Volkswagen Kombi volta como Carro Elétrico


  

Nova geração da Kombi será elétrica e altamente moderna.

Depois de 4 anos de aposentadoria, a icônica Kombi vai voltar. Quem confirma a notícia é a própria marca dona do modelo Volkswagen. O modelo atendeu bastante consumidores durante os seus 63 anos de comercialização no mercado, agora ela volta de cara nova. O automóvel terá uma nova geração e será no formato de um carro elétrico, tudo de acordo com o conceito ID Buzz Concept, que foi evidência no Salão de Detroit, nos Estados Unidos no início deste ano.

Quem anunciou a novidade foi o próprio chefe da montadora alemã, Herbert Diess, que deu entrevista a um site inglês de veículos. A “Antiga Dama” dos amantes de Van terá uma linha sofisticada que a marca está projetando. É a linha de elétricos e híbridos que a Volkswagen quer ter em sua plataforma e disposto no mercado a partir de 2020, com o inédito conceito MEB. Para os apreciadores de carros antigos, a novidade não para por aí. A releitura do Fusca também foi destaque da marca no Salão de Paris em 2016, que também foi apresentado com o conceito ID Concept.

A plataforma da marca para carros elétricos já vai começar na nova versão da Kombi. Além do design mais esportivo, o modelo atual terá dois motores elétricos que juntos, um em cada eixo, farão 374 cv. Além disso, a capacidade do carro será insonhável para uma Van: levar o automóvel de 0 km/h a 100 km/h em incríveis 5 segundos. A velocidade máxima da Kombi vai ser de 160 km/h.

Atualmente os carros elétricos não tem uma boa autonomia. A recarga das baterias acontece de forma rápida, em 30 minutos de uso e elas já exigem recarga. Contudo, a autonomia da Kombi será de impressionar: serão 434 km de independência de recarga. O estilo do novo modelo também já entrega no primeiro momento que é um carro elétrico. O design do conceito ID Buzz Concept é similar nos automóveis. As linhas do carro são em um formato quadrado e os faróis e lanternas em led.




Tudo no carro será da mais alta modernidade. As medidas para o transporte de passageiros com bastante conforto (4,9 m de comprimento, 1,96 m de altura, 3,3 m entre-eixos). A nova Kombi vai dispensar motoristas, a condução será autônoma, com monitoramento por radares, câmeras e sensores. O carro também não terá maçanetas para entrar, basta o usuário colocar a mão em um sensor que a porta irá se abrir.

Por dentro, tudo é bem clean. Qualquer precisão para acionar o carro será com sensor para as mãos. A Kombi estará já pronta para andar de forma automática, mas caso algum condutor queira dirigi-la, basta desabilitar o modo autônomo.

Por Carolina Costa

Volkswagen Kombi elétrica

Volkswagen Kombi elétrica






Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *