Renault Kwid – Carro Sucessor do Clio

Lançamento do Renault Kwid deve acontecer no meio do ano.

A título de curiosidade, o Renault Clio era importado da Argentina. Porém, ele deixou de ser produzido desde o mês de outubro do ano passado. A partir daí, a coisa mais normal a se esperar era a morte lenta do modelo, uma vez que ainda tínhamos unidades nos estoques aqui no Brasil. Agora há apenas cinco unidades do hatch à venda no Brasil. Em outras palavras, isso quer dizer que o carro (finalmente) vai sair de linha. Mas a vaga não ficará vazia por muito tempo. Isso porque o sucessor, o Kwid, está previsto para chegar oficialmente às lojas já no meio de 2017. De cara uma de suas principais funções será brigar com modelos já conhecidos dos consumidores como VW Up! e o Fiat Mobi.

De acordo com alguns levantamentos feitos por um site especializado no setor automotivo, em São Paulo apenas uma única loja ainda anunciava o velho modelo. Sobre os preços foram constatados que o Clio estava saindo por R$ 33.990 se comprado à vista. Mas é claro que aqui também iríamos encontrar descontos chegando a 50% na entrada e complementando com um saldo dividido em 36 parcelas. Cada uma delas de R$ 722,00.

Ainda assim, é interessante nos lembrarmos de que por aqui a Renault ainda continua investindo na tentativa de convencer os consumidores de que o Kwid de fato será o sucessor do Clio no melhor estilo crossover. Isso graças à altura de 18 cm entre a base e o chão. Outro ponto curioso são os seus 3,68 metros de comprimento, o que cai bem para um hatch de entrada.

O novo Kwid será fabricado na planta de São José dos Pinhais, estado do Paraná. O modelo continuará seguindo com o mesmo padrão que já é comercializado no mercado indiano. Mas por aqui ele ganhará alguns reforços em sua estrutura e nos airbags laterais que serão de série. O objetivo é claramente fazer com que ele se dê bem nos testes de segurança.

Embaixo do capô vamos encontrar um bloco de 1.3 cilindros. O propulsor é flex e é bem parecido com o que apareceu há pouco no Logan e no Sandero. Porém, vale chamar a atenção para o fato de que ele será mais simples e terá uma potência menor. O motivo disso é a mudança no comando de válvulas.

Por Denisson Soares





1 comentário em “Renault Kwid – Carro Sucessor do Clio

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *