IPVA SP 2018 – Alíquotas e Informações


  

Saiba aqui mais detalhes sobre o IPVA SP 2018.

Uma boa notícia para os paulistas proprietários de veículos automotores é que o IPVA deverá ficar em média 3,2% mais barato no ano de 2018. Os dados foram divulgados pela Secretaria da Fazenda de São Paulo no dia 30 de novembro. Vale destacar que a pesquisa estatística foi realizada pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômicas, a Fipe. A instituição realizou o estudo com 11,5 mil marcas, versões e modelos diferentes de veículos com IPVA ativo em 2018. Confira mais detalhes na continuação desta matéria.

Dentre os principais motivos que levaram a queda o valor médio do IPVA 2017 em São Paulo está à desvalorização dos veículos. Como grande parte dos consumidores não possuem condições de trocar o seu veículo antigo, acabam continuando com tais veículos.

Além disso, é importante destacar que a Secretaria da Fazenda de São Paulo também divulgou detalhes referentes ao pagamento do IPVA 2018. Com isso, ficou estabelecido que os contribuintes poderão efetuar o pagamento em cota única no mês de janeiro, o que resulta num desconto de 3% no valor do IPVA, ou parcelar o valor do tributo em, no máximo, três parcelas entre os meses de janeiro e março. Outra opção é efetuar o pagamento integral do IPVA apenas no mês de fevereiro em uma única parcela, porém, sem desconto como acontece no mês de janeiro.

É importante estar atento e efetuar o pagamento do seu imposto nas datas pré-estabelecidas pelo governo estadual, haja vista as penalidades que estarão sujeitos os inadimplentes. Caso deixe de recolher o IPVA 2018, o contribuinte será penalizado com multa de 0,33% ao dia de atraso, além de juros de mora levando em consideração a taxa Selic. Após 60 dias de atraso, a multa total passa a ser de 20% do valor do IPVA 2018.

Ainda sobre a queda média do valor do IPVA 2018 em São Paulo, saiba que o estudo feito pela Fipe, tomando como base os valores de mercado registrados em setembro de 2017, chegou a conclusão que a maior queda está na categoria dos caminhões usados, haja vista o recuo de 7,15% quando comparado com o IPVA desse ano. Logo em seguida, com a segunda maior queda registrada, estão os ônibus e micro-ônibus com baixa de 4,17%. Ainda completam a lista os utilitários e os automóveis com redução de 4,15% e 3,39%, respectivamente.




Já quando o assunto são as alíquotas referentes ao imposto, que servem como base de cálculo, saiba que não foram registradas mudanças. Sendo assim, os donos de veículos movidos à gasolina ou biocombustíveis terão IPVA com alíquota de 4% sobre o valor venal do veículo automotor. A alíquota de 3% é destinada aos veículos movidos, de forma exclusiva, por eletricidade, álcool ou gás, sendo encaixados nessa categoria os veículos que combinam essas formas de combustíveis. As demais taxas são: 4% para picapes com cabine dupla; 2% para motocicletas, ônibus, micro-ônibus, utilitários, motonetas, quadriciclos e similares; além de 1,5% para os caminhões.

A estimativa é de que a frota total de veículos no Estado de São Paulo seja de aproximadamente 24 milhões. Em relação ao número total citado, 6,8 milhões estão isentos do pagamento do IPVA por terem sido fabricados há mais de 20 anos atrás. Outros 17,4 milhões de veículos automotores atendem aos pré-requisitos e estão sujeitos ao pagamento do IPVA 2018. Por fim, aproximadamente 295 mil veículos estão imunes, isentos ou dispensados do pagamento por motivos maiores como, por exemplo, os taxistas.

A secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo espera arrecadar R$ 15 bilhões através do IPVA 2018. Para mais detalhes a respeito, conferir o calendário de pagamentos e etc., acesse o site oficial da SEFAZ-SP através do link: https://portal.fazenda.sp.gov.br.

Por Bruno Henrique


Compartilhar:




Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *