Queda nas vendas de sedans de grande porte



  

Neste ano a queda registrada é de 56%, tendo o Ford Fusion em 1º lugar no ranking de vendas, seguido do Hyundai Azera e do Kia Optima.

Como é de conhecimento geral, a crise econômica vivida pelo país neste ano de 2015 está assolando vários setores do comércio nacional e, como não poderia ser diferente, um dos setores que mais vem sofrendo com este cenário em que o país se encontra é o automobilístico.

É nessa perspectiva que os veículos classificados como sedans de grande porte, segundo os dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), registraram uma queda nas vendas de lastimáveis 56% em relação ao ano de 2014, sendo que nem mesmo o líder da categoria, o Ford Fusion, conseguiu escapar desse momento difícil, haja vista que no mês de novembro de 2015 apenas 454 unidades do veículo foram emplacadas, com este número de vendas o modelo está amargando um decréscimo de mais 53% nas vendas. O único dado estatístico que pode animar a Ford com relação a este seguimento é o fato de que com o total de veículos emplacados mencionados acima, o modelo conseguiu garantir um percentual de 82% de participação neste mercado, percentual este que foi o maior obtido dentre todos os demais segmentos.

Apesar de ter obtido um recuo nas vendas um pouco menor de 42,7% nas vendas, o Hyundai Azera conseguiu se manter na vice-liderança nos meses anteriores, sendo que foram comercializadas apenas 59 unidades, número este que representa o pior resultado deste veículo sul-coreano desde o mês de agosto. A boa novidade para a Hyundai é que, mesmo diante desse cenário ruim, o Azera conseguiu uma redução na desvantagem em relação ao Fusion para menos de 400 unidades.

Já a terceira posição deste segmento ficou com o Kia Optima, o qual teve apenas 11 unidades comercializadas, seguido pelo Honda Accord que conseguiu registrar o dobro de vendas no mês de outubro e subiu para a quarta colocação desse ranking.

O Chrysler modelo 300C e o Subaru Legacy ficaram dividindo a quinta colocação com a venda de apenas sete veículos cada.




A expectativa das montadoras é que este setor volte a se aquecer, contudo o consumidor está buscando cada vez mais a economia em todos os âmbitos. Logo, o momento é de muita cautela para os fabricantes de veículos deste segmento.

Por Adriano Oliveira

Ford Fusion

Foto: Divulgação


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *