já a partir de julho de 2015. Tudo indica que mais uma vez a data será adiada.

Não está nada decidido sobre quem pagará a conta, fato é que as torres de monitoramento não estão instaladas e até o momento existe apenas uma empresa credenciada que pode instalar os chips, é a Seagull Tecnologia, que tem sede no Rio de Janeiro, e afirmou por meio de um de seus gerentes que cada chip deve custar algo em torno de R$ 40, além de gastos com instalação e manutenção.

Como foi dito, apenas em Roraima o processo de instalação foi iniciado, mas foi parado por determinação de um decreto legislativo por dois motivos, a princípio, irregulares: possível cobrança abusiva, no valor de R$ 95,17, e o fato de a empresa que estava prestando o serviço não estar com os contratos regularizados com quem de direito.

Por Vinícius Cunha

Chips nos carros

Foto: Divulgação


Os indicadores TWI são importantes determinantes para saber se os pneus precisam ser trocados. Este indicador é o ressalto de borracha que há nos pneus, que mede 1,6 mm de profundidade e quando chega ao seu limite, os pneus devem ser substituídos.

Muitas pessoas têm bastante dúvidas a respeito de qual é o momento correto para trocar os pneus dos seus veículos automotores. Além da dúvida, que é muito frequente, os proprietários de veículos sempre tentam prorrogar essa troca muitas vezes devido ao custo elevado dos pneus no mercado.

Muitas técnicas que prorrogam a troca são utilizadas, tais como, recauchutar pneus velhos e até mesmo realizar a substituição das posições dos pneus no veículo, sendo que muitos acreditam que podem rodar até o prazo de garantia dos pneus vencerem independente do desgaste deles.

O certo é que o principal indicativo que determina o momento correto de fazer a substituição dos pneus são os indicadores TWI (Tread Wear Indicator), para aqueles que nunca ouviram falar ou nem sabem o que significa este indicador, ele é um ressaltos de borracha existente em todos os pneus, ressalto este que tem 1,6 mm de profundidade e quando chegam ao seu limite, indicam que os pneus devem ser substituídos, tendo em vista que a partir deste momento eles passam a ser considerados como “carecas”, situação esta que influencia diretamente na segurança dos condutores e passageiros dos veículos, além de que se o veículo for alvo de uma fiscalização feita por meio dos órgãos de trânsito o condutor poderá, até mesmo, ser penalizado com multa.

Os TWIs dos pneus são tão importantes que servem até mesmo como auxílio para verificar se os pneus estão sendo desgastados de forma irregular, fatores estes que indicam a necessidade de algum tipo de manutenção preventiva por parte dos condutores, a fim de evitar os desgastes por completo dos pneus, tais como, alinhamento, balanceamento ou calibragem. Agora se os pneus apresentarem anormalidades ou deformações, como por exemplo, bolhas, perfurações ou rasgos estes devem ser substituídos imediatamente.

Então, fica a dica a respeito da substituição, mas se realmente for necessário substituir os pneus do veículo o mais correto é realizar a substituição de todos de uma única vez.

Por Adriano Oliveira

Pneus

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: