Novo modelo será lançado no Brasil ainda neste ano.

Foram reveladas fotos do novo Tiguan de 7 lugares da Volkswagen. As fotos foram divulgadas pelo Ministério da Indústria chinês e mostram a versão do novo utilitário que está mais longilíneo e confortável.

O moderno Tiguan da Volkswagen tem seu lançamento no mercado brasileiro ainda este ano, ele conservou algumas linhas do modelo antigo, de 5 lugares. Seu comprimento cresceu mais 226mm e os entre-eixos com 110mm de distância, o que poderia se esperar de um utilitário para sete passageiros.

O SUV teuto-chinês manteve o mesmo estilo do modelo europeu, continua com lanternas em forma de L com LEDs e ganhou um desenho original na janela da terceira coluna e as portas de trás ficaram mais longas. O novo esportivo da Volkswagen ficou com o comprimento total de 4,71m, para dar mais conforto ao cliente.

O novo Tiguan será montado na China pela Joint Venture SAIC-Volkswagen estará disponível em modelos com cinco, seis e sete lugares, e oferece também opções com assentos configuráveis. Sendo possível também para o comprador escolher entre as várias opções de motor como, 1.4 TSi de 150 cv – 1.8 TSi de 180 cv e 2.0 TSi com dupla opção de 186 e 220 cv, todos com turbocompressor e movidos a gasolina. A caixa DSG de sete velocidades estará entre as opções que o utilitário oferece.

Tiguan no México:

A Volkswagen anunciou no mês de junho que ia começar a pré-produção do Tiguan de sete lugares (LWB), em sua fábrica que fica na cidade de Puebla, México. De acordo com a produtora a nova demanda será priorizada para o mercado norte-americano, contudo não descartam a possibilidade de exportações para a América do Sul ( inclusive o Brasil).

Muito embora ainda não seja encarado da mesma forma na Europa e Estados Unidos, o moderno Tiguan de sete lugares a ser produzido no país mexicano, o modelo deve ter o mesmo formato do chinês, comparado ao Passat americano em relação ao modelo asiático, igual.

Preço:

O preço final do novo SUV da VW ainda não foi divulgado, mas deve seguir as variações do dólar. Provavelmente ele ficará entre os valores de seus concorrentes diretos; o Hyundai ix35 R$ 99.990 – Kia Sportage R$ 104.900 e Mitsubishi Outlander por R$ 129.00. É aguardar para ver.

Por Ruth Galvão

Volkswagen Tiguan de 7 lugares

Volkswagen Tiguan de 7 lugares

Fotos: Divulgação


Modelo híbrido da Toyota tem preço inicial de R$ 119.950.

A Toyota lançou recentemente, no mercado brasileiro, o novo Prius 2016. Trata-se nada menos do maior sucesso em escala global quando o assunto é automóvel com tecnologia híbrida. O Prius 2016 é o primeiro carro construído através da nova plataforma TNGA, possui um visual com muitas mudanças além de grandes avanços aerodinâmicos e tecnológicos. O preço inicial do mesmo é de R$ 119.950.

Um dos grandes destaques deste lançamento é, sem sombra de dúvidas, o design do mesmo. O Prius 2016 conta com linhas renovadas com traços triangulares, a dianteira comporta um novo padrão de design estabelecido pela Toyota, a parte lateral possui uma coluna C em preto que acaba dando a sensação de um teto flutuante. A traseira também se destaca, haja vista uma espécie de aerofólio que vai até os vincos laterais.

Além disso, podemos destacar a renovação no conjunto híbrido do Prius. Dessa forma, agora temos o Hybrid Synergy Drive, que conta com motor a gasolina de 1.8 litro VVT-i de 98 cv de potência a 5.200 giros e 14,2 kgfm de torque além do motor elétrico de 72 cv e 16,6 kgfm de torque. Uma das grandes prioridades desse automóvel foi justamente o baixo consumo de combustível. A Toyota ainda destaca que o Prius 2016 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 11 segundos.

Como já destacado, a Toyota deu uma atenção especial para o consumo de combustível. Portanto, o Prius ficou 24% mais econômico se comparado com sua antiga versão, segundo o Inmetro. Dessa forma, o mesmo passou de 15,2 para 18,9 km/l com gasolina na cidade. O mesmo também se destacou nas estradas, haja vista ter passado de 14,3 para 17,0 km/l. Tais resultados fazem do Prius 2016 o automóvel mais econômico do país.

O mais novo lançamento da Toyota também se destaca bastante quando o assunto são os chamados itens de série. O automóvel conta com um grande número de itens de série, dentre os quais: sistema de ignição do motor por botão, ar-condicionado dual zone com comando S-Flow, travas elétricas, controle de velocidade de cruzeiro, os bancos possuem revestimento em couro e material sintético, retrovisores externos elétricos, volante em couro com comandos integrados do áudio e do computador de bordo, aquecimento dos bancos dianteiros, sistema de navegação GPS integrado, além de outros itens.

Por Bruno Henrique

Toyota Prius 2016

Toyota Prius 2016

Fotos: Divulgação


Nova linha foi lançada no México.

Diversos fabricantes de ônibus aqui do Brasil fizeram questão de marcar presença durante a realização da Expo Foro 2016. Para quem não conhece a feira basta destacar o fato de que ela é uma das principais na América Latina com o foco voltado exclusivamente para o transporte de passageiros. O evento aconteceu na Cidade do México na primeira semana deste mês.

A feira deste ano, que é organizada pela Câmara Nacional de Autotransporte de Passageiros e Turismo (Canapat), trouxe diversos destaques, um deles foi a comemoração dos 125 anos da Scania, data comemorada a nível mundial. A título de curiosidade vale ressaltar que o México fica em segundo lugar na escala mundial de produção de ônibus. Em primeiro, estamos nós, os brasileiros.

Entre os representantes nacionais na feira estava a Marcopolo, a empresa que é a principal encarroçadora de origem brasileira lançou em terras mexicanas a sua linha batizada de MP. Essa linha é composta por modelos rodoviários que contam agora com novos conjuntos óticos tendo como base a Geração 7. Esta última, por sua vez, produzida pela Polomex.

A linha apresentada é constituída por quatro modelos. Estes são originários (ou derivados) dos Paradiso e Viaggio que rodam por aqui. Além da linha em questão a Marcopolo também expôs o modelo urbano MX 60 BRS. Essa novidade nada mais é do que uma variação do Viale BRS brasileiro. O Torino, “produto” de maior sucesso da fabricante de Caxias do Sul (RS) no mercado local também apareceu na feira.

De acordo com a própria Marcopolo, a chegada  no mercado da linha MP representa também um novo foco para o mercado local. A fabricante também destaca o fato de que o modelo de negócio apresentado irá permitir que a empresa produza no México todos os veículos presentes em seu portfólio para outros mercados.

A Marcopolo destaca ainda que todos os ônibus urbanos terão como base de montagem a região de Monterrey. Já com relação aos rodoviários a informação é de que os modelos irão continuar a sair do Brasil, importados. Neste último caso irão seguir os sistemas CKD e PKD.

Por fim, a fabricante afirma que está encarando esse momento como o novo começo para a empresa no México. A expectativa da companhia brasileira é de que a demanda do mercado mexicano possa ser atendida através da estratégia de disponibilizar veículos com uma variedade de opções de chassis.

Por Denisson Soares

Marcopolo MX 60 BRS

Foto: Divulgação


Primeiro modelo a receber o suporte ao sistema será o Escape 2017.

A Ford anunciou que a partir do Outono de 2017, todos seus carros com o Sync 3 de infotainment, virão com o Android Auto, sistema operacional Android feito especialmente para os carros.

Com isso, a Ford segue a tendência da maior parte das grandes marcas, que devem começar a utilizar o Android Auto também em 2017, e o primeiro modelo a receber o suporte ao sistema é o Escape 2017. A empresa, porém, foi uma das primeiras a se inscrever no serviço para poder disponibilizá-lo para seus consumidores.

Porém, a empresa não divulgou novas informações sobre o que deverá vir com o sistema, além da integração com o seu sistema  infotainment Sync.  Para aqueles que comprarem seu novo carro no final de 2016 e derem preferência a algum carro da empresa, já estará disponível uma atualização para que o sistema possa ser utilizado em seu carro.

Acirrando a concorrência, o sistema também deverá dar suporte ao CarPlay da Apple, serviço do concorrente, assim como nos smartphones, ao serviço do Google com o Android.

O Android Auto também irá garantir integração com os smartphones e tablets com Android 5.0 ou superior, com informações úteis de aplicativos como Google Maps, Play Music e, a princípio, outros aplicativos do Google, que vão oferecer integração na tela Sync dos automóveis.

Vale lembrar que o Android Auto começa a crescer somente agora. Anteriormente, apenas modelos da Hyundai tinham o sistema disponível, que agora deverá chegar às marcas Chery, Buick e GMC, Honda e Volkswagen. O destaque negativo fica para a Porsche, que ao menos por enquanto, não parece interessada em utilizar o aplicativo em seus automóveis.

No ano passado, a Ford já havia lançado o app Android Wear, que permitia aos consumidores da marca, encontrar e controlar seus carros elétricos e híbridos.

O crescimento do Android Auto junto do CarPlay da Apple, mostram uma tendência cada vez maior, de integração do SO Mobile, com automóveis e veículos em geral, integrando ainda mais, suas funcionalidades e agregando mais tecnologia e acessibilidade virtual aos donos desses carros.

Por Isis Genari

Android Auto

Foto: Divulgação


Novo modelo recebeu alterações no para-choque, na grande, nas rodas de liga-leve, entre outros itens.

O Hyundai Santa Fé, que está no mercado já faz três anos, recebeu agora as primeiras mudanças em seu visual para que assim pudesse se manter no mesmo nível de seus concorrentes. A nova versão vem como linha do ano 2016 e está sendo exibida pela montadora no Salão do Automóvel da cidade de Frankfurt.

Entre as alterações está o para-choque dianteiro reestilizado, grade que agora possui três filetes horizontais em alumínio, rodas de liga-leve também com novo desenho, luzes diurnas de LED, lanternas traseiras com disposição nova e também dupla saída do escapamento em formato retangular.

Internamente, o veículo recebeu diversos itens novos e um acabamento excelente. Um novo sistema de deslizamento para os bancos, desta forma aumentando o espaço tanto para as bagagens como para os ocupantes. O mesmo chega a ter uma movimentação dos assentos em 270 mililitros, antes possui 15 mm a menos e conta também com um sistema multimídia com GPS.

A ficha técnica apresentada abaixo, foi publicada pela marca em seu site oficial. Nela consta informação referente ao conforto, tecnologia em geral, segurança, entre outros.

Abaixo é possível visualizar as novas alterações, lembrando que a listagem é referente à versão de entrada.

Veja as novidades do Hyundai Santa Fé 2016:

– 6 Airbags: sendo 2 frontais, 2 de cortina e 2 laterais;

– 3 Modos de direção Flex Steer, sendo o normal, comfort e sport ABS + EBD (Distribuição Eletrônica da Força);

– Acesso ao veículo sem uso da chave;

– Acendimento automático dos faróis;

– Alarme antifurto com acionamento através do Keyless;

– BAS – Auxílio de Frenagem de Urgência;

– Ar condicionado duas zonas;

– Banco do condutor em couro e com ajuste elétrico;

– Botão de partida;

– Barras de proteção laterais.

Este carro não é muito acessível, devido ao seu alto valor, que já chega a ser considerado um dos modelos mais caros da marca sul-coreana.

As versões do Santa Fé no Brasil são:

– Santa Fé com 5 lugares, com valor a partir de R$ 165.990;

– Santa Fé com 7 lugares, com valor a partir de R$ 185.990.

Por Nádia Neves 

Hyundai Santa Fé 2016

Hyundai Santa Fé 2016

Fotos: Divulgação


Mercado automobilístico brasileiro chama a atenção de montadoras, que irão trazer novos lançamentos em 2016.

Com o crescimento e a abertura do mercado nacional automobilístico para outras marcas de veículos automotores, novas marcas, até então desconhecidas no mercado nacional, foram inseridas no rol de fabricantes de veículos comercializados por aqui.

Foi aproveitando este momento favorável que a Lifan, marca japonesa, a partir do momento que assumiu as suas operações no Brasil, conseguiu não só entrar no mercado nacional, mas também elevar as suas vendas e fazer com que o SUV X60 se tornasse um sucesso da marca por aqui.

Como as coisas estão melhorando para a marca e a fabricante vê o mercado brasileiro como bastante promissor, no ano de 2016, a marca irá apostar todas as suas fichas no seu crossover compacto chamado X50, enquanto na China, a Lifan começou a divulgar as imagens preliminares de um novo utilitário esportivo que será lançado por lá, o qual aparentemente possui dimensões maiores até mesmo que o X60.

Este novo SUV possui um espaço interno para cinco ou até sete ocupantes e ao que tudo indica este novo veículo será batizado com o nome de X70, modelo este que será um intermediário que ficará situado entre o conhecido X60 e o grandalhão X80.

As primeiras notícias estão dando conta que as chances do X70 ser comercializado aqui no Brasil são muito boas, tendo em vista que o X60 possui um valor de comercialização entre R$ 59.990 e R$ 63.990, valores estes que fariam com que o X70 figurasse em uma faixa de preço superior, podendo ser talvez na casa dos R$ 70.000 e R$ 75.000.

Logo, o que nos resta é aguardar maiores novidades a respeito destes modelos, o que, sem sombra de dúvida, irá ocorrer, mas a probabilidade destes modelos fazerem sucesso por aqui é bem grande, pois com certeza eles chegaram com preços bastante competitivos em relação aos veículos nacionais e com um repertório grande de acessórios e tecnologia.  

Por Adriano Oliveira

Lifan X50

Foto: Divulgação


Versões 2016 dos modelos das montadoras Peugeot, Toyota, Hyundai, Honda e BMW.

Algumas das maiores montadoras do mundo já começaram a apresentar as versões 2016 dos seus principais modelos de veículos. Confira abaixo alguns desses modelos incríveis:

Peugeot 3008:

Um dos belos destaques para 2016 será o Peugeot 3008, que irá apresentar algumas novidades para o próximo ano. O modelo ganhou alguns novos itens de série, incluindo uma central multimídia com câmera de ré, bancos de couro com aquecimento, retrovisores elétricos e tapetes revestidos de carpete.

O motor continua com a mesma potência já conhecida e admirada pelos consumidores. Esse belo e refinado carro vem com motor 1.6 16 válvulas e com 165 cavalos de potência – um carro muito potente e considerado econômico, sem perder a elegância já conhecida pelos clientes do carro francês.

Peugeot 3008

Hilux:

Para os amantes de caminhonete, a Toyota revelou a nova versão da Hilux, que vem mais larga e comprida, com mudanças também nos para-choques, e agora podendo vir com modelos aro 18 de fábrica e com uma central multimídia sensível ao toque. A nova Hilux promete agradar tanto aos antigos quanto aos novos clientes.

Toyota Hilux 2016

Santa Fé:

A Hyundai também não ficou para traz e revelou as mudanças para o Santa Fé 2016, que recebeu novos faróis e lanterna traseira. A carroceria também ganhou novas cores para o utilitário. Os novos itens de segurança impressionam – como detector de pontos cegos e câmeras e um novo sistema de áudio mais sofisticado.

Hyundai Santa Fé 2016

Honda Civic:

Talvez um dos modelos mais aguardos para 2016, o renomado Honda Civic virá com uma versão nova e um preço salgado, a partir dos 70.000 reais, podendo chegar a mais de 80.000 reais. A versão mais completa virá com rodas de liga leve, bancos de couro, acendimentos de faróis automáticos, controle de estabilidade e tração, além de motor 2.0.

Honda Civic

X1 BMW:

Depois de muita espera foi finalmente lançada a X1 da BMW. Foi grande a mudança em relação ao modelo anterior. A nova versão ganhou pontos nos para-choques traseiros e dianteiros e no aerofólio traseiro. A nova máquina possui três versões diferentes: xline, Sport e M Sport – todos vêm equipados com um maravilhoso sistema de informação.

BMW X1 2016

Fotos: Divulgação

Por Nathalia Henderson


Novo modelo terá 450 unidades fabricadas e deve ser vendido por US$ 2,5 milhões.

O Veyron da Bugatti está para perder o trono como o carro mais rápido para seu sucessor: o Chiron. O nome foi confirmado pela empresa no dia 30 de novembro e é uma homenagem ao piloto Louis Chiron, que trabalhou para a Bugatti por 10 anos na década de 20.

Depois da venda dos 450 volumes do Veyron o Chiron deve ser limitado a 500 unidades. Os milionários de plantão fiquem espertos: a venda será limitada assim como a de seu antecessor. Quem quiser comprar o esportivo deve ter uma ótima renda, seu preço deve chegar aos US$ 2,5 milhões (algo ao redor de R$ 9,7 milhões segundo a cotação do dia 30 de novembro).

Ele estreará no Salão do Automóvel de Genebra de 2016 que ocorrerá em março. Apesar do preço impressionante para os meros mortais o Chiron já recebeu mais de 100 pré-encomendas.

A Bugatti declarou que seu novo esportivo está em testes finais. Ele contará com um motor 8.0 W16 quad turbo com 1500 cv e com um torque de 152,4 kgfm. Segundo a empresa o Chiron deve ir de 0 km/h a 100 km/h em 2,3 segundos e alcançará uma velocidade máxima de quase 500km/h, as fontes diferem no valor exato. O Veyron é um pouco mais lento, vai de 0 km/h a 100 km/h em 2,5 segundos. O velocímetro marca até os 500 km/h.

No Frankfurt Motor Show a Bugatti mostrou um conceito do Vision Gran Turismo que deve ser uma previsão da aparência do Chiron. Segundo o diretor da Bugatti, Wolfgang Dürheimer, a tentativa da empresa com esse design é fazer o melhor ainda melhor.

Apesar de impressionante o Chiron pode encontrar diversos problemas no caminho. Recentemente a Volkswagen, empresa mãe da Bugatti, esteve envolvida num escândalo nos testes de emissões de carbono que pode custar à empresa US$ 86 bilhões e forçar a empresa a cortar projetos inteiros, especialmente um projeto tão caro e com quase nenhum retorno como o do superesportivo.

Por Gizele Gavazzi

Bugatti Chiron

Bugatti Chiron

Fotos: Divulgação


Apenas 1 exemplar do modelo veio para o Brasil pelo preço de R$ 2,5 milhões.

No início deste ano de 2015, a Ferrari 488 GTB foi apresentada no Salão de Automóvel de Genebra, em um grande evento. De acordo com a Via Itália, a importadora da marca no Brasil, apenas um exemplar veio para terras brasileiras, até o momento, e será vendida por uma merreca de 2,5 milhões de reais. O modelo vem logo após o 458, e está ainda mais esportivo.

O principal ingrediente do modelo é um motor potente a gasolina com 3.9 litros, V8, biturbo com 670 cv de potência a 8 mil rpm, 77,5 kgfm a 3 mil rotações por minuto.

Segundo a empresa da “terra da bota”, o veículo pode atingir 100 km horários em apenas 3 segundos, e tem uma capacidade máxima de velocidade de 330 km por hora. Conta com transmissão de 7 marchas, de dupla embreagem e automática e com tração nas rodas traseiras.

O modelo está ainda mais esportivo e tecnológico, contando com vários recursos eletrônicos para o controle de potência e garantia da segurança de seus usuários como, por exemplo, o controle de tração F1-trac, o qual mantém a estabilidade do carro em altas velocidades e também o SSC2 que melhorar a aceleração nas saídas das curvas.

Sobre a carroceria do veículo, o mais novo lançamento superesportivo da marca do cavalo empinado, conta com 4,56 metros de comprimento e 1,21 metros de altura, além de seus 1,95 de largura. O possante superpotente leva consigo um peso de 1370 kg, isso sem contar combustível e outros líquidos.

Mesmo que o valor do carro possa ser considerado elevado, não somente centro do Brasil, mas como também em outros países mundo a fora, o veículo já conta com certa quantidade de pessoas esperado a entrega, o que nos mostra que há grandes interessados pela máquina no mundo todo.

Por Filipe da Silva

Ferrari 488 GTB

Ferrari 488 GTB

Fotos: Divulgação


Picape voltará a ser vendida no Brasil e terá o preço de R$ 249.900.

A RAM é um segmento de picapes pertencente ao grupo Fiat Chrysler, a qual havia, há um tempo, suspendido a importação no Brasil devido ao alto valor do dólar e também pelo aumento do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), porém, sua versão única, Laramie, foi exposta no dia 6 de setembro de 2015 na famosa feira agropecuária Expointer, no estado do Rio Grande do Sul e provavelmente voltará a ser vendida por aqui, sendo importada do México, ainda antes do fim deste ano, pelo preço de R$ 249.900.

A nova RAM 2500 ainda tem seu estilo robusto e agressivo. Ela conta com motor V6 a diesel, com 330 cv de potência, 104 kgfm de torque, tração 4X4 com acionamento eletrônico, transmissão automática de 6 marchas com “Eletronic Range Select” e, por fim, programa eletrônico de estabilidade.

Externamente, a RAM 2500 Laramie Limited 2016 conta com um grande design. Adotou lanternas e faróis de LEDs, jogo de rodas em alumínio e aro de 18 polegadas. Contando também com maçanetas, retrovisores com rebatimento elétrico  para-choques dianteiros e traseiros cromados.

A segurança é outro ponto de destaque desse grandalhão que vem com seis airbags, com oito pontos de proteção. Além também de trazer frenagem inteligente e segura em dias chuvosos e acionamento de freios em uma possível desaceleração brusca.

O modelo vem de série com bancos de couro com regulagens elétricas para o condutor, ar condicionado digital de duas zonas, airbags laterais e de cortina, volante aquecido, juntamente com comandos de som e também central multimídia com tela touchscreen de 8,4 polegadas, navegação GPS.

Em tamanho, o veículo é um dos maiores vendidos no Brasil atualmente, possuindo mais de 6 metros de comprimento e entre eixos de 3,80m. A capacidade de reboque é de 7.750 kg e a de carga é de 1.030 kg.

Por Filipe da Silva

RAM 2500 Laramie Limited 2016

RAM 2500 Laramie Limited 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo da Toyota tem previsão para chegar ao Brasil no 1º semestre do ano que vem.

A Toyota demonstrou que tem planos para o lançamento da nova SW4 no Brasil. Segundo o presidente da Toyota do Brasil, Koji Kondo, na apresentação da Hilux 2016 na Argentina, ele apontou que o fato deverá acontecer no primeiro semestre do ano que vem.

A apresentação oficial da SW4 aconteceu na Austrália e na Ásia sob o nome de Fortuner. Diferentemente da nova Hilux, que conta com a dianteira semelhante ao Corolla, o modelo SUV da Toyota apresenta seus traços mais sofisticados e finos.

O motor da SUV é um 2.8 turbodiesel common-rail com quatro cilindros. O propulsor com 177 cavalos e 42,8 kgfm de torque é o mesmo que será apresentado na nova Hilux. As transmissões serão a manual e automática. Da mesma forma como a picape da Toyota, a SW4 terá no futuro um modelo com motorização flex.

O interior também se assemelha ao da nova picape. O painel tem o seu desenho igual, o porta-luvas conta com refrigeração, novas telas multifuncionais no painel e no console central. O modelo também conta com até sete airbags, espaço para sete pessoas passageiras e cadeirinhas com fixação isofix. Para os equipamentos, assim como na Hilux, há controle de estabilidade e tração, sensores de estacionamento, assistente para descidas e subidas e faróis em LED.

E a nova Hilux?

A Hilux 2016 teve a sua apresentação na cidade de Mendonza, na Argentina, no dia 05 de novembro, e chega a sua oitava geração. No Brasil, o modelo vai estar à venda no dia 18 de novembro. Serão cinco versões e os consumidores encontrarão preços a partir de R$ 114 mil (valor para a versão que não tem caçamba e é direcionada para empresas com venda somente sob encomenda). O custo inicial para as versões nas concessionárias é de R$ 118 mil.

A picape vai ter o novo propulsor movido a diesel 2.8 litros. Ele entrega 177 cavalos com uma melhoria de torque em 22% para a transmissão manual com 42,8 kgfm. A transmissão automática teve um rendimento elevado em 31% no torque com 45,9 kgfm. 

Toyota SW4

Toyota SW4

Fotos: Divulgação


Montadora pretende lançar 6 carros de luxo com a marca Genesis até 2020. Os lançamentos serão sedans, SUVs e cupês esportivos.

A montadora sul-coreana Hyundai anunciou que vai lançar a marca Genesis e competir no mercado de carros de luxo com a Mercedes-Benz e a BMW, entre outras gigantes.

A previsão é que seis carros sejam lançados até o ano de 2020. O nome vem do sedan top de linha da Hyundai, que não é vendido no Brasil. Os veículos da nova divisão serão batizados com combinações da letra G com números. O logotipo será um escudo, contendo a inscrição "GENESIS" na parte interna, com asas.

Sem divulgar detalhes, a empresa revelou que a estreia da Genesis com seu primeiro modelo lançado será em dezembro deste ano. Os dois primeiros carros deverão ser sedans. Entre os próximos quatro, com lançamentos estimados para os próximos cinco anos, estão SUVs e cupês esportivos. O primeiro protótipo já pode ser visto – o Vision G Coupe Concept.

Conforme disse a organização, as bases de produção da nova divisão serão inovação, desempenho, design e elegância – tudo em prol da melhor experiência possível para o cliente. 

Genesis terá seu comércio iniciado na Coreia do Sul, nos Estados Unidos, na China e no Oriente Médio. A Europa e mercados asiáticos menos proeminentes receberão os veículos posteriormente. Sequer há previsão no momento para venda no Brasil.

Segundo a Hyundai, a ideia de lançar uma divisão de carros de luxo na empresa existe desde 2004. Inicialmente, a produção estava planejada para começar em 2008. Os planos mudaram devido à crise global que se instalou entre aquele ano e 2009, anúncio e operações do projeto foram adiados. A Hyundai era a única grande montadora mundial sem atuação no segmento. Para isso, Luc Donckerwolke – ex-chefe de design de veículos como Bentley, Lamborghini e Audi – foi contratado. Ele vai trabalhar com o renomado chefe de design e presidente do Grupo Hyundai, Peter Schreyer, no recém criado Prestige Design Division da Genesis.

Por Bruno Klein

Vision G Coupe Concept

Vision G Coupe Concept

Fotos: Divulgação


Model 3, carro elétrico da Tesla, tem previsão de ser apresentado no final de março de 2016.

A Tesla, montadora de automóveis elétricos dos Estados Unidos da América, comunicou na última terça-feira dia 3 de novembro, que para o final de março do ano que vem poderá apresentar seu automóvel “Model 3”. A empresa pretende entregar 50 mil automóveis para serem comercializados no mercado norte-americano.

Anteriormente, a Tesla tinha como previsão de entrega um número entre 50 mil e 55 mil veículos ainda para o ano de 2015. O atraso se dá devido ao fato de que alguns problemas ocorreram com relação ao fornecimento de algumas peças do outro modelo da montadora, o “Model X”.

O Model 3 vem como uma opção mais barata com relação aos outros carros produzidos pela companhia. O custo estimado gira em torno de US$ 35 mil, sendo que os outros modelos, o Model S e o Model X, possuem as versões básicas com o valor aproximado de US$ 70 mil e US$ 130 mil, respectivamente.

O Model 3 busca seu espaço entre a categoria dos carros médios, enquanto os outros dois modelos da companhia visam um mercado baseado mais na exclusividade.

A companhia informou ainda, que a construção da sua mega fábrica, que está sendo construída nos Estados Unidos no estado de Nevada, avança com uma velocidade maior do que o tempo de construção inicial estipulado pela empresa. Previsões internas afirmam que, possivelmente, a unidade pode começar a operar ainda no final do ano de 2016.

A companhia vem crescendo exponencialmente, em termos de produção e vendas, e logo competirá de igual forma com outros veículos não elétricos. Assumindo que o objetivo da companhia é para entrar no mercado e crescer sem demora, percebemos que isso está sendo cumprido. Basta analisar os números da companhia para este ano de 2015.

No terceiro trimestre do ano, a companhia produziu 13.091 automóveis elétricos, entregando 11.603 do montante total produzido no trimestre. Apenas no mês de outubro, a empresa vendeu um total de 2.200 veículos, o que representa um crescimento de 33% com relação ao mesmo período de 2014.

Por Igor Furraer

 

Tesla Model 3

Tesla Model 3

Fotos: Divulgação


Modelo terá preços que partem de R$ 69.990 e contará com novidades no design e motorização.

Os amantes da Peugeot, montadora francesa de sucesso no mundo das quatro rodas, terão novidades com a chegada do novo modelo 308 para o ano de 2016. Renovado e com preços a partir de R$ 69.990, o possante virá para as agências com um sotaque latino. Isso porque o carro será importado da Argentina com um visual repaginado.

Classificado como um hatch de médio porte, o Peugeot 308 terá uma dianteira ainda mais agressiva com a promessa de um conjunto ótico com LEDS diurnos, grade remodelada, faróis com máscara escurecida e acabamento cromado. Os detalhes estão também no para-choque, que ganhou um formato mais moderno e faróis de neblina reposicionados para a parte superior. As rodas também surpreendem pelo visual esportivo.

Se o exterior é de um carro veloz, o interior também aparece com sua agressividade. Começando pelo painel multimídia, que sai do topo do conjunto acima do volante. A tecnologia também marca presença e o sistema suporta os programas Car Play e MirrorLink para Android, além do HD interno de 16GB de armazenamento.

O quadro de instrumento é totalmente novo, com todas as versões recebendo o teto panorâmico, o que proporciona aos ocupantes uma sensação de espaço ainda maior. O volante vem de série em couro e os assentos foram remodelados.

O carro é bonito, atraente, mas não fica só nisso. Quando o assunto é motorização o Peugeot 308 2016 também faz bonito. Com as novas versões, a montadora aposentou a Active 1.6 e traz a nova versão Allure 1.6 manual, que é comercializada a partir de R$ 69.900 com seu motor 1.6 16V Flex com potência de 122cv. O câmbio é manual e de cinco marchas, seis airbags, sensor de estacionamento traseiro, teto panorâmico, sensores de chuva e limitadores de velocidade e alarme.

Outra opção é a Allure 2.0 com preço custo de R$75.990. Carro automático e com um potente motor 2.0 16V Flex que atinge até 151cv de potência. O câmbio possui seis velocidades, além do controle de tração e estabilidade, bons no conceito de segurança. A linha ainda oferece a Griffe THP com custo de R$ 82.900.

Por Jocivalda Ferreira da Silva

Peugeot 308 2016

Peugeot 308 2016

Fotos: Divulgação


Governo Federal zerou o Imposto de Importação para automóveis que têm como único modo de energia a eletricidade ou o hidrogênio, a fim de incentivar a compra desses carros e reduzir a emissão de poluentes.

Eles pareciam coisa de filme de ficção científica, mas parece que estão cada vez mais próximos de nós. Pelo menos é o que pretende fazer o Governo Federal com os carros elétricos. No último dia 27, o Governo resolveu zerar o Imposto de Importação para automóveis que têm como único modo de energia a eletricidade ou o hidrogênio, com alíquota de 35%.

A medida, entretanto, exige que os carros tenham autonomia de, no mínimo, 80 quilômetros com uma carga. Os modelos híbridos – que misturam o modelo tradicional de combustível com a eletricidade – vão continuar com alíquota entre zero e 7%, variando de acordo com a cilindrada e a eficiência energética.

Segundo nota, a medida busca "inserir o Brasil em novas rotas tecnológicas, disponibilizando ao consumidor veículos com alta eficiência energética, baixo consumo de combustíveis e reduzida emissão de poluentes”.

Apesar do estímulo ao uso de carros elétricos, a frota desse tipo de veículo ainda é muito pequena no Brasil. Segundo dados levantados pela Associação Brasileira do Veículo Elétrico, o país conta com cerca de 3 mil veículos elétricos e híbridos, sendo que a frota brasileira, no total, chega quase a 90 milhões de carros, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Atualmente, apenas um modelo de carro elétrico está disponível para venda. É o compacto e charmoso BMW i3, que foi lançado no ano passado e sai por nada mesmo que R$ 226 mil. Entre os híbridos, a possibilidade aumenta. O consumidor pode escolher entre o sedan Ford Fusion Hybrid, de R$ 142 mil, o hatch Toyota Prius, R$ 116 mil, o Lexus CT 200, R$ 134 mil, o Mitsubishi Outlander PHEV, de R$ 198 mil e o esportivo BMW i8, chegando quase aos R$ 800 mil.

Seja lá como for, se as montadoras não conseguirem diminuir o custo de produção esse futuro pode não estar assim tão próximo da maioria dos consumidores.

Por Vinícius Oliveira

Carro elétrico

Foto: Divulgação


Modelo terá modificações no design, na parte interna e na suspensão.

Um visual de colocar qualquer um de “queixo caído”. Tudo por uma inovação em seu modelo, realizada de forma tão profunda e bela, que a Peugeot já começa a se alegrar com a notícia de que o novo Peugeot 408 está entre os carros com mais expectativa para ser campeão em vendas no ano de 2016.   

Para se ter uma noção da radicalidade das modificações,  o Peugeot 408 está com cara nova no design, na parte interna e também na suspensão. Na parte traseira do carro, o símbolo da Peugeot ganhou um destaque charmoso, o qual, próximo de faróis com desenho de uma modernidade ímpar, faz toda a diferença no novo sedan da Peugeot. Ainda se falando dos faróis, a tecnologia em LED permite que a viabilidade desse suporte deixe o carro lindo de se ver e dirigir não apenas à noite, como também de dia. Ele terá motor 1.6 THP, que os futuros proprietários podem escolher se quer com câmbio – que permite a mudança de velocidade tanto manualmente quanto no automático. Com essa proposta, a Peugeot pretende alcançar motoristas que tanto gostam de dirigir no modo tradicional ou usando a tecnologia, que já agrada a muitos nesse tempo de modernidade.  

Para os que optarem por câmbio automático, a montadora francesa traz acréscimos como o botão Push Eco, uma inovação que almeja tornar mais aproveitável o uso do combustível do carro, além do botão com o nome de Sport – para os motoristas que desejam colocar velocidade e mais arrojamento na hora de dirigir seu novo Peugeot 408.  

Se o assunto é a reestilização do 408, não se pode esquecer de mencionar os pneus de 17 polegadas, suporte para fixação de cadeirinha, chamada de isoflix e uma super central multimídia de sete polegadas, touchscreen, que vem com GPS acoplado.  Nessa central, o motorista pode fazer tudo que realiza através do smartphone. O modelo também oferece a opção de escolha para ficar conversível ou não, tudo tendo ainda a comodidade do ar condicionado dual zone.  

Internamente, o carro ficou ainda mais espaçoso, já que não seria útil investir em um projeto com tanta beleza sem atentar para o quesito conforto.   

A suspensão do novo Peugeot 408 também ganhou tecnologia, passado por uma remodelação para que o carro não perca a estabilidade diante das ruas e estradas que nem sempre são planas.   

O novo Peugeot 408 vai ser apresentado no Brasil no final deste ano de 2015. Ele foi fabricado em Buenos Aires, capital Argentina e, ainda não se sabe o preço de mercado dele aqui no Brasil, mas, a esperança é de que a Peugeot não o ponha no mercado a preços exorbitantes.

Mais informações no carros.peugeot.com.br.    

Por Michelle de Oliveira

Peugeot 408

Peugeot 408

Peugeot 408

Fotos: Divulgação


Modelo terá as versões hatchback, esportiva Si, cupê e Type R produzidas.

Lançado recentemente do Salão do Automóvel em setembro 2015 na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, o novo Honda Civic 2017 inicia sua produção em série conforme divulgado pela fabricante japonesa no dia 20 de outubro de 2015.

O sedan nipônico começou a ser produzido em linha produtiva na fábrica localizada na cidade de Alliston, no Canadá. A unidade é responsável pelo abastecimento do modelo nos países da América do Norte e deve começar a ser comercializado ainda em novembro de 2015, tanto no Canadá quanto nos Estados Unidos.

Além da versão sedan, o novo Honda Civic contará ainda com as versões hatchback, esportiva Si, cupê e Type R. O modelo esportivo Type R da fabricante japonesa será comercializado pela primeira vez nos Estados Unidos.

A 10ª geração do Honda Civic conta uma grande mudança em comparação à geração anterior. Além da opção de freio de estacionamento eletrônico e sistema de frenagem autônoma, em casos de emergência, as mudanças incluem motor turbo de 1.5 de 176 cv, transmissão automática CVT e novo design traseiro na versão sedan.

Para o Brasil, o lançamento está previsto apenas para o segundo semestre de 2016 e busca superar em larga escala as vendas do modelo Corolla. Com uma dianteira mais agressiva, os faróis estreitos em LED mantem o estilo anterior, mas com um design mais moderno.

Por dentro, o modelo 2017 traz um interior diferenciado. Além do painel remodelado, nos Estados Unidos o freio de mão está sendo substituído por freio de estacionamento elétrico. O porta-malas aumentou em 73 litros a sua capacidade, totalizando 522 litros. Distanciando-se muito de seus concorrentes Corolla com 470 litros e Cruze com 449 litros de capacidade.

O modelo, que continua sendo produzido desde 1972, é o mais vendido no mundo pela empresa japonesa. 

Por Jean Fretta Pereira

Honda Cvic 2017

Honda Cvic 2017

Honda Cvic 2017

Fotos: Divulgação


Modelo é um carro de competição para as equipes privadas de Touring. Ele tem a capacidade de chegar a 330 cv.

Foi apresentado em um evento em Mettet, na Bélgica, o novo lançamento da Opel: Astra TCR. O modelo é um carro de competição para as equipes privadas de Touring. Entre os diferenciais da nova máquina destacam-se a capacidade do motor de 2 litros, que consegue debitar um total de 330 cavalos de potência, além de 4200 Nm binário máximo.

Pesando 1.200 kg, o Opel Astra TCR conta, também, com suspensão regulável, difusores dianteiros e traseiros, além da presença de uma caixa sequencial, que tem seis velocidades. Entre detalhes, o carro de competição tem embreagem de dois discos de metal e a expectativa é que os primeiros testes da máquina em pista ocorram ainda no mês de outubro. Além disso, o carro deve custar em média 95 mil euros.

Além desta máquina, outro carro potente é o Chevrolet Corvette Z06, que tem 650 cavalos de potência e acompanha motor V8 de 6,2 litros. O novo Corvette é considerado um dos mais rápidos da categoria. A sua estrutura é formada por pneus largos e grandes, sendo o modelo Michelin Pilot Super Sport 285/30 aro 19 na parte dianteira da máquina e na traseira a verão é o pneu 335/25 aro 20. Além do design agressivo, o Corvette Z06, também teve mudanças no nos chassis, que recebeu o reforço de uma estrutura em alumínio, sendo 20% mais rígido que o modelo antigo.

Os números do novo carro também surpreendem os amantes da velocidade. Segundo a própria Chevrolet, o modelo automático do Corvette Z06 tem a capacidade de alcançar um total de 96 Km/h em apenas 2,95 segundos. Além disso, a velocidade máxima da máquina é de 330 km/h.  Entre outros detalhes, o automóvel conta com tração traseira e manual de sete marchas, além de suspensão independente e braços duplos triangulares na dianteira e na traseira o carro.

Gostou de conhecer essas máquinas potentes? Deixe a sua opinião!

Por Babi

Opel Astra TCR

Opel Astra TCR

Fotos: Divulgação


Novo modelo é uma van que será vendida no Brasil com preços a partir de R$ 104.990.

A renomada fabricante de veículos automotores Mercedes-Benz tem atuação marcante aqui no Brasil em dois setores muito bem definidos, o de veículos comerciais os quais vão desde a Van Sprinter ao grandalhão caminhão Actros, e o da linha de passeio em que a fabricante atua no segmento premium.

Agora estes dois segmentos vão se aproximar ainda mais, pois a Mercedes-Benz irá lançar aqui no país a van Vito. Este modelo será comercializado nas concessionárias da empresa de todo o país e terá o preço a partir de R$ 104.990, a principal novidade e que irá agradar muitos consumidores é o fato de que este veículo possui peso inferior a 3.500 Kg, fato este que permite que condutores habilitados na categoria B possam dirigi-lo.

Esta novidade chegará ao mercado brasileiro até o final desde ano, sendo que possuirá três configurações distintas sendo as seguintes: Vito 111 CDI, Vito Tourer 119 Comfort  8+1 e Vito Tourer 119 Luxo 7+1.

Todas as versões deste veículo serão equipadas com câmbio manual de seis velocidades. As dimensões deste veículo são o que surpreende, uma vez que ele, apesar de ser uma van, possui um porte compacto e possui  5,14 m de comprimento, entre-eixos de 3,20 m e altura de 1,91 m.

No continente europeu este mesmo veículo que será lançado por aqui já está no mercado e foi batizado com o nome de Classe V. Por lá, o Euro NCap, instituto que realiza a avaliação independente da segurança dos veículos automotores classificou este modelo como 5 estrelas, pelo fato de oferecer boa proteção não só para o condutor, com também para os passageiros.

A única notícia triste é que na comparação entre este modelo que será comercializado aqui e o modelo que já é comercializado na Europa, o modelo europeu tem como opcional a transmissão automática e um acabamento interior muito mais refinado, contando inclusive com detalhes que imitam madeira, além disso, o veículo já vem com central de multimídia, o que não ocorrerá por aqui e a qualidade dos materiais são superiores.

Agora só nos resta aguardar a versão brasileira chegar, mas ao que tudo indica este veículo deverá ser um sucesso por aqui.

Por Adriano Oliveira

Mercedes-Benz Vito

Mercedes-Benz Vito

Mercedes-Benz Vito

Fotos: Divulgação


Modelo sairá de linha em 2017 e terá a fábrica responsável por sua fabricação fechada devido ao baixo índice de vendas.

Popularmente conhecido como víbora, o Dodge Viper em breve pode perder seu “veneno”. Isso porque já em 2017 sua produção deverá ser interrompida e a fábrica responsável será fechada devido ao baixo índice de vendas do modelo.

A crise não é tão recente: ainda no ano passado, a fábrica parou por 2 vezes a sua produção devido aos poucos pedidos. Como tentativa de mudar o cenário, o valor de mercado do modelo foi reduzido em US$ 15 mil (equivalente a R$ 58 mil), porém mesmo como o desconto de 20%, o valor continuou bem elevado (aproximadamente R$ 330 mil) e a medida surtiu apenas um efeito positivo temporário nas vendas.

Só para ter uma ideia da decadência do esportivo, os meses de janeiro e setembro tiveram uma queda de 8% nas vendas em comparação ao mesmo período do ano passado. Assim, entre esses meses deste ano, apenas 503 unidades foram vendidas.

Outras medidas foram tomadas a fim de reverter esse quadro negativo como o lançamento de promoções de itens de personalização e a produção da versão projetada para pistas, a ACR.

A concorrência como o Corvette, modelo mais popular entre os consumidores, pode ter sido outro fator que contribuiu de forma decisiva para o Viper não emplacar no mercado.

Apesar de ser um modelo de renome e grande eficiência (com seu motor 8.4 V10 aspirado, potência de 645 cavalos e 82,8 kgfm de torque), tudo indica que o que realmente vale para FCA (Fiat Chrysler Automobiles), conglomerado de marcas automobilísticas europeias, são as taxas de vendas dos modelos propriamente ditas.

Além de deixar de ser produzido, outra notícia bem desanimadora aos amantes do carro: a marca não está preocupada em lançar um sucessor para o modelo, que se despedirá do mercado sem deixar qualquer modelo a altura na categoria dos esportivos da marca.  

Por Raquel Maciel

Dodge Viper

Foto: Divulgação


Nova linha contará com a série especial Advantage, que terá diversos diferenciais.

A Chevrolet já apresentou ao público a sua novidade: a linha Prisma 2016 com a série especial denominada Advantage. A nova categoria conta com vários diferenciais como a presença dos faróis com máscara escurecida, moldura de proteção que está situada na lateral, aerofólio na tampa traseira e também retrovisores externos com adesivo da coluna central. Outro detalhe do Prisma da série Advantage 2016 é a presença das rodas de liga leve aro 15, que tem um acabamento mais escuro, sendo um diferencial.

O novo Prisma conta com itens de série para fornecer conforto ao motorista e também passageiro. Entre alguns destacam-se o volante multifuncional com vários recursos, direção hidráulica, ar-condicionado, ajuste elétrico dos retrovisores, além da presença da trava e vidros elétricos nas quatro portas do automóvel, garantindo mais segurança. Além disso, o Prisma 2016 também tem sensor de estacionamento.

Em relação ao motor, o novo carro conta com o modelo 1.4 e também tem câmbio automático de seis marchas, além da regulagem de temperatura por meio da coluna de direção. Outra novidade é que o motorista vai poder realizar controle de áudio e telefone por meio do sistema denominado Chevrolet Mylink, que vai poder ser acessado através do volante multifuncional.

O novo Prisma 2016 da série Advantage poderá ser encontrado nos seguintes tons de cores: cinza graphite, prata switchblade ou branco Summit. O Prisma da Chevrolet tem 8 configurações diferentes entre os acabamentos e transmissão que pode ser manual, automática ou também ter 6 velocidades.

Entre outras novidades para a linha 2016 é a possível presença de um acessório com alarme volumétrico, que é acionado se uma janela for esquecida aberta, por exemplo, ou até mesmo se um animal for esquecido no carro. Além disso, há possibilidade do carro ser equipado com outros recursos tais como câmera de ré e módulo TV.

O que achou do novo Prisma 2016 da Chevrolet? Deixe a sua opinião!

Por Babi

Chevrolet Prisma 2016

Chevrolet Prisma 2016

Fotos: Divulgação


A montadora é líder de vendas no segmento premium tanto em âmbito nacional quanto mundial. No Brasil, foram 1.893 unidades vendidas em setembro deste ano.

A Mercedes-Benz anunciou que lidera as vendas no segmento premium tanto em âmbito nacional quanto mundial.

No Brasil, a montadora alemã fechou o mês de setembro com um total de 1.893 unidades vendidas. Seguida pela Audi com 1.433 unidades que ficou em segundo lugar e a BMW, em terceiro lugar, com 1.100 veículos comercializados. Na Mercedes-Benz, o destaque é para o Classe C com um total de 839 unidades vendidas. Do crossover Q3 foram contabilizados 735 carros para a montadora Audi.

A procura pelos modelos compactos foi o que ajudou a empresa alemã a alcançar os excelentes resultados atuais.

Na Europa, foi comercializado um total de 593.716 carros nos nove primeiros meses do ano de 2015. Esses números indicam um crescimento de 11,1% ao mesmo período do ano anterior. Apenas na Alemanha, foram vendidos em torno de 1/3 desse montante.

No âmbito mundial, a Mercedes-Benz comercializou um total de 477.999 unidades apenas entre os meses de julho e setembro deste ano. Essa marca foi considerada como um recorde de vendas de toda a história da empresa, com um aumento de 16,1% nas vendas no respectivo período.

Contabilizando desde o início do ano, em termos globais foram comercializados 1.376.424 automóveis. Um aumento de 15,2% em referência ao ano passado. Segundo Ola Källenius, administrador da Daimler e responsável pela linha de carros da Mercedes-Benz, os novos modelos GLC e GLE registraram um sucesso de vendas em todo o mundo.

Com todo esse sucesso de vendas, deixa a empresa cada vez mais otimista para iniciar as operações na cidade de Iracemápolis, no estado de São Paulo, a partir do ano de 2016. A fábrica do Brasil será o quinto local de produção do modelo Classe C, atualmente já produzido na Alemanha, na África do Sul, nos Estados Unidos e na China.

Por Jean Fretta Pereira

Mercedes-Benz Classe C

Foto: Divulgação


Nova picape será a estreia de um segmento, o SUP, que une a dirigibilidade imposta por um utilitário esportivo com a praticidade de uma picape.

A Fiat revelou no dia 29 de setembro uma imagem da sua nova picape, a Fiat Toro, que funcionou como um teaser, sem mostrar muito ao público que já estava ansioso pela novidade. Porém, agora após mais algumas das informações serem oficialmente divulgadas pela montadora, temos uma visão melhor do que pode vir a ser esse novo automóvel.

A Fiat Toro será produzida na fábrica da Fiat em Pernambuco, localizada na cidade de Goiana. Essa é a mesma fábrica responsável pela produção do Renegade, que terá alguns de seus componentes utilizados na nova picape. A expectativa é que a distribuição do veículo comece no início do próximo ano.

Segundo a Fiat, o novo automóvel é a estreia de um segmento, o SUP (Sport Utility Pick-up). O SUP une a dirigibilidade imposta por um utilitário esportivo com a praticidade de uma picape. O que o torna, na verdade, um grande crossover com uma caçamba.

Segundo a montadora, a Toro contará com o conjunto mecânico do Renegade, utilizando entre outras partes, o motor 2.0 Multijet turbo diesel e o 1.8 E.torQ. O câmbio manual estará à disposição apenas do motor a diesel, com um câmbio de oito velocidades. Já o motor 1.8 receberá um câmbio automático de seis marchas.

A picape Toro possuirá cabine dupla com um comprimento de 5 metros. O entre eixos será de aproximadamente 2,87 metros. A versão 4×4 contara com o sistema adaptativo de terreno, o Selec-Terrain. A tração do carro poderá ser ajustada, nos modos para areia e terra, também conforme o terreno que o automotor estiver presenciando. A única parte que deixou a desejar da picape é o freio de serviço que nela será manual e não eletrônico.

As versões estarão dispostas com duas versões de motor, um a gasolina e outro a diesel. A capacidade de carga da picape será de, aproximadamente, uma tonelada. A previsão para o preço da picape é que ele possa variar entre R$ 70 mil e R$ 115 mil.

Essa nova picape está entre mais uma das novidades da Fiat para o próximo ano.

Por Igor Furraer

Fiat Toro

Fiat Toro

Fotos: Divulgação


A segunda geração do Porsche Panamera será fabricada sob a nova plataforma modular MSB.

No mercado automotivo de hoje, quem não se atualiza acaba perdendo a simpatia dos consumidores. E pensando em se manter entre os tops, a Porsche já prevê quando irá aposentar a atual versão do Panamera, lançada em 2009.

No decorrer do mês de setembro, enquanto ocorria o Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, o CEO da Volkswagen (marca que detém a Porsche), Matthias Müller, aproveitou o evento e afirmou que a nova geração do cupê, que terá quatro portas, deve chegar ao mercado já no primeiro semestre de 2016.

Boa parte das informações ainda é um mistério, mas o que se sabe é que a segunda geração do Porsche Panamera será fabricada sob uma nova plataforma, a modular MSB, pertencente ao grupo VW. Entre outros recursos, isso significa que o novo modelo ficará até 90 kg mais leve em relação ao modelo atual.

Em termos de mecânica, o novo Panamera terá blocos de motores que incluem opções com seis e oito cilindros. Essas versões serão turboalimentadas. Além disso, também existirá uma versão híbrida, que obviamente terá menores índices de emissões de poluentes, bem como uma eficiência maior.

Quando se fala em design, a mídia especializada não espera que haja mudanças significativas, com alterações apenas no estilo visual. O que deve ser novidade é algo inédito para a linha: um modelo shooting break, que nada mais é do que uma perua, apresentada como conceito por enquanto. Além disso, também está prevista uma versão com eixos maiores, portanto, mais alongada.

Ainda não se tem especulações de qual será o valor provável do novo Panamera, mas é de se esperar que não seja um modelo acessível para qualquer um. Também não há informações se o modelo chegará ao Brasil, muito menos quando isso deverá acontecer. O que é certo é que podemos esperar um veículo de deixar até os menos apaixonados por carros de queixo caído.

Por Felipe Villares

Porsche Panamera 2016

Porsche Panamera 2016

Fotos: Divulgação


Nova geração da família de picapes Super Duty Série F foi lançada pela Ford e terá 3 opções de motorização.

A renomada empresa norte-americana fabricante de veículos automotores Ford  fez o lançamento do seu mais novo modelo, a nova geração da família de picapes Super Duty.

Essas picapes são caracterizadas como os modelos mais pesados e mais robustos da gama Série F, a qual possui, atualmente, três integrantes as conhecidas F-250, F-350 e F-450, as quais recebem atualizações nos seus estilos e nas suas tecnologias que já foram implementadas na best-seller da série, a F-150, e irão chegar com a promessa de ter uma eficiência ainda melhor, bem como maior performance. Um dos principais avanços da marca ficou por conta da do avanço que foi feito na estrutura da carroceria que é confeccionada por 95% de aços de alta resistência e alumínio, mudança esta que foi capaz de proporcionar uma redução de nada mais nada menos que 160 Kg no peso total da picape.

A geração da linha Super Duty está sendo divulgada pela Ford como a “mais forte, inteligente e capaz”, sendo que esta nova gama se destaca principalmente devido ao elevado nível de tecnologia embarcada inserida. Entre as principais novidades estão o sistema de entretenimento chamado SYNC 3 que possui uma tela belíssima de 8 polegadas, existe a presença de diversos pilotos automáticos adaptativos, detector de ponto cego, assistentes para auxiliar o condutor na mudança de faixas e nada mais nada menos que sete câmeras que ficam a disposição do condutor para realização do monitoramento de todos os ângulos existentes no veículo.

Com relação à motorização, a picape possui três opções distintas, sendo que a gasolina são oferecidas duas opções a com propulsor 6.2 V8 e o gigante propulsor 6.8 V10. A única opção movida a diesel é o motor 6.8 V8 da linha Power Stroke. Em todas as versões o câmbio é automático composto por seis velocidades. Contudo, dados relativos à potência, aceleração e consumo não foram divulgados oficialmente até o momento pela Ford.

Por Adriano Oliveira

Série F Super Duty

Série F Super Duty

Fotos: Divulgação


Novo modelo será lançado no Brasil com várias novidades e pelo preço que gira em torno de US$ 1,1 milhão, ou seja, aproximadamente R$ 4,26 milhões.

A Brabus, empresa de grande renome por preparar modelos de automóveis para a marca Mercedes-Benz, anunciou o lançamento do crossover GLE 63 Brabus 850 Coupe no Brasil. Inclusive, ao contrário do que alguns esperavam, o novo modelo chega ao país antes até mesmo do GLE “oficial” da Mercedes, que somente começará a ser importado no fim de 2015.

O SUV é dono de um design bem robusto e seu desenvolvimento teve como base a versão AMG. Suas principais características são: presença de motor V8 com 6 litros, potência de 850 cavalos, 147,8 kgfm de torque e o automóvel tem peso de 2.350 kg. Segundo a Brabus, o modelo possibilita uma incrível aceleração de 0 a 100 km em apenas 3,8 segundos e alcança velocidade máxima de 320 km/h.

O GLE 63, ainda, conta com rodas especiais de 21 a 23 polegadas que complementam um visual primoroso composto por spoiler dianteiro novo, difusor traseiro e suas saídas laterais ficam protegidas por material com fibra de carbono. Seu interior não fica para trás nos quesitos conforto e elegância, sendo que seus bancos possuem estofamento de couro desenvolvido exclusivamente pela Brabus.

Porém, tanta beleza e eficiência acabam por resultar num outro aspecto muito pouco atraente do modelo: seu preço. Atualmente, seu valor gira em torno de US$ 1,1 milhão, ou seja, aproximadamente R$ 4,26 milhões, o que o coloca no rol dos automóveis mais caros do Brasil e, consequentemente, menos acessíveis a grande parte da população. Só para se ter noção, ele é mais caro que qualquer modelo das marcas Lamborghini ou Ferrari comercializados no Brasil.

Adquirir o modelo é com toda a certeza um enorme privilégio, mas aos que ainda não têm condições de ter o belo SUV, resta apreciá-lo, já que não custa nada e faz muito bem aos olhos. Portanto, aprecie sem nenhuma moderação!

Por Raquel Maciel

GLE 63 Brabus 850 Coupe

GLE 63 Brabus 850 Coupe

GLE 63 Brabus 850 Coupe

Fotos: Divulgação


Novo modelo está maior, com o acréscimo de 27 cm em seu comprimento e 9 cm na largura. O porta-malas também aumentou sua capacidade, agora contando com 360 litros.

Foi mostrada pela fabricante de veículos automotores Mini, no Salão de Frankfurt, a mais nova geração do Clubman, veículo que é a versão mais alongada do Hatch. Este modelo que sempre apresentava no seu design linhas controversas ficou ainda mais semelhante com a station wagon.

Pelo o que foi divulgado pela Mini, este veículo se trata do maior modelo já fabricado pela montadora. Se compararmos esta nova geração do Clubman com o Mini hatch de 5 portas, teremos um acréscimo de incríveis 27 cm no comprimento e outros 9 cm a mais na largura, já a distância do entre-eixos aumentou 10 cm. Dentro de todas estas mudanças a que foi considerada como o maior destaque foi o aumento do volume do porta-malas, característica esta que sempre era criticada, porém dessa vez o compartimento alcançou os consideráveis 360 litros de capacidade.

Um dos pontos considerados como positivo na versão anterior do Clubman que era a abertura dupla do compartimento do porta-malas foi mantida nesta nova versão, contudo o detalhe que sofreu modificação foi a quantidade de portas. A carroceria deste veículo nesta nova versão veio no estilo convencional e com quatro portas em substituição da antiga que possuía uma porta do lado do condutor e outras duas do lado do passageiro, sendo que uma delas tinha abertura feita de modo invertido.

Dentre as novidades que foram trazidas por este novo modelo, estão o sistema de freio de estacionamento eletrônico, ajustes nos bancos por comandos elétricos e um sistema bastante interessante que faz a abertura do compartimento traseiro de forma automática.

Com relação às especificações técnicas relacionadas à motorização, o Clubman traz as mesmas das demais versões, sendo que na versão de entrada o veículo traz consigo um propulsor 1.5 turbo de três cilindros, o qual tem a capacidade de produzir uma potência máxima de 136 cavalos, já na opção S o carro possui um motor 2.0 turbo com capacidade de gerar uma potência máxima de 192 cavalos. Já no mercado europeu a fabricante lançará uma versão com motor movido a diesel, o qual terá a capacidade de produzir uma potência máxima de 150 cavalos.

No continente europeu, a comercialização desta nova versão do Clubman terá início no dia 31 de outubro ainda deste ano, já para o mercado brasileiro a fabricante não divulgou datas, porém disse que pretende iniciar ainda neste ano.

Nova Mini Clubman

Nova Mini Clubman

Fotos: Divulgação


Novo modelo será apresentado no Salão de Frankfurt e contará com faróis em formato análogo a um bumerangue e a parte frontal será afilada.

A renomada fabricante de veículos automotores japonesa Nissan fez o lançamento do seu mais novo conceito que foi batizado com o nome de Nissan Gripz, este conceito será apresentado no Salão de Frankfurt. Este modelo está sendo apresentado aos pilotos do clássico 240Z, veículo que antigamente se destacou em diversas competições de rali, como uma referência.

Até o presente momento, o que foi liberado pela fabricante foi uma imagem da parte frontal deste conceito e posteriormente, em um vídeo, foram divulgados alguns flashes das demais partes do conceito. Pelo o que pode ser visualizado, os faróis do carro terão o formato análogo a um bumerangue e a parte frontal será afilada, características estas que fazem com que este conceito assuma a ideia de um cupê, porém com foco fora da estrada e apostando em um nicho com potencial para o futuro.

Com este conceito a Nissan não ficará apenas com o Kicks, crossover compacto que foi apresentado no Brasil e que compartilha a plataforma com o Versa e o March. O Gripz, sem sombra de dúvida, irá se diferenciar bastante do Kicks não só no porte, mas também em sua proposta que será muito mais esportiva.

A Nissan divulgou que uma das características que será inserida neste novo conceito será destinada aos condutores que tiverem a oportunidade de dirigir o veículo, uma vez que a empresa promete que estes terão uma sensação totalmente inovadora, fator este que para o segmento ao qual o veículo será destinado, tem aparência de ser algo bastante interessante.

Pelo o que foi demonstrado ao público nestas primeiras imagens computadorizadas este veículo tem tudo para agradar os consumidores, pois virá com um visual muito marcante, tendo como destaque a grade dianteira em forma de trapézio com a presença de divisórias em diversos níveis, além disso, no centro haverá um logotipo centralizado em tamanho grande.

Por Adriano Oliveira

Nissan Gripz

Nissan Gripz

Fotos: Divulgação


Queda registrada no emplacamento de veículos em agosto foi de 8,9%, com 199.853 veículos emplacados.

O mercado de automóveis continua em baixa. Com a inflação, juros mais altos e nenhum incentivo, o consumidor está preferindo não se arriscar em comprar um novo carro.

A Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, divulgou um balanço mostrando que a queda no emplacamento de veículos no último mês de agosto foi de 8,9%.

No mês de julho foram emplacados 219.400 veículos, enquanto que no mês de agosto foram 199.853. Em comparação ao mês de julho, a redução de emplacamento em agosto foi de 8,91%, mas comparando agosto com o mesmo período em 2014, quando foram emplacados 259.110 veículos, a queda foi de 22,87% mostrando claramente o quanto a crise no Brasil está afetando o setor.

Já o acumulado do ano aponta uma queda de 20,38%, sendo este o oitavo mês de queda. Em 2015 já são 1.689.074 veículos emplacados enquanto que neste mesmo período em 2014 o número de veículos emplacados foi de 2.121.468.

Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, informou que o cenário econômico do País é o mesmo desde que a crise começou e que, para piorar, o futuro vem apontando para tempos ainda mais difíceis, o que fez com que o consumidor perdesse totalmente a confiança de fazer a aquisição de um veículo novo.

A única notícia boa diante de tudo isso é que mesmo tendo esta queda mensal, a venda média diária continuou praticamente a mesma, chegando a 14,6 mil emplacamentos ao dia, mas sem perspectiva de melhorar, espera-se uma queda também nesta media diária das vendas.

O setor ficou ainda mais preocupado com este último trimestre do ano e até mesmo com o cenário para 2016, já que a presidente Dilma Rousseff anunciou dias difíceis para o próximo ano, deixando claro que os principais setores em queda deverão, no máximo, ter uma ligeira estabilizada, mas com forte tendência à queda, mesmo que seja menos acentuada.

Os 5 carros mais vendidos no mês de agosto foram:

– Chevrolet Onix;

– Fiat Palio;

– Hyundai HB20;

– Fiat Uno;

– Ford Ka.

Por Russel

Emplacamento de veículos

Foto: Divulgação


Novo modelo será um mini crossover. A princípio ele será lançado apenas no mercado chinês, mas em 2016 será comercializado em todas as revendedoras autorizadas do Brasil.

Se o seu modelo de carro preferido é um SUV com estilo bem esportivo, espere para ver mais de perto o que a JAC Motors preparou para o mercado de automóveis para agradar os admiradores desse estilo de carro.

O nome da nova criação da montadora é Refine S1, um modelo que embora seja um mini crossover, traz a garra de um carro imponente e com força para a cidade ou para o campo.  

A proposta da JAC Motors é fazer com que o Refine S1 substitua o J2, sendo uma versão mais estilizada e porque não dizer, moderna do J2. O carro chegou ao mercado para fazer frente, em termos de concorrência, com o HB20 Cross da Hyundai e até mesmo o Tucson, que pertence também a Hyundai.  

A parte frontal do carro, com os para-choques que ganharam maiores dimensões, passa a sensação de maior robustez; a grade frontal também ficou maior e para dar o toque final de um carro estilo crossover: um estepe pendurado na parte traseira.  

O carro traz na sua mecânica a opção de motores 1.0 de 69 cv e 1.3 de 100 cv, tudo ligado a um câmbio manual de cinco marchas. A princípio, ao menos no que diz respeito a este ano de 2015, somente os chineses poderão comprar o novo Refine S1 da JAC Motors. No entanto, os brasileiros não precisam desanimar, pois a montadora já confirmou que no segundo semestre de 2016 já vai estar com o Refine S1 para ser comercializado em todas as revendedoras autorizadas. Para o Brasil, no momento, tudo que se tem são imagens do carro que promete ser a sensação do próximo ano no País.  

As imagens mostram o Refine S1 nas cores amarela e prata, mas tudo indica que o lançamento contará com outras cores, afinal, trata-se de um esportivo, o que possibilita essa liberdade para que o Refine tenha um leque de cores disponível no mercado.  

Ainda não há perspectiva de preço do Refine S, mas a expectativa é grande para que ele seja bem aceito no mercado brasileiro, assim como está sendo no mercado chinês.  

Por Michelle de Oliveira

JAC J2

JAC J2

Foto: Divulgação


Novo modelo será um cupê com quatro lugares e teto retrátil com peças impressas em 3D.

O Salão de Frankfurt, que acontecerá no dia 15, na Alemanha, trará um novo conceito Fractal da montadora Peugeot. Mas antes de revelar o novo conceito, a marca decidiu revelar mais algumas imagens de seu projeto. Segundo o revelado por elas, o modelo será um cupê com quatro lugares e teto retrátil.

Seu interior terá uma aparência futurista. Até demais para um modelo que  será produzido em maior escala. A Peugeot, porém, afirma que o desenho é referência para seu novo modelo de cupê elétrico urbano.

A influência do novo modelo vem do Peugeot Vision GT, que foi criado para o jogo Gran Turismo 6. O interior foi o principal foco da equipe de desenvolvimento e possui um sistema de entretenimento que é acoplado ao console central do carro. Em uma das imagens reveladas, é possível ver um ícone de bateria, o que pode indicar que o protótipo apresentado pode ser  híbrido ou mesmo elétrico.

O modelo terá 3,81 metros de comprimento e 1,77 de altura. Um novo conceito compacto e que traz todos os benefícios de um semelhante conversível. Sua motorização é formada por dois motores elétricos de 102 cv de potência, que trabalham conjuntamente com uma bateria de 30kWh. Esse conjunto forte faz com que o carro tenha aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 6,8 segundos.

O modelo também apresentará um console central, com uma tela em touchscreen de 7,7 polegadas. Seu sistema de som é especial e possui experiência sensorial. Uma das inovações do seu interior são as peças impressas em 3D, que estão presentes em mais de 80% da superfície interior. Sem a tecnologia da impressão 3D possivelmente algumas formas presentes no interior do modelo não seriam possíveis de serem fabricadas pelos métodos convencionais de fabricação de veículos.

O novo modelo traz conceitos bastante avançados, incluindo inovações como a impressão 3D, que além de embelezar o interior do carro pode ser uma alternativa mais barata aos métodos de fabricação de peças automotivas.

Por Patrícia Generoso

Peugeot Fractal

Peugeot Fractal

Peugeot Fractal

Fotos: Divulgação


Novo modelo será um conversível com design mais esportivo. Ele contará com um novo sistema que permite que a capota seja aberta e fechada em apenas 12 segundos.

No dia 27 de agosto, a Smart revelou o novo modelo que será mostrado no Salão de Frankfurt no mês de setembro. O novo Fortwo Cabrio traz uma nova opção para os fãs do modelo. A opção conversível baseada no design do cupê do Fortwo e com design familiar deixa o automóvel com aspecto mais esportivo.

O novo teto conversível é revestido de lona retrátil nas cores: vermelha, azul e preta, controlado eletricamente e com para-brisas traseiro de vidro. O novo sistema permite que a capota seja aberta e fechada em apenas 12 segundos, conforme informa o fabricante.

A Smart afirma que, após o lançamento, o modelo estará disponível com dois motores diferentes de três cilindros. Um deles com 71 cv e 9,27 kgfm de torque e outro de 90 cv e 13,76 kgfm de torque. Outra opção está no câmbio, que pode ser de cinco marchas manuais, ou com transmissão automática, com embreagem dupla de seis velocidades.

O fabricante garante também algumas melhorias quanto a resistência à torção, pois esta cresceu aproximadamente 15%. Mudança que foi possível graças aos trabalhos dos engenheiros que adicionaram reforços nos chassis através de barras antitorção, além de tubos de aço com alta resistência nas colunas “A”.

A expectativa é que o novo modelo seja lançado em novembro na Alemanha. A partir de fevereiro de 2016 o modelo será disponibilizado para venda na Europa.

Ao que tudo indica, a Smart conseguiu melhorias consideráveis em um modelo que traz algumas desvantagens pelo seu tamanho. O veículo, que comporta apenas dois passageiros (o motorista e mais um) tem dimensões bastante reduzidas, o que dificulta o desenvolvimento de um design mais esportivo. Por isso, o novo modelo conversível tem tudo para ser um grande atrativo.

O público terá acesso a um veículo ideal para transporte urbano, com baixo consumo de combustível, dimensões reduzidas, sem perder na potência / torque e com um toque esportivo.

Por André César

Smart Fortwo Cabrio

Smart Fortwo Cabrio

Fotos: Divulgação


Montadora ainda não confirmou o encerramento da fabricação do Celta no País, mas excluiu o modelo do seu site.

Mais um ciclo se encerra no mercado automobilístico: o modelo Celta da Chevrolet, lançado há 15 anos e com mais de um milhão e meio de unidades produzidas no Brasil, deixará de ser produzido.

Rumores do encerramento na produção se iniciaram alguns meses atrás, quando na maioria das lojas o modelo se encontrava em falta e mais tarde era praticamente impossível encontrar uma só unidade disponível. O Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí-RS, responsável pela fabricação do carro, revelou que o modelo deixou de ser produzido desde junho, informação que a General Motors ainda insistiu em negar.

Porém, a notícia pode ser totalmente confirmada e se tornou oficial com a exclusão do modelo do site da Chevrolet há alguns dias atrás.  

Famoso por sua economia, desempenho satisfatório e mecânica confiável, o Celta foi criado com base no modelo Corsa de 1994 e foi o primeiro automóvel a ser produzido em Gravataí, desde a instalação da unidade de fabricação na cidade.

Criado através do projeto Arara Azul, o compacto foi lançado em 2000 e tinha como objetivo ser o modelo mais barato da Chevrolet no Brasil. Seus principais concorrentes foram o antigo Ford Ka e o Uno Mille da Fiat.

O modelo logo caiu nas graças do consumidor, sendo que em 2003 foi classificado pela Fenabrave como o terceiro mais vendido no País. Nos anos seguintes, conseguiu sempre se manter entre os cinco mais vendidos. No entanto, com o lançamento do Onix em 2012, a popularidade do Celta começou a entrar em declínio e perder espaço para a modernidade dos novos modelos.

A General Motors ainda não se pronunciou sobre um possível substituto para o Celta, mas a grande aposta é de que seja produzida uma versão mais básica do Onix. Enquanto o substituto não é decidido, o modelo mais próximo do Celta, quanto ao preço, é o Classic que está girando em torno de R$ 34 mil.

Por Raquel Maciel

Chevrolet Celta

Foto: Divulgação


Modelo será comercializado no Brasil por preços que partem de R$ 85.990.

A renomada empresa fabricante de veículos automotores a Hyundai-CAOA iniciou, como já era previsto, a comercialização do veículo i30 versão 2016 aqui no Brasil, veículo este que passou por uma renovação, dentre os principais destaques trazidos por esta nova versão do hatch coreano estão novos acabamentos exclusivos, visual diferente, bem como maior número de itens.

A CAOA batizou este veículo com o nome de New i30 2016, na parte frontal, o carro trouxe modificações no desenho do para-choque, a fim de que uma nova grande grade filetada na horizontal e hexagonal fosse inserida, grade esta que é bastante similar com a que é utilizada pelo Santa Fe. Os faróis auxiliares de neblina dessa vez foram confeccionados em LEDs, contudo somente na versão mais cara, ou seja, na versão topo de linha denominada “Série Especial” este item está incluso.

Outra novidade, infelizmente presente somente na versão de topo, mas que os consumidores com certeza irão gostar bastante serão as lindas rodas de liga leve que dessa vez não veio com detalhes cromados e possui um desenho formado por 10 raios em formato de estrela, o acabamento desta roda foi feito em tom grafite, sendo que o aro 17 polegadas foi mantido, e os pneus utilizados são os da especificação 225/45 R17.

Já na parte interna, as novidades ficam por conta do revestimento dos assentos e lateral inferior das portas que foram feitos na cor bege, no mais o veículo continuou com os mesmos itens de série da linha anterior.

Este novo i30 versão 2016 será disponibilizado ao consumidor brasileiro em três versões distintas, sendo que a primeira de entrada será vendida pelo valor de R$ 85.990, já a segunda versão será a intermediária que foi batizada com o nome de “Top”, esta versão sairá pelo valor de R$ 98.990, já a versão topo de linha que é a denominada Série Especial será vendida por R$ 105.990.

Com relação à motorização, independentemente da versão escolhida pelo cliente, o carro virá com motor 1.8 MPI de 16V, o qual possui uma potência máxima de 150 cavalos movido a gasolina e um torque de 18,2 kgfm, tudo isso a 6.500 rpm, propulsor este que trabalhará em conjunto com um câmbio de seis marchas do modelos Shiftronic e automático.

Por Adriano Oliveira

Hyundai i30 2016

Hyundai i30 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo será chamado Camaro ZL1 2017. Rumores indicam que a GM irá atualizar o sistema de suspensão deste veículo e fazer a substituição do propulsor.

Mesmo não tendo finalizado todos os trabalhos dedicados ao desenvolvimento do Camaro versão 2016, a GM, nos Estados Unidos, já começou a desenvolver os primeiros trabalhos para o desenvolvimento do Camaro versão 2017, sendo que no país alguns especialistas espiões já conseguiram flagrar e visualizar o protótipo deste veículo que será o chamado de Camaro ZL1 2017.

Apesar de os trabalhos de desenvolvimento deste veículo estarem apenas nas etapas iniciais, pelo que pode ser observado, o veículo terá algumas mudanças com relação à sua estética e com relação à sua parte mecânica, mudanças estas que já podem ser comentadas em primeira mão, mesmo diante do fato que nesta primeira aparição o veículo foi visto totalmente coberto por disfarces.

Deu para perceber que o novo Camaro ganhará um spoiler em tamanho maior na traseira, rodas com desenhos exclusivos, bem como as ponteiras do sistema de escapamento um pouco mais largas do que as que comumente são utilizadas nas versões menos potentes. Além disso, o outro destaque que chamou bastante a atenção dos espiões foi uma nova grande entrada de ar horizontal que foi inserida no capô deste veículo.

Mesmo ainda não tendo muitos detalhes ou confirmações oficiais a respeito dos dados técnicos deste carro, muitos especialistas já arriscam dizer que, sem sombra de dúvidas, a GM irá atualizar o sistema de suspensão deste veículo, a fim de conseguir uma melhora não só na dirigibilidade desse carro como também na aerodinâmica. Outra aposta que está sendo cogitada é a substituição do propulsor, sendo que muitos acreditam que a fabricante irá inserir no Camaro ZL1 uma nova versão do motor 6.2 dotado de superchager oriundo do Cadilac CTS-V e do Corvette modelo Z06, motor este que possui um desempenho próximo dos inacreditáveis 580 cavalos de potência.

O Camaro ZL1 deverá ser apresentado oficialmente ao público no Salão de Detroit, evento que ocorrerá no mês de janeiro do ano de 2016 nos Estados Unidos, e a expectativa da GM é de iniciar a fabricação dele entre os meses de julho e setembro do ano de 2016.

O certo é que em breve teremos muitas outras novidades e curiosidades a respeito deste grande lançamento.  

Por Adriano Oliveira

Camaro ZL1 2017

Fotos: Divulgação


Nova geração do Kia Sportage oferece diversas novidades aos amantes do carro. O design lembra o conhecido Porsche Cayenne, entre várias outras novidades.

Um dia após a apresentação de sketches oficiais da Kia, a nova geração do Sportage pode ser visualizada sem nenhum tipo de camuflagem rodando pelas ruas da Coreia do Sul, na realização dos testes finais.

O design final desse veículo, a primeira impressão, lembra bastante o conhecido Porsche Cayenne, essa semelhança nada mais é do que a comprovação de que o designer alemão Peter Schereyer, além de demonstrar o seu bom gosto, tem revolucionado os estilos dos veículos da Kia Motors nos últimos anos.

Este novo Kia Sportage foi desenvolvido sobre a plataforma que foi utilizada no novo Tucson, essa nova geração traz como destaques uma elevação na sua parte dianteira, os faróis esticados para cima nas pontas, bem como a já tradicional e conhecida grade com formato que lembra o nariz de um tigre.

Este SUV manteve a linha de cintura elevada, característica esta que é do atual modelo. Na traseira, há a presença de lanternas mais delgadas, o que mais uma vez guarda certa semelhança com as do Porsche, contudo, dessa vez do Macan. As luzes diurnas de LEDs que ficam logo abaixo dos faróis principais trazem um formato inusitado de “cubos de gelo”.

Já na parte interna, a promessa da Kia é de que o acabamento seja mais refinado, sendo que a promessa da montadora é de que essa seja a cabine mais refinada de alta qualidade criada por ela até hoje, para conseguir este objetivo, foi necessário fazer a utilização de alguns componentes de luxo de outros veículos da marca, tais como, o sedan Optima e o Sorento, veículos estes que são considerados irmãos do Sportage.

Com relação à motorização, a Kia deverá utilizar o mesmo propulsor que foi utilizado no novo Tucson, ou seja, o motor 1.6 aspirado, o qual é capaz de desenvolver uma potência máxima de 135 cavalos. Além deste, ainda haverá outras variações que serão o motor 1.6 turbo com potência de 176 cavalos de potência, o 1.7 movido a diesel de 115 cavalos de potência e o 2.0 movido a diesel de 184 cavalos de potência.

Este veículo chegará ao mercado dotado de tração dianteira standard e o sistema AWD ofertado como opcional, em versões que terão o câmbio manual automático ou manual, nos dois casos com seis velocidades, além de uma caixa com  o sistema de dupla embreagem e sete marchas.

A apresentação oficial deste veículo está marcada para ocorrer no próximo dia 15 de setembro durante o evento de abertura do Salão de Frankfurt, na Alemanha. 

Por Adriano Oliveira

Novo Kia Sportage

Novo Kia Sportage

Novo Kia Sportage

Fotos: Divulgação


Algumas mudanças foram feitas no design, no acabamento interno e na parte mecânica do Lifan X60.

A fim de manter a liderança de vendas entre as marcas de veículos automotores chinesa aqui no Brasil, a montadora Lifan lançou a nova linha 2016 dos seus veículos e como não poderia ser diferente e já havia sido anunciado previamente no mês de julho, a empresa fez as primeiras mudanças no Lifan X60.

No geral, o crossover compacto da marca chinesa passou por algumas modificações no seu design, algumas mudanças no acabamento interno e alguns aprimoramentos na parte mecânica.

Na parte externa, o Lifan X60 ganhou uma nova grade, a qual possui filetes cromados na posicionados na vertical, rodas com um novo desenho confeccionadas em liga-leve, sendo que na versão Talent elas são no tamanho 16 polegadas e na versão Top elas são no tamanho 17 polegadas e as novidades não acabaram por aqui, o veículo ainda trouxe iluminação em LED nas lanternas e uma nova moldura confeccionada em plástico foi inserida nos para-lamas.

Já na parte interna, o veículo ganhou um novo estilo de acabamento nos assentos que dessa vez foram revestidos em couro sintético combinando com os tons de cinza já existente nos foros laterais das portas, colunas e tetos. A central de multimídia deste modelo também foi substituída, sendo que a nova é a Navtech, a qual é dotada de câmera de ré e navegador GPS.

Quanto à motorização, o Lifan X60 edição 2016 foi projetado com um propulsor 1.8 litros que tem a capacidade máxima de produzir uma potência de 128 cavalos a 6.000 rpm e 16,8 Kgfm de torque a 4.200 rpm, motor este que trabalha em conjunto com uma transmissão que foi reformulada para dar mais força ao veículo nas arrancadas, além de auxiliar na redução do nível de ruído emitida pelo carro.

O pacote de itens de série é bastante recheado e muito satisfatório em comparação com os veículos nacionais e o valor deste carro. O veículo será disponibilizado nas seguintes cores: prata, cinza, preta, vermelha e branca. A versão de entrada, a Talent, será comercializada por R$ 59.900, já a versão topo de linha, a Top, será comercializada por R$ 63.990.

Por Adriano Oliveira

Lifan X60

Lifan X60

Fotos: Divulgação


Os idosos são considerados um dos grupos mais promissores para a indústria de veículos.

Os idosos dos Estados Unidos nunca foram tão ricos e saudáveis, por isso são considerados o futuro da indústria de automóveis. Por outro lado, os carros estão cada vez mais equipados com recursos que protegem motoristas com pescoço mais duro, reações mais lentas e até visão menos aguçada. Esses dois cenários associados formaram um motor econômico para as montadoras de veículos. A previsão é que essa seja a primeira vez na história que os aposentados serão um dos grupos demográficos considerados mais promissores na perspectiva da indústria de veículos.

De acordo com Mark Hans-Richer, diretor de marketing da Harley-Davidson, é frequente a venda de motocicletas 0km para pessoas com mais de 80 anos. O fato é que as ruas americanas estão ficando grisalhas. De acordo com informações do Escritório Censo, entre os anos 2003 e 2013, o número de motocicletas registradas em nomes de pessoas com mais de 65 anos cresceu em 29%. Isso mostra que os idosos estão relutantes a entregar de vez a chave de veículos, pois atualmente 3,5 milhões de motoristas têm mais de 84 anos nos Estados Unidos, representando um crescimento de 43% se comparado há dez anos.

Na contramão desse crescimento vem a juventude, pois os jovens não têm inclinação ou renda suficiente para ter um carro. No mesmo período com que cresceu o número de motoristas idosos, o grupo de jovens com menos de 20 anos apresentou um declínio de 3%.

O americano Richard Emmons tem 83 anos e aos finais de semana gosta de dirigir seu Jaguar ano 1995 com motor de 12 cilindros. Já durante a semana ele procura algo mais confiável e reveza entre seu sedan Audi A8 no valor de US$ 82.000 e o seu Volkswagen Eos 2009. Ele trabalha em tempo integral, diariamente como engenheiro e dirige 16 quilômetros todos os dias para ir e voltar do trabalho.

Por Jéssica Posenato

Idosa dirigindo

Foto: Divulgação


Montadora estaria trabalhando para lançar um novo modelo da linha i para concorrer com modelos como o Tesla Model S.

Quem curte muito os carros da marca BMW, sabe que ela está sempre lançando novos modelos no mercado para consumidores exigentes e que apreciam os benefícios que um belo esportivo ou outro que a linha alemã oferece.

De acordo com relatos de um dos diretores executivos da BMW, a marca deverá lançar logo em breve mais um novo modelo da linha i, para completar a linha dos demais modelos que compõem os existentes da linha i3 e i8. Para tal afirmação, há a expectativa desse novo modelo ser mais espaçoso e atrativo, comparado aos modelos dessa mesma geração de carros.

A afirmação sobre o lançamento ainda se apresenta muito limitada para a mídia, gerando suspense em torno de um eventual curso de especulações a respeito. Porém, o que se pode dizer é que a montadora está trabalhando frequentemente no assunto para que o mesmo supere não só as expectativas do mercado, mas também da concorrência com outros modelos como o Tesla Model S, o qual levaria o nome de i5.

Uma outra informação partida pela mesma fonte diretamente ligada à montadora, é que a BMW estaria trabalhando em conjunto com grandes empresas de alta tecnologia como a Apple, por exemplo. Isso pode aumentar o rumor de que a própria empresa do símbolo da maçã estaria tentando criar um carro com características exclusivas de um iPhone.

Vale lembrar, antes do mais nada, que a BMW anunciou cinco novos lançamentos para este ano, sendo eles todos com tecnologias diferenciadas. Entre os principais estão: o Série 2 Coupé, o M4 Coupé, o tão esperado i3, o MINI Cooper (versão um pouco maior que a anterior) e a motocicleta R Nine T.

O que nos resta nesse momento é aguardar as novidades, ao invés de ficar contando com rumores e informações, pois a montadora e as empresas parceiras estão empenhadas em lidar com toda a demanda direcionada aos consumidores.

Por Daniela Almeida da Silva

BMW linha i

Foto: Divulgação


Novo modelo chegará ao mercado com preço a partir de R$ 77.900.

O Ford Focus deixou de ser sedan e passa a se chamar Fastback, para quem não sabe o termo tem o objetivo de indicar os carros cuja linha do teto tem uma queda acentuada a partir da traseira, alguns exemplos de carros conhecidos com essa nomenclatura são o Ford Mustang e o Passat brasileiro.

A linha do teto do novo Focus Fastback não é tão acentuada como a dos exemplos citados acima, ela possui uma queda suave a partir da traseira, mas que garante um design moderno e elegante.

O Ford Focus Fastback possui motor de 4 cilindros, 2.0 flex com injeção direta de combustível e chegará ao mercado com o preço a partir de R$ 77.900,00.

De acordo com o fabricante, os primeiros dois mil compradores terão condições especiais de revisão, até os 30 mil km elas serão gratuitas.

Possui algumas versões como a SE Plus (R$ 79.900,00), a Titanium (R$ 87.900,00) e a Titanium Plus (R$ 96.900,00), esta última possui inclusive com sistema de estacionamento automático em vagas paralelas e perpendiculares, teto solar e banco do motorista com ajuste elétrico.

A tecnologia do novo Ford Focus Fastback é, sem dúvida, um dos diferenciais, com promessa de ótimo custo benefício,  o lançamento se encaixa nos tempos de crise, onde o valor do combustível não para de aumentar preocupando cada vez mais quem tem a intenção de comprar um novo carro.

A campanha de lançamento será estrelada pelo ator hollywoodiano Gerard Butler, ator conhecido mundialmente por inúmeros sucessos e que a marca acredita ser capaz de passar uma imagem descontraída que englobe esportividade e elegância com o intuito de atingir o público na faixa etária dos 35 anos que se consideram muito jovens para ter um sedan, carro conhecido de “tiozão”.

O Ford Focus Fastback chega ao mercado prometendo dar dor de cabeça aos concorrentes, só perde no quesito espaço no porta-malas, mas com tantos atrativos,  a intenção é que o comprador não repare nesse quesito.

Por Beatriz Duarte

Ford Focus Fastback

Ford Focus Fastback

Ford Focus Fastback

Fotos: Divulgação


Novo modelo contará com propulsor 4.0 TFSI, capaz de produzir uma potência máxima de 605 cv e um torque de 71,38 mkgf, entre vários outros detalhes interessantes.

A renomada fabricante de veículos automotores Audi, mesmo já trabalhando a todo vapor no desenvolvimento da nova geração de seu veículo topo de linha o A8 fez a revelação na última quarta-feira, dia 05 de agosto de 2015, que irá lançar uma nova versão do modelo atual.  

Esta versão já tem até nome e foi batizada de S8 Plus, nessa nova aposta da montadora será inserido um propulsor 4.0 TFSI, motor este que foi inteiramente retrabalhado e após esta modificação será capaz de produzir uma potência máxima de nada mais nada menos que 605 cavalos e um torque de 71,38 mkgf, torque este que tem a opção de ser acrescido quando o condutor do veículo aciona a função denominada “overboost”, uma vez que com o acionamento desta função o veículo passa a ter um torque de 76,48 mkgf.

A transmissão deste veículo será do modelo Tiptronic com tração integral e contará com oito marchas, segundo os dados estatísticos da montadora esta configuração que foi colocada neste propulsor deu ao veículo a capacidade de acelerar de 0 a 100 Km em incríveis 3,8 segundos, sendo que o veículo poderá chega a uma velocidade máxima que é controlada eletronicamente de 250 Km/h e ainda se o proprietário desejar é possível alterar essa configuração e colocar este carrão acelerando até o limite máximo dos 305 Km/h.

O motor não será a única atração que o S8 Plus irá trazer, o veículo virá repaginado e terá a presença de novos Splitters, faróis dianteiros com a presença da tecnologia Matrix LED e uma bonita grade frontal na cor preto brilhante com alguns detalhes em preto fosco.

Na parte interior, este carrão terá o seu acabamento todo feito em couro na cor preta com todas as costuras confeccionadas em vermelho, detalhe reforça ainda mais o grau de esportividade do veículo, o console principal será na cor “Black Piano” e os apoios de pés, bem como os pedais, serão de aço inoxidável.

Com relação aos acessórios, o S8 Plus contará ainda com DVD, auxílio motor para realização do fechamento das portas, detalhes feitos em Alcântara, sensor para monitorar o fechamento do porta-malas na chave e, como se não bastasse, rodas no tamanho 21 polegadas exclusivas do modelo.

Este novo Audi S8 Plus começará a ser comercializado na Alemanha no final do mês de novembro ainda deste ano, sendo que o seu preço inicial será de 145.200 euros

Por Adriano Oliveira

Audi S8 Plus

Audi S8 Plus

Audi S8 Plus

Fotos: Divulgação


Novo modelo híbrido tem autonomia de cerca de 90 Km quando carregado completamente. Ele começará a ser vendido nos Estados Unidos pelo valor sugerido de US$ 33.995.

Segundo alguns rumores, a nova geração de automóveis da Chevrolet Volt terá uma autonomia 40% maior que a anterior. Maiores dados ainda não foram divulgados, mas especula-se que o veículo em formato híbrido tem autonomia de cerca de 90 Km quando carregado completamente.

Os novos modelos da segunda geração do Volt começarão a ser vendidos em breve nos Estados Unidos e o preço sugerido é a partir de US$ 33.995, o que equivale a R$ 117,4 mil.

A marca ainda mantém alguns mistérios quanto aos detalhes técnicos do novo modelo, para manter as suspeitas para o período de vendas. Alguns rumores indicam que o modelo, quando em modo unicamente elétrico terá uma autonomia bem maior, passando dos atuais 67,5 Km de autonomia para 85,3 Km sem a necessidade de uma nova recarga. O avanço na autonomia foi de cerca de 40%.

A Volkswagen, quando apresentou, no começo deste ano, o novo Volt no Salão de Detroit informou que a autonomia no modelo seria de 80,5 Km com a carga completa da bateria. O modelo, porém, superou as expectativas da montadora.

Segundo uma pesquisa realizada pela montadora, os proprietários do modelo atual do Volt rodam 80% do tempo usando unicamente energia elétrica. O modelo tem ainda um motor que funciona a combustão e que ajuda a recarregar temporariamente as baterias, em situações em que não é possível recarregá-lo imediatamente na rede elétrica. Esse motor também ajuda a impulsionar o veículo e acaba o classificando como híbrido, e não somente como elétrico, como o seu concorrente, o Nissan Leaf.

Talvez o futuro dos carros seja utilizar-se completamente da energia elétrica para sua movimentação. A eletricidade, além de ser um recurso renovável, não agride a natureza com resíduos poluentes e é bem mais barata do que os atuais combustíveis fósseis.

Mas o Volt está na transição entre o futuro e o presente, pois os desenvolvedores sabem que a energia elétrica ainda não é o principal meio de alimentação dos veículos atuais. Uma característica híbrida é mais uma jogada bastante inteligente da Volkswagen para ter seu espaço garantido no mercado.

Por Patrícia Generoso

Novo Chevrolet Volt

Novo Chevrolet Volt

Novo Chevrolet Volt

Fotos: Divulgação


Modelos foram lançados oficialmente no Brasil e têm preços de R$ 147.900, versão WRX, e R$ 194.900, versão WRX STI.

A fabricante de veículos automotores Subaru realizou, nesta última sexta-feira, dia 31 de julho de 2015, o lançamento oficial no Brasil da nova geração dos seus veículos esportivos o WRX e o WRX STI. O preço de comercialização destes veículos aqui no país será de R$ 147.900 para o WRX e de R$ 194.900 para o WRX STI.

O lançamento destes carros aqui no Brasil é uma aposta da Subaru, uma vez que estes veículos serão concorrentes diretos dos já conhecidos por aqui Golf GTI e do Civic Si, contudo, estes lançamentos da Subaru são mais potentes, fator este que servirá como mais um atrativo para os consumidores brasileiros. A modelo STI, por ser o topo de linha, também irá desafiar o novo lançamento da Audi, o S3 sedan.

Estes dois novos lançamentos da Subaru são oriundos do sedan Impreza com tração integral Subaru AWD, porém a receita utilizada foi distinta, pois, enquanto o WRX já sai de fábrica com um propulsor boxer turbo com capacidade de produzir uma potência máxima de 270cve um torque de 37 Kgfm aliados a um câmbio do modelo CVT, já o STI trz consigo o mesmo motor boxer, porém com uma potência de 310cv, um torque de 40 Kgfm e como única opção o câmbio manual de seis marchas.

Nestes dois modelos os consumidores irão encontrar três modos distintos de condução, todavia somente na versão STI haverá o sistema de bloqueio de diferencial central com ajuste, sistema este que serve para proporcionar ao veículo uma melhor performance, conforme o tipo de piso em que ele estiver sendo utilizado.

De acordo com os dados estatísticos oriundos da montadora, o Subaru WRX na versão STI tem a capacidade de acelerar de 0 a 100 Km/h na incrível marca de apenas 5,2 segundo e ter como velocidade máxima os 255 Km/h.

Por Adriano Oliveira

Subaru WRX 2016

Subaru WRX STI 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo é a versão aventureira do hatch V40. Está à venda no mercado brasileiro por R$ 145.990.

A Volvo anunciou oficialmente a chegada do V40 Cross Country ao mercado brasileiro. Caso não saiba, trata-se da versão aventureira do hatch V40. Um dos principais destaques é que este lançamento será equipado com o motor de quatro cilindros 2.0 turbo drive-E com 245 cavalos, que é o mesmo motor da versão R-Design. O mesmo chega ao mercado brasileiro por R$ 145.990.

Um dos principais destaques deste automóvel é de fato a motorização que foi citada no início desta matéria. A fabricante revela que através desse motor é possível ir de 0 a 100 km/h em nada menos que 6,1 segundos. O automóvel é bastante tecnológico e conta com direção elétrica com três opções de configuração para um controle do carro com ainda mais precisão. Dessa forma, é possível alternar entre as conduções suave, firme ou dependente do terreno.

Além disso, a Volvo também destacou que em uma comparação direta com sua versão antecessora, o V40 Cross Country é ainda mais leve em seu conjunto de motorização. Isso aliado ao câmbio de oito marchas, novidade exclusiva deste lançamento, traz um consumo de combustível bem menor. Um dos destaques está no sistema Start-Stop que é capaz de desligar o motor de forma automática em paradas de trânsito. Também podemos destacar a função Eco+, pois a mesma consegue economizar até 5% de combustível.

Outro destaque bastante interessante em relação ao V40 Cross Country está justamente na grande quantidade de itens de série que acompanha este automóvel. Dentre os quais, podemos destacar: ar-condicionado digital, faróis de xenônio adaptativos, teto panorâmico, bancos de couro com regulagem elétrica para o motorista, sensor de chuva e crepuscular, piloto automático e etc.

O design do automóvel também merece bastante destaque, haja vista as mudanças no para-choque dianteiro e na grande frontal que ficou maior. A iluminação também sofreu alterações, pois os LED’s de iluminação diurna foram deslocados para uma posição mais estratégica: agora os mesmos ficam localizados em um lugar mais elevado e na vertical.

Por Bruno Henrique

 

Volvo V40 Cross Country

Volvo V40 Cross Country

Fotos: Divulgação


Novo modelo crossover trará mudanças no design e virá para completar a família Q da Audi, que agora conta com 6 SUVs.

Durante conferência para imprensa, no último dia 10, Rupert Stadler, chefe da montadora Audi revelou que ainda há planos para lançar em 2016 o novo Audi Q1. O Crossover será baseado na plataforma MQB, a mesma que foi utilizada em modelos como o VW Golf. A utilização da plataforma MQB fará com que o veículo, apesar de se configurar como premium, possua um custo mais acessível semelhante ao Audi A1. 

O novo compacto premium traz a assinatura do chefe de design da montadora Marc Lichte. O lançamento do novo SUV é uma estratégia da montadora para fazer com que as vendas cresçam novamente e que a representatividade da marca suba de 30% para 35% até 2020. Seguindo o que já foi anunciado anteriormente, o Audi Q1 deverá ser de medidas semelhantes ao do seu companheiro A3, com a diferença de ser um pouco mais alto que o hatch. Há especulações de que o novo crossover chegue ao mercado medindo cerca de 4,23m de comprimento, 1,77m de altura e 2,60m entre os eixos.

Ainda na conferência houve o anúncio de que outro crossover da família "Q" pode ser lançado para fazer concorrência ao modelo de BMW X6. O motor do Q1 deve apresentar a mesma força que o modelo A3 possui, com tração nas rodas dianteiras.  Mesmo tendo a assinatura de Lichte no design do carro, grande parte de seu desenvolvimento se deu antes da chegada do designer à montadora. Mesmo assim, o chefe de design adicionou detalhes importantes no modelo, como uma grade frontal com menos agressividade do que o do modelo Q7, além de um visual mais parrudo e encorpado. O design acrescentou elementos como formas esculpidas na parte superior do veículo e também nas portas. Nas cores, inovou, com cores contrastantes na coluna C, que trazem uma impressão de teto flutuante.

Desde a sua concepção prévia em 2012, muito mudou no visual do novo Q1. Na época ele se apresentava como um coupé.

O novo modelo Audi Q1 fará com que a família "Q" tenha agora seis SUV's. Atualmente os modelos disponíveis no mercado são o Q3, o RSQ3, o Q5, o SQ5 e o Q7. A expectativa do lançamento desse novo modelo é que ele chegue ao mercado para competir com o Mini Coutryman.

Por Patrícia Generoso

Novo Audi Q1

Novo Audi Q1

Fotos: Divulgação


Financiamento de carros novos teve recuo de 22,1% e de carros usados, o recuo foi de 1,6%.

Muitos já sabem que o atual cenário econômico do Brasil vem trazendo consequências negativas para diversos setores da economia em si. Um dos setores mais prejudicados em 2015 é, sem sombra de dúvidas, o automotivo. Um grande exemplo foi o dado divulgado pela Unidade de Financiamentos da Cetip na quarta-feira, 15 de julho. Através da notícia foi informado que os financiamentos de veículos em 2015 somaram 2.712.050 unidades. Com isso, considerando o primeiro semestre de 2014, o ano de 2015 apresenta um recuo de 10,6%.

Em relação ao número total de financiamentos, 1.216.449 são referentes a unidades novas e 1.495.601 são provenientes de unidades usadas. Apesar dos 10,6% de recuo informado no início desta matéria, saiba que o resultado é ainda pior quando consideramos os financiamentos de automóveis leves e novos, a principal categoria. Levando em consideração apenas os números da referida categoria, o recuo em 2015 é de 22,1%. Já em relação aos autos leves usados, o recuo apresentado é de 1,6% na comparação com o primeiro semestre de 2014.

Além disso, também foi feita uma comparação entre o mês de junho de 2014 e junho de 2015. Em junho de 2015 foram registrados 444.387 financiamentos. Esse número representa uma queda de 3,8% quando a comparação é feita com o mesmo mês em 2014. A base de tais números foram os automóveis de passeio, comerciais leves, motos e pesados.

Os números são ainda piores quando a comparação é feita apenas com os autos leves. Em junho de 2015, a categoria citada conseguiu registrar 120.083 unidades financiadas, ou seja, uma queda de 20,2% em relação a junho de 2014. O principal destaque positivo foi a categoria de carros usados que atingiu 226.273 unidades financiadas, dessa forma, registrando aumento de 6,9% em relação ao mesmo período em 2014.

Uma das categorias que vinha crescendo bastante durante os últimos anos era o das motocicletas novas. Porém, no primeiro semestre de 2015 essa categoria apresentou um recuo de 8,7%, haja vista as 431.410 unidades financiadas. Em contrapartida, as motos usadas conseguiram alta de 1,4%.

Por Bruno Henrique

Financiamento de carros

Foto: Divulgação


Novo modelo será vendido no Brasil pelo preço sugerido de R$ 46.900.

Finalmente o veículo subcompacto da Kia, o Picanto, chegou ao Brasil na versão reestilizada. A chegada dessa versão 2015-2016 do Kia Picanto trouxe algumas alterações em relação ao modelo anterior, o para-choque frontal acabou ganhando um desenho mais arrojado na grade que fica localizada na parte inferior. Já na grade superior, os engenheiros que projetaram esta nova versão do veículo optaram por fazer um estreitamento, os faróis de neblina também passaram por modificações.

No para-choque traseiro as mudanças ficaram por conta de algumas mudanças que foram feitas na posição do local destinado à fixação da placa do veículo, bem como nas luzes de ré e de neblina. As novidades do lado externo deste novo Picanto ainda não acabaram, pois nessa nova versão ele virá de série com rodas em um modelo ainda mais esportivo e com o opcional de duas cores.

Já na parte interna as atualizações realizadas foram no painel de instrumentação, que agora foi confeccionado com bordas prateadas, ainda neste painel a montadora fez a inserção de um marcador de temperatura do motor. Os controles de rádio e Bluetooth tiveram as suas posições redistribuídas no volante. Outra modificação também que houve foi na cor do acabamento do indicador de marchas que agora será na cor prata na tonalidade fosca bem próxima da cor black piano. Já os botões de controle e ajustes do som também ganharam um novo posicionamento, sendo que neles também foram inseridas novas funções adicionais.

Com relação à motorização nada mudou, uma vez que fabricante optou por manter o antigo propulsor 1.0 12V com três cilindros, o qual tem a capacidade de produzir uma potência máxima de 77 cavalos quando abastecido com gasolina e de 80 cavalos quando abastecido com etanol, motor este que trabalha aliado a um câmbio automático de quatro velocidades.

Este novo Kia Picanto chegará às concessionárias da marca de todo o país com o preço sugerido de R$ 46.900.

Por Adriano Oliveira

Kia Picanto reestilizado

Kia Picanto reestilizado

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com motor biturbo V8 capaz de produzir uma potência máxima de 560 cv.

Foi revelada pela fabricante de veículos automotores Audi, nesta última segunda-feira, dia 13 de julho de 2015 uma nova versão do veículo RS7. Essa nova versão foi batizada com o nome de Robby, este veículo passou por vários testes na pista de Sonoma, a qual fica localizada nos Estados Unidos no estado da Califórnia. Este novo veículo da marca alemã conseguiu, sozinho, fazer o percurso completo da pista que tem a extensão total de 4.050 metros no incrível tempo de 2min 01s 01.

As novidades deste lançamento da Audi são muitas, pois além deste carro ter sido agraciado com uma nova  pintura que preta e vermelha, a montadora conseguiu fazer com que houvesse uma redução de nada mais nada menos que 40 Kg em relação ao modelo anterior, contudo, infelizmente, a fabricante não revelou ainda quais foram as medidas necessárias para que este objetivo fosse alcançado. O único dado técnico a respeito deste veículo que a Audi já confirmou oficialmente é que o RS7 sairá de fábrica equipado com um motor biturbo V8, o qual será capaz de produzir uma potência máxima de impressionantes 560 cavalos e um torque de 700 mkgf.

Com a chegada do Robby, a Audi já decretou a aposentadoria do seu irmão mais velho que inclusive tem o nome parecido com o seu e foi batizado com o nome de Bobby, veículo este que conseguiu fazer o percurso completo em Hockeinheim, que fica na Alemanha, alcançando uma velocidade máxima de 240 Km/h de maneira autônoma. Esta tecnologia vem sendo utilizada pela Audi, a fim de fazer a implementação desse sistema para os demais veículos da marca. Um exemplo disso é o fato de que essa mesma tecnologia já será inserida no Audi A8, veículo que tem a previsão de chegada ao mercado para comercialização a partir do ano de 2017, ao que tudo indica essa será uma tecnologia que será aperfeiçoada e será inserida em muitos outros modelos da fabricante.  

Por Adriano Oliveira

Audi RS7 Robby

Audi RS7 Robby

Audi RS7 Robby

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá um design estiloso e contará com motor 1.4 com 155 cv de potência.

O novo hatch da linha Cruze da Chevrolet está chegando ao Brasil, a produção será em Rosário, na Argentina. Este modelo apresenta um estilo que combina e vai atrair muito o público mais jovem, mas também há pessoas que podem não achar muito diferenças dos outros estilos. Porém, é intenção da montadora que o carro seja um sucesso.

O carro possui um design com bastante estilo, pois vem na versão com três volumes até mesmo nas portas traseiras, como também passou por modificações na grade da parte dianteira e os novos faróis de LED para dar mais beleza ao novo Cruze Hatch. O veículo também possui motor 1.4, 155 cv de potência com turbo flexível. O para-choque adaptado com volumes e vincos, sete marchas, dupla embreagem, injeção direta e turbo bicombustível.

Os impasses na economia brasileira não permitiram que a fabricação do carro ocorresse no Brasil, a montadora decidiu realizar a produção na unidade de Rosário na Argentina, mas a distribuição vai atender toda demanda no Brasil e outros países latino americanos, mas é importante ressaltar que o mercado brasileiro desperta o interesse da montadora para ganhar a liderança de venda.

O novo Cruze Hatch vai ser apresentado no Salão do Automóvel em 2016, como também terá o lançamento previsto para o final do próximo ano de 2016 no mercado brasileiro ou início de 2017, e já vem adotando o modelo de 2017. E mesmo com a chegada do novo modelo, a fabricante vai manter as duas versões sedan e hatch, como também as opções de motor com seis marchas, caixa de câmbio automático ou manual. Ou seja, o interesse é apresentar todos os produtos da linha para o cliente escolher o estilo que mais agradou, pois o que vale para a GM é vender e conquistar o mercado automobilístico.

Enfim, o carro possui um estilo muito luxuoso, porém há pessoas que podem não gostar. E a opinião de todos é muito importante, por isso aproveite o espaço e deixe o seu post aqui sobre o assunto.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

 

Chevrolet Cruze hatch

Chevrolet Cruze hatch

Chevrolet Cruze hatch

Fotos: Divulgação


Modelo luxuoso terá somente 7 unidades fabricadas e terá o preço equivalente a R$ 11 milhões.

Imagine um carro com faróis de diamante e ouro nos assentos. Exagero? Será que um modelo assim existe? Saiba que sim! Essa é exatamente a aposta do modelo Lykan Hypersport que é um carro grandioso em todos os aspectos: seu preço pode chegar ao equivalente a R$ 11 milhões e seu motor permite o alcance de 100 Km/h em menos de três segundos.

Um verdadeiro sonho para qualquer amante de carros.  Os detalhes de design do modelo são superlativos e incluem bancos costurados com fio de ouro, faróis de diamante e possibilidade de integrar pedras preciosas como rubi, safira ou esmeralda ao modelo.

Com tantas possibilidades, o Hypercar Lycan passa bem longe de ser um modelo enfadonho de se observar. Junto com o design arrojado do modelo Hypercar, os detalhes cheios de riqueza e luxo fazem do modelo uma atração única. O modelo "exagerado" foi criado pela W Motors, que está sediada em Dubai. A empresa se considera a primeira fabricante de carros que aposta no mercado de luxo e alta potência que tem sede no oriente médio.

O carro começou a ser conhecido internacionalmente após seu aparecimento no filme "Velozes e Furiosos 7" , e sua exclusividade é tão grande que a fabricante afirma só existirem sete carros desse modelo disponíveis atualmente. A intenção da montadora é que o modelo seja tão raro e único, algo tão difícil e inalcançável, que se torne um ícone para o mundo automobilístico.

Com tanta exclusividade e raridade, o modelo Hypercar Lykan ficará mesmo na imaginação da grande maioria dos consumidores. Mesmo os que possuírem maior poder financeiro poderão não ter acesso a um dos sete modelos disponíveis. Possivelmente, será um carro destinado a colecionadores de alto nível, ou a museus de automóveis.

É inegável que tantos detalhes luxuosos acabam por mexer com a imaginação da maioria das pessoas.

E você? Gostaria de andar em um modelo tão chamativo ao menos uma vez na vida?

Lykan Hypersport

Lykan Hypersport

Lykan Hypersport

Fotos: Divulgação


Série especial do modelo terá 200 unidades à venda no Brasil.

O mês de julho está sendo bastante especial quando o assunto é o lançamento de novos modelos para o mercado automobilístico brasileiro. O grande destaque da vez foi a Mitsubishi que anunciou recentemente a chegada de uma série especial do Pajero Dakar ao mercado brasileiro. O HPE-S dispõe de nada menos que 200 unidades para venda, sendo que todas são enumeradas. Essa versão especial se destaca bastante quando o assunto é o visual e detalhes exclusivos em seu design.

Para aqueles que estão interessados na novidade, saibam que o HPE-S dispõe de preços sugeridos de R$ 179.990. Além disso, é importante destacar que todas as versões possuem espaço para, no máximo, seis passageiros além do motorista. O automóvel é disponibilizado em três cores: branco, preto ou cinza.

Um dos grandes destaques dessa edição especial da Mitsubishi é sem sombra de dúvidas o grande número de itens de série. Dentre eles podemos destacar o inteligente sistema multimídia de sete polegadas que possui GPS, CD, MP3 Player, DVD e Bluetooth.

Além disso, o HPE-S também conta com os seguintes itens de série: sensor de chuva e acendimento automático dos faróis, retrovisores com rebatimento elétrico e oito airbags (sendo dois frontais, dois laterais além de quatro na versão cortina), ar-condicionado automático, bancos de couro que possuem a tecnologia de regulagem elétrica nos dianteiros, borboletas para trocas de marcha, direção hidráulica e etc.

Como já foi destacado nesta matéria, o lançamento da Mitsubishi conta com alguns detalhes exclusivos em seu design. Um deles é o acabamento escurecido das rodas de liga leve de 18 polegadas. Outro detalhe bastante notável é a pintura cinza que acompanha as maçanetas, retrovisores, skid plates, rack de teto e grade dianteira.

E para aqueles que curtem a parte mecânica, saibam que o HPE-S é equipado com 3.2 turbodiesel que consegue 180 cavalos e 38 kgfm de torque máximo. O mesmo possui como única opção o câmbio automático de cinco marchas.

Por Bruno Henrique

Mitsubishi Pajero Dakar HPE-S

Mitsubishi Pajero Dakar HPE-S

Mitsubishi Pajero Dakar HPE-S

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá 800 cv de potência e apenas 650 unidades serão produzidas.

Apesar de que a estreia do mais novo modelo da Ferrari, o F12 GTO, está previsto para ocorrer somente no mês de setembro no Salão de Frankfurt, as primeiras imagens desse carrão já foram disponibilizadas na internet. Estas imagens foram retiradas de um configurador privado que é, exclusivamente, disponibilizado somente para o seleto grupo dos clientes cadastrados da montadora italiana.

O design deste novo modelo da Ferrari teve a sua base retirada do antigo modelo da F12 Berlinetta e teve inspiração na Ferrari modelo GTO, a qual foi produzida na década dos anos 60.

Mesmo não tendo muitos detalhes a respeito deste novo lançamento da escuderia italiana, o F12 GTO, as notícias que correm os bastidores estão dando conta de que este modelo superesportivo terá um propulsor V12 de 6.3 cilindros e naturalmente aspirado, motor este que trabalhará em conjunto com o sistema inovador denominado Hy-Kers desenvolvido pela LaFerrari. Este novo lançamento da Ferrari terá nada mais nada menos que 60 cavalos a mais de potência do que o modelo que foi a sua base de referência, no caso, este veículo chegará a uma potência máxima de incríveis 800 cavalos.

Além da inserção desse novo moto superpotente, a F12 GTO teve uma redução de peso com relação à F12 Berlinetta, uma vez que o seu peso será de 100 quilos a menos.

Ao que tudo indica essa nova F12 GTO irá chegar às concessionárias para que seja iniciada a comercialização somente no segundo semestre do ano de 2016, sendo que a Ferrari já anunciou oficialmente que, inicialmente, este veículo terá a sua produção limitada, sendo que serão produzidas somente 650 unidades em todo o mundo.

Portanto, fica aí a expectativa, como este modelo será mais uma exclusividade da Ferrari, algumas destas poucas unidades deverão ser destinadas ao mercado brasileiro e realmente será mais uma relíquia, tendo em vista que este será o modelo que será fabricado para comemorar os 60 anos da Ferrari.

Por Adriano Oliveira

Ferrari F12 GTO

Ferrari F12 GTO

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com ótimas características e poderá ser vendido no Brasil por R$ 259.000.

As novidades automobilísticas são o que não faltam no mercado. A Mercedes-Benz anunciou o seu novo modelo da linha classe A – o A45 AMG 2016. O modelo do ano recebeu mudanças no design e uma melhor motorização. Segundo o anúncio da empresa, o modelo A45 AMG 2016 deve chegar ao mercado automobilístico europeu em setembro deste ano.

O modelo recebeu um facelift modesto, porém suficiente para agradar os amantes por velocidade. O modelo conta com para-choque com novo design, tornando-se um pouco mais agressivo. As lanternas e faróis do veículo sofreram reestilização e agora possuem tecnologia LED. Essa tecnologia faz com que haja uma melhor iluminação, economia e durabilidade.

O A45 AMG 2016 conta com um novo sistema de suspensão esportiva totalmente adaptável, que pode ser configurada em quatro modos: confort, sport, sport+ e individual.

Quanto ao interior do veículo, o modelo possui um volante com design clássico esportivo e multifuncional. O esportivo possui display com sistema multimídia de tela de oito polegadas, que é compatível com sistema Auto Android e CarPlay.

O A45 AMG – topo de linha da Mercedes – recebeu grandes melhorias, resultando em um desempenho incrível. A potência máxima gerada pelo motor 2.0 agora é de 381 cv a 6000 rpm. E o responsável por comandar todo esse potencial, é o cambio automático de sete velocidades e dupla embreagem.

O veículo também conta com sistema aerofólio em sua traseira, que garante maior estabilidade a altas velocidades.

O esportivo alcança a velocidade de 0 a 100Km/h em apenas 4.2 segundos, o que é aproximadamente 4 segundos mais veloz do que o modelo atualmente vendido. Quanto ao consumo de combustível, o modelo se mostrou bastante econômico para o segmento tendo autonomia de 14 Km/l, se conduzido a velocidade constante de 100 Km/h.

O modelo deve chegar ao Brasil com um preço um pouco elevado, cerca de R$ 259.000, e poderá ser adquirido sob encomenda.

Por Wendel George Peripato

Mercedes-Benz A45 AMG

Mercedes-Benz A45 AMG

Fotos: Divulgação


Montadora pretende lançar novos modelos de baixo custo para comercialização até 2018.

As novidades no mundo automobilístico não param. O presidente executivo da montadora alemã de automóvel Volkswagen afirmou que a empresa planeja criar novos modelos populares. Durante a entrevista ao jornal Bild am Sonntag,  Martin Winterkorn confirmou que o modelo deverá ser lançado na China e se possível em outros países até o ano de 2018.

A nova família de automóveis populares deverá possuir um baixo custo para venda e produção. Os modelos deverão ter segmentos SUV, sedan e até mesmo o hatchback. O que é excelente, já que esses modelos SUV e sedan costumam ter um preço um pouco acima da média.

Há alguns anos a empresa tem avaliado inserir modelos econômicos para os cidadãos, porém alguns contratempos impediram a empresa de atingir o objetivo com rapidez. Vale ressaltar, que a Volkswagen é conhecida mundialmente pela criação de modelos populares, tais como: o Volkswagen Gol e o Fusca, que mantiveram durante anos seguidos o posto de carros mais vendidos do Brasil.

A montadora alemã tem investido em novas tecnologias para motores 1.0. Recentemente, a empresa anunciou o 1.0 TSI Total Flex, que possui 3 cilindros e gera 105 cv de potência. Essa tecnologia poderá ser utilizada em modelos populares.

Os novos modelos populares deverão ser fabricados inicialmente na China, e o preço estimado de cada veículo deve girar em torno de 8 e 11 mil euros, ou seja, de R$ 27,9 mil a R$ 38,3 mil na cotação atual do euro, sem o acréscimo de impostos.

Ainda durante a entrevista Martin Winterkorn garantiu que a Volkswagen gostaria de trazer os novos modelos por um preço ainda menor, algo entre 6 mil e 8 mil euros. Caso outros países se interessem pela produção da nova família popular da Volkswagen os mesmos poderão ser fabricados.

Em tempos onde os lançamentos de modelos esportivos e sedans luxuosos são predominantes, a possibilidade da criação de novos modelos econômicos é uma excelente notícia.

Por Wendel George Peripato

Volkswagen


Novo modelo terá potência de 420 cv e tem previsão de ser vendido apenas em abril de 2016.

A fabricante Lotus divulgou o lançamento do novo modelo, o 3-Eleven, que esteve à disposição no Festival de Velocidade de Goodwood na Inglaterra na data do dia 28 de junho de 2015. O carro parece ser um esportivo mais agressivo.

E de acordo com as últimas notícias, o Lotus 3-Eleven terá uma estrutura totalmente nova, confeccionado com um excelente material de alumínio. O roadster tem um peso aproximado de 800 kg, motor de 3.5 V6 e seis cilindros, ainda apresenta 420 cv de potência.  Possui também caixa de câmbio sequencial com adaptação de seis marchas, para reforçar a segurança de forma bem confortável dispõe de um cinto com seis pontos para o motorista e boa estrutura para evitar capotamento na pista ao dirigir.

Os pneus vêm com 225/40 na frente e 275/35 na parte traseira e está disponível na marca Michelin, as rodas são confeccionadas em alumínio com aro 18 na traseira e 19 polegadas na dianteira, possui switch de desativação da bateria. O modelo também dispõe de quatro pistões da AP Racing, ótimo controle de tração e freios ABS.

E com todos esses detalhes, o Lotus 3-eleven pode chegar a alcançar uma incrível velocidade de até 290 km/h. Sendo que o carro faz o percurso de até 100 km/h em apenas 3 segundos. A produção do novo modelo do Lotus 3-Eleven só terá inicio no mês de fevereiro de 2016 e talvez as vendas só ocorram em abril do ano que vem. A fabricante espera lançar no mercado em torno de 311 unidades. O valor está em torno de 80.000 euros até 95.000 euros.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

 

Lotus 3-Eleven

Lotus 3-Eleven

Lotus 3-Eleven

Fotos: Divulgação


A fabricação deste modelo deu-se pela parceria entre a Shelby e a Ford, baseada na nova versão do Mustang.

A Shelby é famosa no mundo automotivo por criar carros superesportivos e com potências de dar inveja a qualquer pessoa que goste de altas velocidades. E agora a montadora parceira da Ford lança seu novíssimo Super Snake 2015. Apesar das duas montadoras serem parceiras em diversos projetos, esse modelo foi feito de forma separada, mas é baseada na nova versão do Mustang, sendo ainda mais potente do que esse modelo.

Sua potência é de deixar qualquer maníaco por supercarros de queixo caído: com um bloco de 5.0 litros V8, sua capacidade máxima é de incríveis 750 cavalos!

Mesmo sendo um projeto individual, a Shelby aproveitou todo o know-how e itens diversos da Ford para compor o Super Snake 2015. Entre esses itens, estão o sistema de escapamento e melhorias na dirigibilidade e nas mudanças das marchas. O sistema de freios, agora Wildwood de seis pistões, também foi introduzido.

Pensando no desempenho, a Shelby ainda traz para esse modelo um sistema de arrefecimento de motor que foi melhorado. Visualmente, ele chama ainda mais a atenção, com rodas de aro 20 polegadas e peças feitas em fibra de carbono para compor um kit aerodinâmico completamente irreverente.

Entre os opcionais dessa nova versão do Super Snake, estão bancos completamente esportivos com cintos de cinco pontos, gaiola de proteção e o kit Katzkin.

Quem quiser adquirir a versão mais básica do Super Snake 2015 deve desembolsar US$ 49.900, que vem com faixas de corrida e distintivo do modelo. A potência é um pouco menor, alcançando os 650 cv.

Porém, quem está a fim de gastar um pouco mais e levar a versão top de linha, terá que pagar US$ 54.999, e leva o modelo com bloco mais potente, que gera os 750 cavalos. Além disso, vem com freios de quatro pistões na parte traseira, arrefecimento no diferencial e outros itens importantes para o desempenho do carro.

Por Felipe Villares

Super Snake 2015

Super Snake 2015

Fotos: Divulgação


Novo modelo tem previsão de chegada ao mercado em 25 de junho.

A fabricante de veículo automotores japonesa Nissan está com todos os preparativos para estrear  com o seu mais novo veículo, o Nissan Juke-R, que é um veículo exótico e compacto da marca. Este veículo se tornou um sucesso tremendo para a empresa, haja vista que este crossover tem o seu design esportivo que irá chamar a atenção de muitas pessoas por estar retornando mais uma vez no segmento de insanidade do Juke-R, contudo nesta oportunidade personalizado pela Nismo.

A Nissan já anunciou que fará a estreia oficial  em âmbito mundial do Juke-R Nismo no Festival de Velocidade de Goodwood, evento este que é realizado anualmente no Reino Unido. A Nissan irá lançar o primeiro teaser desse modelo, o qual tem previsão de chegada para o dia 25 de junho.

Apesar de ainda a Nissan não ter feito a divulgação de nenhum detalhe relativo à motorização deste veículo, o esperado por todos é que seja a mesma que é utilizada originalmente no GT-R, ou seja, um propulsor 3.8 V6 twin-turbo que é capaz de produzir como potência máxima nada mais nada menos do que 485cv. Todavia como foi confirmada a presença da Nismo nesta novíssima edição, o que é esperado é que a cavalaria Samurai que estará a bordo deste monstrinho alcance a potência máxima de nada mais nada menos do que 592 cv do GT-R Nismo.

A Nissan ainda não fez o pronunciamento de modo oficial se este veículo será apenas um conceito ou se fabricado com edição limitada para vendas. Este Nissan Juke-R ao que tudo indica terá uma performance bem superior do GT-R Nismo, que tinha a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,7 segundos e possuía uma velocidade máxima de 257 km/h.

Com relação aos valores, provavelmente este veículo terá o seu valor de mercado superando os US$ 600.000, valor este que supera o que era estipulado para a versão anterior. 

Por Adriano Oliveira

Nissan Juke-R

Nissan Juke-R

Fotos: Divulgação


Novo modelo recebeu uma reestilização, mas sem grandes mudanças.

A imprensa automobilística está atenta ao que acontece nesse mundo milionário da velocidade e do requinte. Nesta semana foram divulgadas algumas imagens do agora renovado modelo Hyundai H1. As fotos são originadas de uma sessão de testes e foram tiradas na Alemanha, que é um dos polos de desenvolvimento da montadora coreana na Europa.

O carro passou de fato por um processo de “reestilização”, se é que podemos chamar assim. Mas nada que soasse a grandes mudanças aconteceram de fato. O principal destaque externo foi visto na grade da frente e não precisa ser especialista para perceber que se trata de um estilo já presente no Hyundai i40, tanto no para-choques dianteiro quanto no traseiro, bem como nas lanternas. O modelo 2016 da van Hyundai H1 2016, portanto, terá uma frente no mesmo design de outros modelos mais recentes. Também haverá mudanças na parte interior, mas as fotos nada puderam dizer a respeito.

Na Espanha, o Hyundai H1 é comercializado em duas versões distintas: o H1 Van (com três ou seis lugares, geralmente para uso profissional, para carregar produtos e pessoas) e o H1 Viagem (para quem necessita mesmo é transportar pessoas, com oito lugares).

Enfim, estas foram as principais novidades que a camuflagem que os funcionários de testes colocaram no novo carro permitiu ao mundo conhecer. Ainda ficarão para o futuro os detalhes da configuração do motor, mas já se prevê certamente um motor a diesel, tal como já existe no modelo atualmente disponível no mercado, no H1. Ou seja, espera-se que o seu desempenho melhores muito, inclusive por conter transmissão automática de seis velocidades.

Desde quando foi lançado, em 2008, o H1 manteve suas características até então, principalmente no que se observava na frente e no motor. Mas o modelo é bem aceito no mercado, por ser do tipo familiar e por geralmente ser vendido por um mais acessível do que outros tradicionais, como o Toyota Alphard.

Por Alberto Vicente

Hyundai H1

Hyundai H1

Fotos: Divulgação


Com a crise econômica afetando todos os setores do País, as vendas de carros usados aumentaram 7,24% no início de 2015 e as vendas de carros novos recuaram impressionantes 214,2%.

As boas vendas de carros usados no início de 2015 se devem ao fato da migração dos consumidores que não estão optando pelos novos modelos.

A crise no mercado automotivo é reflexo da crise econômica na qual está vivendo o Brasil. No entanto, o mercado de carros usados já está mostrando vigor desde o ano passado, quando as vendas dos veículos novos estavam em baixa.   

Se comparado os meses de janeiro a maio deste ano com o mesmo período de 2013 e 2014, as vendas de carros seminovos cresceram 7,2%. Já as vendas de carros novos obtiveram uma queda assustadora de 214,2%. Ao comparar os cinco primeiros meses do ano passado, as vendas de seminovos subiram 1,7%, enquanto a de novos obteve uma queda de 20%.   

De acordo com a Associação dos Revendedores de Carros Usados, a Fenauto, o ritmo de vendas está se mantendo em alta. No mês de maio, foram vendidas 825.295 unidades de veículos seminovos, contra 793.784 no mês de abril. Estes números representam um aumento de 4%. Foram vendidos 3.950.156 unidades de carros e comerciais leves no acumulado de janeiro a maio. No mesmo período de 2014, foram vendidos 3.895.232.   

O Volkswagen Gol segue como o carro líder de unidades vendidas com 439.926. Os carros Uno e Palio da Fiat aparecem em seguida com 261.224 e 240.289 unidades vendidas, respectivamente.   

Segundo o presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos, os números do mês de maio demonstram um movimento de acomodação em níveis positivos. Santos se mostra otimista com o mercado de seminovos, acreditando que um comprador munido de informações sobre as condições oferecidas pelo mercado de usados pode realizar um ótimo negócio. Para ele, o seminovo consegue oferecer uma ótima relação de custo benefício, agradando quem deseja obter um veículo em boas condições por um bom preço que esteja dentro de seu orçamento.

Por William Nascimento

Comprar carro usado

Fotos: Divulgação


Nova geração do modelo trará grandes inovações, dentre elas estão um sistema que proporcionará ao proprietário fazer manobras de forma remota através da utilização da chave e a presença de faróis a laser.

Depois de muitas especulações a respeito da nova geração do BMW Série 7, modelo mais luxuoso da marca, a fabricante divulgou oficialmente que essa nova geração será exibida no dia 10 de junho. Todavia, a fim de apimentar este lançamento e aguçar ainda mais a curiosidade dos apaixonados pela marca, a montadora alemã fez a divulgação de um vídeo que apresenta alguns detalhes que serão trazidos neste modelo, vídeo este que já está disponível no YouTube

Dentro das principais inovações que foram divulgadas estão um sistema que proporcionará ao proprietário deste veículo fazer manobras de forma remota através da utilização da chave e a presença de faróis a laser.

A carroceria deste veículo foi toda projetada em fibra de carbono e está sendo chamada de “Núcleo de Carbono”, material este que fez com que este carro tivesse uma redução de nada mais nada menos do que 130 Kg do que o seu modelo atual.

Alguns detalhes são possíveis de serem visualizados neste vídeo, sendo que o que chamou a atenção foram as lanternas que nessa nova geração foram desenvolvidas de forma mais afinada e ganharam um visual ainda mais agressivo. Outra peça que chamou a atenção foi a barra cromada que é utilizada para ligar as duas peças e que foram mantidas conforme era visto nas edições anteriores da série.

Com relação à motorização, a BMW optou por utilizar nesse veículo uma nova geração de propulsores do modelo TwinPower Turbo. Outra grande inovação que esta nova geração do BMW Série 7 irá trazer será um sistema de entretenimento multifuncional iDrive Touch que terá a interessante função de comandos por gestos.

E as novidades interessantes não param por aqui, uma vez que este novo BMW Série 7 traz consigo suspenção adaptiva pneumática em seus dois eixos.

Agora, só resta aguardar o lançamento oficial deste BMW de luxo para saber quais são as outras novidades que ele irá apresentar.

Por Adriano Oliveira

BMW Série 7

BMW Série 7

Fotos: Divulgação


Segunda geração do modelo será fabricada em Araquari (SC) e terá linhas mais agressivas e esportivas.

A fabricante de veículos BMW revelou a segunda geração do seu veículo BMW X1, este veículo chegará ao mercado com a promessa de ser uma referência no setor de veículos crossover, além disso esse lançamento da marca quer extinguir algumas tradições que eram trazidas nos veículos produzidos pela marca, tal como, a tração traseira que foi substituída pela convencional e famosa tração dianteira.

Essa segunda geração trouxe consigo o novo BMW X1 edição 2016, a qual foi anunciada nessa semana que passou e será apresentado oficialmente no Salão de Frankfurt, evento que ocorrerá no mês de setembro. Este veículo será o próximo modelo da fabricante que a ser fabricado em território nacional, uma vez que ele será fabricado na cidade de Araquari (SC), fábrica esta que, atualmente, é a responsável por realizar a produção dos veículos da marca das séries 1, 3 e X1.

Ao que tudo indica, esta novidade irá chegar aqui no Brasil no meio do ano de 2016, mas protótipos deste carro já foram vistos rodando aqui no país.

O BMW X1 2016 traz em seu design linhas muito mais esportivas e agressivas, principalmente, na parte dianteira, onde foram inseridos faróis com a tecnologia full-LED afilados, grade do modelo bipartida e um para-choque bastante robusto.

Já nas laterais, este veículo pode ser facilmente identificado por causa dos seus vincos e do conjunto de três janelas, características estas que são bastante marcantes. Na parte traseira, os destaques ficaram por conta das lanternas que tiveram o seus tamanhos aumentados e do para-choque que dessa vez veio com apliques confeccionados em plástico.

Na parte interior, como não poderia ser diferente, as mudanças foram bem significativas, todavia a essência dos demais veículos da fabricante foi mantida integralmente, a principal mudanças que a montadora revelou foi que este novo X1 ficou com um espaço interno maior, o que só foi possível devido à adoção de uma plataforma diferente, a qual foi retirada da minivan Série 2 Active Tourer. 

Por Adriano Oliveira

BMW X1 2016

BMW X1 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá um design mais arredondado e será mais moderno.

Após muita especulação, foi mostrado pela Chevrolet o primeiro teaser da nova geração do sedan Cruze. A empresa está em contagem regressiva para fazer a divulgação oficial desse veículo, uma vez que este carro será revelado oficialmente em Detroit, nos Estados Unidos, no próximo dia 24 de junho. Este novo Cruze, segundo a empresa, será comercializado em 115 países, esse grande número de países que irão comercializar este carro justifica-se pelo fato de que o Cruze, atualmente, é o veículo de maior popularidade da GM em todo o mundo.

Apesar de a GM não ter feito a divulgação a respeito da chegada desse novo Cruze aqui no Brasil, nesse primeiro teaser a empresa citou o Brasil como sendo um dos principais países que terão mercado para o novo veículo.

Pelo que pode ser visto nestas primeiras imagens, este novo Cruze é bem diferente da sua versão chinesa, nessa nova versão o veículo virá com um design mais arredondado e com um toque a mais de modernidade, a grade dianteira terá uma divisão, de modo que ela ficou composta por duas peças, sendo que a parte de cima tem a função de ser uma extensão dos faróis, enquanto a parte inferior tem o formato de um hexágono. Outra novidade que foi inserida neste veículo foi os faróis auxiliares que nessa versão apresentam tamanhos mais avantajados.

Segundo os dados da GM, esta nova geração do Cruze terá tamanho maior do que a geração anterior, contudo com relação ao peso ela será mais leve, outra inovação trazida por este carro serão as novas motorizações com outras tecnologias.

Por enquanto, a única novidade que foi anunciada antecipadamente foi a respeito da nova central de multimídia que será inserida neste veículo, central esta que trará para o usuário uma função que possibilitará a ele conectar aparelhos celulares que tenham como sistemas operacionais o Android Auto e o CarPlay. Pelo que já foi adiantado estas tecnologias estarão disponíveis no país ainda até o final deste ano.

Por Adriano Oliveira

Teaser do novo Cruze 2016

Novo Cruze 2016

Fotos: Divulgação


Modelo sedan terá apenas 25 unidades fabricadas e será lançado nos EUA.

A fabricante e montadora de veículos automotores Audi fez o lançamento de uma versão totalmente exclusiva do seu veículo sedan S3, contudo essa nova versão será somente para o mercado norte-americano. Essa nova versão do S3 foi batizada com o nome de Exclusive Edition, principalmente por causa do fato de que a empresa irá fabricar, a princípio, apenas 25 unidades desse veículo.

Essa foi mais uma aposta da Audi, uma vez que a edição Limited Editon do S3, que teve o seu lançamento realizado, no ano de 2014, nos Estados Unidos foi um grande sucesso e por este motivo a Audi resolveu inovar mais uma vez e apostar as fichas nessa Exclusive Edition.

Essa versão especial do S3 será fabricada com apenas cinco unidades de cada cor sendo que serão disponibilizadas para os consumidores apenas cinco opções de cores sendo estas as seguintes: Azul Sepang, Verde Viper, Vermelho Misano, Laranja Glut e Amarelo Vegas.

Todos os modelos desse veículo serão inspirados na versão Prestige do S3 e terão de série rodas no tamanho 19 polegadas, assentos do modelo esportivo totalmente revestidos em couro Nappas, além disso, será inserido o emblema exclusivo da edição na carroceria.

Com relação à motorização desta edição especial todos os veículos terão como propulsor um motor de quatro cilindros 2.0 TFSI Turbo 2.0, o qual será capaz de desenvolver uma potência máxima de nada mais nada menos que 292cv e um torque de 37,9 mkgf. De acordo com as informações que foram divulgadas pela Audi o S3 Exclusive Edition terá a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h na incrível marca de apenas 4,7 segundos e atingir uma velocidade máxima de 250 km/h, sendo que esta velocidade será controlada por uma tecnologia eletrônica que será disponibilizada neste veículo.

Para aqueles que ficaram curiosos, as versões nas cores azul e vermelho serão comercializadas pelo valor de US$ 57.250 e as demais cores irão custar US$ 59.900.

Por Adriano Oliveira

Audi S3 Exclusive Edition

Audi S3 Exclusive Edition

Fotos: Divulgação


Modelo será vendido apenas em uma cor, a Cyan Splash, um azul suave, e traz linhas mais agressivas, lembrando um modelo esportivo.

Uma nova geração de compactos deve desembarcar no mercado automobilístico. Estamos falando do novo modelo da Toyota, o Aygo x-cite 2015, que foi lançado pela montadora oriental no último sábado, dia 30.

Por enquanto, o modelo deve ser comercializado apenas na Europa, mas caso chegue ao Brasil, você já pode conferir as novidades. O veículo tem traços bem típicos orientais, com linhas mais agressivas, lembrando um modelo esportivo.

O Aygo x-cite 2015 vem em uma única cor, que inclusive é exclusiva, a Cyan Splash, um azul suave, mas elegante. Alguns detalhes do carro são na cor Black Piano, um preto bem marcante. De série, o veículo ainda vem com rodas de aro 15 polegadas na cor preto brilhante. Entre os opcionais oferecidos pela Toyota, está a pintura que pode ser diferente, com as colunas A e o teto pintados no mesmo tom das rodas.

Para deixar o veículo ainda mais esportivo, a marca também utilizou o esquema de duas cores na parte interna do carro, incluindo detalhes como o painel, que ainda possui outros detalhes em cromado, e o revestimento dos bancos, que possui as mesmas cores da parte externa do Aygo.

Na parte mecânica, o veículo da Toyota vem equipado com um motor de 1.0 litro, com três cilindros VVT-i movido a gasolina. Essa configuração faz com que o Aygo gere uma potência de 69 cavalos, com torque de 9,69 kgfm. O câmbio aparece em duas opções: automático x-shift ou manual.

Com esse motor, o Aygo se apresenta bem econômico e ecológico, emitindo 88g/km de CO2 e rendendo, em média, 26 quilômetros por litro.

Entre as novidades que podem estar presentes em outras versões do Aygo, está um sistema que evita colisão iminente, freando o veículo automaticamente em uma situação de emergência. Outra novidade é a possibilidade do carro receber um sistema que avisa quando há uma mudança involuntária de faixa de rodagem.

Por Felipe Villares

Toyota Aygo x-cite

Toyota Aygo x-cite

Fotos: Divulgação


Veículo receberá alterações na parte frontal e traseira e no seu interior.

O pequeno veículo da montadora Fiat, o Fiat 500, apesar de estar no mercado brasileiro desde o ano de 2007, até este ano não havia sofrido muitas mudanças, contudo antes do lançamento de uma geração inteiramente nova, a Fiat optou por fazer uma reestilização neste veículo.

Esse novo Fiat 500 reestilizado já foi visto rodando, porém camuflado, em testes na Europa, as novidades que serão apresentadas serão no design do conjunto frontal, bem como no seu interior que receberá um upgrade tecnológico.

As informações oficiais a respeito dos detalhes dessas mudanças ainda são bastante escassas, contudo a Fiat já divulgou oficialmente que a apresentação deste novo Fiat 500 reestilizado será feita durante o Salão de Frankfurt, evento que ocorrerá no mês de setembro na Alemanha.

Segundo as informações dos bastidores oriundas de fontes ligadas à Fiat essas modificações consistem em alterações na parte frontal que terá uma para-choque totalmente remodelado e grade atualizada, já os faróis ganharam novas lentes. Na parte de trás este veículo receberá a inserção de um novo para-choque que terá como acompanhamento lanternas com novo posicionamento das luzes e saída do escapamento revista.

A parte interna deste veículo a mudança mais significativa será a inserção de um novo sistema de entretenimento que será colocado na parte superior do painel, as saídas de ar do painel que serão totalmente redesenhadas e um detalhe bem atrativo para os consumidores mais exigentes que será a presença de um volante inédito criado exclusivamente para este modelo.

Com relação à motorização, ao que tudo indica, não aparecerão novidades a respeito desse quesito, da mesma forma que nas opções de câmbios não será apresenta nenhum tipo de alteração.

Assim, como o mês de setembro se aproxima vale a pena ficar antenado às informações, pois sem sombra de dúvidas nesse período que falta para o lançamento oficial do veículo a montadora irá revelar mais alguns detalhes a respeito do modelo.

Por Adriano Oliveira

Fiat 500 reestilizado

Fiat 500 reestilizado

Fotos: Divulgação


Novo modelo não trará muitas novidades, mas virá com abertura inteligente do porta-malas, motor V8 5.0, e com a possibilidade de ser conectado por meio de uma transmissão automática que conta com 8 velocidades.

A Hyundai já está fazendo o novo desenvolvimento da linha Equus 2016, mas não haverá muitas mudanças significativas nos automóveis. A nova linha quando comparada com a versão top de linha, por exemplo, traz alguns diferenciais como a abertura inteligente do porta-malas, que oferece praticidade e conforto para o motorista, que consegue abri-lo de forma automática quando chega próximo ao veículo com as chaves.

Em relação ao novo motor, o Equus 2016 vai contar com um modelo de V8 5.0, que consegue realizar 433 cv de potência e 51,9 mkgf de torque. Outro detalhe, é que ele é conectado por meio de uma transmissão automática que conta com 8 velocidades e tem a capacidade de rodar até 6,3 Km com um litro de combustível na cidade. Em relação à estrada, o carro faz 9,7 km.

O preço da nova linha da Hyundai? A versão de entrada que é chamada Equus Signature 2016 vai ter o valor inicial de US$ 61,5 mil e o Ultimate, que é o topo da linha, vai ter o preço médio de, pelo menos, US$ 68.750,00.

A Hyundai também lançou o Centro de Serviços de pós-venda: Hyundai-CAOA. O lugar tem, aproximadamente, sete mil metros quadrados e visa atender 3 mil veículos mensalmente. O local tem uma infraestrutura completa para realizar reparos, além de revisões nos automóveis fabricados pela marca.

Um dos principais diferenciais é a possibilidade de realizar serviços rápidos e até revisões de 10 mil quilômetros em um tempo médio de uma hora. Os serviços rápidos incluem alinhamento, troca de óleo, entre outros. Para contar com a comodidade do serviço oferecido, os clientes poderão aguardar em uma sala confortável que inclui internet sem fio, café e um telão multimídia com informações sobre a marca.

O novo CAOA Hyundai Premium Services está localizado na Av. Imarés, 923, em Moema, São Paulo, SP. O horário de funcionamento é das 08h às 18h e funciona de segunda a sexta-feira.

Por Babi

Hyundai Equus 2016

Hyundai Equus 2016

Fotos: Divulgação


Nova lei estabelece que empresas revendedoras de veículos deverão fornecer uma ficha completa do veículo antes de realizar a venda. Ou seja, qualquer irregularidade que impeça o comprador de circular normalmente com o veículo deverá constar na ficha.

Fique atento se você está pensando em comprar um automóvel, a Lei 13.111, que estabelece novas regras e normas para a compra de veículos novos e usados entrou em vigor na última segunda-feira (25).  Ela obriga as empresas a darem uma ficha completa do veículo antes de se realizar a venda, isso significa que qualquer irregularidade como multas, impostos devidos e até mesmo furto que o carro possa ter e que impossibilite o comprador de circular normalmente com o veículo, terá que constar na ficha.

Seja o carro usado ou novo, a ficha também deverá contar com os impostos incidentes do veículo, o que vai permitir ao comprador saber o valor do veículo sem os impostos, que na prática significa quanto você está pagando só de impostos, o que te dá mais opções de economizar na hora de comprar.

A lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff no mês de março, é válida para todos os empresários que vendem veículos, sejam eles caminhões, motos, ônibus ou carros. Além disso, a empresa também deverá arcar com todas as eventuais despesas dos carros que venderem até o momento da compra, isso significa que multas e taxas ou impostos atrasados, devem ser pagos exclusivamente pela empresa.

Caso seja descoberto que o carro adquirido é fruto de roubo, a empresa fica obrigada a devolver para o comprador todo o valor já pago. A lei não é válida para venda de carros feita entre pessoas físicas.

Apesar da rigidez da lei, já foram registradas 10 revendas de veículos que não cumpriram com essa lei, segundo o Procon de Porto Alegre. Já no estado do Pará, o Procon de Santarém, realizou uma campanha com o intuito de conscientizar e esclarecer a nova lei aos empresários e comerciantes.

Fique atento na hora de comprar um veículo usado ou novo, essa nova lei vai te dar uma dimensão maior sobre o histórico do carro, além de te dar mais possibilidades de economia.

Por Tom Vitor de Freitas

Venda de carros

Foto: Divulgação


Novo modelo lembra um mini SUV com características de crossover. Modelo foi desenvolvido entre a parceria da Renault e Nissan.

Durante a última semana, a Renault revelou para o mundo inteiro seu novo veículo que promete inovar no mercado, o Kwid. O carro tem características visuais interessantes, lembrando bem uma espécie de mini SUV com cara de crossover.

O Kwid chega para marcar uma nova era não apenas pelo seu visual e funcionalidades, mas também por ser o primeiro veículo desenvolvido em parceria da Renault com a Nissan. Dessa forma, ele foi produzido sob a plataforma CMF-A e tem a carroceria hatchback, apesar de lembrar muito um veículo com estilo mais para estrada. Tanto, que o espaço entre o solo do veículo e o chão é de 18 cm, altura bem maior do que outros veículos compactos.

No Brasil, ele deve ser o substituto do bom e velho Clio, que tem uma boa popularidade no país. O Kwid será comercializado no Brasil, e deve também ser fabricado por aqui, na planta da montadora em São José dos Pinhais, no Paraná, a partir de 2016.

As configurações para o mercado brasileiro devem ser adaptadas para as nossas realidades, contando com um motor 1.0 litro de três cilindros. Já na Índia, onde o veículo foi lançado oficialmente, o motor do Kwid será também de três cilindros, porém de 800 cm³.

Suas dimensões são interessantes, contando com 1,58 metros de largura; 3,68 metros de comprimento; e com um espaço interno maior e um grande porta-malas, sendo o maior da categoria. O veículo ainda conta com uma tela de sete polegada sensível ao toque na parte central do painel, e os instrumentos, que ficam atrás do volante.

Apesar da fabricação por aqui começar em 2016, ainda não foi revelado quando o carro chegará ao mercado brasileiro, nem seu provável valor. Na Índia, seu preço deve ficar entre os US$ 4.700 e os US$ 6.275. Para quem gosta de crossover compacto, essa será uma grande opção.

Por Felipe Villares

Renault Kwid

Renault Kwid

Fotos: Divulgação


Novo modelo traz as novidades de transmissão manual e tração AWD

Os veículos da Jaguar dispensam apresentações, já que são famosos mundialmente por sua elegância, esportividade, tecnologia, e, obviamente, o preço. E agora a montadora britânica apresenta o que tem de novo em seu modelo F-Type, que está sendo lançado na versão 2016.

As principais novidades são a transmissão manual e a tração AWD. Isso significa que tanto a versão coupé como a conversível terão a tração 4 x 4. No caso do câmbio de seis velocidades, porém, a tração será apenas traseira.

Com esse novo sistema de tração, o Jaguar F-Type é acionado somente com a força para o eixo dianteiro, no momento em que a tecnologia do veículo detecta eletronicamente situações onde há perda de tração ou de deslizamento. A tração nas rodas traseiras é utilizada a maior parte do tempo.

Em termos de motorização, o F-Type apresenta dois modelos diferentes de 3.0 litros V6: uma que rende 340 cavalos de potência, e outra de 380 cv. Essa configuração faz com que o veículo fique mais leve e aumenta sua produção energética.

Apesar de serem os destaques, as modificações não estão apenas na parte mecânica: o veículo agora vem com um novo capô, projetado aerodinamicamente para que aumente a refrigeração de seus componentes através das novas entradas de ar laterais, que estão maiores.

E agora todas as versões do F-Type passam a contar com os mesmos itens de tecnologia, como rádio HD, rádio Satellite SiriusXM, abertura do carro sem a utilização de chaves (sistema keyless), 14 posições diferentes ajustáveis para os bancos e um sistema de áudio Meridian que conta com uma incrível potência de 770 watts.

Visualmente, o veículo ainda ganha alterações, como volante com base achatada (esportivo), escape ativo, modo de direção que se ajusta, e, no caso da carroceria coupé, ainda conta com um teto solar panorâmico. Além disso, todas as versões passarão a ter direção elétrica, substituindo a direção hidráulica.

Por Felipe Villares

Jaguar F-Type 2016

Jaguar F-Type 2016

Jaguar F-Type 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo será lançado para completar a família da gama Q e, provavelmente, será o top de linha.

Apaixonado por 4 rodas? Gosta de acompanhar as novidades? Aí vai uma: um novo lançamento vem por aí! De olho no crescimento da marca, a Audi confirmou o lançamento do modelo Q9, já para o ano de 2016. A previsão é de que mais três modelos façam parte da família Q.

Os modelos chegam para completar a família da Gama Q, que já possui os modelos Q3, Q5 e Q7. A expectativa é que o Q9 seja o topo de linha, vindo para concorrer com modelos do tipo BMW  X6, por exemplo. Pouco se sabe sobre o modelo, a Audi não divulgou mais detalhes. Sabe-se que ele terá linhas de cupê e supõe-se que ele poderia ter uma variante híbrida.

Na outra ponta, estaria o modelo Q1, que será um utilitário compacto e seria o menor da família, ocupando posição abaixo do atual modelo Q3, com quem compartilhará a plataforma MQB. O Q1 é uma variação do atual modelo crossover do hatch A1, será fabricado na Alemanha, na fábrica localizada em Ingolstadt. O modelo Q1 tem previsão de lançamento já para o  ano que vem.

A Audi também deseja lançar ainda no ano de 2017, um modelo SUV médio, completamente elétrico, que funcionaria com um intermediário da família. O modelo provavelmente será nomeado de Q6, e terá uma tendência mais esportiva e uma autonomia de 510 Km.

A ousadia da marca alemã não para por aí: os planos da montadora são de lançar oito novos modelos na família Q, e conta para isso com um enorme programa de investimento, considerado o maior de sua história. Entre os anos de 2015 e 2019 a previsão é que sejam aplicados cerca de 24 bilhões de euros no desenvolvimento de novos projetos e tecnologias. O custo pode parecer alto a princípio, mas a ambição da montadora se equipara a esses investimentos.

Por Patrícia Generoso

Audi Q9

Audi Q9

Fotos: Divulgação


Novos modelos serão lançados no Brasil em breve. AMG GT terá o preço de US$ 329.900 e AMG Coupe custará US$ 346.900.

Finalmente o público brasileiro tem a chance de conhecer o tão aguardado AMG GT, que a Mercedes-Benz apresentou para a imprensa nacional esta semana. O veículo foi revelado ao mundo inteiro durante o Salão do Automóvel de Paris, em 2014.

O AMG GT chega ao país em sua versão S, que possui um incrível motor de 4.0 litros biturbo V8, que entrega 510 cv de potência, e tem torque de 66,3 kgfm. Isso faz com que esse supercarro da Mercedes alcance de 0 a 100 km/h em nada menos do que 3,8 segundos. Essa configuração também permite o carro alcançar os 310 quilômetros por hora.

Segundo a montadora alemã, o veículo deve começar a ser comercializado no Brasil ainda neste mês de maio, e terá o valor de US$ 329.900,00, o equivalente a aproximadamente R$ 857.740,00, com o dólar atual em faixa de conversão de R$ 2,60.

Mas não foi apenas esse veículo que a marca revelou à imprensa especializada brasileira. A Mercedes também apresentou o S63 AMG Coupe, que terá o valor estipulado de US$ 346.900, trabalhando com a mesma taxa de conversão fixa do outro modelo.

Esse veículo é uma versão reestilizada e melhorada do Classe S, que vem equipada com um potente motor de 5.5 litros biturbo V8, fazendo com que o carro alcance os 585 cavalos, com 91,8 kgfm de torque. Apesar de ter um motor mais potente, sua configuração rende um pouco menos em relação ao outro modelo: ele chega de 0 a 100 quilômetros por hora em 3,9, ou seja, 0,1 segundo mais lento do que o AMG GT. Sua velocidade máxima também é menor (10 km/h a menos), chegando aos 300 quilômetros por hora.

Seja qual for a potência de seus motores, obviamente esses carros não são para qualquer um, e apenas quem tem um bom dinheiro na conta e boas habilidades na direção poderá tê-lo.

Por Felipe Villares

Mercedes-Benz AMG GT

Mercedes-Benz AMG GT

Mercedes-Benz S63 AMG Coupe

Mercedes-Benz S63 AMG Coupe

Fotos: Divulgação


Carro está sendo produzido em São José dos Pinhais (PR) e estará à venda a partir de setembro de 2015.

Uma das grandes apostas da montadora e fabricante de veículos automotores Audi, o Sedan A3, teve a sua produção iniciada no mês de março, na fábrica da empresa aqui no Brasil que fica localizada na cidade de São José dos Pinhais (PR).

Com essa produção iniciada, a empresa divulgou que o Audi Sedan A3 irá chegar ao mercado para ser comercializado a partir do mês de setembro do ano corrente. O motor que irá equipar este veículo, o 1.4 TSFI Flex, também será uma estreia da montadora, mas a grande expectativa e torcida por parte dos profissionais do ramo automobilística, dos críticos, bem como dos clientes é se esta versão produzida aqui no Brasil terá o mesmo padrão que é encontrado no modelo importado na Europa, mas um grande indicativo de que o padrão será mantido foi o anúncio da empresa de que a fabricação deste seguirá normalmente as normas de âmbito internacionais de montagens que são aplicadas em todas as fábricas de montagem da Audi do mundo.

Apesar de o momento da economia brasileira não ser dos melhores, o Audi A3, atualmente, é o veículo premium mais vendido no país. A Audi está muito otimista, uma vez que comera os bons resultados obtidos até o momento no ano de 2015, sucesso este que foi alavancado pelo grande sucesso do A3 sedã que teve 1.747 unidades comercializadas e do Q3 que teve 1.669 unidades vendidas.

As estatísticas da Audi aqui no Brasil realmente são muito boas, uma vez que a empresa mensurou um crescimento de 35% acumulado durante o ano. As vendas da empresa no mês de abril novamente corroboraram a boa fase desta no mercado brasileiro, pois foi mensurado que houve um aumento de vendas, em relação ao ano passado no mesmo período, de nada mais nada menos do que 75%. Um grande exemplo dessa fase excelente da empresa é o fato de o Q3 ter assumido a vanguarda como o carro mais vendido da Audi aqui no país.

Como o ambiente é de bons resultados, a Audi divulgou que a meta é de atingir a criação de mais 17 concessionárias, pois, atualmente, no país, só há 50 concessionárias.

Por Adriano Oliveira

Audi A3 Sedan

Audi A3 Sedan

Audi A3 Sedan

Fotos: Divulgação


Rumores apontam que a Volkswagen deixará de produzir o modelo Polo no Brasil. Modelo passava por uma defasagem em suas atualizações e poucas vendas.

Uma geração que está chegando ao seu fim. Esse é o destino do Volkswagen Polo, que está em grande baixa nas vendas das concessionárias em todo o país, e confirma as especulações que vinham desde 2013 dizendo que sua produção logo se encerraria.

Esses boatos se confirmam ainda mais agora, depois que a montadora alemã sequer divulgou o modelo em sua lista de preços para este mês de maio. A marca divulgou a listagem com praticamente todos os seus modelos, mas deixou o Polo de fora. Em seu site oficial, o modelo também nem aparece na relação, nem na versão sedan nem na hatch.

Muitos fatores justificam a saída do Polo do mercado, mas o principal deles é a sua defasagem. O modelo não passou por atualizações nos últimos tempos, algo que é fundamental para qualquer marca com qualquer versão de carro que queira disputar com seus concorrentes. As unidades comercializadas foram diminuindo conforme o tempo, desde 2013, algo que seria natural. Porém, como o modelo ficou ultrapassado, as vendas não pararam de cair.

É uma grande pena para a Volkswagen, que através do Polo lançou o primeiro carro compacto no Brasil com versão premium, além de ter sido modelo base para outros, como o Fox e o Gol, que utilizaram a mesma plataforma e câmbio. Lançado no país em 2002, o Polo ficou um bom tempo sem atualização, numa época em que o mercado não tinha muitas exigências em relação à concorrência.

Com isso, a primeira repaginada do Polo ocorreu apenas 5 anos depois, em 2007, e seguiu atualizado com a versão europeia até 2009. A partir daí a montadora deu um tiro no pé: novas versões foram lançadas apenas fora do país, e o modelo que tinha chances de continuar com boas vendas, foi deixado de lado por outros modelos que vendiam mais. Apesar disso, nenhuma informação oficial da Volkswagen a respeito da extinção do Polo foi divulgada.

Por Felipe Villares

Volkswagen Polo

Volkswagen Polo

Fotos: Divulgação


A princípio, os novos motores 1.0 TSI e W12 6.0 TSI irão equipar apenas carros de corridas de rali e carros de luxo da empresa.

A montadora de veículos alemã Volkswagen está expandindo os seus negócios e uma prova dessa expansão foi o investimento que a empresa realizou para que houvesse uma ampla renovação nos motores dos veículos da marca, essa renovação agora já é uma realidade, haja vista que a empresa, durante o 36º Simpósio de Motores de Viena, evento ocorrido na Áustria, anunciou oficialmente o lançamento do seu mais novo conjunto de motores que irão compor parte dos modelos comercializados pela empresa.

Os motores lançados pela empresa foram o 1.0 TSI e o W12 6.0 TSI. Apesar de ter tamanho bastante reduzido, o motor 1.0 TSI traz agregado consigo tecnologia de ponta e de última geração. Este motor tem a capacidade de desenvolver uma potência máxima de 272cv e consegue chegar a um torque de 27,4 kgfm. A montadora, por enquanto, está preferindo não divulgar os detalhes a respeito de quais veículos receberão este novo propulsor, contudo as notícias dos bastidores dão conta que, em princípio, este novo motor não irá equipar os veículos de rua, sendo que o primeiro modelo a recebê-lo poderá ser o Polo WRC, o qual é um veículo exclusivamente destinado às corridas de rali.

Já o motor W12 6.0 TSI foi desenvolvido para equipar os carros de luxo da empresa e tem de tudo para ganhar o título de propulsor de doze cilindros mais econômico do segmento, em termos de potência, ele se revelou um verdadeiro monstro, uma vez que ele consegue desenvolver uma potência máxima de nada mais nada menos do que 608cv, além de desenvolver um torque de 91,7 kgfm. Conforme o veículo em que este motor for inserido, este propulsor será capaz de acelerar de 0 a 100 km/h na incrível marca de menos de 4 segundos e chegar a uma velocidade máxima acima de 300 km/h.

Para a diretoria da Volkswagen a criação destes novos propulsores de combustão de alta performance é somente mais um indicativo de que este tipo de motor ainda possui grande potencial de expansão.

Por Adriano Oliveira

Motor 1.0 TSI

Motor W12 6.0 TSI

Fotos: Divulgação


Custo total que o motorista terá para andar de carro fechou o quadrimestre em alta acumulada de 4,7%. Contudo, alguns itens como os combustíveis apresentaram uma pequena queda.

Como foi amplamente divulgado na mídia em geral, o primeiro trimestre de 2015, foi complicado no setor automobilístico. Entretanto, de acordo com as informações levantadas pela Agência Autoinforme, no mês de abril houve uma desaceleração. No fechamento do referido mês foi registrada uma pequena alta que corresponde a 0,13%, até aqui, a menor do ano.

É interessante observar (conforme os dados da própria Autoinforme) que isso já era perfeitamente esperado. O motivo é que já no mês de março a pesquisa realizada já vinha mostrando sinais de que os preços iriam, de certa maneira, se acomodar. O que era apenas suspeita acabou por se confirmar.

E tem mais. Com essa nova perspectiva, o custo total que o motorista vai ter para andar com seu automóvel e realizar a manutenção preventiva terminou por fechar o quadrimestre apontando uma alta acumulada na faixa de 4,7%. Convém destacar nesse ponto que o índice registrado é praticamente idêntico ao obtido pela inflação oficial cuja medida é feita pelo IPC da Fipe.

Pois bem, mesmo com termos como inflação e preços altos é possível ainda encontrar uma boa notícia nesse cenário, principalmente em relação aos preços, a novidade é que os combustíveis ficaram mais baratos (o que não significa que não estão caros). Para a gasolina a queda média apontada foi de 0,19% e para o etanol de 0,44%. O motorista por sua vez irá perceber isso quase que imediatamente em seu bolso. Apesar de ser uma leve queda quando consideramos que os gastos com combustíveis correspondem a 30% do que “consome” um veículo dá para perceber o tamanho do impacto.

Saiba mais:

Ainda seguindo com as informações levantadas pela pesquisa mais dois itens da inflação do carro também apontaram queda. No mês citado a queda para os pneus ficou em 0,39% e o conjunto de amortecedores acabou 0,24% mais barato.

O problema é que olhando por outro lado, alguns itens que fazem parte da tal “inflação do carro” ficaram mais caros. Os preços subiram significativamente em relação ao serviço de balanceamento, alinhamento e óleo do motor.

Por Denisson Soares

Inflação dos carros

Foto: Divulgação


Novo modelo terá motor 8.4 V10 e potência de 645 cv.

A montadora e fabricante de veículos automotores Dodge apresentou oficialmente o seu mais novo lançamento o Viper ACR versão 2016, este veículo, apesar de não possuir potência extra, será o mais rápido já fabricado pela empresa até hoje. Este veículo será equipado com o mesmo motor dos outros Viper, ou seja, o motor 8.4 V10, o qual tem a capacidade de produzir uma potência de aproximadamente 645 cv que será conjugado com um câmbio manual de seis marchas. A tração desse veículo será traseira.

A montadora desenvolveu especialmente para esse veículo um aerofólio traseiro que tem a capacidade de gerar uma pressão aerodinâmica de até 1.000 Kg quando o carro estiver em uma velocidade de 285 Km/h, adereço este que terá como principal finalidade ajudar na estabilidade. Ainda conforme informações da fabricante, nas curvas este carro pode chegar a uma aceleração lateral de 1.5G.

O pacote aerodinâmico deste carro foi desenvolvido pela equipe de engenharia da Dodge, a qual teve a oportunidade de analisar todos os detalhes da aerodinâmica desse carro na participação do Viper GTS-R na temporada da Le Mans nos Estados Unidos, momento no qual os engenheiros decidiram incluir neste veículo a asa traseira, novo capô e difusres. O carbono foi utilizado no freio Brembo.

Como este carro foi projetado exclusivamente para as pistas a sua suspensão teve de ser totalmente refeita com a utilização de alumínio ajustável duplamente. E as reformulações também foram realizadas no sistema de estabilidade eletrônico que dessa vez pode ser desligado integralmente.  

Para não deixar a sofisticação de lado, a Dodge fez um complemento nesse novo Viper com revestimentos do console central, painel e portas feitos em Alcântara, nos assentos será utilizado o mesmo revestimento, contudo os clientes terão a opção de fazer a escolha de costuras nas cor vermelha ou prateada.

Os principais rivais desse veículo no mercado serão os seguintes: Chevrolet Corvet Z06, Porsche 911 GT3 RS e Nissan GT-R, sendo que exatamente pelo motivo de já ter estes rivais ele terá a sua produção com início estimado para ocorrer no segundo semestre do ano de 2015, a fim de duelar com os seus principais rivais citados acima.

Por Adriano Oliveira

Dodge Viper ACR 2016

Dodge Viper ACR 2016

Dodge Viper ACR 2016

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: