Dirigir na Estrada – O Que Fazer se o Carro Quebrar



Confira aqui algumas dicas do que fazer se o seu carro apresentar problemas na estrada.

Se existe algo que causa pânico entre os motorista, sejam eles experientes ou os mais novatos na direção, é o carro “deixar na mão” o usuário; pior, ainda, o carro dar uma pane na beira da estrada, local onde normalmente é de difícil acesso, perigoso e com poucas ou nenhuma pessoa parar prestar um auxílio ou uma ajuda.

A fim de auxiliar os milhões de usuários que todos os dias transitam pelos quilômetros sem fim de rodovias espalhadas por todo o Brasil, aqui damos algumas dicas:



A primeira e mais preciosa dica com relação a esse assunto é a sinalização. Se possível, procure um local com recuo da pista de rolamento e, caso não encontre, pare no acostamento. Nunca deixe de sinalizar o local em que seu veículo venha a apresentar pane. Tal dica se resume ao fato de que, uma simples pane de um veículo pode se tornar um acidente de grandes magnitudes. Sendo assim, caso esteja em uma pista de rolamento em que a velocidade máxima permitida é de 110 Km/h, o condutor deverá contar 110 passos para frente do veículo e a mesma quantidade de passos para trás, de forma que o local esteja devidamente sinalizado. Caso haja chuva ou neblina, a distância a ser considerada deve ser o dobro.

Procure apoio de pessoas de confiança. Atualmente, muitas estradas possuem pedágios. Assim, antes de sair de casa, procure saber a qual concessionária a pista está vinculada e anote os telefones. Além disso, faça um breve estudo dos locais em que estão as praças de pedágio. A concessionária pode lhe prestar um apoio até o mecânico mais próximo ou rebocar o seu carro para uma das praças de pedágios para que o seu seguro seja acionado.

Ao avistar veículos no acostamento da pista, procure avisar os órgãos competentes ou mesmo à concessionária.



Essas dicas podem se tornar fundamentais na hora de uma situação como essa. Evite o pânico e procure se manter seguro e tranquilo. Lembre-se sempre de sinalizar e buscar a ajuda de pessoas de confiança e que podem ser solucionadoras do problema pelo qual você está passando. Depois disso, siga em frente e boa viagem.

RAQUEL ALICE MOREIRA



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *