Fiat Cronos 2018 – Preços e Principais Concorrentes


  

Saiba aqui a tabela de preços do Fiat Cronos e quais são seus principais concorrentes.

A companhia automobilística Fiat é uma das montadoras mais famosas no mundo. Seus lançamentos estão presentes em quase todos os países do globo. Recentemente foi anunciada a aterrissagem, em solo brasileiro, do novo modelo promovido pela empresa, o intitulado Cronos 2018, com a pretensão de superar as expectativas dos consumidores, no que se refere à série dos sedãs compactos. A comercialização inicia, provavelmente, no mês de março. Este novo projeto foi elaborado dentro de um plano do tipo Premium. Assim, são três-volumes que surgiram a partir da estrutura do Argo. Estarão no mercado entre os valores de 54 a 70 mil.

Esta série é composta de quatro versões, conforme segue na seguinte relação: o 1.3 câmbio manual, 109 CV, custando em torno de 53.990 reais; o Drive 1.3 de câmbio manual, custando em torno de 55.990 reais; o Drive 1.3 GSR, custando em torno de 60.990 reais; o Precision 1.8, com câmbio manual, 139 CV, custando em torno de 62.990 reais e o Precision 1.8 6AT, no valor de 69.990 reais. O modelo conta com porta-malas com capacidade para 542 litros; possui excelente configuração de 1.8; o câmbio automático é de boa calibração; tem bom desempenho na dirigibilidade e é repleto de itens de segurança.

Dado que se trata de um carro abastecido de muitas especificações e sublimado em diversas versões, ele está fazendo frente a alguns outros veículos. Nesse espírito de concorrência, preparamos uma relação de dez rivais do Fiat Cronos:

Primeiro concorrente: o Chevrolet Prisma 1.4, 4 cilindros aspirado com 98-106 CV e 13/13,9 KGFM, câmbio manual de cinco marchas, com opção automática de seis; porta malas com capacidade para 500 litros e os preços variam entre 57.190 e 70.740 reais.

Segundo: Hyundai HB20S Turbo, de 1.6, com 1.0 3-cilindros e turbo de 98-105 CV, munido de 13,8-15 KGFM, equipado de um câmbio manual de cinco marchas; ou na versão de 1.6, 4-cilindros aspirado com 122/128 CV e 16/16,5 KGFM, aparelhado de um câmbio manual com cinco ou na opção de automático de seis marchas e porta-malas de 450 litros. Os preços veriam entre 56.630 e 72.230 reais.

Terceiro: Toyota Etios Sedan de 1.5 4-cilindros aspirado, com 102-107 CV e 14,3-14,7 KGFM. Munido de câmbio manual com cinco ou na opção do automático de quatro marchas; porta-malas com capacidade para 562 litros. Os preços variam entre 52.190 e 69.990 reais.

Quarto concorrente: Ford Ka Sedan de 1.5 e 4-cilindros aspirado, com 105-110 CV e 14,6-14,9 KGFM, câmbio manual com cinco marchas e porta-malas com capacidade para 445 litros. Os preços variam entre 53.140 e 62.490 reais.

Quinto: Renault Logan 1.6 de 4-cilindros aspirado, com 115-118 CV, além de 15,9 KGFM, aparelhado com um câmbio manual ou na opção de câmbio automatizado de cinco marchas; o porta-malas possui capacidade para 510 litros. Os preços variam entre 59.650 e 72.230 reais.


Sexto: Nissan Versa 1.6 de 4-cilindros aspirado, com 111 CV, além de 15,1 KGFM, aparelhado de um câmbio manual com cinco marchas ou na opção de automático em CVT. Porta-malas com capacidade para 460 litros. Os preços variam entre 53.990 ea 69.990 reais.

Sétimo concorrente: Chevrolet Cobalt 1.8, de 4-cilindros aspirado, com 111-106 CV, além de 17,7-16,8 KGFM; equipado de um câmbio manual com cinco marchas ou na opção de automático com seis marchas; porta-malas com capacidade para 563 litros. Os preços variam entre 66.590 e 73.890 reais.

Oitavo: Honda City 1.5, de 4-cilindros aspirado, com 115-116 CV, além de 15,2-15,3 KGFM; munido de câmbio manual com cinco marchas ou na opção de CVT; porta-malas com capacidade para 536 litros. Os preços variam entre 60.900 e 81.400 reais.

Nono concorrente: Ford New Fiesta Sedan 1.6, de 4-cilindros aspirado, com 125-128 CV, além de 15,8-16 KGFM; equipado de um câmbio manual com cinco marchas ou na opção automatizada com dupla embreagem e munido de seis marchas; porta-malas com capacidade para 465 litros. Os preços variam entre 67.260 e 81.760 reais.

Décimo e último concorrente: Volkswagen Virtus 1.6, de 4-cilindros aspirado, com 110-117 CV, além de 15,8-16,5 KGFM; aparelhado de um câmbio manual de cinco marchas; ou na versão de 1.0, de 3-cilindros turbo com 115-128 CV, além de 20,4 KGFM; munido de um câmbio automático de seis marchas; porta-malas com capacidade para 521 litros. Os preços variam entre 59.990 mil e 87.040 reais.

Paulo Henrique dos Santos


Compartilhar:




Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *