Como Proteger o Carro do Sol

Confira aqui algumas dicas para proteger o seu carro do Sol.

Estamos chegando ao final do inverno, em alguns poucos dias mais, o sol voltará emanando toda a sua força, sempre bastante evidenciada na primavera e no verão. E a exposição excessiva do carro ao sol pode causar vários danos. Portanto, é importante informar-se sobre como manter o “possante” brilhando como se ainda fosse novo.

Confira 6 dicas interessantes que poderão ajudar-lhe na tarefa:

1. Tenha sempre à mão uma garrafa de água

É sempre interessante levar uma garrafa de água dentro do carro. Os excrementos de pássaros que caem na lataria, quando expostos ao Sol, são potencializados quimicamente, podendo danificar bastante a pintura em poucas horas apenas. Portanto, quando perceber que o veículo foi “alvo” de dejetos de pássaros é importante jogar água na hora e tentar retirar o material.

2. Não lave o carro sob o sol

Busque sempre evitar a lavagem do veículo quando exposto ao Sol. A utilização de materiais químicos quando ao lavar o carro, ficando expostos ao Sol, como xampus com cera, por exemplo, ao invés de oferecerem proteção à pintura, acabam por acelerar o processo que faz a deterioração da tinta na lataria e com isso fazendo com que apareçam diversas manchas e marcas indesejáveis.

3. Tenha cuidado ao utilizar capas de proteção

A capa de polietileno para a proteção do veículo deve ser utilizada, pois ajuda a proteger o carro dos raios ultravioletas, porém, não é nem um pouco indicado que ela seja utilizada com o carro estando sujo, uma vez que a ação do vento, fazendo com que ela se movimente, além do “colocar” e “retirar” a capa, pode fazer com que a pintura fique riscada pelas próprias partículas de sujeira constantes na lataria. O mais correto a se fazer com relação ao uso da capa protetora é utilizar com o carro limpo e já seco.

4. Utilize cera, mas atente-se ao polimento muito frequente

Utilizar a cera protetora ajuda a proteger a camada de tinta. Já no caso das seções de polimento, principalmente com máquina politriz, estas vão diminuindo aos poucos a camada de proteção. O ideal é usar o bom senso: realizar o processo de polimento apenas duas ou três vezes ao ano.

5. Faça a cristalização da pintura

A cristalização da pintura é uma forma de polimento, que além de entregar brilho à pintura, também aplica uma resina protetora, a qual irá apoiar na conservação. Este é o tratamento ideal para dar ao veículo caso ele permaneça muito tempo exposto ao sol. O preço de um bom trabalho de cristalização de pintura pode variar entre R$180,00 e R$300,00, aproximadamente.

6. Faça uso de tapa sol e também de insufilm

Uma das boas e eficazes soluções para evitar o aquecimento demasiado da cabine e proteger os bancos do veículo, assim como o painel e os outros componentes que podem ser afetados pelos raios solares e consequentemente o calor excessivo, é a utilização de um “tapa sol”. Geralmente ele possui em sua composição materiais que ajudam a bloquear raios ultravioleta, além de serem feitos em vários tamanhos e formatos que poderão “encaixar” no para-brisa. A aplicação de insulfilm nos vidros laterais também ajuda a reduzir o calor interno no veículo, porém, é importante ter cuidado e verificar se a película tem o grau de transparência permitido pela lei vigente.

Brasileiro é de fato apaixonado por carros e assim como existem os conselhos indicados acima, sobre como proteger o carro do Sol, existem outros vários relacionados à manutenção preventiva, cuidados com níveis de água, óleo, filtros, etc. Os quais poderão auxiliar a manter o carro novo e por um período muito maior.

Por Silvano Andriotti





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *